Pular para o conteúdo principal

SANTA CRUZ DO SUL, RIO GRANDE DO SUL - Muito mais que um destino de negócios ou turismo, conhecendo Santa Cruz do Sul, você jamais esquecerá. A indústria do fumo é a principal atividade econômica da cidade - as fábricas da Philip Morris e da Souza Cruz movimentam a hotelaria. O centrinho, muito limpo e com praças bem-cuidadas, divide espaço com bairros repletos de casas de alto padrão.




CONHEÇA A CIDADE DE "SANTA CRUZ DO SUL", RIO GRANDE DO SUL, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
Residência no bairro nobre da cidade, em Santa Cruz do Sul, RS
A indústria do fumo é a principal atividade econômica da cidade - as fábricas da Philip Morris e da Souza Cruz movimentam a hotelaria. O centrinho, muito limpo e com praças bem-cuidadas, divide espaço com bairros repletos de casas de alto padrão.
SANTA CRUZ DO SUL / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL
TÚNEL VERDE EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
O Centro de Santa Cruz do Sul é abrigado por um túnel natural composto por mais de 290 árvores da espécie tipuana, abrangendo uma extensão de aproximadamente 780 metros na rua principal na nossa cidade.
Endereço: Rua Marechal Floriano, entre as ruas Manoel Antônio de Barros e Tiradentes (Centro)

Durante o dia, as tipuanas oferecem uma sombra privilegiada às pessoas que cruzam o Centro. No período do Natal e Ano Novo, o túnel ganha iluminação à noite, destacando ainda mais a beleza da Rua Marechal Floriano.
PARQUE DA GRUTA EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Localizado a 2 Km do centro da cidade (partindo da Praça da Bandeira), o Parque da Gruta é um dos recantos mais acolhedores da região.
Endereço: Rua Capitão Pedro Werlang, s/nº

O parque possui uma extensão de 17,4 hectares dotado de uma área de lazer e composto por belos recantos naturais, como a gruta e uma cascata. Na área de lazer, os visitantes encontram churrasqueiras, banheiros, playground, restaurante e lanchonete.
A entrada é gratuita. Venha conhecer!
PARQUE DA SANTA CRUZ EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Localizado na antiga pedreira chamada Monte Verde, a poucos minutos do centro de Santa Cruz do Sul, o Parque da Santa Cruz foi inaugurado em novembro de 1996. Possui uma área verde de 12 hectares, onde se erguem imponentes paredões compostos por três tipos de rocha com 60 milhões de anos: basalto, arenito e buxito.
Em um dos paredões de arenito está esculpido uma figura de Cristo com 4 metros de altura. Na parte baixa, um anfiteatro com capacidade para 800 pessoas sentadas recebe atos místicos, artísticos e religiosos. Na parte alta, sobre os paredões, encontra-se um cruzeiro de 20 metros de altura iluminado com neon, que pode ser visto de qualquer ponto da cidade e municípios vizinhos.
Do alto do parque, é possível ter uma visão panorâmica da cidade de Santa Cruz do Sul, com o cinturão verde e o lago dourado ao fundo. É um ponto turístico muito procurado e elogiado pelos visitantes.
LAGO DOURADO EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Endereço: ERS 409 (saída para Vera Cruz, próximo ao trevo do bairro Bom Jesus)
O Lago Dourado é uma área de belezas naturais que impressiona os visitantes. A inspiração do nome ocorreu logo na criação do anteprojeto, cujo entorno apresentava a forma do peixe dourado.
Localizado junto às margens do Rio Pardinho - entre a RS-409 e a BR-471 - ocupa uma área de 90 hectares, onde se acumulam 3 milhões de metros cúbicos. O reservatório abastece o município de Santa Cruz do Sul, principalmente durante as fortes estiagens.
A área também é bastante utilizada para eventos esportivos e prática de caminhadas, corridas e pedaladas. Para isso, o entorno do lago possui uma pista com 6 km de extensão.
CENTRO CULTURAL JORNALISTA FRANCISCO JOSÉ FRANTZ EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Endereço: Rua Ernesto Alves, 817 - Praça Siegfried Heuser
Telefone: (51) 3056-2824
A antiga Estação Férrea de Santa Cruz do Sul abriga hoje o Centro de Cultura do Município, local onde comunidade e escolas podem divulgar seus trabalhos através de exposições e que também recebe oficinas oferecidas pelo Departamento de Cultura da Prefeitura.


IGREJA EVANGÉLICA DE CONFISSÃO LUTERANA EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Endereço: Rua Venâncio Aires, esquina com rua Sete de Setembro
Telefone: (51) 3713-3322
O prédio da Igreja Evangélica de Confissão Luterana de Santa Cruz do Sul, construído em estilo neo-românico, é o maior templo evangélico do Rio Grande do Sul, tendo capacidade para abrigar 700 pessoas. A edificação foi inaugurada e entregue ao culto público em 30 de novembro de 1924.
A história da Igreja Evangélica inicia em 1920, quando 120 membros da comunidade se reuniram para aprovar o plano de construção da nova igreja, projeto da firma Shütz & Hoezel.Em 1921, iniciaram-se os trabalhos de construção que tiveram um custo de 200 mil réis.
PARQUE DA OKTOBERFEST EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Endereço: Galvão Costa 755, Tel: (51) 3713-1288
Com uma área de 14 hectares localizada na região central de Santa Cruz do Sul, o Parque da Oktoberfest destaca-se por sediar anualmente a maior festa germânica do sul do País e que dá nome ao próprio parque: a Oktoberfest.
O espaço é dotado de infraestrutura para a realização de eventos esportivos, de lazer e turismo. Para isso, conta com um Ginásio Poliesportivo com capacidade para 8 mil pessoas, onde realizam-se shows musicais, eventos culturais e torneios esportivos. Além disso, o Parque da Oktoberfest possui um campo de futebol, pista atlética, quadras de basquete e futsal, pista de bicicross e pavilhões para feiras e exposições.
MONUMENTO AO IMIGRANTE EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Entroncamento das Ruas Marechal Floriano e Galvão Costa. 
O Monumento ao Imigrante constitui-se na homenagem prestada pela comunidade santacruzense aos imigrantes que com seu árduo trabalho colonizaram o Município. É um painel em mosaico, que mede onze metros de largura por três de altura, composto por centenas de cacos de ladrilhos, trabalhados com torquês e esmeril. Criado pelo desenhista santa-cruzense Hildo Paulo Müller, o monumento foi inaugurado em 25 de janeiro de 1969. Nele consta o ano da fundação da colônia – 1849 – e o nome dos primeiros colonizadores. Em 1994 o largo que abriga o monumento sofreu reformulações, para maior embelezamento do local, com destaque para a construção de um chafariz.
AUTÓDROMO INTERNACIONAL DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
Endereço: km 102 da rodovia RS 471
O Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul é um dos circuitos mais modernos do Brasil. A pista tem extensão total de 3.530,7 metros, com 14 curvas (sete à direita e sete à esquerda) de alta, média e baixa velocidades. Algumas curvas são feitas em mergulho cego, o que exige grande perícia dos pilotos.

A principal característica do circuito é a seletividade. As chicanes, a Ferradura e as curvas de alta em "S" são consideradas pelos pilotos as mais desafiadoras e prazerosas do Brasil. Inaugurada em 12 de junho de 2005, a pista já recebeu provas das principais categorias automobilísticas - Stock Car, Copa Clio, Fórmula 3. Fórmula Truck - e motociclísticas, como o Campeonato Brasileiro de Velocidade.
Sua reta de 753 metros também é palco de emocionantes pegas e campeonatos de arrancadas.
Dados técnicos:
Extensão: 3.530,70 metros
Largura: entre 12 e 15 metros
Superelevação: 1,5 a 8%
Nº de curvas: 14
Maior raio de curva: 120 metros - curva 12
Menor raio de curva: 29,93 metros - curva 9
Maior reta: 753 metros
Áreas de escape: 10 a 84 metros
Boxes: 21
1 Torre de Controle.
A indústria do fumo é a principal atividade econômica da cidade - as fábricas da Philip Morris e da Souza Cruz movimentam a hotelaria. O centrinho, muito limpo e com praças bem-cuidadas, divide espaço com bairros repletos de casas de alto padrão.
BEM VINDO A CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL. UMA CIDADE EXUBERANTE
AQUI O PÓRTICO NA ENTRADA DA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Rene Hass
CASARÕES EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Rene Hass
imagem - Germano Landia
SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
Localizado no centro da Praça da Bandeira, o prédio da Prefeitura Municipal foi construído em estilo neoclássico, lembrando as formas dos templos gregos. A resolução da construção do edifício da Câmara na praça do Carvalho (hoje da Bandeira) partiu dos moradores da Vila de São João de Santa Cruz quando, através de votação em 1886, decidiram sobre sua construção no referido local. A construção do prédio sob responsabilidade do engenheiro Carlos Trein Filho (também Presidente da Câmara) terminou em 30 de julho de 1889. A partir de 1889, a Câmara passou a funcionar na nova edificação.
imagem - Rene Hass
LOJA MAÇÔNICA EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Rene Hass
MONUMENTO AO IMIGRANTE ALEMÃO EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Monumento ao Imigrante Alemão constitui-se na homenagem prestada pela comunidade santa-cruzense aos imigrantes que com seu árduo trabalho colonizaram o município. Criado pelo desenhista santa-cruzense Hildo Paulo Müller, o monumento foi inaugurado em 25 de janeiro de 1969 e nele consta a data da fundação da colônia - 1849 - e o nome dos primeiros colonizadores. Em 1994 o largo que abriga o monumento sofreu reformulações para maior embelezamento do local, com destaque para a construção de um chafariz.
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Germano Landia
imagem - Thiago Gass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
PARQUE DO OKTOBERFEST EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Com área de 14 hectares dotado de infra-estrutura esportiva, lazer e turismo como: ginásio poliesportivo com capacidade para 8.000 pessoas, campos para prática de futebol onze e sete jogadores, canchas de basquete, tênis, futsal, bocha, pista de bicicross e ainda pavilhões para esporte e exposições.
imagem - Rene Hass
imagem - Wikipédia
imagem - Wikipédia
PARQUE SANTA CRUZ EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Localizado na antiga pedreira chamada Monte Verde, a poucos minutos do centro de Santa Cruz do Sul, o Parque da Santa Cruz foi inaugurado em novembro de 1996. Possui uma área verde de 12 hectares, onde erguem-se imponentes paredões compostos por três tipos de rocha com 60 milhões de anos: Basalto, Arenito e Buxito. Num dos paredões de arenito está esculpido uma figura de Cristo com 4 metros de altura. Na parte baixa, um anfiteatro com capacidade para 800 pessoas sentadas recebe atos místicos, artísticos e religiosos. Na parte alta, sobre os paredões, encontra-se um cruzeiro de 20 metros de altura iluminado com neon, que pode ser visto de qualquer ponto da cidade e municípios vizinhos. Do alto do parque, é possível ter uma visão panorâmica da cidade de Santa Cruz do Sul, com o cinturão verde e o lago dourado ao fundo. É um ponto turístico muito procurado e elogiado pelos visitantes, além de ser um local propício para a prática de rappel
imagem -  ?
imagem - Adriano Silvério
CHAFARIZ
imagem - Rene Hass
IGREJA EVANGÉLICA DA CONFISSÃO LUTERANA
O prédio da Igreja Evangélica de Confissão Luterana de Santa Cruz do Sul, construído em estilo neo-românico, é o maior templo evangélico do Rio Grande do Sul, tendo capacidade para abrigar 700 pessoas. Inaugurado e entregue ao culto público em 30 de novembro de 1924. A história da Igreja Evangélica inicia em 1920, quando 120 membros da comunidade se reuniram para aprovar o plano de construção da nova igreja, projeto da firma Shütz & Hoezel.Em 1921 iniciaram-se os trabalhos de construção que tiveram um custo de 200 mil réis. A primeira Igreja Evangélica foi construída em 1866 e situa-se onde atualmente é o Unibanco. Seu primeiro reverendo foi Hermann Bergfried.
imagem - Rene Hass
CATEDRAL DE SÃO JOÃO BATISTA, SEU INTERIOR E DETALHES EM SANTA CRUZ DO SUL, RS
Localizada na zona central da cidade, em frente à Praça Getúlio Vargas, a catedral São João Batista é um dos maiores templos da América do Sul em estilo neogótico tardio. Suas dimensões são: 80 metros de comprimento, 38 metros de largura, 26 metros de altura na nave central e suas torres alcançam 82 metros.
A construção começou em 1º de fevereiro de 1928 sob a orientação de Simão Gramlich, autor do projeto, e posteriormente sob liderança do engenheiro Ernesto Matheis.
Em 2 de agosto de 1936 a igreja foi entregue ao culto público, mas o acabamento da obra só ocorreu em 1977 com a construção de duas torres maiores e 66 menores, além da colocação do reboco do lado leste.
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
CONHEÇA UM POUCO DO DISTRITO DE MONTE ALVERNE, SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
imagem - Rene Hass
ENTORNO DA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
imagem - Douglas Andrades
População estimada 2016 (1) - 126.775
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 733,409
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 161,40
Código do Município 4316808
Gentílico - santa-cruzense
ORIGEM DO NOME DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
O nome, SANTA CRUZ, vem da devoção Portuguesa pelo catolicismo . O sul foi acrescentado para não haver Homônimo entre cidades.
Gentílico: santa-cruzense
HISTÓRICO DA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL, RS
O município de Santa Cruz do Sul firma suas origens na antiga colônia de Santa Cruz criada a partir de 1847 no Município de Rio Pardo, Distrito de Serra do Botucaraí, entre a margem esquerda do rio Pardo e o arroio Taquarimirim.
Sua fundação resultou do propósito da Câmara Municipal de Rio Pardo, então próspero centro de comércio, de estabelecer comunicação com a zona serrana da Província para atrair o comércio àquela região.
Aberta a estrada, o governo da Província concedeu, em 1847, sesmarias a João Faria da Rosa e outros. Foram demarcados os primeiros lotes na Picada ou Linha Santa Cruz (antigo rincão de Santo Antônio), destinados a imigrantes alemães. Procedeu à medição das terras o engenheiro Francisco Augusto de Vasconcelos Almeida Pereira Cabral, auxiliado por João Guilherme Werlang.
A 19 de dezembro de 1849, iniciou-se o povoamento da colônia, sendo distribuídos lotes a Augusto Wutke, Frederico Tietze, Augusto Mandler, Gottlieb Pohl, Augusto Raffler e Augusto Arnold, provenientes da Silésia e da Prússia. Estes já encontraram, no Faxinal de João Faria, além deste, Gregório Silveira, José Rodrigues de Almeida e Agostinho Antônio de Barros. Em casa de João Faria Rosa eram acolhidos e abrigados os colonos recém-chegados, enquanto não ocupavam os seus lotes.
Nos dois anos subseqüentes chegaram novos imigrantes; servia como intérprete João Beckenkamp, função mais tarde desempenhada por Frederico Bruck.
Santa Cruz tornou-se uma das colônias mais prósperas do Sul do País. Face a esse desenvolvimento, tratou o governo provincial de escolher o local para a futura povoação, feito o que, promulgou lei de 25 de novembro de 1852, desapropriando parte da antiga propriedade de João Faria Rosa, então pertencente ao Comendador Antônio Martins da Cruz Jobim.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL, RS

ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL, RS

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE



fonte dos textos e fotos: Wikipédia / Thymonthy Becker / Portal da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul, RS / IBGE / viajeaqui.abril.com.br /

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares. A religiosidade ocupa lugar de destaque como um dos fatores que mais atraem os visitantes, uma vez que Baependi foi o lugar onde a serva de Deus, Nhá Chica, concedeu suas graças, hoje em dia inúmeras romarias de diversas partes do país têm como destino o Santuário de Nhá Chica, onde também se encontram seus restos mortais.

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Será que tem gremista em Colorado? Claro que tem. Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O município tem como base da economia a produção agrícola. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. Destes, Capitólio se destaca por oferecer as melhores opções de serviços e infraestrutura turística. Os passeios náuticos, os esportes aquáticos, a pesca esportiva e a exuberância natural são pontos fortes da região, que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, o "Velho Chico". O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias. Desses, surgiram os “brasilienses”, o gentílico usado para quem nasceu aqui e adotado por quem veio de fora e assumiu a cidade como sua.

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras. De frente para a Baía da Guanabara, Niterói mostra que a vista para a cidade do Rio não é o único atrativo. Além de oferecer, na sua face voltada para o alto mar, trechos de areia ideais para quem quiser fugir do agito de Ipanema e Copacabana, o município começa a explorar o legado das construções assinadas por Oscar Niemeyer, entre elas o famoso Museu de Arte Contemporânea.

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.