Pular para o conteúdo principal

FLORESTA AMAZÔNICA - Foram necessários 50 milhões de anos para que a floresta amazônica ficasse em pé e sua imensa biodiversidade nascesse. A Floresta Amazônica possui a aparência, vista de cima, de uma camada contínua de copas largas, situadas a aproximadamente 30 metros acima do solo. A maior parte de seus cinco milhões de quilômetros quadrados, ou 42 por cento do território brasileiro, é composta por uma floresta que nunca se alaga, em uma planície de 130 a 200 metros de altitude, formada por sedimentos do lago Belterra, que ocupou a bacia Amazônica entre 1,8 milhão e 25 mil anos atrás. Ao tempo em que os Andes se erguiam, os rios cavaram seu leito.




CONHEÇA A "FLORESTA AMAZÔNICA", BRASIL - DA JANELA DO TREM

A Amazônia representa mais da metade das florestas tropicais remanescentes no planeta e compreende a maior biodiversidade em uma floresta tropical no mundo. É um dos seis grandes biomas brasileiros.
foto - Wikipédia

O nome "Amazônia" deriva das amazonas, mulheres guerreiras da Mitologia grega. Segundo a lenda, as amazonas pertenciam a uma tribo, comandada por Hipólita. Quando Francisco de Orellana desceu o rio em busca de ouro, descendo os Andes em 1541, deparou-se com as índias icamiabas.

A belicosa vitória das icamiabas contra os invasores espanhóis foi tamanha que o fato foi narrado ao rei Carlos V de Habsburgo, o qual, inspirado nas guerreiras hititas ou amazonas, batizou o rio de "Amazonas".
foto - Wikipédia

Com base em evidências arqueológicas de uma escavação na Caverna da Pedra Pintada, habitantes humanos se estabeleceram na região amazônica pelo menos há 11.200 anos atrás. O desenvolvimento posterior levou a assentamentos pré-históricos tardios ao longo da periferia da floresta em 1.250 AD, o que induziu a alterações na cobertura florestal.
 foto - Wikipédia

A Floresta Amazônica possui a aparência, vista de cima, de uma camada contínua de copas largas, situadas a aproximadamente 30 metros acima do solo. A maior parte de seus cinco milhões de quilômetros quadrados, ou 42 por cento do território brasileiro, é composta por uma floresta que nunca se alaga, em uma planície de 130 a 200 metros de altitude, formada por sedimentos do lago Belterra, que ocupou a bacia Amazônica entre 1,8 milhão e 25 mil anos atrás. Ao tempo em que os Andes se erguiam, os rios cavaram seu leito.
 foto - Wikipédia
A Floresta Amazônica foi pré-selecionada em 2008 como candidata a uma das Novas 7 Maravilhas da Natureza pela Fundação Sete maravilhas do mundo moderno. Em fevereiro de 2009, a Amazônia foi classificada em primeiro lugar no Grupo. E, a categoria para as florestas, parques nacionais e reservas naturais.
foto - ?
ESTA É A MAIOR FLORESTA TROPICAL E MAIS IMPORTANTE, DO PLANETA.
"o rio Amazonas que também eh estrada"
foto - ?
COM 7 MILHÕES DE KM2, ESTA É A FLORESTA AMAZÔNICA.
SITUADA NA REGIÃO NORTE DA AMÉRICA DO SUL, ESPALHADA POR TERRITÓRIOS DO BRASIL, VENEZUELA, COLÔMBIA, PERU, BOLÍVIA, EQUADOR, SURINAME, GUIANA E GUIANA FRANCESA.
foto - ?
PARA PENSAR
“Precisamos conhecer a Floresta Amazônica. Ela é insubstituível para o clima”.
Ao acabar com a floresta e seus microscópicos habitantes, estamos matando milhares de seres vivos que possuem tecnologia e arquitetura invisíveis e fenomenais
A humanidade é muito privilegiada. E não se dá conta disso. Ou então, simplesmente acha que não há nada demais nisso. Nosso habitat, a Terra, é uma bola de pedra, que gira no espaço. Um espaço que não é nada hospitaleiro. O ser humano não conseguiria sobreviver em qualquer outro planeta. Somos uma improbabilidade estatística. “A Terra nos protege deste espaço, mas o lugar onde existimos é imensamente frágil. Infelizmente temos nos comportado como se nosso planeta fosse infinito”. E ele não é.
Não cuidamos daquilo que não conhecemos. Tem sido assim com o planeta e também com a Floresta Amazônica. “Esta é uma característica do comportamento da civilização moderna. Não respeitamos o que não conhecemos ou não temos consciência de sua existência. Já os indígenas, respeitam o desconhecido e o sagrado”.
Foram necessários 4 bilhões de anos para que a natureza se formasse na Terra. E outros 50 milhões de anos para que a Floresta Amazônia ficasse em pé e sua imensa biodiversidade nascesse. Mas sem dó nem piedade, temos derrubado árvores e mais árvores para plantar soja ou criar gado para termos carne em nossas mesas.
A MAIOR PARTE DA FLORESTA ESTÁ PRESENTE EM TERRITÓRIO BRASILEIRO.
MAIS PRECISAMENTE NOS ESTADOS DO AMAZONAS, AMAPÁ, RONDÔNIA, ACRE, PARÁ E RORAIMA)
O CLIMA É O EQUATORIAL, POIS ELA ESTÁ SITUADA PRÓXIMA À LINHA DO EQUADOR.
AS TEMPERATURAS SÃO ELEVADAS E O ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO (QUANTIDADE DE CHUVAS) TAMBÉM.
"o rio serpenteando a floresta"
foto - ?
NUM DIA, NA FLORESTA AMAZÔNICA, PODEMOS ENCONTRAR MUITO CALOR DURANTE O DIA COM CHUVAS FORTES NO FINAL DA TARDE.
foto - ?
AQUI, O ENCONTRO DO RIO NEGRO COM O SOLIMÕES, DANDO ORIGEM AO RIO AMAZONAS EM MEIO A FLORESTA AMAZÔNICA, BR
foto - ?
O RIO NEGRO E O RIO SOLIMÕES VIAJAM LADO A LADO POR QUILÔMETROS SE SE MISTURAREM DENTRO DA FLORESTA AMAZÔNICA, BR
foto - ?
"o interior da floresta"
foto - ?
AS ARARAS AZUIS NA FLORESTA AMAZÔNICA, BR
foto - ?
ARARAS VERMELHAS NA FLORESTA AMAZÔNICA, BR
foto - ?
A ONÇA PINTADA NA FLORESTA AMAZÔNICA, BR
foto - ?
O TUCANO NA FLORESTA AMAZÔNICA, BR
foto - Divulgação
A VITÓRIA RÉGIA. 
COSTUMAM´SE DIZER QUE ESTA FOLHA VERDE, GRANDE E REDONDA SEJA A FLOR "VITORIA RÉGIA". MAS ESTA EH PLANTA. A FLOR DA VITÓRIA RÉGIA EH ESTA BRANCA QUE VOCÊ PODE VER NA FOTO.
foto - ?

APAIXONE-SE

fonte dos textos e fotos: Thymonthy Becker / Wikipédia / IBGE / conexaoplaneta.com.br / viajeaqui.abril.com.br / 

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O espetáculo, belezas naturais, cores, aromas que seduzem à primeira vista. O município tem como base da economia a produção agrícola. A região possui uma relação muito próxima com as águas e com a geração de energia elétrica, a partir da formação do maior lago artificial do Estado – os Alagados do Passo Real e da Barragem de Ernestina. Bonitas e agradáveis, as cidades proporcionam atrações diversificadas, eventos, muitas festas, gastronomia, artesanato.

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem