quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

PRAÇA DA SÉ, SÃO PAULO, SP - O marco zero da cidade de São Paulo




CONHEÇA A "PRAÇA DA SÉ", SÃO PAULO, BRASIL
A PRAÇA DA SÉ É UM ESPAÇO PÚBLICO LOCALIZADO NA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE SÃO PAULO. NELA, LOCALIZA-SE O MONUMENTO MARCO ZERO DO MUNICÍPIO. A PARTIR DELE, CONTAM-SE AS DISTÂNCIAS DE TODAS AS RODOVIAS QUE PARTEM DE SÃO PAULO, BEM COMO A NUMERAÇÃO DAS VIAS PÚBLICAS DA CIDADE.
AQUI O MARCO ZERO -
foto de André Bonacin
CONSIDERADA QUASE UM SINÔNIMO PARA O CENTRO VELHO, A PRAÇA É UM DOS ESPAÇOS MAIS CONHECIDOS DA CIDADE E FOI PALCO DE MUITOS EVENTOS IMPORTANTES PARA A HISTÓRIA DO PAÍS, COMO O COMÍCIO DAS DIRETAS JÁ.
O NOME DEVE-SE AO FATO DE A PRAÇA TER-SE DESENVOLVIDO EM FRENTE À SÉ DA CAPITAL PAULISTA.
ORIGINALMENTE CONHECIDA COMO O LARGO DA SÉ, A PRAÇA DESENVOLVEU-SE A PARTIR DA CONSTRUÇÃO DURANTE O PERÍODO COLONIAL DA IGREJA MATRIZ DO MUNICÍPIO (SUBSTITUÍDA PELA ATUAL CATEDRAL METROPOLITANA DE SÃO PAULO NO SÉCULO XX) E DE UMA SÉRIE DE EDIFÍCIOS AO SEU REDOR.
NO INÍCIO DO SÉCULO XX, PORÉM, COM A DEMOLIÇÃO DE VÁRIOS DOS EDIFÍCIOS ORIGINAIS E AS OBRAS DE EMBELEZAMENTO URBANO E ALTERAÇÕES NO SISTEMA VIÁRIO, A PRAÇA TRANSFORMOU-SE E ASSIM PERMANECEU ATÉ A SEGUNDA METADE DO SÉCULO.
AQUI MONUMENTO AOS FUNDADORES DE SÃO PAULO.
foto de Antonio JV Dal
A ATUAL PRAÇA É RESULTADO DE UM PROJETO PAISAGÍSTICO CONDUZIDO NA DÉCADA DE 1970 POR UM GRUPO DE PROFISSIONAIS DA PREFEITURA DE SÃO PAULO LIDERADOS PELO ARQUITETO JOSÉ EDUARDO DE ASSIS LEFÈVRE. NA ÉPOCA, O METRÔ DE SÃO PAULO ESTAVA CONSTRUINDO UMA ESTAÇÃO NAQUELE LOCAL E ERA NECESSÁRIO DEMOLIR TODO UM QUARTEIRÃO, FAZENDO COM QUE FOSSE NECESSÁRIO REPENSAR A CONCEPÇÃO PAISAGÍSTICA DA PRAÇA.
O GRUPO DE ARQUITETOS FOI INFLUENCIADO PELOS PROJETOS PAISAGÍSTICOS QUE ESTAVAM SENDO FEITOS NAQUELA ÉPOCA NA COSTA OESTE DOS EUA (ESPECIALMENTE OS DO PAISAGISTA LAWRENCE HALPRIN), CARACTERIZADOS POR UM GEOMETRISMO RIGOROSO E PELO DOMÍNIO DO TERRENO ATRAVÉS DE UM JOGO DE PATAMARES, ESPELHOS D'ÁGUA OU FONTES E VOLUMES PRISMÁTICOS DE TERRA.


Fonte / Fotos = Wikipédia / Thymonthy Becker / Governo de São Paulo / 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os lugares por onde o Trem mais passou esta semana