Pular para o conteúdo principal

VATICANO, ROMA - De monumentos históricos a obras-primas da Renascença talhados por mestres como Michelangelo, Rafael e Bernini, de joias arquitetônicas à chance de ser recebido pelo Papa em pessoa




CONHEÇA A "CIDADE DO VATICANO", ROMA, ITÁLIA
Vaticano ou Cidade do Vaticano, oficialmente Estado da Cidade do Vaticano (em italiano: Stato della Città del Vaticano é a sede da Igreja Católica e uma cidade-Estado soberana sem costa marítima cujo território consiste de um enclave murado dentro da cidade de Roma, capital da Itália. Com aproximadamente 44 hectares (0,44 km²) e com uma população de pouco mais de 800 habitantes, é a menor entidade territorial do mundo administrada por um Estado. 
A Cidade do Vaticano é uma cidade-Estado que existe desde 1929. É distinta da Santa Sé, que remonta ao cristianismo primitivo sendo a principal sé episcopal de 1,490 bilhão de católicos romanos (latinos e orientais) de todo o mundo. Ordenanças da Cidade do Vaticano são publicadas em italiano; documentos oficiais da Santa Sé são emitidos principalmente em latim. As duas entidades ainda têm passaportes distintos: a Santa Sé, como não é um país, apenas trata de questões de passaportes diplomáticos e de serviço; o estado da Cidade do Vaticano cuida dos passaportes comuns. Em ambos os casos, os passaportes emitidos são muito poucos. 
Palácio do Governo do vaticano
A cidade é servida por um sistema de telefone moderno e independente, pela Farmácia do Vaticano e correios. O sistema postal foi fundado em 11 de fevereiro de 1929, e dois dias mais tarde tornou-se operacional. Em 1 de agosto, o estado começou a liberar seus próprios selos postais, sob a autoridade do Gabinete Filatélico e Numismático da Cidade do Vaticano. O serviço postal da cidade é, por vezes, reconhecido como "o melhor do mundo", e as cartas chegam ao seu destino antes do serviço postal de Roma. O Vaticano também controla seu próprio domínio de Internet, que está registrado como (.va). O serviço de banda larga é amplamente fornecido na Cidade do Vaticano. À Cidade do Vaticano foi também atribuído um prefixo de rádio, HV, e às vezes é usada por operadores de rádio amador. 
Soldados da Guarda Suíça 
A Rádio Vaticano, que foi organizada por Guglielmo Marconi, faz transmissões em frequências de ondas curtas, ondas médias e FM e na Internet. Suas principais antenas de transmissão estão localizados em território italiano. Serviços de televisão são fornecidos através de uma outra entidade, o Centro Televisivo do Vaticano. 
Máquina de selos do serviço postal do Vaticano
L'Osservatore Romano é o jornal oficial semi-multilingue da Santa Sé. É publicado por uma empresa privada, sob a direção de leigos católicos, mas como relatórios sobre as informações oficiais. No entanto, os textos oficiais de documentos estão na Acta Apostolicae Sedis, o jornal oficial da Santa Sé, que tem um apêndice para documentos da Cidade do Vaticano. 
O obelisco do Vaticano foi originalmente trazido do Egito por Calígula.
Rádio Vaticano, o Centro Televisivo Vaticano, L'Osservatore Romano não são órgãos de Estado do Vaticano, mas da Santa Sé, e estão listadas como tal no Anuário Pontifício, que coloca-os na seção "Instituições ligadas com a Santa Sé.", à frente das secções de serviço diplomático da Santa Sé no estrangeiro e ao Corpo Diplomático acreditado junto à Santa Sé, após o que é colocado na seção sobre o Estado da Cidade do Vaticano. 
Estação ferroviária do Vaticano
A Biblioteca Apostólica Vaticana e as coleções dos Museus Vaticanos são da mais alta importância histórica, científica e cultural. Em 1984, o Vaticano foi adicionado pela UNESCO para a lista do Patrimônios Mundiais; é o único que consiste em um Estado inteiro. [Além disso, é o único local registrado na UNESCO como um centro monumental no "Registo Internacional dos Bens Culturais sob Proteção Especial" de acordo com a Convenção para a Proteção dos Bens Culturais em Caso de Conflito Armado de Haia, assinada em 1954.] 
No território do Vaticano existem vários edifícios de origem muito antiga. Contudo, existem propriedades que não estão na Cidade do Vaticano, mas que, em virtude do Tratado de Latrão assinado entre a Santa Sé e a Itália, estão sujeitas à extraterritorialidade com isenção de impostos e expropriação.
AS ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS DO VATICANO 
Obras de arte atemporais, monumentos arquitetônicos, ficar cara a cara com o papa 
Conheça os passeios e atrações obrigatórios no Vaticano, em Roma. De monumentos históricos a obras-primas da Renascença talhados por mestres como Michelangelo, Rafael e Bernini, de joias arquitetônicas à chance de ser recebido pelo papa em pessoa, a Viagem e Turismo fez uma seleção com alguns dos principais destaques do menor estado do mundo.
VER O PAPA
Não é nada difícil ir a Roma e ver o Santo Padre. As celebrações litúrgicas, na Basílica de São Pedro, necessitam de convites e acontecem de duas a quatro vezes ao mês, em intervalos irregulares. Já o Angelus, aberto ao público, é promovido todos os domingos e em algumas ocasiões especiais, na Praça de São Pedro. Mais detalhes no verbete Audiência Papal. (Franco Origlia/Stringer)
PIETÀ, DE MICHELANGELO
A maioria dos visitantes que vai à Basílica de São Pedro segue direto em busca da Pietà. A comovente estátua de Maria com o Cristo morto é de poderosa plasticidade. Obra de um jovem Michelangelo, após um atentado a estátua passou a ser protegida por uma parede de vidro. Fica logo à direita da entrada. (Averain Creative Commons)
GUARDA SUÍÇA, VATICANO
BIBLIOTECA DO VATICANO
Com mais de 150 mil volumes, a Biblioteca Apostólica guarda alguns dos mais preciosos livros, documentos, cartas e registros escritos do Ocidente. Após uma extensa reforma para modernização, melhoria das condições de conservação e segurança e recuperação dos afrescos da Sala Sistina (foto; não confundir com a Capela Sistina, ambas construídas sob ordens do papa Sisto IV), ela está novamente aberta ao público. Ao menos, em termos. A rigorosa permissão de acesso à biblioteca de Nicolau V, inaugurada no século 15, só é dada, na maioria das vezes, a acadêmicos e pesquisadores. (Gazza H Creative Commons)
TETO DA CAPELA SISTINA
Simplesmente arrebatador. O Adão letárgico, com seu dedo frouxo, é puro contraste quando comparado ao Deus enérgico e impetuoso. Entre eles, o mais belo intervalo da história da arte, o quase-tocar que separa o humano do divino. Mesmo cercado de afrescos de Ghirlandaio, Botticelli e Perugino, que seriam o destaque em qualquer igreja do mundo, todos os turistas aqui têm suas atenções voltados ao teto. Dá um torcicolo danado, mas compensa pela poderosa beleza, as cores originais ressurgidas e a atmosfera litúrgica (tente esquecer a multidão). É sob este teto que acontece o conclave, a eleição dos papas.
GALERIA DE MAPAS
Ao adentrar o segundo andar dos Museus do Vaticano, um dos primeiros salões a serem visitados é um grande corredor, com tetos e paredes tomados por afrescos de mapas e momentos históricos da Igreja. Por suas janelas é possível espiar parte dos jardins. (J-Fish Creative Commons)
BALDAQUINO DE BERNINI
No encontro da nave com o transepto da Basílica de São Pedro, exatamente sob a massiva cúpula de Michelangelo, um elegante dossel de bronze cobre o altar papal. Ainda mais importante, ele marca o túmulo onde está sepultado Pedro, o pescador da Galileia que tornou-se o primeiro papa. Projetado por Bernini sob encomenda de Urbano VIII, ele utilizou bronze vindo das portas do Panteão em sua fundição. Não deixe de ver os belos efeitos de luz que atravessam as colunas salomônicas. (james_gordon_losangeles Creative Commons)
CÚPULA DE MICHELANGELO
O magistral domo que cobre o Baldaquino é obra de Michelangelo, seguindo técnicas utilizadas no Panteão de Roma e na Catedral de Florença, de Brunelleschi. A lanterna superior é de inigualável leveza, enquanto sua escala é simplesmente monumental. Note os mosaicos que representam os evangelistas, sobre as gigantescas colunas: somente a pena na mão de São Lucas tem cerca de 1,5 metro. O domo é iluminado por 16 janelas e uma lanterna central sobre o óculo. (james_gordon_losangeles Creative Commons)
ESCOLA DE ATENAS, NAS SALAS DE RAFAEL
Sem querer, muita gente deixou de ver esta obra-prima. Tal é a profusão de afrescos, quadros, esculturas e objetos históricos nos Museus do Vaticano que a Escola de Atenas, de Rafael, pode passar despercebida. Ela está na Stanza della Segnatura, um dos quatro cômodos encomendados pelo papa Júlio II com pinturas do mestre renascentista, originalmente utilizada como sua biblioteca. A pintura retrata alguns personagens-chave da filosofia e pensamento clássico gregos: Platão, Sócrates, Pitágoras, Diógenes e Aristóteles, entre outros. O próprio Rafael se incluiu na obra. Na mesma sala também está outra obra marcante, A Discussão do Santíssimo Sacramento, produzida entre 1508 e 1511. (jaybergesen/Creative Commons)
COLUNATA DE BERNINI, PRAÇA DE SÃO PEDRO
Abraçando a Praça de São Pedro, onde um obelisco egípcio pousa em seu centro, há duas séries semicirculares de imensas colunas dóricas. São 284 no total, acompanhadas por 140 estátuas instaladas no topo dos longos corredores. Além da monumentalidade do conjunto, o mais interessante por aqui é observar o vai e vem de pessoas. Sacerdotes e noviços apressados, turistas embasbacados, todos se apequenam na grande praça. (MrHistory Creative Commons)
ESCADARIAS DE GIUSEPPE MORMO
Muito antes de Frank Lloyd Wright conceber sua galeria em rampa no icônico museu Solomon R. Guggenheim de Nova York, Giuseppe Mormo desenhou esta escadaria estupenda em espiral, nos Museus do Vaticano. Na realidade, são duas escadas: uma que sobe e outra que desce, feito uma molécula de DNA. A forma orgânica e funcional é uma das últimas adições ao Vaticano, levantada na década de 1930. (Sebastian Bergman CC)
JUÍZO FINAL, DE MICHELANGELO
O afresco que cobre a grande parede ao fundo da Capela Sistina é singular. Aqui está um Jesus musculoso, poderoso, sem a barba. Uma imagem iconoclasta que Michelangelo produziu em sua maturidade, vinte anos após o teto da Capela Sistina. Ela reflete muito da atmosfera de incerteza de seu tempo, após o saque de Roma de 1527. Apocalíptico, severo, um tanto sombrio. (Zach Hale Creative Commons)
Por Eduardo Jun Marubayashi
ESTA EH A BANDEIRA DO ESTADO DO VATICANO, ROMA
ESTE EH O BRASÃO DO ESTADO DO VATICANO, ROMA

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE


Fonte / Fotos = viagemeturismo.abril.com.br / Wikipédia / Thymonthy Becker / Divulgação /


Gostou das dicas? Se quiser mais sugestões na Cidade Eterna, confira em viagemeturismo.abril.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA - O elegante desenho urbano estabelecido sobre uma extensa rede de canais e ilhotas é repleto de edifícios barrocos, palácios extravagantes e igrejas luxuosas. Os óbvios destaques são o Museu Hermitage, um dos melhores do planeta em arte ocidental, o Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo, mas boa parte da diversão está em caminhar por suas agradáveis ruas e canais.

CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO PETERSBURGO", RÚSSIA - CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO 2018 DE FUTEBOL DA LIGA FIFA Palácio Mariinsky, sede da Assembleia Legislativa e Petersburgo, Rússia Fortaleza de São Pedro e São Paulo em São Petersburgo, Rússia Estação Chornaya Rechka em São Petersburgo, Rússia Quando ainda não era conhecido como O Grande, o jovem príncipe Pedro passava boa parte de seu tempo entre homens do povo, absorvendo ideias que vinham de terras distantes e despendendo tempo construindo barcos e criando estratégias militares com seus exércitos de brinquedo. Quando ele se tornou o czar de todas as Rússias, hábil general e o homem que tirou o país da era medieval, resolveu construir uma nova capital, moderna e com refinados ares europeus, num grande pântano no Báltico. Nascia São Petersburgo. Renomeada Petrogrado e posteriormente Leningrado, quando a perestroika de Mikhail Gorbachev acelerou a queda do comunismo o nome original retornaria aos mapas.  O Palácio de Catarina, co…

CONHEÇA A MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, EM DUBAI - Com 201 metros de altura, terá capacidade para 1.400 passageiros em 48 cápsulas. Toda terá 9 mil toneladas de aço, o que é mais do que a Torre Eiffel e pesará mais do que o equivalente a oito Airbus A380s.

CONHEÇA A "MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO", DUBAI, EMIRADOS ÁRABES UNIDOS A maior roda gigante do mundo está sendo construída em Dubai, a Ain Dubai ('Ayn' é a decima sexta letra do alfabeto árabe, e é traduzida como 'olho'). O olho de Dubai com 201 metros irá superar os 165 metros do Singapore Flyer, atualmente a mais alta roda-gigante do mundo.  Com vistas panorâmicas sobre a costa de Dubai, incluindo o Burj Al Arab, a Palm Jumeirah e o Burj Khalifa, o projeto incluirá áreas de entretenimento, com uma variedade de lojas e restaurantes, um hotel de luxo cinco estrelas e edifícios residenciais privados.  A roda gigante faz parte do projeto Bluewaters Island e os responsáveis pelo seu desenvolvimento esperam atrair mais de 3 milhões de visitantes por ano.  O complexo de 1 bilhão será construído perto Jumeirah Beach Residence, ligado à beira mar por uma ponte de pedestres e ao continente por uma ponte de Sheikh Zayed Road, com um sistema de teleférico para o transp…

BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS - Inspirada nas cidades de Paris e Washington, com largas avenidas, ruas simétricas e arborizadas, Belo Horizonte foi planejada a partir de uma nova concepção estética urbana

CONHEÇA A CIDADE DE "BELO HORIZONTE", CAPITAL DAS MINAS GERAIS, BRASIL
MINEIRÃO E MINEIRINHO NA PAMPULHA EM BELO HORIZONTE, MG SEJA BEM VINDO A CAPITAL DA MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A BELO HORIZONTE. A CIDADE JARDIM imagem - Paulo Yuji Takarada ROTEIRO IDEAL PARA UM FIM DE SEMANA EM BELO HORIZONTE, MG Belo Horizonte é uma cidade que mistura modernidade com ares de interior. Localizada entre montanhas, rodeada por cachoeiras e cidades históricas, a capital de Minas Gerais conta com um valioso patrimônio arquitetônico que mistura construções clássicas e as linhas curvilíneas de Oscar Niemeyer. Suas praças dividem o espaço com ótimos museus, como o Memorial Minas Gerais – Vale, que mal se instalou na Praça da Liberdade e já recebeu o prêmio de Novidade do Ano no GUIA QUATRO RODAS Brasil. Projetada por Niemeyer, a Casa do Baile faz parte do Complexo Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Acervo Setur-MG) A gastronomia não fica de fora. Tem pra todos os gostos…

CAMPO GRANDE, MATO GROSSO DO SUL - Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás)

CONHEÇA A CIDADE DE "CAMPO GRANDE", MATO GROSSO DO SUL, BRASIL Vista parcial da cidade de Campo Grande, MS (Wikipédia) Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás). A temática pantaneira está presente nas pinturas que decoram alguns prédios e na gastronomia. Imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses também deixaram sua marca. O fuso horário marca uma hora a menos em relação a Brasília.  Polo de turismo de negócios, campo Grande surpreende por ser planejada, com trânsito organizado, muitas áreas verdes e vida social agitada (Tiago Moser) TREM DO PANTANAL Apesar do nome, o passeio entre Campo Grande (saídas aos sábados às 8h) e Miranda (chegada às 18h) não chega a explorar as paisagens típicas do Pantanal. A parada em Aquidauana está reservada para o almoço e, em Taunay e Piraputanga, há venda de artesanato. O trecho de volta, entre Miranda e C…

CURITIBA, PARANÁ - Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba se comparada à maioria das outras capitais do Brasil. É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos

CONHEÇA A CIDADE DE "CURITIBA", PARANÁ, BRASIL Seu povo, um admirável cadinho que reuniu estrangeiros de todas as partes do mundo e brasileiros de todos os recantos, ensina no dia-a-dia a arte do encontro e da convivência. Curitiba renasce a cada dia com a esperança e o trabalho nas veias, como nas alvoradas de seus pioneiros.  Cadeia de Montanhas da Serra do Mar vista do centro de Curitiba (Wikipédia) ROTEIRO PARA 48 HORAS EM CURITIBA COM MUSEUS, PARQUES E RESTAURANTES Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba (PR), se comparada à maioria das outras capitais do Brasil.  É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos.  Iluminação cênica do Paço da Liberdade em Curitiba, PR (Orlando Kissner/SMCS) No charme das construções e na gastronomia, o visitante sente a forte influência cultural da imigração europeia –…

JAÍBA, MINAS GERAIS - Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba tem um grande e ainda pouco explorado potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar

CONHEÇA A CIDADE DE "JAÍBA", MINAS GERAIS, BRASIL Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba localiza-se no norte do Estado de Minas Gerais, a 629 km da capital Belo Horizonte e a 207 km de Montes Claros, maior cidade da região. Jaíba está numa região de clima quente, relevo predominantemente plano e um grande e ainda pouco explorado seu potencial energia solar.  A região de Jaíba possui destaque em termos de seu potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar, segundo o Atlas Solarimétrico de Minas Gerais (2012). É, ainda, uma das melhores regiões do país neste quesito. (Jaíba Solar)   Sada Bioenergética em Jaíba, MG (Igreja Assembléia de Deus) Rua central de Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Ribeirão em Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Estação de Bombeamento do projeto Jaíba em Jaíba, MG (prefeitura Municipal) Hospital 2 irmãos na cidade de Jaíba, MG (Eric Micael) Entorno da cidade de Jaíba, MG (Prefeitura Munici…

ALASKA, ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA - O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas e florestas

CONHEÇA O "ALASKA", USA,  E SAIBA O QUE TEM DE BOM SE PARA FAZER LÁ Conheça nosso roteiro para conhecer umas das regiões mais quentes no roteiro turismo americano - mesmo com as baixas temperaturas O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas, florestas: ao mesmo tempo que sua paisagem natural é uma das mais remotas e selvagens do planeta, ela é facilmente alcançada por voos abundantes, cruzeiros confortáveis com múltiplos roteiros que transitam pela costa (maior do que a do resto dos EUA inteiro somada) e a Alaska Highway, uma rodovia ampla e moderna que percorre mais de 2 mil quilômetros. E não, não é tão gelado quando a gente imagina: no verão, o termômetro pode bater até 30 graus.  COMO CHEGAR NO ALASKA Com a American Airline…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

SILVEIRÂNIA, MINAS GERAIS - Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.

CONHEÇA A CIDADE DE "SILVEIRÂNIA", MINAS GERAIS, BRASIL Conheça a história do pico mais alto da região, que faz parte da derivação da Serra da Mantiqueira e se destaca como acidente natural, contribuindo para composição de embelezamento de uma região que já é linda por natureza...  Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.  Rodovia de acesso à cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Pico do João Felix em Silveirânia, MG (Roberto Mosqueiro) Silveirânia, MG  encravada nas Montanhas de Minas (Prefeitura Municipal) Entorno da cidade de Silveirânia, MG (Prefeitura Municipal) Campo de Futebol e Silveirânia, MG (Antrbns) Casa paroquial da cidade de Silveirânia, MG (Jeani Goulart) Escola Estadual da cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Entor…

TOCANTINS, MINAS GERAIS - Entre as montanhas de Minas uma cidade hospitaleira, tranquila e que comemora anualmente a festa do Tocantinense ausente

CONHEÇA A CIDADE DE "TOCANTINS", MINAS GERAIS, BRASIL Foto - PMT BEM VINDO A CIDADE DE TOCANTINS. A MELHOR CIDADE DO MUNDO ( LEMA MUNICIPAL ) foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 16.703 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 173,866 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 91,01 Código do Município 3169000 Gentílico - tocantinense Prefeito 2017 / IEDER WASHINGTON DE OLIVEIRA ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE TOCANTINS, MG A origem do topônimo deve-se a presença dos índios chamados “Tocantins”, primitivos habitantes da região. O gentílico é “Tocantinense”.
Gentílico: tocantinense HISTÓRICO DA CIDADE DE TOCANTINS, MG Consta que, na margem do rio que corta a região, habitava uma tribo de índios chamados Tocantins. E a história de tocantins relaciona-se com a de São Manoel do Pomba atual Rio Pomba, a que pertenceu em tempos idos. O primeiro núcleo originou-se mais ou menos em 1812, quando da doação do patrimônio da cidade, feita pelo capitão José Antônio Machado…