BAEPENDI, MINAS GERAIS - Na terra de "Nhá Chica" mais de 50 cachoeiras em meio a paisagens deslumbrantes esperam por você




CONHEÇA A CIDADE DE "BAEPENDI", MINAS GERAIS, BRASIL
imagem - ?
BEM VINDO A CIDADE DE BAEPENDI. TERRA DAS CACHOEIRAS
imagem - ?
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 02 DE MAIO E FOI FUNDADA EM 1.856
foto - Thymonthy Becker
População estimada 2016 (1) - 19.252
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 750,554
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 24,39
Código do Município 3104908
Gentílico - baependiano
Prefeito 2017 / HILTON LUIZ DE CARVALHO ROLLO
ORIGEM DO NOME
Eh controvertida a origem do topônimo Baependi. Segundo uns, seria derivado de mbae (coisa), pe (interrogativo) e nde (tua) e significaria: que gente e essa (tua) ou pertence-te isto? - pergunta que teria sido feita a um indígene pelos primeiros civilizados que andaram pela região. Para outros - Teodoro Sampaio, inclusive -, e uma corruptela de mbae-pindi o limpo em alusão a uma clareira na mata marginal do rio grande, facilitando o caminho dos descobridores. Há outras interpretações, todavia.

Gentílico: baependiano
Histórico
Baependi
Minas Gerais - MG
HISTÓRICO
As primeiras referências sobre o território que atualmente compreende o Município datam dos primeiros anos do século XVII. Segundo certos autores, a bandeira de André Leão, partindo de São Paulo, em 1601, seguiu o curso do Paraíba, desde o lugar onde atualmente e São José dos Campos, até Cachoeira, e galgando a serra da Mantiqueira, rumou para Pouso Alto e Baependi. 
A partir desta data, seu nome começa a aparecer nos relatos dos sertanistas. Em 1646, Jaques Félix - ou Félix Jaques, segundo Diogo de Vasconcelos - recebeu a incumbência de procurar minas andou pelos sertões de Guaratinguetá e chegou até o planalto do rio Verde. Dizem que Baependi já possuía, em 1681, alguma criação. 
Em ano anterior a 1694, andou também pela região Bartolomeu da Cunha, a procura das riquezas ali existentes. 
Quanto ao povoamento, antiga tradição diz que em 1692 Antônio da Veiga, seu filho João da Veiga e Manuel Garcia partiram de Taubaté rumo ao sertão, para captura de silvícolas. Empolgados por informações referentes à existência de ouro além da serra da Mantiqueira, incursionaram pelo rio Verde e deram a um tributário deste 0 nome de Baependi. 
Admite-se que o desbravador se tenha estabelecido no local mais tarde conhecido como o Engenho. Depois, atraídos pela noticia da descoberta de ouro naquelas paragens, outros colonizadores fundaram uma pequena povoação, a que denominaram Baependi, e edificaram uma capela, sob a invocação de Nossa Senhora de Montserrat. 
Sabe-se que entre os primeiros povoadores estão Tomé Rodrigues Nogueira do Ó e sua esposa Maria Leme do Prado. Não se sabe ao certo por que nem quando vieram, embora estes fatos não devam ter ultrapassado a primeira metade do século XVIII. 
Em 1814, foi o arraial elevado à categoria de vila, completando a 19 de julho de 1964 o seu 150.° aniversário. Quinze anos depois, José Marques da Rocha apresentou projeto de criação da nova província, formada por Baependi, Lorena, Guaratingueta, Bananal, Areias, Cunha, São João do Príncipe, Ilha Grande, Parati, Valença Resende e Campanha. O fato não se consumou, embora outras tentativas ocorressem anos mais tarde, sem lograrem, contudo melhor sorte. 
A revolução de 1842 teve repercussão no Município, onde os rebeldes, ainda que conseguissem êxitos parciais, foram batidos pelas tropas legalistas. 
Gentílico: baependiano
foto - Thymonthy Becker
VISTA AÉREA DA CIDADE
imagem - ?
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DE MONTSERRAT
A igreja Nossa Sde Mont Serrat é tombada pelo conselho municipal do patrimônio cultural. Ela foi erguida em meados do sec. xviii, por volta de 1754. Localiza-se na praça principal da cidade.
imagem - Luís Macedo
imagem - Luís Macedo
SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
Francisca Paula de Jesus, mais conhecida como Nhá-Chica, se dedicou à fé e à caridade. Assim viveu até seu falecimento em 14 de junho de 1895. São atribuídos a ela diversas graças alcançadas. Atualmente, seu processo de beatificação se encontra no vaticano. A capela construída por Nhá-Chica é chamada de Santuário de Nossa Senhora da Conceição.
imagem - Luís Macedo
IGREJA DO ROSÁRIO
imagem - Luís Macedo
imagem - Luís Macedo
IGREJA METODISTA WESLEYANA
foto - Thymonthy Becker
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES - 
foto - Thymonthy Becker
CACHOEIRAS
Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade.
Por isso integra o circuito turístico das águas de minas gerais. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares.
imagem -  Wikipédia
imagem - ?
imagem - Clariane Pereira
imagem - Guilherme Quadros
imagem - ?
imagem - ?
CONHEÇA UM POUCO DA CIDADE DE BAEPENDI
imagem - ?
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
imagem - ?
imagem - Regi Santos
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
O TRADICIONAL CORETO DA PRAÇA
imagem - Vinícius Antônio de Oliveira Dittrich
imagem - Luís Macedo
imagem - Luís Macedo
imagem - Luís Macedo
imagem - Luís Macedo

imagem - Luís Macedo
imagem - Cláudio kanai
imagem - Luís Macedo
ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
imagem - Bruno Carvalho Leal
ENTORNO DA CIDADE
imagem - ?
imagem - Vinícius Antônio de Oliveira Dittrich
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE BAEPENDI, MINAS GERAIS 

VALEU PELA VISITA - SEMPRE


Fonte / Fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Portal do Governo de Baependi / Wikipédia / 


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”