Pular para o conteúdo principal

SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MINAS GERAIS - A 1.444 metros de altitude, a cidade chama quem quer ver para crer. Seduz céticos e muitos, muitos místicos que acreditam que suas magníficas grutas, cachoeiras, cavernas e ladeiras são mágicas. Você pode passar um fim de semana inteiro – ou a vida toda, se achar que nasceu para isto – escutando histórias de casos sobrenaturais, UFOs e fantasmas. Mas, se você gosta mesmo é de ação, pode encarar trilhas na mata, se banhar nas suas inúmeras cachoeiras, praticar escalada, canyoning, rapel ou dar uma volta de bike. Sem maiores pretensões




CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MINAS GERAIS, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
BEM VINDO
copyrigth "Marco Corchetti
Reza a lenda que um escravo se refugiou em uma gruta no alto da Serra da Mantiqueira , em Minas Gerais, após ter tido um caso com a irmã de seu senhor. Um homem vestido de branco apareceu e entregou um bilhete, dizendo: “Entregue ao capitão e ele o perdoará”. Lendo o que estava no papel, o coronel pediu que o escravo o levasse até onde havia recebido aquilo. E encontraram uma imagem entalhada em madeira de São Tomé. Por mais que tirassem a imagem dali, ela reaparecia na gruta. Era o começo de São Thomé das Letras . (Turismo - iG @)
Duendes, gnomos, fadas e magos enfeitam a cidade (Foto: Tiago Campos / G1)
A 1.444 metros de altitude, a cidade chama quem quer ver para crer. Seduz céticos e muitos, muitos místicos que acreditam que suas magníficas grutas, cachoeiras, cavernas e ladeiras são mágicas. Você pode passar um fim de semana inteiro – ou a vida toda, se achar que nasceu para isto – escutando histórias de casos sobrenaturais, UFOs e fantasmas. Mas, se você gosta mesmo é de ação, pode encarar trilhas na mata, se banhar nas suas inúmeras cachoeiras, praticar escalada, canyoning, rapel ou dar uma volta de bike. Sem maiores pretensões.
As atrações ficam por conta da Gruta São Tomé (onde teria ocorrido a aparição), a Gruta do Carimbado (há quem acredite que vá, subterrânea, até Machu Picchu), as cachoeiras Sangri-lá , Eubiose e Véu da Noiva. (Turismo - iG @)
Ruas e casas de pedra chamam a atenção (Foto: Tiago Campos / G1)
COMO CHEGAR EM SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG
Se sair de São Paulo, pegue a BR-381 sentido Belo Horizonte. Vire a direita para Três Corações na BR-491 e a direita na MG-167 para Bento de Abade. Após 25km, virar a direita percorrendo 18km até São Thomé. Saindo do Rio, pegue a BR-116 sentido São Paulo até Itatiaia. Vire a direita na BR-354, seguindo até Caxambu. Pegue a BR-267 e siga até Cambuquira. Entre na MG-167. (Turismo - iG @ / G1.globo.com)
Milton ao lado dos famosos Merlin e Mestre dos Magos (Foto: Tiago Campos / G1)
Quem chega a São Thomé das Letras (MG) logo é envolvido por um clima místico e um estilo alternativo. A cidade, que é quase toda feita de pedra, reúne pessoas vestidas com a moda hippie e moradores com "causos" diferentes e que despertam a curiosidade dos turistas.
Localizada a 304 km da capital Belo Horizonte (MG) e a 350 km de São Paulo (SP), a cidade de pouco mais de sete mil habitantes recebe turistas durante o ano todo. No entanto, são nas férias de julho e na tradicional festa de agosto que o movimento aumenta em cerca de 60%, segundo a Secretaria de Turismo e os donos de pousadas do município. (G1.globo.com)
Salvo a alta temporada e os feriados, uma das características de São Thomé das Letras é o fato do turista não precisar se programar com meses ou semanas de antecedência para ir à cidade. Maria Aparecida de Souza é funcionária de uma pousada e diz que é comum receber hóspedes em cima da hora.
"Acontece bastante das pessoas decidirem passar o fim de semana aqui em cima da hora. Tem gente que chega na cidade sem hospedagem e só decide isso aqui", afirma. (G1.globo.com)
O analista de suporte Márcio Saldão Lopes é de São José do Campos (SP) e já visitou São Thomé das Letras três vezes. "A primeira vez foi totalmente ao acaso. Estava viajando pelo interior de Minas e decidimos conhecer a cidade. A segunda vez foi com três amigos e nós planejamos um pouco melhor, mas nada que necessitasse muito tempo e pesquisas. A terceira fui levar outros dois amigos pra conhecer a cidade, reservei a pousada em uma data próxima e decidimos onde iríamos assim que chegamos lá", diz. (G1.globo.com)
A cidade também tem um roteiro rápido e que pode ter grande parte cumprida em um final de semana. "Na minha opinião, é uma cidade que você conhece boa parte em um feriado curtinho, mas dá vontade de ir mais vezes pra conhecer as atrações pendentes ou aproveitar mais as que já conheceu. Espero voltar ainda uma quarta vez", afirma Lopes. (G1.globo.com)
ATRAÇÕES EM SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG
São Tomé das Letras tem 30 pontos turísticos e conta com um serviço de guias. As cachoeiras, oito no total, e as grutas são o grande atrativo. "As belezas naturais da cidade junto com as construções de pedra chamam a atenção dos turistas. Tem gente que vem aqui para tirar foto da rua", diz o secretário de Turismo da cidade, Wilson Carvalho. (G1.globo.com)
São Thomé das Letras tem oito cachoeiras: Véu da Noiva é uma delas (Foto: Tiago Campos / G1)
Entre as cachoeiras mais visitadas está a do Vale das Borboletas. Quem chega ao local é recepcionado por várias borboletas voando em círculos. "Tem épocas que aqui fica lotado desses animais. Por algum motivo essas borboletas escolheram esse local para se reproduzir", informa o secretário. (G1.globo.com)
Para quem gosta de olhar as estrelas ou curtir um belo nascer ou pôr do sol, a opção é o mirante ou a pirâmide, que ficam no topo da cidade. Todo segundo sábado do mês acontece o "Pôr do Rock", onde uma banda de rock' n roll se instala na pirâmide a partir das 15h. O resultado é um visual deslumbrante que dificilmente o turista vai esquecer.
O artesanato é predominante na cidade. Itens como incensários, apanhadores de sonhos, camisetas estilizadas, panelas e lembranças feitas de pedra podem ser encontrados tanto na rua quanto em diversas lojas do município. (G1.globo.com)
Um dos comerciantes é o argentino Pablo Nientzoff, que mora há 26 anos em São Thomé das Letras. Ele percebe um crescimento de 50% nos negócios durante o mês de julho e feriados. Apaixonado pela cidade, ele não voltou mais para o país de origem. "Já tinha morado em São Paulo, mas quando vim para cá ver um amigo fui atraído pela aura mística daqui. Nunca tinha visto algo parecido na Argentina", conta. (G1.globo.com)
Lojas de artesanato estão espalhadas pela cidade (Foto: Tiago Campos / G1)
Para quem gosta de rock pesado ou alternativo, a cidade oferece bares com música ao vivo. Além disso, os fãs do cantor Ventania, que mora na cidade, têm a chance de ver a casa do artista e até mesmo ter a sorte de encontrá-lo andando pelas ruas. (G1.globo.com)
POUSADAS E RESTAURANTES EM SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG
São Thomé das Letras conta com 55 pousadas cujas diárias para casais variam de R$80 a R$120, mas os turistas encontram pacotes especiais durante os feriados e a alta temporada. Para os mais aventureiros, a cidade ainda conta com 10 áreas de camping.
Já que uma das épocas de maior fluxo de turistas é no inverno, algumas pousadas oferecem lareiras para aquecer os hóspedes. Segundo Carvalho, mesmo no frio as cachoeiras são muito visitadas. "Nessa época, as pessoas visitam as cachoeiras mais para fazer fotos e curtir o visual", explica.
Acompanhando o misticismo da cidade, muitas pousadas têm decorações bastante interessantes. Magos, duendes, gnomos e outras criaturas lendárias estão presentes nas fachadas e até mesmo nos quartos. (G1.globo.com)
Comida típica mineira atrai turistas (Foto: Tiago Campos / G1)
Em uma das hospedagens, podemos ver dois personagens bastante conhecidos: o mago Merlin e o Mestre dos Magos, do desenho "Caverna do Dragão". "Como o nome da pousada envolve magos, buscamos homenagear alguns dos mais famosos. Começamos com o Merlin e posteriormente com o Mestre dos Magos", informa o dono da pousada Milton de Souza Ferreira.
A comida típica mineira é o carro chefe dos 30 restaurantes da cidade. Tutu de feijão, Vaca atolada e até pizza são feitas em panelas ou recipientes de pedra sabão. O preço pago pelos pratos, que servem tranquilamente um casal que come bem, agrada o bolso. (G1.globo.com)
Entre as receitas de sucesso na cidade está o Baião Mineiro, que consiste em arroz com carne seca e feijão, cubos de queijo-minas meia cura derretidos e dois ovos fritos por cima, acompanhado de quibebe de abóbora, tudo servido em panelas de pedra.
"A nossa característica é a comida artesanal. Nós não usamos nada industrializado e tentamos fazer todas as receitas na panela de pedra sabão", afirma o dono do restaurante que serve a receita, Luiz Fernando Silveira. (G1.globo.com)
FESTA DE AGOSTO EM SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG
A tradicional "Festa de Agosto", que reúne renomados músicos brasileiros, também é muito apreciada pelos turistas. Cantores como Zeca Baleiro, Zé Ramalho e Alceu Valença já participaram da festa que acontece no centro de eventos da cidade.
Este ano as principais atrações são Milton Nascimento, Sérgio Reis e Raimundos. "A festa acontece esse ano no fim de semana dos dias 16, 17 e 18 de agosto. São esperadas cerca de seis mil pessoas e, neste caso, quem vier em cima da hora corre o risco de não ter lugar para ficar hospedado", informa Carvalho. (G1.globo.com)
Pousada dos Anjos em São Thomé das Letras, MG
Para informações de pousadas e pontos turísticos em São Tomé das Letras, basta entrar em contato com o receptivo turístico da cidade pelo telefone (35)3237-1276.
AQUI, CHEGANDO NA CIDADE PELA ESTRADA DE TERRA
copyrigth "Microlarm"
copyrigth "Edu Lacerda"
CONHEÇA UM POUCO DA BELÍSSIMA SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG
copyrght "Edgard Thomas"
São Thomé no alto da montanha
copyrigth "Ikecosta"
O coreto da praça
copyrigth "Paulo R Carvalho"
Rua da cidade
copyrigth "Euler G Barbosa"
O calçamento é de pedra
copyrigth " ?
copyrigth "Euler G barbosa"
copyrigth "Euler G. Barbosa"
Paredes da casa, de pedra
copyrigth "Marlon R. Silva"
copyrigth " ?

 
SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG ENTRE AS MONTANHAS DE MINAS
copyrigth "Edgard Thomas"
São Thomé das Letras é a quarta cidade mais alta do Brasil, localizada nas montanhas da Serra da Mantiqueira. A cidade é ideal para prática de esportes radicais como rapel, Off-Road, montanhismo, Mountain-bike, trek-king, MotoCross, entre outros. Belas Paisagens, lindas cachoeiras, são muitos os pontos onde você pode se maravilhar com a natureza e relaxar sua mente. Cidade que atrai muito pelo seu jeito místico.
Esta é a cachoeira Eubiose em São Thomé das Letras, MG
copyrigth " ?
Véu de noivas
Da lua
foto - ?
Eubiose
copyrigth "Stanley Vale" 
Vale das borboletas
copyrigth "Marco Corchetti"
Vale das Borboletas em São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Mario Guilherme"
Cachoeira Véu de Noiva em São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Edu Lacerda"
SINTA A ENERGIA DESTE LUGARES ÚNICOS
Pirâmide de São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Wagner Swerts Tambur..."
Cruzeiro em São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Edgard Thomas"
Pedra da bruxa em São Thomé das Letras, MG
copyright "Lui Santana"
Casa do Mago em São Thomé das Letras, MG
copyrgth "Laerso Junior"
Pirâmide de São Thomé das Letras, MG
foto - ?
Pirâmide de São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Mauricio Casagrande"
Riacho de São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Rubens Almeida"
No topo do Pirâmide, vendo uma eclipse em São Thomé das Letras, MG
foto - ?
ESTA É A MATRIZ DE SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG
foto - ?
Matriz de outro ângulo
foto - ?
Praça da Igreja Matriz de São Thomé das Letras, MG
foto - ?
Matriz de São Thomé das Letras, MG
foto - ?
Igrejinha do Rosário em São Thomé das Letras, MG
copyrigth "Edgard Thomas"
Igrejinha do Rosário de outro ângulo
foto - ?
SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MG ESTA CERCADA DE MONTANHAS DE RARA BELEZA
foto - ?
copyrigth "Pottier JR."
copyrigth "Edu Lacerda"
copyrigth "Edu Lacerda"
foto - ?
copyrigth "Edu Lacerda"
Código do Município - 3165206
Gentílico - são-tomeense
Prefeito 2017 / MARISA MACIEL DE SOUZA
População estimada [2017] - 7.106 pessoas 
População no último censo [2010] - 6.655 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 18 hab/km² 
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015] - 1,6 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2015] - 1.896 pessoas 
População ocupada [2015] - 26,9 % 
Área da unidade territorial [2016] - 369,747 km² 
Esgotamento sanitário adequado [2010] - 79,3 % 
Arborização de vias públicas [2010] - 6,3 % 
Urbanização de vias públicas [2010] - 8,9 %
ORIGEM DO NOME
No topônimo do município, a denominação "São Thomé" refere-se à imagem do apostolo encontrada na gruta; e a expressão "das Letras" devido a inscrições em forma de letras, de cor vermelha, gravadas na parte superior da gruta.
HISTÓRICO DA CIDADE DE SÃO THOMÉ DAS LETRAS, MINAS GERAIS
Gentílico: são-tomeense
História
NOTAS HISTÓRICAS 
Fala-se que os índios Cataguases tenham sido os primeiros habitantes desta região, e que nos finais do seculo XVII, a expedição de Fernão dias passou por estas terras, em busca de ouro. Entretanto, a ocupação de São Thomé das letras, se inicia com a ereção de uma capela em Louvor a São Thomé, por provisão de 23 de março de 1770, a pedido do Pe. Francisco Alves Torres, e construída, pelo fazendeiro João Francisco Junqueira, próxima a gruta em que foi encontrada a imagem do Santo. Mais Tarde, em 1785, no local da Capela foi edificada a atual Matriz, que tem trabalhos artísticos de Joaquim Jose da Natividade, discípulo de Aleijadinho. Desde a formação do povoado, os principais nomes ligados ao seu desenvolvimento são: Pe. João Ribeiro Maia (vigário), João Francisco Junqueira, Gabriel Francisco de Andrade junqueira (Barão de Alfenas), Jose Leôncio de Andrade Penha, Guilherme Jose Pereira, Jose Justino Alves, José da Costa Rezende. 
A ocupação de São Thomé das letras se inicia em 1770, com a construção de uma ermida. Seus primeiros habitantes civilizados dedicavam-se à exploração agrícola e pecuária, e mais tarde iniciou o extrativismo mineral com a extração de pedras quartzito 
A origem da cidade esta cercada de lendas. A primeira delas diz que, em 1770, um escravo fugido da fazenda Campo alegre, e morando numa gruta no alto da serra certo dia recebeu a visita de um estranho de maneiras finas e, depois de alguma conversa entre ambos, o desconhecido fez daquele escravo João Antão um mensageiro ao antigo senhor. Lida a mensagem, o fazendeiro João Francisco Junqueira partiu para o local onde encontrou apenas a imagem de São Thomé. Neste local o fazendeiro mandou construir uma ermida dedicada ao Santo.. 
A outra lenda diz 'da existência de uma santo jesuíta, desejoso de santificação, o qual, transportando-se para aquela serra, se fez acompanhar de uma imagem do apostolo São Thomé. Vivia numa gruta, absorto na contemplação divina. A gruta se distinguia pelos desenhos semelhantes a Letras. Querendo o povo aludir à residencia daquele filho de Santo Inácio, dizia: a gruta de São Thomé das Letras'. 
Outra versão relata que 'os índios Cataguases habitavam as tocas e atribuíam a autoria das inscrições a 'Sumé', uma personalidade lendária de uma homem branco que aparecia aos indígenas brasileiros, ensinando-lhes a agricultura, a moral e impondo-lhes regras de conduta'. 
Entretanto pressupõe-se que a imagem de São Thomé, encontrada na gruta, tenha sido esquecida naquele lugar por um dos integrantes de expedições dos bandeirantes em busca de ouro. 
No topônimo do município, a denominação 'São Thomé' refere-se à imagem do apostolo encontrada na gruta; e a expressão 'das Letras' devido a inscrições em forma de letras, de cor vermelha, gravadas na parte superior da gruta.
Centro histórico de São José das Letras, MG

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE



Fonte dos textos e fotos: IBGE / Thymonthy Becker / Wikipédia / Governo de São Thomé das Letras, MG / G1.globo.com / Turismo IG / muitaviagem.com.br /

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares. A religiosidade ocupa lugar de destaque como um dos fatores que mais atraem os visitantes, uma vez que Baependi foi o lugar onde a serva de Deus, Nhá Chica, concedeu suas graças, hoje em dia inúmeras romarias de diversas partes do país têm como destino o Santuário de Nhá Chica, onde também se encontram seus restos mortais.

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Será que tem gremista em Colorado? Claro que tem. Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O município tem como base da economia a produção agrícola. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. Destes, Capitólio se destaca por oferecer as melhores opções de serviços e infraestrutura turística. Os passeios náuticos, os esportes aquáticos, a pesca esportiva e a exuberância natural são pontos fortes da região, que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, o "Velho Chico". O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias. Desses, surgiram os “brasilienses”, o gentílico usado para quem nasceu aqui e adotado por quem veio de fora e assumiu a cidade como sua.

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras. De frente para a Baía da Guanabara, Niterói mostra que a vista para a cidade do Rio não é o único atrativo. Além de oferecer, na sua face voltada para o alto mar, trechos de areia ideais para quem quiser fugir do agito de Ipanema e Copacabana, o município começa a explorar o legado das construções assinadas por Oscar Niemeyer, entre elas o famoso Museu de Arte Contemporânea.

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.