Pular para o conteúdo principal

EMBU DAS ARTES, SÃO PAULO - Marcada por intensa atividade cultural e artística, com uma rica e importante herança de seus antepassados




CONHEÇA A CIDADE DE "EMBU DAS ARTES", SÃO PAULO, BRASIL, DA JANELA DO TREM
Bar Buenos Aires, no centro histórico
O apelido "das Artes", oficialmente incorporado ao nome da cidade em 2011, faz jus à sua principal atração: as peças de artesanato e antiguidades, vendidas nas lojinhas do Centro Histórico e na feira de domingo.
Na loja Engenho Velho encontram-se esculturas do Divino Espírito Santo, quadro com flores de ferro e luminárias de vitral, importadas do Marrocos e da Índia

SEJA BEM VINDO A BELA CIDADE DE EMBU DAS ARTES. AQUI PODEMOS VER MESTRES EXPONDO SUAS ARTES NA PRAÇA
imagem - Wikipédia
População estimada 2016 (1) - 264.448
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 70,398
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 3.412,89
Código do Município 3515004
Gentílico - embuense
ORIGEM DO NOME
M'BOY QUE TUPI SIGNIFICA COBRA ORIGINOU A CORRUPTELA EMBU, ASSIM DENOMINADO A ALDEIA QUE, SEGUNDO VERSÃO POPULAR, SURGIU DEVIDO A QUANTIDADE DE COBRAS EXISTENTES.
Gentílico: embuense
HISTÓRICO
Situada em terras de uma fazenda que pertencera a Fernão Dias Paes Leme, o povoado inicial de Embu das Artes só começou a se desenvolver a partir do século XVII. 
Em 1624, Fernão Dias e sua mulher Catarina Camacho, grandes proprietários da região, doaram à igreja uma quadra de terras para construção da Capela de Nossa Senhora do Rosário, iniciada em 1628, pelo Padre Belchior de Pontes que transferiu para suas proximidades a aldeia de M'Boy.
Contou, nessa época com o importante impulso oferecido pelo cultivo do algodão em grande escala, cuja produção manufaturada costumava ser enviada para grandes centros como Rio de Janeiro e Bahia. No entanto, seu prestígio junto à corte portuguesa perdeu forças em meados do século XVIII, com a expulsão dos jesuítas.
Nesse período de declínio, a vida do lugarejo passou a girar em torno de uma pequena atividade agrícola e da exploração de lenha e de carvão. O início de seu desenvolvimento administrativo foi marcado pela criação da freguesia, em 19 de julho de 1869, pertencente ao município de São Paulo, quando possuía a denominação de Nossa Senhora do Rosário de M?Boi.
Suas terras, no entanto, eram impróprias para a cafeicultura, principal atividade econômica da época. Assim, Embu das Artes entrou noutro período de retração que durou até meados do século XX, quando a capela e convento foram tombados pelo estado que procedeu às devidas restaurações. À partir disso, a comunidade local, liderada por Annis Neme Bassith, começou a desenvolver as atividades artísticas, explorando o turismo como fonte de renda do município.
Escultura feita com papel maché na Oficina da Cor

Prato do restaurante O Garimpo, em Embu das Artes
Loja Engenho Velho
Interior do antiquário no centro histórico
Prato do restaurante Empório São pedro
Objetos de decoração do antiquário O Casarão
Empanadas do bar Buenos Aires
Loja de Artesanato Oficina da Cor
Nos finais de semana, milhares de turistas vão para Embu das Artes atrás de objetos de decoração, artesanato, peças de antiguidade e móveis rústicos
MEMORIAL SAKAI
O MEMORIAL SAKAI DO EMBU, INAUGURADO EM 2003, TEM EM SEU ACERVO PEÇAS DO ARTISTA TADAKIYO SAKAI, UM DOS MAIORES TERRACOTISTAS DO PAÍS. O CONJUNTO ARQUITETÔNICO INCLUI A CAPELA DE SANTA CRUZ, INAUGURADA EM 2008, O CRUZEIRO DA PAZ E UM PÁTIO ONDE SÃO REALIZADOS EVENTOS. ALÉM DE UMA AMPLA GALERIA DE PEÇAS DE SAKAI E DE OUTROS ARTISTAS, O MUSEU CONTÉM ESCOLA DE TERRACOTA, COM CURSOS REGULARES E OFICINAS GRATUITOS.
imagem - PMEDA

imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
CAPELA DE SANTA CRUZ
INAUGURADA EM 2008 A CAPELA DE SANTA CRUZ TEM 50 M². POSSUI NO ALTAR UMA CRUZ DE MADEIRA LADEADA POR DOIS ANJOS DE TERRACOTA COM SUAS VIOLAS, DE AUTORIA DE HELAINE MALCA. A DECORAÇÃO DA CAPELA FOI FEITA PELO ARTISTA PLÁSTICO JOSÉ LUIZ ALEMÃN.
imagem - PMEDA
INTERIOR DA CAPELA DE SANTA CRUZ
imagem - PMEDA
IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
A igreja N. S. do Rosário (1690) abriga um dos melhores acervos de barroco paulista do estado. São imagens, altares e oratórios produzidos entre os séculos 17 e 19 por grandes artesãos. Entre os destaques da coleção estão um altar do século 17, folhado a ouro e com a imagem de N. S. do Rosário, e um órgão do século 18 feito por índios. Vale também ver a série de santos de roca - imagens talhadas apenas nas mãos, pés e cabeça (os troncos eram substituídos por tiras de madeira, para deixar os santos mais leves durante o transporte nas procissões).

CAPELA DE SÃO LÁZARO
CAPELA CONSTRUÍDA EM 1934 PELA COMUNIDADE EMBUENSE, ESTILIZADA EM 1969 PARA FICAR EM HARMONIA COM A ARQUITETURA COLONIAL DO CONJUNTO JESUÍTICO. O PRINCIPAL ATRATIVO É A IMAGEM DE SÃO LÁZARO, DE AUTORIA DO ARTISTA CÁSSIO M'BOY, E O SANTO CRISTO, ENTALHADO POR ZÉ SANTEIRO.
imagem - Enio Prado
INTERIOR DA CAPELA DE SÃO LÁZARO
imagem - PMEDA
ENTRADA DA CAPELA DE SÃO LÁZARO
imagem - PMEDA
CASA TÍPICA DA CIDADE
imagem - Wikipédia
CENTRO HISTÓRICO
A ARTE SEMPRE FEZ PARTE DA VIDA EM EMBU DAS ARTES. OS PADRES JESUÍTAS QUE COLONIZARAM A ANTIGA ALDEIA DE M'BOY JÁ SE EXPRESSAVAM PELA ARTE, NAS PINTURAS E ESCULTURAS QUE USAVAM PARA CATEQUIZAR OS ÍNDIOS. UMA MOSTRA DESSE LEGADO ESTÁ NO MUSEU JESUÍTA DE ARTE SACRA, CONSTRUÍDO ENTRE OS SÉCULOS 17 E 18.
CAMINHANDO PELAS RUAS DE PARALELEPÍPEDO É POSSÍVEL PERCEBER QUE ESSE CARÁTER HISTÓRICO, LEGITIMAMENTE BRASILEIRO, FOI SE CONSOLIDANDO COM O PASSAR DO TEMPO, ATÉ QUE AQUI SE INSTALOU O MOVIMENTO ARTÍSTICO, NO INÍCIO DA DÉCADA DE 1960.
A ESTÂNCIA TURÍSTICA DE EMBU REPRESENTA UM IMPORTANTE RECANTO DA REGIÃO DA GRANDE SÃO PAULO, DEDICADO À PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS, POIS ABRIGA MANANCIAIS NA MAIOR PARTE DO TERRITÓRIO. QUEM VISITA A CIDADE TEM MUITO MAIS DO QUE UM LUGAR AGRADÁVEL PARA PASSEAR NO FIM DE SEMANA, COM BOM CLIMA E ATRATIVOS DA CULINÁRIA DE NORTE A SUL DO BRASIL.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
GALERIAS DE ARTE
imagem - GRGM
imagem - GRGM
PARQUE DO LAGO FRANCISCO RIZZO
COM MAIS DE 217 MIL METROS QUADRADOS, A ANTIGA ÁREA DE EXTRAÇÃO DE AREIA DEU LUGAR A UM ESPAÇO VERDE E A UM GRANDE LAGO DE 56.000 M², POVOADO POR DEZENAS DE ESPÉCIES DE PEIXES. POSSUI PISTAS DE COOPER, BRINQUEDOTECA, BIBLIOTECA SOBRE MEIO AMBIENTE E VIVEIRO DE MUDAS, QUE OFERECE VARIEDADE DE PLANTAS E ÁRVORES, ALGUMAS NATIVAS DA REGIÃO, PARA RETIRADA E PLANTIO.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
O TRADICIONAL CORETO DA PRAÇA
imagem - GRGM
FONTE DOS JESUÍTAS
LOCALIZADA NO CENTRO DE EMBU DAS ARTES, A FONTE DOS JESUÍTAS, DESCOBERTA EM 1944, É UMA DAS MAIS ANTIGAS DO BRASIL. É ABERTA AOS VISITANTES DE SEGUNDA A SÁBADO, DAS 8 ÀS 17H. A SOCIEDADE ECOLÓGICA AMIGOS DE EMBU COORDENA PASSEIOS DE DUAS HORAS E MEIA, DAS 8H30 ÀS 11H E DAS 13H30 ÀS 16H, PARA GRUPOS, COM PERCURSO POR TRILHA, INFORMAÇÕES SOBRE ECOLOGIA E OFICINA. A ENTRADA É GRATUITA PARA VISITAS DIÁRIAS E GRUPOS DE ESCOLAS PÚBLICAS.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
ARTE NA PRAÇA
imagem - GRGM
CENTRO CULTURAL MESTRE ASSIS DE EMBU
OFERECE AO PÚBLICO, GRATUITAMENTE, ACESSO À ARTE, À CULTURA E AO CONHECIMENTO. HÁ TRÊS SALAS PARA EXPOSIÇÕES (JOSEFINA AZTECA, ANA MOYSÉS E JALDO JONES), E O AUDITÓRIO CÁSSIO M'BOY, COM CAPACIDADE PARA 150 PESSOAS, DESTINADO A PALESTRAS, RECITAIS, ESPETÁCULOS MUSICAIS E TEATRAIS.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
TRILHA PARA A FONTE
imagem - PMEDA
FEIRA DE ARTESANATO
EM 1920, EMBU RECEBEU UM DE SEUS MAIORES EXPOENTES, O PINTOR CÁSSIO M´BOY. NOS ANOS SEGUINTES, MAIS ARTISTAS CHEGARAM À CIDADE: ASSIS DO EMBU, MESTRES SAKAI E GAMA, SOLANO TRINDADE E ANA MOYSÉS, ENTRE VÁRIOS OUTROS. ELES AJUDARAM A FUNDAR, EM 1969, A FEIRA DE EMBU DAS ARTES, CONHECIDA NACIONAL E INTERNACIONALMENTE.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
MUSEU DO ÍNDIO
PLANEJADO PELO ARTISTA PLÁSTICO, PESQUISADOR DA CULTURA INDÍGENA E ESCRITOR, WALDE-MAR DE ANDRADE E SILVA. TRATA-SE DE UM ESPAÇO DE PESQUISA E DEBATE DE TEMAS RELACIONADOS ÀS QUESTÕES INDÍGENAS – GRUPOS ÉTNICOS, COSTUMES, HÁBITOS ALIMENTARES, ARTE (PLÁSTICA, MUSICAL, DANÇA, ORATÓRIA E ORNAMENTAL), IDIOMAS, CRENÇAS, RITUAIS, VIDA COMUNITÁRIA E RELAÇÃO COM A NATUREZA E MEIO AMBIENTE.
imagem - Enio Prado
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
CONJUNTO JESUÍTICO / MUSEU DE ARTE SACRA
O CONJUNTO JESUÍTICO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO É FORMADO PELA IGREJA E PELA ANTIGA RESIDÊNCIA DOS PADRES, CONJUGADAS NUMA MESMA EDIFICAÇÃO. O DESENHO DAS PORTAS E JANELAS CRIA UMA DELICADA MOVIMENTAÇÃO DA FACHADA. TRATA-SE DE UM DOS MAIS IMPORTANTES E PRESERVADOS REMANESCENTES DAS CONSTRUÇÕES JESUÍTAS EM SÃO PAULO, CARACTERIZADAS PELA SIMPLICIDADE DAS LINHAS RETAS. A IGREJA COMEÇOU A SER CONSTRUÍDA POR VOLTA DE 1700 PELO PADRE BELCHIOR DE PONTES EM SUBSTITUIÇÃO À ANTIGA CAPELA DA FAZENDA DE CATARINA CAMACHO SITUADA NÃO MUITO LONGE DALI, TAMBÉM DEDICADA A NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO. A NOVA IGREJA TERIA SUFICIENTE CAPACIDADE PARA QUE OS ÍNDIOS E VIZINHOS PUDESSEM COMODAMENTE OBSERVAR OS PRECEITOS A QUE ESTÃO OBRIGADOS, COMO REGISTROU O PADRE MANUEL DA FONSECA NO LIVRO 'A VIDA DO VENERÁVEL PADRE BELCHIOR DE PONTES'.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO
JÁ ESTÁ FUNCIONANDO A PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO EMBU DAS ARTES. INAUGURADA EM 24/9, ELA AMPLIA A INFRA-ESTRUTURA TURÍSTICA DA CIDADE, COM SERVIÇOS DE QUALIDADE, DENTRO DO PADRÃO EXIGIDO PARA A COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS, AUMENTA A OFERTA DE TRABALHO E ABRE CAMINHO PARA Os EMPREENDEDORISMOS DE EXPOSITORES QUE SE TORNAM COMERCIANTES.
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
imagem - PMEDA
LADEIRA
imagem - ?
ARTES NO PASSEIO
imagem - Enio Prado
RUA
imagem - GRGM
QUADRO DE JOSEFINA AZTECA
imagem - PMEDA
PRAÇA
imagem - GRGM
ESTA EH A ABANDEIRA DA CIDADE DE EMBU DAS ARTES, SP
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE EMBU DAS ARTES, SP


fonte / fotos - Wikipédia / viajeaqui.abril.com.br  / Thymonthy Becker / portal da Prefeitura / IBGE / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 ESTRADAS BRASILEIRAS QUE VALE A PENA DIRIGIR POR ELAS - Viajar de carro pode ser muito bom, se for por uma dessas estradas. Confira cinco trechos que agradam tanto quanto o destino final de suas férias

CONHEÇA 05 ESTRADAS QUE VALE A PENA VOCÊ VIAJAR DE CARRO POR ELAS. Há quem diga que o importante não é o destino final, e sim o caminho até lá. Em uma viagem de carro, não costuma ser bem assim, considerando o péssimo estado do asfalto de nossas estradas, além do custos do pedágio, motoristas ruins e a falta de uma boa paisagem. Mesmo com todos esses problemas, é possível aproveitar um passeio automotivo pelo Brasil em uma das cinco estradas escolhidas pela Hertz, empresa especializada em aluguel de veículos: Confira ESTRADA REAL / MINAS GERAIS / RIO DE JANEIRO / SÃO PAULO  Também conhecida como Caminho Real, é uma das estradas mais famosas do Brasil, por ser um dos principais pontos turísticos do País. Tem 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Motivos não faltam para visita-la, com um circuito de 179 cidades históricas, passando por belas paisagens formadas pelos trechos de mata atlântica. Tem até atividades fora do carro, como caminhada…

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. (Thymonthy Becker) A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. (Thymonthy Becker) A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das ár…

ITUIUTABA, MINAS GERAIS - Com vários atrativos turísticos como cachoeiras, trilhas, museu, parques. artesanato regional e a famosa cachaça artesanal

CONHEÇA A CIDADE DE "ITUIUTABA", MINAS GERAIS, BRASIL BEM VINDO A CIDADE DE ITUIUTABA, MG. PORTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO foto - ? População estimada 2016 (1) - 103.945 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.598,046 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 37,40 Código do Município 3134202 Gentílico - ituiutabano Prefeito 2017 / FUED JOSE DIB ORIGEM DO NOME O nome da cidade eh de origem indígena: I - rio, TUIU ­barrento; TABA - povoação, cidade. “Cidade do rio barrento”
Gentílico: ituiutabano HISTÓRICO Ituiutaba é uma fusão de vocábulos tupis que significa "povoação do rio Tijuco". Os primitivos habitantes do município eram ameríndios, pertencentes ao grupo Gê, também chamados caiapós. Uma das tribos que deixaram fama na região foi a dos panariás, muito bem estudada por Alexandre Barbosa, de Uberaba. Por fim ela foi aldeada na atual povoação de São Francisco de Sales, às margens do Rio Grande, no vizinho município de Campina Verde. Os panariás - assinala o his…

PONTE NOVA, MINAS GERAIS - No circuito turístico Montanhas e Fé da Estrada Real e Rota Imperial

CONHEÇA A CIDADE DE "PONTE NOVA", MINAS GERAIS, BRASIL Foto - Ronaldo Fernandes PARQUE MUNICIPAL NATURAL "TANCREDO NEVES" EM PONTE NOVA, MG
Foto - Isabella Ottoni
PONTE DA BARRINHA EM PONTE NOVA, MG
Foto - Ronaldo Fernandes
RIO PIRANGA EM PONTE NOVA, MG
Foto - Isabella Ottoni 
SEDE DA FAZENDA SANTA HELENA EM PONTE NOVA, MG
Foto - Ronaldo Fernandes
USINA SANTA HELENA EM PONTE NOVA, MG
Foto - Isabella Ottoni
VISTA GERAL DA CIDADE DE PONTE NOVA, MG
Foto - Ronaldo Fernandes
PONTE DE FERRO EM PONTE NOVA, MG
Foto - Ronaldo Fernandes
BEM VINDO A CIDADE DE PONTE NOVA. TERRA NATAL DE REINALDO - ÍDOLO DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO E DA DUPLA SERTANEJA VICTOR E LÉO
foto - ?
População estimada 2016 (1) - 60.188
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 470,643
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 121,94
Código do Município 3152105
Gentílico - ponte-novense
Prefeito 2017 / WAGNER MOL GUIMARÃES
ORIGEM DO NOME
A SEGUNDA metade do século XVIII, uma comissão incumbida oficialmente de abrir u…

MONUMENTO HOLGER DANSKE, DINAMARCA - A tradição diz que a estátua ganhará vida quando a Dinamarca se encontrar em grande perigo e salvará a nação

CONHEÇA O "HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA - HOLGER DANSKE ", DINAMARCA 
Explorar as criptas e catacumbas do Castelo de Kronborg é uma grande experiência. Escondido no porão do castelo, você vai conhecer o dinamarquês Holger (Holger Dansk), uma imponente estátua de pedra. Holger o dinamarquês, é uma figura lendária na cultura dinamarquesa. Se a Dinamarca se encontrar em apuros, ele vai acordar e defendê-la! HOLGER DANSKE, OU HOLGER, O DINAMARQUÊS, É UM HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA. A PRIMEIRA REFERÊNCIA QUE TEMOS SOBRE A SUA EXISTÊNCIA APARECE EM ANTIGOS POEMAS FRANCESES, DE MEADOS DO SÉCULO XI. DE ACORDO COM A LENDA, ERA FILHO DE GODOFREDO, REI DA DINAMARCA. O SEU FILHO FOI MORTO POR CARLOS, O JOVEM, FILHO DE CARLOS MAGNO; EM BUSCA DE VINGANÇA, PROCUROU-O E MATOU-O. SÓ POR POUCO O IMPEDIRAM DE MATAR O PRÓPRIO CARLOS MAGNO. RESISTIU A CARLOS MAGNO DURANTE SETE ANOS, MAS FEZ A PAZ PARA LUTAR AO LADO DELE CONTRA OS SARRACENOS. DURANTE ESSA BATALHA MATOU O GIGANTE BREHUS. OS BARALHOS …

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

CONHEÇA A CIDADE DE "SERRA DO NAVIO", AMAPÁ, BRASIL CONHEÇA A FAMOSA "LAGOA AZUL" DE SERRA DO NAVIO, AP A história da Lagoa Azul se mistura à criação da Serra do Navio e à atividade de exploração na década de 1950 A Amazônia é conhecida pelos rios, igarapés e cachoeiras. Mas, a maioria das pessoas nem imaginam que aqui existam lagoas de águas azul turquesa. A 208 quilômetros de Macapá, capital do Amapá, fica a Lagoa Azul, um paraíso que nasceu de uma mina abandonada. O lugar fica próximo à Vila Serra do Navio, cidade criada na década de 1950 para abrigar os trabalhadores de uma empresa de mineração. A lagoa azul e o passado da história da Serra do Navio estão entrelaçados. De acordo com a prefeitura da cidade, a cor marcante da lagoa, em tom azul anil, acontece por conta dos minérios da região especialmente o carbonato de manganês. O lugar era uma mineração. Hoje é possível chegar até lá através de trilhas ou de carro. A região é cercada por uma floresta tropical. O…

BOM JARDIM DE MINAS, MINAS GERAIS - Típica cidade mineira, com povo hospitaleiro, de clima ameno e muito aconchegante, traz no bojo de sua historia uma origem bucólica e religiosa com inúmeras atrações turísticas

CONHEÇA A CIDADE DE "BOM JARDIM DE MINAS", MINAS GERAIS, BRASIL Foto - Thymonthy Becker  BEM VINDO A CIDADE DE BOM JARDIM DE MINAS. PORTAL DA SERRA DA MANTIQUEIRA foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 6.648 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 412,021 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 15,78 Código do Município 3107505 Gentílico - bom-jardinense Prefeito 2017 / SERGIO MARTINS ORIGEM DO NOME O TOPÔNIMO ORIGINOU-SE DO NOME DA FAZENDA BOM JARDIM, PIONEIRA DA COMUNIDADE, E DO BELO "JARDIM" NELA CONSTRUÍDO PELOS SEUS PROPRIETÁRIOS. Bom Jardim de Minas Minas Gerais - MG HISTÓRICO O território onde se acha localizado o município, foi habitado por silvícolas de diversas tribos não identificados devidamente. Em 1770, Manoel Arriaga de Oliveira, sua mulher e seis filhos, chegaram à região, fundaram uma colônia que chamaram Campo Vermelho, tornando-se os primeiros moradores do lugar. O núcleo sofreu vários ataques dos índiso, sendo morto o filho do fundad…

INHAPIM, MINAS GERAIS - No vale do Rio Doce, entre as Verdes Montanhas das Minas gerais, com cachoeiras e trilhas, Inhapim eh uma cidade hospitaleira, charmosa com ótima comida mineira

CONHEÇA A CIDADE DE "INHAPIM", MINAS GERAIS, BRASIL, DA JANELA DO TREM

A igreja matriz é a porta de entrada da cidade.
foto - ? CONHEÇA UM POUCO MAIS DE INHAPIM POR FOTOS
BAIRRO SANTO ANTÔNIO
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira DISTRITO DE MACADAME
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira AABB (ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL)
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira VILA MARQUES
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira

PRACUÚBA, AMAPÁ - Com grande potencial turístico com suas grandes áreas de florestas, áreas inundáveis e múltiplos ambientes pesqueiros

CONHEÇA A CIDADE DE "PRACUÚBA", AMAPÁ, BRASIL No Estado do Amapá, o Município de Pracuúba, apresenta condições favoráveis à implantação de projetos do segmento turístico, não só por possui um dos maiores patrimônios naturais, praticamente intocados, mas por reunir uma síntese de ecossistemas nativos da Amazônia.  O governo do estado visa à implementação de projetos através das políticas públicas que tenham o cunho da viabilidade social, cultural, econômica e ambiental da localidade, para possibilitar o desenvolvimento turístico através de seu potencial e primar pela sustentabilidade no município. (Internet) Pracuúba que tem um grande potencial turístico, de condições técnicas, organizacionais e gerenciais para o desenvolvimento estrutural de atividades turística na localidade. E visa também descentralizar as ações de planejamento, de coordenação, de execução e de acompanhamento avaliados pelos órgãos responsáveis, motivando os segmentos organizados e a comunidade do municípi…