Pular para o conteúdo principal

ITU, SÃO PAULO - Sempre de braços abertos para receber quem quer se divertir, passear, apreciar uma boa comida ou apenas descansar




CONHEÇA A CIDADE DE "ITU", SÃO PAULO, BRASIL DA JANELA DO TREM
Graças ao saudoso comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, artista conhecido em todo o Brasil, Itu ficou conhecida como a terra dos exageros. Em um programa de televisão, nos idos dos anos de 1960, Simplício, durante suas piadas, criou o mito de que em Itu tudo era grande. A partir disso, os turistas voltaram seus olhos para a cidade que, por sua vez, começou a comercializar objetos em tamanho gigante e colocou em sua praça central um telefone público enorme e um semáforo de proporções ampliadas.
Essa bem humorada brincadeira ainda é o maior chamariz de visitantes para Itu, mas, ao chegarem, os turistas descobrem que as opções vão muito além da divertida lenda dos gigantismos. 
Com uma infinidade de atrativos, o município está entre as 67 estâncias turísticas de São Paulo, sendo considerado um dos destinos obrigatórios para quem viaja pelo Estado. Com mais 400 anos, Itu reúne em seu território atrações de cunho histórico, religioso, ecológico, gastronômico e rural, atraindo os mais variados públicos durante todo o ano.
Para as pessoas que gostam de história, nada como conhecer o rico patrimônio arquitetônico de Itu, com tesouros do século XVII e XVIII. Já aos apreciadores do turismo religioso, é o destino perfeito, com belíssimas e seculares igrejas. Uma das facetas da importância cultural e do gosto dos ituanos pela tradição pode ser vista nos diversos antiquários da cidade e em seus museus. 
Os amantes da natureza, que gostam de atividades ao ar livre, têm em Itu atrações imperdíveis. A Estrada Parque, beirando o Rio Tietê, se destaca como uma reserva da Mata Atlântica acrescida de atrações como campings, fazendas e uma gruta aberta à visitação. Há também o Parque Geológico do Varvito, que já atraiu mais de 600 mil visitantes desde 1995, graças aos paredões da rocha peculiar que lhe dão o nome.
Outro aspecto famoso é a sua variada gastronomia, que atende a todos os gostos. Além da culinária tradicional do interior, a cidade oferece massas, carnes, comida oriental, alemã, mineira, petiscos, pizzas e figura no Brasil como a capital nacional do filé à Parmegiana. 
Para visitar, conhecer e aproveitar tudo que a cidade tem, só mesmo desfrutando de nossa hospitalidade e hospedagem. São mais de 15 hotéis, dois spas de alto nível, todos com qualidade garantida, confortáveis instalações e serviços perfeitos.
FILÉ À PARMEGIANA SERVIDO NO RESTAURANTE STEINER, BAR DO ALEMÃO
A cidade é um um polo para o Turismo de Negócios, em pleno crescimento com a chegada de grandes empresas e multinacionais, recebendo empresários e investidores, que, não raramente, se apaixonam por Itu e escolhem esse lugar para viver, trabalhar e crescer. 
Itu é assim: sempre de braços abertos para receber quem quer se divertir, passear, apreciar uma boa comida ou apenas descansar. Quem gosta de turismo, gosta e Itu.
O orelhão gigante da Praça Padre Miguel ainda remete à ""Cidade do Exagero"" - um lugar onde tudo seria grande demais. Mas quem vai a Itu apenas com essa fama folclórica na cabeça se surpreende ao descobrir a relevância histórica da cidade, identificável no belo conjunto arquitetônico do Centro. A área rural também revela muito sobre o passado de Itu, com fazendas de café dos séculos 18 e 19 que hoje têm boa estrutura para o turismo. Falando em história, o centenário restaurante Steiner (ou Bar do Alemão) segue ganhando fãs, que vêm de longe atrás de seu gigantesco filé à parmegiana.
ITU EM SÃO PAULO EH O BERÇO DA REPÚBLICA
SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DOS EXAGEROSSEJA BEM VINDO A ITU
imagem - ?
AQUI UNS DOS MUITOS CASARÕES DA CIDADE
imagem - Fábio Barros
A CIDADE
SUA POPULAÇÃO EH FORMADA PRINCIPALMENTE POR DESCENDENTES DE IMIGRANTES PORTUGUESES, ITALIANOS, JAPONESES, ALÉM DE MIGRANTES DE OUTRAS REGIÕES DO BRASIL, EM ESPECIAL DO NORDESTE, ALÉM DA FORTE PRESENÇA DE MIGRANTES DO ESTADO DO PARANÁ.
CIDADE FAMOSA POR TUDO LÁ SER DE TAMANHO EXAGERADO, FAMA INAUGURADA PELO COMEDIANTE FRANCISCO FLAVIANO DE ALMEIDA, O FAMOSO SIMPLÍCIO.
EM 2012, A CIDADE COMPLETOU 402 ANOS E HOJE É UM DOS MUNICÍPIOS MAIS IMPORTANTES DO BRASIL, COM SUA HISTÓRIA E FAMA, QUE AJUDOU A TORNAR O PAÍS UMA REPÚBLICA.
ITU JÁ FOI A CIDADE MAIS RICA DO ESTADO, SENDO FAMOSA POR NELA RESIDIREM MUITOS BARÕES DO CAFÉ E AUTORIDADES IMPORTANTES DO PAÍS.
É O 46° MUNICÍPIO MAIS POPULOSO DO ESTADO DE SÃO PAULO E O 153° NO BRASIL.
AQUI OUTRO CASARÃO
imagem - Fábio Barros
ATRATIVOS HISTÓRICOS
CASA IMPERIAL
A casa encomendada por Francisco de Paula Souza e Mello, construída com muito requinte e fino acabamento, e que pertenceu posteriormente a Carlos Pereira Mendes, hospedou em 1884 a Princesa Isabel e seu marido Conde DEu.
Por essa razão o solar ficou conhecido como Casa Imperial. Restaurada e conservada pela Família Caselli, a Casa Imperial, situada À Praça Dom Pedro I, é um dos marcos significativos das antigas residências de Itu. Não é aberta a visitação por ser uma residência.
CRUZEIRO DE SÃO FRANCISCO
No antigo largo de São Francisco, atual Praça Dom Pedro I, um cruzeiro erguido em cantaria trabalho atribuído a Frei Antônio de Pádua, é a única memória que resta do imponente conjunto formado pelas edificações da Igreja São Luis de Tolosa, do Convento e da Igreja de São Francisco da Ordem Terceira, erguido pela Ordem Franciscana entre os séculos XVII e XVIII.
Dentre os registros iconográficos deste Convento, destaca-se uma excelente aquarela executada por um artista ituano, Miguelzinho Dutra.
FÁBRICA SÃO LUIZ
À esquina da Rua Paula Souza com a Praça Dom Pedro I, ergueu-se o edifício que abrigou a primeira fábrica de tecidos movida a vapor do Estado de São Paulo.
Inaugurada em 1869, foi construída com o capital de um grupo local, a fábrica foi ampliada no final do século, com o projeto do engenheiro Artur Sterry, da Companhia Ytuana de Estradas de Ferro.
Depois de mais de um século de funcionamento, a Fábrica São Luiz encerrou suas atividades na década de 1980. Hoje a Fábrica abriga um espaço cultural que é destinado para exposições temporárias e realização de eventos.
Telefone: (11) 4013-4554. Endereço: Rua Paula Souza, 492 ““ Centro.
ESPAÇO CULTURAL “ALMEIDA JÚNIOR”
O majestoso sobrado, na esquina da Rua Paula Souza com o Passeio Público Marcos Steiner Neto, antiga Rua XV de novembro, abrigou por muitos anos o Grupo Escolar Cesário Motta. Foi construído pelo Barão de Itu, Bento Paes de Barros, para residência de sua família, foi inaugurado em 1858.
A 31 de março de 1989, aí foi criado o Espaço Cultural “Almeida Júnior”, homenageando o famoso pintor ituano, abrigando a Secretaria Municipal de Cultura, o Museu de Arte Sacra Padre Jesuíno do Monte Carmelo, a Biblioteca Municipal, o (MAHMI) Museu e Arquivo Histórico Municipal de Itu e a Discoteca Newton Camargo Costa, atualmente também abriga a exposição das fototelas do pintor Almeida Junior. É um local com espaços para exposições temporárias e diversas atividades culturais.
Telefone: (11) 4023-0363, 4023-2209 e 4022-5147. Endereço: Rua Paula Souza, 664, Centro.

AQUI QUANDO DE UMA "MOSTRA DE BRINQUEDOS"

MUSEU DA ENERGIA
Defronte o sobrado do Barão de Itu, existe um outro importante marco da arquitetura urbana de Itu. Com a sua elegante fachada ornada com azulejos portugueses, este sobrado pertencia em 1865 ao Tenente Antônio Correa Pacheco e Silva, irmão do Padre Miguel Correa Pacheco. Por muito tempo ficou sob o comando de Dona Ignácia Correa Pacheco, mulher à frente de seu tempo.
Nele, posteriormente, funcionou a Companhia Ituana da Força e Luz, a Light and Power e a Eletropaulo, que o doou a AFPHESP (Fundação do Patrimônio Histórico e da Energia do Estado de S. Paulo). O museu conta em seu primeiro piso, o cotidiano da sociedade do séc. XVII e no piso superior, a evolução da energia até os dias de hoje.
Telefone: (011) 4022-6832 e 4013-1038. Endereço: Rua Paula Souza, 669, Centro.

INTERIOR DO MUSEU DA ENERGIA EM ITU, SP

MUSEU REPUBLICANO “CONVENÇÃO DE ITU”
No ano de 1867, foi inaugurado um elegante sobrado, situado então à Rua do Carmo, atual Barão do Itaim, construído a mando de Francisco de Almeida Prado. Por herança passou a pertencer aos irmãos Carlos e José de Almeida Prado. A fachada foi revestida de azulejo. Foi nesse prédio que, a 18 de abril de 1873, realizou-se a reunião que efetivou as bases do Partido Republicano Paulista, mais conhecida como Convenção de Itu.
FACHADA DO MUSEU REPUBLICANO
No Cinquentenário dessa Convenção, o sobrado foi transformado em 1923, pelo então Presidente do Estado Washington Luís Pereira de Sousa em museu, o qual possui valioso acervo relativo aos republicanos históricos e à memória de Itu.
Telefone: (011) 4023-0240. Rua: Barão do Itaim, 67, Centro.

INTERIOR DO MUSEU REPUBLICANO DE ITU, SÃO PAULO

CONJUNTO ARQUITETÔNICO DO SÉCULO XIX
O livro “A Província de São Paulo” publicado em 1888 nos informa que Itu, então, contava “com vários largos ajardinados, com ruas muito bem calçadas e os telhados das casas munidos obrigatoriamente de condutores d'água por numerosos marcos fontanários e iluminada por condutores de querosene”.
Data dessa época o conjunto arquitetônico que pode ser visto à Praça Padre Miguel, fazendo esquina com a Rua Madre Maria Theodora.
CASARIO QUE ABRIGA O BAR DO ALEMÃO E ANTIQUÁRIO DA LILA
MERCADO MUNICIPAL
A proposta para edificação do Mercado Municipal de Itu data de 1886, mas sua inauguração somente iria se concretizar a 14 de maio de 1905.
Construído com projeto do escritório técnico de Ramos de Azevedo, responsável pela construção do Teatro Municipal de São Paulo e de inúmeras outras importantes obras em todo o Estado, o mercado apresenta espaços livres que constituem pequenas praças, onde se desenvolvem atividades ricas e espontâneas da população e que apresentam mesmo algumas características de lazer.
Telefone: (11) 4013-4937. Endereço: Praça da Bandeira, 104, Centro.
imagem - Fábio Barros
REGIMENTO DEODORO (ANTIGO COLÉGIO SÃO LUIS)
O Colégio São Luis fundado em 1867 foi erguido em terrenos do antigo Seminário do Bom Conselho, por padres da Companhia de Jesus, vindos de Roma.
Em 1872, o Colégio já contava com elegante igreja e imponentes edifícios, reunindo anualmente cerca de 400 alunos vindos de toda a Província.
Funcionou em Itu até o ano de 1917, quando foi transferido para São Paulo, passando a propriedade do imóvel para o Governo Federal, que nele instalou o Regimento Deodoro. Após 1918, com a implantação do Quartel, a Praça Duque de Caxias, que representava o acesso para a estrada de Jundiaí, incorporou-se ao ufanismo e usos e costumes do povo ituano.
foto - Fábio Barros
 
No Museu do Quartel se encontram diversos tipos de materiais e artefatos, com destaque para: troféus, alguns da década de 30, uniformes do início do século passado, equipamentos e utensílios utilizados pelos soldados na 2ª Guerra Mundial.
Também faz parte do complexo a Igreja São Luis Gonzaga, que durante anos foi alojamento da extinta BCR (Bateria de Comando do Regimento), sendo reaberta em 1979.
Telefone: (11) 4022-1184. Praça Duque de Caxias, 284, Centro.
foto - itu.com.br
INSTITUTO BORGES DE ARTES E OFÍCIOS (IBAO)
Num amplo terreno arborizado, ergue-se o Instituto Borges de Artes e Ofícios, que foi construído com projeto de Ramos de Azevedo.
Inaugurado em 1924, o Instituto deve sua criação a Joaquim Bernardes Borges, falecido em Portugal depois de ter residido, por vários anos, em Itu, quando fizeram doação do terreno para a Santa Casa de Misericórdia da cidade, com a condição de fundar e administrar, perpetuamente, o Instituto Borges de Artes e Ofícios.
Telefone: (11) 4022-3810. Endereço: Praça Conde de Parnaíba, 83, Centro.
ATRATIVOS NATURAIS
BOSQUE ALCEU GERIBELLO
Tornou-se propriedade pública, pela Lei Municipal 792 de 29/05/1964, recebeu o nome do cidadão Alceu Geribello, que teve o cuidado de preservar este pedaço da Mata Atlântica, que fazia parte de sua propriedade, quando neste espaço foram realizados os loteamentos dos quais se originaram o Bairro Brasil.
Endereço: Rua: Campo Grande, s/n. – Bairro Brasil.

ESTRADA PARQUE
A SP-312, denominada Rodovia dos Romeiros, foi inaugurada em 01 de maio de 1922, é considerada um marco na implantação da malha rodoviária paulista.
O apelido dos “romeiros” se deve a forte tradição religiosa das comunidades do interior, que rumam com charretes, cavalos e a pé com destino ao santuário de Pirapora do Bom Jesus.
A arquitetura das sedes das fazendas de café, as edificações simples, a paisagem e reservas da Mata Atlântica ainda existentes ao longo do Rio Tietê serviram de cenário para mais de 60 filmes. Surgiram diversas áreas de campings, restaurantes, casa de doces, comidas típicas em seu percurso.
Este conjunto de características específico evidenciou a necessidade de transformá-la, em uma Estrada Parque unindo o trinômio: lazer, preservação e cultura. Esta estrada está inserida na APA (Área de Preservação Ambiental) Rio Tietê, desde 1991.
PARQUE DO VARVITO
O Parque do Varvito, um verdadeiro monumento geológico inaugurado em 23 de julho de 1995, já recebeu desde sua inauguração mais de 500 mil visitantes, entre turistas, estudantes e pesquisadores.
Patrimônio tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turismo do Estado de São Paulo), o Parque do Varvito foi construído numa área de 44.346 m2 da antiga pedreira.
Varvito é o nome utilizado pelos geólogos para dominar um tipo de rocha sedimentar única, formada pela sucessão repetitiva de lâminas ou camadas, cada uma delas depositada durante o intervalo de um ano.
O Parque do Varvito, além de oferecer ambiente agradável em contato com a natureza e com painéis didáticos sobre a manifestação geológica, mantém outros atrativos para os visitantes como a gruta lágrima do tempo, bosques, lago, cascata, quiosques, playground, anfiteatro ao ar livre e espaço para exposições.
Possui lanchonete e estacionamento para carros, motos e ônibus. Localiza-se a 1400 metros do centro histórico de Itu e a 400 metros da Rodovia Santos Dumont. Telefone: (11) 4022-2181.
Endereço: Rua do Varvito, s/n ““ Bairro Parque Nossa Senhora da Candelária.
TURISMO EXAGERO
ORELHÃO DE ITU
O Orelhão de Itu é um dos principais pontos da Estância Turística de Itu e um dos responsáveis pela fama da “cidade onde tudo é grande”.
Graças ao humorista Simplício, que tinha um quadro no programa “A Praça da Alegria” na extinta TV Tupi, foi que Itu desabrochou para o Turismo.
O Orelhão foi cedido pelo ex-ministro das Comunicações, Higino Corsetti, e instalado pela TELESP em 1973, na Praça da Matriz. Homenageado com um banquete na cidade, Higino Corsetti, encerrou seu discurso com as seguintes palavras: “O Brasil é grande, mas eu sei que Itu é maior”. E a Telesp nào podia deixar de instalar, na cidade um Orelhão à altura da sua fama”, com sete metros de altura.
No começo os habitantes da cidade duvidaram que a Telesp pudesse instalar um Orelhão gigante na cidade, mas isso aconteceu. Feito na mesma fábrica que produzia os orelhões comuns, nasceu o “Orelhão de Itu”, atraindo a curiosidade de turistas e visitantes.
Em 2000, com a privatização da Telesp pela Telefônica, o Orelhão foi reformado. Em 2012, com a mudança de nome da operadora de telefonia fixa que atua no Brasil a cidade de Itu teve a imagem de um dos seus grandes símbolos mudada pela terceira vez. O orelhão gigante que se encontra na Praça Padre Miguel (Matriz) foi pintado com as cores roxo e cinza, da operadora Vivo.
SEMÁFORO GIGANTE
Instalado na Praça Padre Miguel, a mesma praça do Orelhão de Itu, o Semáforo Gigante está diante da Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária.
Criado originalmente na década de 1970, o Semáforo Gigante passou por uma reforma no final dos anos 80 e mantém-se em funcionamento até hoje.
Apesar do tamanho exagerado, fazendo alusão à fama do município, o Semáforo Gigante serve de fato como sinalização de trânsito, devendo ser respeitado pelos motoristas e pedestres.
LOJAS DE SOUVENIRES
Em função da fama de “tudo grande”, Itu possui uma série de lojas voltadas ao comércio de objetos em tamanhos proporcionais. Sào centenas de itens, que vão desde chaveiros, lápis, borrachas, até utensílios de higiene pessoal em escala ampliada.
As lojas de souvenires exagerados situam-se em sua maioria ao redor da Praça Padre Miguel, famosa pelo Orelhão de Itu
TURISMO RELIGIOSO
IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DA CANDELÁRIA
Construída em 1780, sob orientação do Padre João Leite Ferraz, a matriz de Nossa Senhora da Candelária ganhou o aspecto atual após várias reformas, destacando-se os trabalhos de Ramos Azevedo e de Paula Souza.
Em seu interior, a igreja é ornada com acabamentos nos estilos Barroco e Rococó, abrigando obras de José Patrício da Silva, do Padre Jesuíno do Monte Carmelo e de Almeida Júnior. A Matriz Nossa Senhora da Candelária detém a maior paróquia de Itu e é tida como uma das mais tradicionais igrejas da cidade.
A IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CANDELÁRIA TEM IMPORTANTE ACERVO DO BARROCO PAULISTA E PINTURAS DO ARTISTA ITUANO ALMEIDA DA JR.
OS DETALHES DA TORRE DA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CANDELÁRIA
imagem - Fábio Barros
IGREJA DO BOM JESUS
Erguida no local onde existiu a primeira capela do período da fundação de Itu, a Igreja do Bom Jesus foi idealizada pelo padre Manoel da Costa Aranha, no século XVIII.
Durante décadas, a Igreja do Bom Jesus foi a Matriz de Itu e passou por uma série de reformas, ganhando aspectos da arquitetura romana.
No seu topo há as imagens dos quatros evangelistas (São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João) e no altar-mor está a imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho e a estátua do orago do Bom Jesus. A edificação ainda sedia o Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus.
TETO DA IGREJA DO BOM JESUS
IGREJA NOSSA SENHORA DO PATROCÍNIO
Na Igreja Nossa Senhora do Patrocínio está o túmulo de Madre Maria Theodora Voiron, religiosa francesa que se destacou em Itu por educar garotas de origem humilde, através de seu trabalho no colégio das irmãs de São José, criado em 1859.
Á Madre Theodora são atribuídas inúmeras graças e seu processo de beatificação está em andamento. A igreja foi inaugurada em 1819, tendo sido projetada pelo Padre Jesuíno do Monte Carmelo, arquiteto, operário, artista e devoto de Nossa Senhora do Patrocínio.
CIDADE DAS CRIANÇAS
Inaugurada no dia 12 de outubro de 1986, a Cidade das Crianças é um local específico para as crianças aproveitarem as horas vagas do dia. Possui playground para crianças com idade até 06 anos; gira-gira e foguetão para crianças até 10 anos de idade. Além dos brinquedos, o parque conta com diversos atrativos para a criançada: Banco de Areia, Casa do Tarzan, Mini Cidade, Lanchonete, Banheiro Masculino e Feminino, Coreto para apresentações infantis e diversas árvores. Telefone: (11) 4013-0366. Endereço: Rua França, 102 – Vila Roma Brasileira. Visitação: Terça a Domingo das 8h às 17h. Entrada Gratuita.
CINEMAS
O Cine Plaza Itu está localizado dentro do Plaza Shopping Itu, o maior centro comercial da cidade. Três salas bastante confortáveis oferecem uma programação variada de longas metragens. Telefone: (11) 4013-0736. Endereço: Avenida: Doutor Ermelindo Maffei, 1199 – Jardim Paraíso – Plaza Shopping Itu. E-mail: cineplazaitu@ig.com.br

KARTÓDROMO SCHINCARIOL
Possui uma pista profissional aprovada pela Federação Mundial de Kart, estacionamento, lanchonete, arquibancada coberta para 1.200 pessoas e restaurante com cozinha própria. Telefone: (11) 4023-1590, 4403-8221 e 4403-8222. Endereço: Estrada do Canguirí, s/n – Itaim. Site: www.kartodromoschincariol.com.br E-mail: contato@kartodromoschincariol.com.br
PLAZA SHOPPING ITU
O Plaza Shopping Itu foi inaugurado em 27 de abril de 2000, idealizado pelo grupo IPS, tem hoje 140 lojas instaladas em 33 mil metros quadrados de área construída, atraindo em média 600 mil pessoas por mês. O shopping conta com 2 mega empreendimentos voltados ao entretenimento: um restaurante diferenciado com vista panorâmica – Mantovani Ristorante e o Gran Boliche, que possui 12 pistas de boliche de última geração. Todos os anos é montado a maior Árvore de Natal do Mundo – com 84 metros de altura, em seu estacionamento, que possui 1.900 vagas. Telefone: (11) 4022-9400. Endereço: Avenida: Doutor Ermelindo Maffei, 1199 – Jardim Paraíso. Site: www.plazashoppingitu.com.br E-mail: contato@plazashoppingitu.com.br
ROAD SHOPPING
A praça de alimentação possui um espaço harmonioso com estrutura metálica com vão livre de 48 metros e pé direito de 17 metros em estrutura metálica com 8.300 m2 e espaço comum com capacidade para 300 pessoas sentadas. O shopping dispõe de uma fazendinha que possui dezenas de espécies de animais domésticos para divertimento da garotada: mini vacas, mini pôneis, aves, roedores, etc.
A Arena é um espaço construído para sediar diversos tipos de eventos, desde motocross, vôlei de praia, corridas de jipes até provas à cavalos. Com uma arquibancada com capacidade para 12.500 pessoas sentadas, a arena tem 110 metros de comprimento por 50 metros de largura. Tem também espaço para instalação de palcos móveis de até 100 metros de largura por 30 de profundidade, camarotes, banheiros para os eventos e iluminação total. Tem também um conjunto de 36 baias executadas segundo os mais avançados critérios de alojamento de animais.
O Salão VIP e Salão de Leilões é um espaço fechado com 642 m2, pista com 126 metros com piso em areia e ampla rampa para acesso dos animais. Com capacidade para até 600 pessoas sentadas, pode ser utilizada também para recepcionar convenções, cursos e espetáculos. Conta com acesso para deficientes físicos e nebulizador.
O estacionamento principal possui 600 vagas. Para apoio aos eventos são disponibilizadas mais 600 vagas. Telefone: (11) 4026-5050. Endereço: Rodovia Castelo Branco, Km 72. Site: www.roadshopping.com.br
TEATRO ELEAZAR DE CARVALHO (TEMEC)
O teatro de Itu homenageia aquele que trouxe para a cidade o grande Festival de Artes, seguindo o modelo do Festival de Tanglewood, onde foi professor de regência por dezessete anos.
Eleazar de Carvalho nasceu em Iguatu, Ceará, em 28 de junho de 1912. Iniciou sua carreira de solista aos oito anos de idade tocando tuba na Banda do Batalhão Naval. Logo ingressou na Escola Nacional de Música e foi nessa época que compôs duas óperas: “O Descobrimento do Brasil” e “Tiradentes”. Formou-se no Instituto Nacional de Música no Rio de Janeiro onde regeu por algum tempo a Orquestra do Cassino da Urca. A chance de partir para os Estados Unidos surgiu por volta de 1946, quando conheceu a pianista Guiomar Novaes.
O maestro Eleazar de Carvalho esteve à frente das maiores orquestras do mundo: Orquestra de Boston, Filarmônica de Viena, Filarmônica de Israel e todas as importantes orquestras da França, Bélgica e Itália. Em Paris fez sua estréia no Teatre Champs Elysées e por vários anos foi diretor artístico e regente titular da Sinfônica de Saint Louis, Missouri. Ainda nos Estados Unidos participou de alguns discos de Carmen Miranda.
Retornou ao Brasil em 1971, onde foi diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira, Sinfônica Municipal de São Paulo, Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), Sinfônica de Recife, Sinfônica da Paraíba, e desde 1972 até sua morte, com 84 anos, foi diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Telefone: (11) 4022-0206. Endereço: Rua: Cuiabá, 61 – Bairro Brasil. E-mail: assatemec@bol.com.br
TERRAS DE SÃO JOSÉ GOLF CLUBE
Em 1974, por iniciativa exclusivamente particular, fazia-se um campo aberto a todos os jogadores no Brasil, aproveitando-se a natureza na sua forma mais autêntica, com incontáveis nuances da cor verde envolvendo os rios a lagos que se espalham pelo campo. Características do campo: 18 buracos em 6.700 jardas e “Driving Range”, irrigação subterrânea “pop-up”, grama bermuda “Tytton”.
A infra-estrutura do local conta com o confortável e elegante Club-House, o restaurante panorâmico Hole 19 e o Terras de São José Golf Hotel. O campo também é aberto para o golfista visitante. Telefone: (11) 4024-1109 e 4025-3277. Endereço: Alameda São José Golfe, s/n – Terras de São José. Site: http://www.tsjgc.com.br/ E-mail: tsjgc@tsjgc.com.br
CAVALGADA QUE FAZ PARTE DO PACOTE TURÍSTICO ROTEIRO CAIPIRA
DE MAIS DE QUATRO SÉCULOS, A FAZENDA DO CHOCOLATE JÁ PRODUZIU CAFÉ, HOJE DEDICA-SE À FABRICAÇÃO ARTESANAL DE CHOCOLATES
VISITA À CASA DE FAZENDA, PARTE DO PACOTE TURÍSTICO ROTEIRO CAIPIRA
CHÁCARA DO ROSÁRIO
Estrada Velha Itu-Salto, km 1,5 (Canjica) 3km
www.rural.tur.br
Original de 1756, foi utilizada por bandeirantes ao término do ciclo aurífero nas Minas Gerais e início da exploração do açúcar em Itu. Logo ao chegar na fazenda, essa história é ilustrada pelo mobiliário e objetos presentes no casarão-sede, construído em taipa. Depois, o proprietário, João Pacheco, guia as cavalgadas (R$ 40, 1h30), que corta campos da região e passa por um estreito e raso riacho. Uma vez por mês, sempre no sábado mais próximo da lua cheia, há passeios guiados a cavalo dentro da propriedade (R$ 45/1h). Ao término, você pode ainda provar o jantar caseiro com moda de viola (R$ 45, ambos).

VIOLEIROS, ATRAÇÃO DA CAVALGADA NA NOITE DO ECLIPSE, ORGANIZADA PELA CHÁCARA DO ROSÁRIO

FAZENDA DO CHOCOLATE
Estrada-Parque, estr. p/ Cabreúva (Pedregulho), km 90, 9 km
(11.0) 4022-5492 (Fone)
www.fazendadochocolate.com.br
Foi provavelmente um ponto de apoio dos bandeirantes em suas viagens e mantém até hoje algumas construções coloniais do século 17, como a casa-sede e senzala. São os lugares visitados pelos turistas na simpática companhia do cumpade Timóteo, um ator-guia que explica historicamente os ambientes (R$ 14,90, sáb/dom, uma hora, reservar). Nos últimos 30 anos, a fazenda também se dedica a fabricação de chocolates. No passeio pela fábrica (R$ 23/pessoa, sáb/dom, uma hora, reservar), todos conhecem a produção e provam o produto. Na fazenda também há passeios a cavalo (R$ 38, sáb/dom, uma hora) e um viveiro (grátis) com muito bichos: pavão, araras, marrecos, lhamas, coelhos e ovelhas.

DOCES DA LOJA FAZENDA DE CHOCOLATE

CASARIO QUE ABRIGA O BAR DO ALEMÃO E ANTIQUÁRIO DA LILA
ITU É UM BOM DESTINO PARA COMPRAR ANTIGUIDADES, AS LOJAS VENDEM ARMÁRIOS, VASOS E MESAS DO SÉCULO 19
ANTIQUÁRIO LILA
DO CAFEZAL AO CAFEZINHO
Fazenda Sto. Antonio da Bela Vista - acesso pelo km 28 da Rod. do Açúcar, 12 km (10 km de terra)
É uma aula sobre o cultivo do café, da colheita à embalagem, comandado pela engenheira agrônoma Bebel, a dona da fazenda. Ela também oferece aos visitantes um farto café da manhã de boas-vindas e almoço caipira no encerramento da programação. Fique atento: as visitas só ocorrem sob agendamento e em fins de semana não-regulares - ligue antes para se informar.

CAFÉ DA FAZENDA SANTO ANTÔNIO DA BOA VISTA, MOÍDO NA HORA

LOJA DE ALIMENTOS DA CIDADE
PRAÇA DOM PEDRO I
O CASARÃO ROSA
imagem - Fábio Barros
AQUI O SINAL GIGANTE. SÍMBOLO DA CIDADE
imagem - ?
AQUI TEMOS O MUSEU DA ENERGIA
imagem - ?
A ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
imagem - João Savioli
AVENIDA PAULINO BUENO
imagem - Fábio Barros
IGREJA DE SÃO BENEDITO
imagem - João Savioli
IGREJA DE SÃO VICENTE DE PAULO
imagem - João Savioli
IGREJA DE SÃO LUIZ GONZAGA
imagem - João Savioli
IGREJA DE SANTA RITA
imagem - João Savioli
CASAS
imagem - Fábio Barros
CENTRO DA CIDADE
imagem - Fábio Barros
AVENIDA PRINCIPAL
imagem - Fábio Barros
UM DOS EDIFÍCIOS DA CIDADE
imagem - Fábio Barros
VISTA PARCIAL DE UM BAIRRO
imagem - Fábio Barros
VISÃO GERAL DA CIDADE
imagem - Fábio Barros
VISTA PARCIAL DE OUTRA PARTE DA CIDADE
imagem - Fábio Barros
QUARTEL DO EXÉRCITO BRASILEIRO
imagem - Fábio Barros
PESQUEIRO E POUSADA
imagem - Ernandes C. Santos
TAMBÉM NO PESQUEIRO E POUSADA
imagem - Ernandes C. Santos
PRAÇA DA IGREJA
imagem - João Savioli
PRAÇA DA PREFEITURA
imagem - Fábio Barros
PRAÇA DUQUE DE CAXIAS
imagem - João Savioli
RUA DO BECÃO
imagem - João Savioli
RUA DO MERCADO
imagem - Fábio Barros
RUA MADRE MARIA THEODORA
imagem - João Savioli
RUA SANTA RITA
imagem - João Savioli
SALÃO DA FAMÍLIA PAROQUIAL
imagem - Fábio Barros
OUTRA TOMADA DA CIDADE
imagem - Fábio Barros
PAREDÃO DO PARQUE
imagem - Adílson Karafá
População estimada 2016 (1) - 168.643
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 640,719
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 241,01
Código do Município 3523909
Gentílico - ituano
ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE ITU, SP
O TOPÔNIMO, SEGUNDO THEODORO SAMPAIO DECORRE DO TUPI " YTU", QUE SIGNIFICA QUEDA D'ÁGUA OU SALTO.
Gentílico: ituano
HISTÓRICO DA CIDADE DE ITU, SP
Com a criação de uma capela em louvor a Nossa Senhora da Candelária pelo bandeirante Domingos Fernandes, a data oficial da fundação de Itu é 02 de fevereiro 1610. Tal capela existiu onde hoje há o marco de fundação da cidade na Praça Padre Anchieta (Largo do Bom Jesus).
A Vila de Itu foi, em fevereiro de 1842, elevada à categoria de cidade e, no mesmo ano, participou ativamente da revolução liberal que eclodiu em várias partes do país, organizando uma força de 300 homens, junto à tropa de Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar.
A participação de Itu na política nacional teve também grande destaque na Magna Convenção do Partido Republicano em 1873, nela realizada. O desenvolvimento econômico deu-lhe a condição de maior produtora de cana de açúcar durante o período Imperial. Também teve destaque no ciclo do café, que foi a atividade base do município até 1935, estimulando a vinda de imigrantes, em especial, italianos.
Em 1869, instalou-se a primeira fábrica de tecidos de algodão, sendo a primeira movida a vapor da Província de São Paulo. Mas foi só a partir de 1950, que várias fábricas começaram a se instalar na cidade.
Também nessa época, ocorreu grande migração rural em busca de trabalho. Em 1968, com a conclusão da rodovia Castelo Branco, novas empresas instalaram-se em Itu, principalmente às margens de suas estradas de acesso.
Com um imenso potencial turístico, graças seu inestimável patrimônio histórico, cultural, religioso, ambiental e arquitetônico, Itu também é conhecida como ?terra dos exageros?, em razão do saudoso humorista ituano Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício.
O nome "Utu-Guaçu", que futuramente tornou-se Itu, significava "grande queda d'água". A mesma cachoeira que deu o nome para Itu está no Rio Tietê e inspirou também o nome da cidade vizinha, Salto.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE ITU, SÃO PAULO
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE ITU, SÃO PAULO

VALEU PELA VISITA, SEMPRE VOLTE



fonte / fotos = IBGE / Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Portal do Governo de Itu, SP / Divulgação / Internet /

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 ESTRADAS BRASILEIRAS QUE VALE A PENA DIRIGIR POR ELAS - Viajar de carro pode ser muito bom, se for por uma dessas estradas. Confira cinco trechos que agradam tanto quanto o destino final de suas férias

CONHEÇA 05 ESTRADAS QUE VALE A PENA VOCÊ VIAJAR DE CARRO POR ELAS. Há quem diga que o importante não é o destino final, e sim o caminho até lá. Em uma viagem de carro, não costuma ser bem assim, considerando o péssimo estado do asfalto de nossas estradas, além do custos do pedágio, motoristas ruins e a falta de uma boa paisagem. Mesmo com todos esses problemas, é possível aproveitar um passeio automotivo pelo Brasil em uma das cinco estradas escolhidas pela Hertz, empresa especializada em aluguel de veículos: Confira ESTRADA REAL / MINAS GERAIS / RIO DE JANEIRO / SÃO PAULO  Também conhecida como Caminho Real, é uma das estradas mais famosas do Brasil, por ser um dos principais pontos turísticos do País. Tem 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Motivos não faltam para visita-la, com um circuito de 179 cidades históricas, passando por belas paisagens formadas pelos trechos de mata atlântica. Tem até atividades fora do carro, como caminhada…

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. (Thymonthy Becker) A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. (Thymonthy Becker) A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das ár…

MONUMENTO HOLGER DANSKE, DINAMARCA - A tradição diz que a estátua ganhará vida quando a Dinamarca se encontrar em grande perigo e salvará a nação

CONHEÇA O "HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA - HOLGER DANSKE ", DINAMARCA 
Explorar as criptas e catacumbas do Castelo de Kronborg é uma grande experiência. Escondido no porão do castelo, você vai conhecer o dinamarquês Holger (Holger Dansk), uma imponente estátua de pedra. Holger o dinamarquês, é uma figura lendária na cultura dinamarquesa. Se a Dinamarca se encontrar em apuros, ele vai acordar e defendê-la! HOLGER DANSKE, OU HOLGER, O DINAMARQUÊS, É UM HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA. A PRIMEIRA REFERÊNCIA QUE TEMOS SOBRE A SUA EXISTÊNCIA APARECE EM ANTIGOS POEMAS FRANCESES, DE MEADOS DO SÉCULO XI. DE ACORDO COM A LENDA, ERA FILHO DE GODOFREDO, REI DA DINAMARCA. O SEU FILHO FOI MORTO POR CARLOS, O JOVEM, FILHO DE CARLOS MAGNO; EM BUSCA DE VINGANÇA, PROCUROU-O E MATOU-O. SÓ POR POUCO O IMPEDIRAM DE MATAR O PRÓPRIO CARLOS MAGNO. RESISTIU A CARLOS MAGNO DURANTE SETE ANOS, MAS FEZ A PAZ PARA LUTAR AO LADO DELE CONTRA OS SARRACENOS. DURANTE ESSA BATALHA MATOU O GIGANTE BREHUS. OS BARALHOS …

ITUIUTABA, MINAS GERAIS - Com vários atrativos turísticos como cachoeiras, trilhas, museu, parques. artesanato regional e a famosa cachaça artesanal

CONHEÇA A CIDADE DE "ITUIUTABA", MINAS GERAIS, BRASIL BEM VINDO A CIDADE DE ITUIUTABA, MG. PORTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO foto - ? População estimada 2016 (1) - 103.945 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.598,046 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 37,40 Código do Município 3134202 Gentílico - ituiutabano Prefeito 2017 / FUED JOSE DIB ORIGEM DO NOME O nome da cidade eh de origem indígena: I - rio, TUIU ­barrento; TABA - povoação, cidade. “Cidade do rio barrento”
Gentílico: ituiutabano HISTÓRICO Ituiutaba é uma fusão de vocábulos tupis que significa "povoação do rio Tijuco". Os primitivos habitantes do município eram ameríndios, pertencentes ao grupo Gê, também chamados caiapós. Uma das tribos que deixaram fama na região foi a dos panariás, muito bem estudada por Alexandre Barbosa, de Uberaba. Por fim ela foi aldeada na atual povoação de São Francisco de Sales, às margens do Rio Grande, no vizinho município de Campina Verde. Os panariás - assinala o his…

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

CONHEÇA A CIDADE DE "SERRA DO NAVIO", AMAPÁ, BRASIL CONHEÇA A FAMOSA "LAGOA AZUL" DE SERRA DO NAVIO, AP A história da Lagoa Azul se mistura à criação da Serra do Navio e à atividade de exploração na década de 1950 A Amazônia é conhecida pelos rios, igarapés e cachoeiras. Mas, a maioria das pessoas nem imaginam que aqui existam lagoas de águas azul turquesa. A 208 quilômetros de Macapá, capital do Amapá, fica a Lagoa Azul, um paraíso que nasceu de uma mina abandonada. O lugar fica próximo à Vila Serra do Navio, cidade criada na década de 1950 para abrigar os trabalhadores de uma empresa de mineração. A lagoa azul e o passado da história da Serra do Navio estão entrelaçados. De acordo com a prefeitura da cidade, a cor marcante da lagoa, em tom azul anil, acontece por conta dos minérios da região especialmente o carbonato de manganês. O lugar era uma mineração. Hoje é possível chegar até lá através de trilhas ou de carro. A região é cercada por uma floresta tropical. O…

MONJOLOS, MINAS GERAIS - O município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.

CONHEÇA A CIDADE DE "MONJOLOS", MINAS GERAIS, BRASIL Situada na região central mineira, na Bacia do Rio das Velhas em um vale da Serra do Cabral, Monjolos integra, além da Estrada Real, o Circuito dos Diamantes.  A 265 km da capital mineira, o município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.
Rio Pardinho em Monjolos, MG(Instituto estrada Real)  A Área de Preservação Ambiental do Vale do Fundo apresenta uma densa mata virgem banhada por deleitáveis nascentes e cascatas. Ainda pouco explorada, a Gruta do Pau-Ferro possui grandes galerias com estalactites e estalagmites.  A cidade ainda possui um Centro de Artesanato, onde é exposto e vendido todo o artesanato da região. A Igreja Matriz Nossa Senhora do Livramento, a Ponte Férrea do Rio Pardo e o Monumento a Monjolos também aju…

CARRANCAS, MINAS GERAIS - Um pequeno paraíso conhecido como Terra das Cachoeiras pois possui mais de 120 quedas d'água na Estrada Real. Considerada um dos novos pólos de Ecoturismo, é um lugar ideal para a prática de Montain Bike, Trekking e outros esportes que lhe propiciam o contato com a natureza. Tem o grande poço da esmeralda, além das grutas da toca e da cortina, ainda pode-se observar pinturas rupestres e um escorregador com cerca de dez metros que termina com um divertido mergulho.

CONHEÇA A CIDADE DE "CARRANCAS", MINAS GERAIS, BRASIL

MUITO BEM VINDO AO PARAÍSO. BEM VINDO A CARRANCAS. MINAS EH ISTO E MUITO MAIS. imagem "?" Com mais de 50 cachoeiras, a cidade está voltada para o ecoturismo – suas belas paisagens frequentemente servem de cenário para novelas. Há quedas d’água de fácil acesso, mas as mais bonitas ficam escondidas na mata fechada, aonde só se chega por trilhas (que devem ser percorridas com a ajuda de guia). Entre novembro e março, a chuva torna as cachoeiras perigosas. A maioria das pousadas está próxima de grutas e cachoeiras, e muitas têm piscinas naturais. Foto - ?
POÇO DO CORAÇÃO
O acesso é tranquilo: pegue a Estrada para Itutinga, entre à esquerda após a primeira ponte para chegar ao Complexo da Toca. O carro fica na portaria, e você segue a trilha até o para o escorregador (é bom ponto para banho, ao lado da Gruta da Toca). A partir dele, suba margeando o rio: há vários poços e pequenas quedas até a principal atração local, a …

BOM JARDIM DE MINAS, MINAS GERAIS - Típica cidade mineira, com povo hospitaleiro, de clima ameno e muito aconchegante, traz no bojo de sua historia uma origem bucólica e religiosa com inúmeras atrações turísticas

CONHEÇA A CIDADE DE "BOM JARDIM DE MINAS", MINAS GERAIS, BRASIL Foto - Thymonthy Becker  BEM VINDO A CIDADE DE BOM JARDIM DE MINAS. PORTAL DA SERRA DA MANTIQUEIRA foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 6.648 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 412,021 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 15,78 Código do Município 3107505 Gentílico - bom-jardinense Prefeito 2017 / SERGIO MARTINS ORIGEM DO NOME O TOPÔNIMO ORIGINOU-SE DO NOME DA FAZENDA BOM JARDIM, PIONEIRA DA COMUNIDADE, E DO BELO "JARDIM" NELA CONSTRUÍDO PELOS SEUS PROPRIETÁRIOS. Bom Jardim de Minas Minas Gerais - MG HISTÓRICO O território onde se acha localizado o município, foi habitado por silvícolas de diversas tribos não identificados devidamente. Em 1770, Manoel Arriaga de Oliveira, sua mulher e seis filhos, chegaram à região, fundaram uma colônia que chamaram Campo Vermelho, tornando-se os primeiros moradores do lugar. O núcleo sofreu vários ataques dos índiso, sendo morto o filho do fundad…

MARILÂNDIA, ITAPECERICA, MINAS GERAIS - Com altitude acima de 1.000 metros, cercada de paisagens que são verdadeiros cartões postais e muita história para você viver neste paraíso

CONHEÇA O DISTRITO DE "MARILÂNDIA", ITAPECERICA, MINAS GERAIS, BRASIL
Estação Rodoviária de Marilândia, MG MARILÂNDIA / MINAS GERAIS
foto - Thymonthy Becker  BEM VINDO AO DISTRITO DE MARILÂNDIA, MG. NO CENTRO OESTE DO ESTADO DAS MINAS GERAIS. AQUI, CHEGANDO NO DISTRITO. foto - Thymonthy Becker MARILÂNDIA EH UM ANTIGO DISTRITO QUE EMBORA ESTEJA PRÓXIMO A DIVINÓPOLIS, PERTENCE A CIDADE DE ITAPECERICA O DISTRITO TEM APROXIMADAMENTE 4.000 HABITANTES (FONTE - PEDRO GUIMARÃES) O DISTRITO ESTÁ A 780 QUILÔMETROS DE BRASÍLIA. ESTA À 170 QUILÔMETROS DA CAPITAL DAS MINAS GERAIS ESTÁ À 25 QUILÔMETROS DE DIVINÓPOLIS A HISTÓRIA DO DISTRITO DE MARILÂNDIA, MINAS GERAIS  A história de Marilândia começa como a maioria das cidades das Minas Gerias, com a construção de uma igreja. Um fazendeiro, dono das terras onde hoje encontra-se o distrito, determinou que seus escravos construíssem um santuário e que este fosse dedicado a nossa senhora do desterro da volta. O santuário foi construído no alto da …