OLHANDO DA JANELA DO TREM: 02/10/18

BARBACENA, MINAS GERAIS - Barbacena é conhecida em todo o Brasil e também no exterior como a "Cidade das Rosas", em função da grande produção local desta flor. No Brasil, o município também é conhecido como a "Cidade dos Loucos", pelo grande número de hospitais psiquiátricos instalados no local. A cidade atraiu esses manicômios em decorrência da antiga ideia, defendida por alguns médicos, de que seu clima ameno, com temperaturas médias bem baixas para os padrões brasileiros, faria com que os doentes mentais ficassem mais quietos e menos arredios, supostamente facilitando o tratamento. Além da intensa produção de frutas européias e de rosas, exportadas para o país e o exterior, Barbacena é centro de pecuária, agricultura e da indústria de tecelagem.




CONHEÇA A CIDADE DE "BARBACENA", MINAS GERAIS, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM

SEJA MUITO BEM VINDO A BELA CIDADE DE BARBACENA - ACIDADE DAS ROSAS
Barbacena é conhecida em todo o Brasil e também no exterior como a "Cidade das Rosas", em função da grande produção local desta flor e sua excelente qualidade.
foto - Frederico Simão
Barbacena é conhecida em todo o Brasil e também no exterior como a "Cidade das Rosas", em função da grande produção local desta flor. No Brasil, o município também é conhecido como a "Cidade dos Loucos", pelo grande número de hospitais psiquiátricos instalados no local. A cidade atraiu esses manicômios em decorrência da antiga ideia, defendida por alguns médicos, de que seu clima ameno, com temperaturas médias bem baixas para os padrões brasileiros, faria com que os doentes mentais ficassem mais quietos e menos arredios, supostamente facilitando o tratamento.
Faculdade de Medicina de Barbacena, Minas Gerais (Wikipédia)
O município possui parque de exposições e um aeroporto com aeroclube. É sede do Nono Batalhão de Polícia Militar, da 13ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais. Abriga estabelecimentos de ensino como a Faculdade de Medicina de Barbacena, a Escola Preparatória de Cadetes do Ar. Na cidade, também se encontram escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais, do Departamento de Estradas de Rodagem e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.
Além da intensa produção de frutas européias e de rosas, exportadas para o país e o exterior, Barbacena é centro de pecuária, agricultura e da indústria de tecelagem.
AQUI A ZONA RURAL DA CIDADE (Wikipédia)
AQUI A IGREJA DA BOA MORTE.
foto - Heverton J.B.
ESTA EH A IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO
foto - Tiago Vidal
ESTA EH A IGREJA DO ROSÁRIO
foto - Heverton J.B.
ESTA EH A BASÍLICA DE SÃO JOSÉ OPERÁRIO
foto - ?
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE
imagem - Carlão Azul
imagem - Carlão Azul
ESTES SÃO OS AFRESCOS DA IGREJA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE
imagem - Carlão Azul
ESTA AQUI EH A MATRIZ DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
foto - Raymundo P. Netto
AO FUNDO VEMOS A IGREJA DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO
foto - Gláucio Dutra Rocha
AQUI O PONTILHÃO FERROVIÁRIO
foto - ?
O CENTRO DA CIDADE
foto - ?
VEJA QUE BELO CASARÃO
foto - Heverton J.B.
MAIS UM BONITO CASARÃO
foto - ?
AO FUNDO A ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL
foto - Frederico Simão
O BELO CHAFARIZ DA PRAÇA CENTRAL
foto - Heverton J.B.
AQUI O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DAS MINAS GERAIS.
foto - Tiago Vidal
MONUMENTO NA PRAÇA
foto - Heverton J.B.
AQUI O MUSEU DA LOUCURA
foto - ?
VEJA QUE BELO JARDIM
foto - ?
ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
foto - Leandro Moreira
VEJA ALGUMAS IMAGENS DA REGIÃO CENTRAL
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
AQUI A FAMOSA ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO AR
foto - ?
foto - ?
foto - ?
UM VELHO CASARÃO
foto - ?
População estimada 2016 (1) - 135.829
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 759,186
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 166,34
Código do Município 3105608
Gentílico - barbacenense
Prefeito 2017 / LUIS ÁLVARO ABRANTES CAMPOS
ORIGEM DO NOME
O nome Barbacena foi uma homenagem ao então Governador e capitão-general da capitania “D. Luís Antônio Furtado de Mendonça” que detinha o título de “Visconde de Barbacena”. Que em 14 de agosto de 1.791 criou a Vila de Barbacena e erigiu o respectivo pelourinho de Câmara, dando a vila o seu próprio título (originalmente, de Barbacena, em Portugal)
Gentílico: barbacenense
HISTÓRICO
Barbacena teve por origem uma pequena aldeia de índios Puris, formada por jesuítas junto às cabeceiras do Rio das Mortes, pelas primeiras bandeiras que penetraram no território das Minas Gerais e Borda do Campo. Esses indígenas, pertencentes à nação tupi, habitavam a zona do Campo desde a Mantiqueira, e tinham por vizinhos a leste os Coroados e ao norte os Carijós. Vindos do sul, eles se espalharam pelas regiões de Queluz e Congonhas do Campo. Os últimos representantes desses indígenas desapareceram em meados do século XVIII.
Os primeiros povoadores da região foram paulistas e portugueses, procedentes, na maioria, de Taubaté. Transpondo a Mantiqueira pela garganta do Embaú, desbravaram os sertões e estabeleceram-se no território, dedicando-se de início à mineração e, em seguida, à lavoura e criação de gado. Essa empresa foi iniciada pelo capitão Garcia Rodrigues Paes Leme, em 1698, e determinada com o auxílio de seu cunhado, o Coronel Domingos Rodrigues de Fonseca Leme, então já estabelecido na fazenda da Borba do Campo. Como recompensa receberam ambos vários títulos, privilégios e diversas sesmarias ao longo de Caminho Novo, aberto por eles.
Em representação dirigida ao Príncipe Regente D. Pedro, em 11 de fevereiro de 1822, vila de Barbacena foi proposta para capital, sede da Monarquia portuguesa, então em crise, oferecendo-se os barbacenenses para lutar em defesa do Príncipe Regente, que nessa ocasião, havia recorrido aos mineiros. Recebeu Barbacena, então, o título de “nobre e muito leal”, conferido pelo primeiro Imperador, em 1832.
Em 1840, Barbacena recebeu foros de cidade, juntamente com a Campanha da Princesa, Paracatu e Minas Novas.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE BARBACENA, MINAS GERAIS
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE BARBACENA, MINAS GERAIS



QUALQUER DIA DESTES, A GENTE SE ENCONTRA EM UMA CIDADE MINEIRA.

Fonte dos textos e fotos: IBGE / Thymonthy Becker / Portal do Governo de Barbacena / Wikipédia / 


GUARDA-MOR, MINAS GERAIS - A alma do interior está em cada detalhe: no coreto da praça, no povo hospitaleiro, na paixão pela cidade, no mercado onde o produto fica na rua. Uma de suas principais atrações naturais é a cachoeira do Funil e as cachoeira da Usina. No panorama cultural , destacam-se as festas religiosas, tais como a de Santa Rita de Cássia, padroeira do município, realizada no mês de Julho. Destacam-se como fundadores de Guarda-mor, os bandeirantes.




CONHEÇA A CIDADE DE "GUARDA-MOR", MINAS GERAIS, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DAS MAIS BELAS CACHOEIRAS DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A GUARDA-MOR
foto - César Yoshihiro Sato
AQUI A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL
foto - PMG
ESTA SERÁ A NOVA CENTRAL REGIONAL DE GUARDA-MOR
foto - ?
AQUI UMA PRAÇA DA CIDADE
foto - Dejair
AQUI UM HOTEL DA CIDADE
foto - ?
GUARDA-MOR ENCRAVADA NAS MONTANHAS DAS MINAS GERAIS
foto - PMG
AQUI A MATRIZ DE SANTA RITA DE CÁSSIA, A PADROEIRA DA CIDADE
foto - Altemiro Olinto Cristo
ESTA EH A PAISAGEM NO ENTORNO DA CIDADE
foto - ?
LAGO NAS IMEDIAÇÕES DA CIDADE
foto - ?
MAIS UMA PAISAGEM NO ENTORNO DA CIDADE
foto - ?
ESTA EH UMA DAS MUITAS MONTANHAS QUE EXISTEM NA REGIÃO. ESTA EH A SERRA DO PILÃO. USADA COMO RAMPA DE DECOLAGEM DE PARAPENTE.
foto - VC Sousa
VEJA QUE BACANA ESTA CACHOEIRA
foto - Leonardo Guimarães
EM GUARDA-MOR SE PRATICA O PARAPENTE. AQUI, ATLETAS OBSERVANDO O LOCAL
foto - ?
ESTA EH A RODOVIA NA CHEGADA DA CIDADE
foto - ?
Uma de suas principais atrações naturais é a cachoeira do Funil e as cachoeira da Usina. No panorama cultural , destacam-se as festas religiosas, tais como a de Santa Rita de Cássia, padroeira do município, realizada no mês de Julho. Destacam-se como fundadores de Guarda-mor, os bandeirantes. 
ESTA EH A CACHOEIRA DA USINA
foto - Antônio Bernardes Brito
AQUI A CACHOEIRA DO FUNIL
foto - PMG
MAIS UMA DAS MUITAS CACHOEIRAS
foto - Gê Machado
População estimada 2016 (1) - 6.737
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.069,790
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 3,17
Código do Município 3128600
Gentílico - guarda-morense
Prefeito 2017 / EDGAR JOSÉ DE LIMA
ORIGEM DO NOME
NOS TEMPOS EM QUE OS BANDEIRANTES COMEÇARAM A EXTRAIR OURO DO CÓRREGO DE PARACATU CRIOU SE UM POSTO DE GUARDA-REAL (MAIOR, MOR) DAÍ A ORIGEM DO NOME - PARA EFEITO DE FISCALIZAÇÃO DO OURO QUE ERA TRANSPORTADO PARA UBERABA.
Gentílico: guarda-morense
HISTÓRICO
Saint-Hilaire, famoso viajante francês, em sua obra intitulada ''viagem as nascentes do rio São Francisco'', menciona a fazenda do Guarda-Mor ao descrever Paracatu do século XVIII. Ilídio Pereira Guimarães, proprietário da referida área, doou 30 alqueires (90 ha) para Santa Rita dos Impossíveis. Por ser terreno da Santa e, por conseguinte, gratuito, muitas famílias vieram demarcar seus respectivos lotes e formou-se, assim, o arraial. A população cresceu rapidamente e o mesmo foi elevado a distrito em 1850.
Em 1871, criou-se a Paroquia de Santa Rita dos Impossíveis de Guarda-Mor, logo extinta em 1873. A época da criação do distrito de Vazante, em 1938, Guarda-Mor cede parte de seu território. Ao elevar-se a categoria de município, em 1953, Guarda-Mor passa a integra-lo.
Em 1963, Gurda-Mor torna-se município.
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE GUARDA-MOR, MINAS GERAIS

A GENTE SE ENCONTRA EM ALGUM LUGAR DE MINAS. 


Fonte dos textos e fotos: IBGE / Thymonthy Becker / Portal do Governo de Guarda-Mor / Wikipédia /