quinta-feira, 9 de março de 2017

BRUMADINHO, MINAS GERAIS - Com clima propício para romance, tem pousada charmosa e um Instituto inovador e criativo que convida os visitantes a se relacionar com o mundo de forma mais sustentável, consciente e transformadora




CONHEÇA A CIDADE DE "BRUMADINHO", MINAS GERAIS, BRASIL

Sedia um dos importantes museus de arte contemporânea do mundo, o Instituto Inhotim – estima-se que mais de 150 mil turistas venham visitá-lo anualmente. Brumadinho tem pousadas charmosas, com clima propício para romance, como a Estalagem do Mirante. 
O parque de 97 hectares tem o maior conjunto mundial de palmeiras e cerca de 500 obras feitas por mais de 100 artistas de 30 países
INSTITUTO INHOTIM
Situado no município de Brumadinho, o Instituto Inhotim é um dos mais importantes centros de arte contemporânea do mundo. Com uma área de visitação de 140 hectares, o Inhotim é uma junção de jardim botânico e um acervo com mais de 200 obras de arte contemporânea em exposição nas 22 galerias e jardins. Aberto em 2006, o Museu já recebeu mais de 2 milhões de visitantes. Além das alamedas cobertas de palmeiras raras, o turista se encanta com os famosos bancos do artistas plásticos Hugo França, em meio a uma arquitetura inovadora. O visitante tem acesso a obras de mais de 100 artistas brasileiros e estrangeiros, que compõem o acervo de mais de 800 peças.
Arte Contemporânea
O acervo artístico abriga mais de 500 obras de artistas de renome nacional e internacional, como Adriana Varejão, Helio Oiticica, Cildo Meireles, Chris Burden, Matthew Barney, Doug Aitken, Janet Cardiff, entre outros. O Inhotim se diferencia de outros museus por oferecer ao artista condições para a realização de obras que apenas em seu parque poderiam ser construídas.
Jardim Botânico
Em uma área de 97 hectares, o Jardim Botânico conta com diversas coleções botânicas entre as quais se destacam a de Aráceas, uma coleção de orquídeas da espécie Vanda, com 350 indivíduos de diferentes espécies e, ainda, uma das maiores coleções de palmeiras do mundo com mais de 1.400 espécies. Pesquisas e projetos botânicos e paisagísticos são desenvolvidos em parceria com órgãos governamentais e privados.
Inclusão e Cidadania
O Inhotim tem se tornado um vetor fundamental para o desenvolvimento socioeconômico do município de Brumadinho e de seu entorno. Projetos como o Inhotim Encanto e Coral e Iniciação Musical valorizam a vocação da região e mobilizam crianças, jovens e adultos. Importante interlocução também tem sido estabelecida com os empresários da região para o incremento de suas atividades econômicas, além de diversos projetos em parceria com o poder público local.
Imagem do caleidoscópio gigante, obra de Olafur Eliasson, instalado no jardim do Instituto Inhotim
"Troca-troca", de Jarbas Lopes
"Cosmococa 5 Hendrix War", de Hélio Oiticica e Neville D´Almeida, na Galeria Cosmococa
Bar do Ganso, restaurante do Instituto Inhotim
Brumadinho, rústico vilarejo no interior de Minas Gerais, recebe mais de 100 mil visitantes por ano para conhecer o Instituto Inhotim
"Através", de Cildo Meirelles
Lago do Instituto Inhotim
Espaço onde está instalada a obra "De Lama Lâmina", de Matthew Barney
COMO CHEGAR
Um ônibus liga a rodoviária de Belo Horizonte ao Instituto Inhotim. De táxi, o preço da corrida fechada de BH é de R$ 200. De carro, a partir de Belo Horizonte, são 65 km até Inhotim. É preciso seguir pela rodovia Fernão Dias (Br-381) e, após o trevo para o Triângulo Mineiro, pegar a saída 501 para Mário Campos. Vire à direita após um posto de gasolina BR e pegue a estrada que leva ao Centro de Brumadinho. Dali, placas indicam o caminho até o museu. Quem quer se hospedar no distrito de Casa Branca pode sair de Belo Horizonte em direção ao Rio de Janeiro e pegar a entrada no km 547 da Br-040. De lá, são mais 27 km. 
Informações sobre o ônibus que sai de Belo Horizonte: 
Saritur – telefone: (31) 3272-3512. Ida: de terça-feira a domingo, às 9h15. Volta: de terça a sexta, às 16:30 e de sábado e domingo, às 17h.
"Som da Terra", ou "The Sound Pavilion", de Doug Aitken
Esculturas de Edgard de Souza, no Instituto Inhotim
"Magic Square nº 5 - De Luxe", de Hélio Oiticica
"Narcissus Garden Inhotim", de Yoyoi Kusamo
Dono do Instituto Inhotim, o minerador e mecenas Bernardo Paz dedicou 90 milhões de dólares à arte e criou um jardim dos sonhos para recebê-la
Totem do chinês Zhang Huan
Quem vai a Brumadinho também pode se aventurar na tirolesa
A Pousada Verde Folhas oferece a prática de arvorismo
O Instituto Inhotim reúne a maior coleção da arte contemporânea do país em um dos mais ricos jardins botânicos

2 comentários:

  1. Já estive em Brumadinho e achei um lugar muito bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei da cidade. Muito Show de bola. Abraços Amigo

      Excluir

Os lugares por onde o Trem mais passou esta semana