Pular para o conteúdo principal

Postagens

POSTAGEM EM DESTAQUE

OS 05 LUGARES QUE VÃO DESAPARECER DA TERRA - Conheça todos eles antes que seja tarde demais. Nauru é a menor república independente do mundo. A pequena ilha, localizada no Oceano Pacífico Sul, possui área de 21 km² e pode se tornar completamente inabitável em breve. Famoso por ser o lugar mais baixo da Terra (aproximadamente 426 m abaixo do nível do mar) e por ser tão salgado que é possível boiar sem esforços sobre ele, o Mar Morto pode sumir e deixar apenas um rastro de sal e sujeira. Isso porque o Mar Morto está evaporando em uma velocidade impressionante, perdendo quase 1 m de área por ano. A Cidade do México foi construída pelos astecas sobre um antigo lago. No século passado, a Cidade do México afundou mais de 9 m e a cidade afunda cerca de 20 cm por ano. Para piorar: ainda não há nenhum plano claro para fazer a cidade parar de afundar e ainda fornecer água para mais de 22 milhões de pessoas.

Postagens recentes

BARCELONA, ESPANHA - Barcelona é um dos principais destinos de quem vai para a Espanha. O destino, capital da Catalunha, é jovem, acolhedor, respira cultura e boa gastronomia e, diferente de outras cidades espanholas, os moradores locais recebem os turistas de braços abertos. Se você está de passagem pela primeira vez, o RoadTrio reuniu 10 destaques que não podem faltar no seu roteiro

CONHEÇA 10 LUGARESIMPERDÍVEIS EM "BARCELONA", ESPANHA - OLHANDO DA JANELA DO TREM Barcelona é um dos principais destinos de quem vai para a Espanha. O destino, capital da Catalunha, é jovem, acolhedor, respira cultura e boa gastronomia e, diferente de outras cidades espanholas, os moradores locais recebem os turistas de braços abertos.  Se você está de passagem pela primeira vez, o RoadTrio reuniu 10 destaques que não podem faltar no seu roteiro. 
01 - PARC DE LA CIUTADELLA  O Parc de la Ciutadella foi o primeiro parque público de Barcelona e está muito bem conservado. Nos dias de sol, os catalães aproveitam a área verde para passear com cachorros, pegar um bronze, correr, levar a criançada para brincar e fazer pique-nique.  Com cerca de 280.000 m2, o parque e abriga o zoológico da cidade, o Parlamento da Catalunha, museus e a famosa fonte desenhada por Josep Fontserè em colaboração com Antoni Gaudí – com certeza você já viu várias fotos delas pelas redes sociais. Outra atraç…

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA CURTIR SUAS FÉRIAS NA NOVA ZELÂNDIA - Geleiras espetaculares, fiordes pitorescos, montanhas acidentadas, vastas planícies, colinas, floresta subtropical, planalto vulcânico, quilômetros de litoral com maravilhosas praias arenosas: você encontra tudo isso na Nova Zelândia. Com a bela natureza, os turistas são surpreendidos com outras cidades que encontram pelo caminho, principalmente se rodam o país de norte a sul. Cerca de um terço do país está protegido pelo Parque Nacional, aproximadamente 30% é coberto por florestas naturais e nenhuma cidade fica a mais de 130 km do mar. Poluição é praticamente inexistente no país

VEJA TUDO DE BOM QUE SE PODE FAZER NA "NOVA ZELÂNDIA", OCEANIA - OLHANDO DA JANELA DO TREM É preciso literalmente viajar no tempo para ir do Brasil à Nova Zelândia. Não tem voo direto para lá. Por isso, partimos de São Paulo rumo a Buenos Aires às 19h de uma sexta-feira e chegamos no domingo às 5h do horário local.  Faça as contas: a diferença de fuso para o Brasil é de 15 horas, sem horário de verão e chegamos na manhã do domingo na Nova Zelândia, ou seja: nosso sábado praticamente não existiu (embora continuasse sendo sábado no Brasil). Pode parecer confuso, mas isso é basicamente para você entender a nossa “viagem no tempo”.  Apesar de ser longo, 13 horas para ir e 11 horas para voltar, o voo não é tão cansativo quanto parece. Voamos de Air New Zealand, que tem distrações suficientes para você passar o tempo. Na TV disponível para cada passageiro, é possível assistir a dezenas de filmes, ouvir música, planejar sua viagem – já que tem uma apresentação completa de cada cid…

PORTO COVO, LISBOA, PORTUGAL - Uma vilinha encantadora de pouco mais de mil habitantes, tem um ar vintage, uma combinação de sonho de casas brancas + enseadas de águas transparentes + bons restaurantes. A Costa Vicentina é um dos segredos mais bem guardados de Portugal: um trecho de cerca de 100 quilômetros de parque natural que margeia o Atlântico de norte a sul unindo os mais bonitos trechos de litoral entre o Alentejo e o Algarve. Uma região onde os campos de oliveiras chegam quase ao mar, as dunas desenham lindas paisagens e o mar molda baías ora pequeninas, ora extensas, sempre de areias fininhas e águas transparentes.

AO SUL DE LISBOA, PORTO COVO É O MELHOR DO VERÃO EM PORTUGAL - OLHANDO DA JANELA DO TREM A rua principal da vila: (acima) pouco mais de mil habitantes (Bruno Barata/Reprodução) A pracinha da cidade, (abaicxo) com barracas de tererê: passeio à moda antiga (Bruno Barata/Reprodução) A Costa Vicentina é um dos segredos mais bem guardados de Portugal: um trecho de cerca de 100 quilômetros de parque natural que margeia o Atlântico de norte a sul unindo os mais bonitos trechos de litoral entre o Alentejo e o Algarve.  Uma região onde os campos de oliveiras chegam quase ao mar, as dunas desenham lindas paisagens e o mar molda baías ora pequeninas, ora extensas, sempre de areias fininhas e águas transparentes.  Casinha típica de Porto Covo: fachada branca e portas e janelas coloridas (Bruno Barata/Reprodução) A Ilha do Pessegueiro, ao sul da vila: inspiração de música (Bruno Barata/Reprodução) Porto Covo, uma vilinha encantadora de pouco mais de mil habitantes, é a primeira parada na região para q…