Pular para o conteúdo principal

PEDRA DOURADA, MINAS GERAIS - Abrir a janela e se deparar com uma das mais belas formações geológicas que a natureza foi capaz de produzir. É assim que os moradores de Pedra Dourada, pequena cidade da Zona da Mata, vivem mais perto do céu. A vista de cima da pedra, de 1.379 m de altitude, é deslumbrante. De lá, é possível observar a mata atlântica que circunda a região, além da visão panorâmica para as cidades vizinhas, parte do Espírito Santo e do Rio de Janeiro e das montanhas mineiras




CONHEÇA A CIDADE DE "PEDRA DOURADA", MINAS GERAIS, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
Vista da cidade de Pedra Dourada, MG (Prefeitura Municipal)
Abrir a janela e se deparar com uma das mais belas formações geológicas que a natureza foi capaz de produzir. É assim que os moradores de Pedra Dourada, pequena cidade da Zona da Mata, vivem mais perto do céu. A vista de cima da pedra, de 1.379 m de altitude, é deslumbrante. De lá, é possível observar a mata atlântica que circunda a região, além da visão panorâmica para as cidades vizinhas, parte do Espírito Santo e do Rio de Janeiro e das montanhas mineiras. (descubraminas.com.br)
Cafezais na região de Pedra Dourada, MG (Prefeitura Municipal)
Cachoeira no Parque da Pedra em Pedra Dourada, MG (facebook)
Cachoeira Varandão em Pedra Dourada, MG (facebook)
A pedra recebeu esse nome porque, conforme relatam os moradores, ao final das tardes chuvosas, ela ganha uma cor dourada. Outra versão diz que, à noite, raios dourados passam sobre ela, o que faz com que a pedra dourada tenha relação com a Mãe do Ouro, lenda da mitologia brasileira criada pelos indígenas antes da chegada dos colonizadores portugueses. (descubraminas.com.br)
Acesso à Cachoeira Varandão em Pedra Dourada, MG (Daniel Herdy Pedrosa)
Menino entregando leite na via de acesso à cidade de Pedra Dourada, MG (Amarildo Souza)
Fundos da Matriz de São José de Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
A lenda diz que a Mãe do Ouro é responsável por guardar as minas. Logo sua presença é sinal de que há o metal precioso no local. Na região da Pedra Dourada, a Mãe do Ouro é entendida como uma guardiã, estrela cadente, encantada, que passeia luminosa pelos ares, mas vive debaixo d’água, num palácio. Em tardes de chuva, passa como estrela cadente em fio luminoso. (descubraminas.com.br)
Estrada de Acesso à Pedra Dourada em Pedra Dourada, MG (Daniela Herdy Pedrosa)
Vista Parcial da cidade de Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Rua da Matriz da cidade de Pedra Dourada, MG (Amarildo Souza)
Essa aura mitológica que envolve Pedra Dourada é herança dos primeiros habitantes da região. Os índios da tribo dos Puris estiveram por ali até o início do século 19, quando os primeiros aventureiros chegaram à região em busca de alternativas econômicas, uma vez que as minas de ouro já haviam esgotado sua capacidade. (descubraminas.com.br)
Vista parcial da cidade de Pedra Dourada, MG (Amarildo Souza)
Cachoeira no Parque Municipal de Pedra Dourada, MG (facebook)
Lago do Parque Municipal e entorno em Pedra Dourada, MG (facebook)
Quem ali chegou encontrou terra fértil e abundante. Isso atraiu também imigrantes europeus, vindos da Itália e da Espanha. Os novos moradores da região logo se instalaram, fundaram fazendas, iniciando um núcleo de povoamento, ao qual foi dado o nome de Arraial de São João do Soca. José de Souza Lima, vindo de Tombos, doou 66 hectares de terra ao patrimônio da Igreja de São João, tida como o marco inicial da cidade. (descubraminas.com.br)
Região de Pedra Dourada, MG (Prefeitura Municipal)
Rua da Matriz de São José em Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Parque São João em Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Aproveitando o clima propício, foi desenvolvida a cultura de café, que, na segunda metade do século 19 e início do século 20, era considerado o principal produto da economia brasileira. Junto com o café, a banana e o leite também se destacaram, ocupando as fazendas da região. (descubraminas.com.br)
Entorno da cidade de Pedra Dourada, MG (Amarildo Souza)
Vista da cidade e do Parque municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Cachoeira em Pedra Dourada, MG (facebook)
Em 1939, o Arraial de São João do Soca passa à categoria de vila e recebe o nome de São José de Pedra Dourada. Nessa época sua população era de aproximadamente 3.500 habitantes, e pertencia ao município de Tombos. Em 1962, pela Lei n. 2.764, de 30 de dezembro, a vila se emancipou de Tombos e teve seu nome alterado para Pedra Dourada. (descubraminas.com.br)
Chegando na cidade de Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Visão geral da cidade de Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Pedra Dourada faz parte do Circuito Pico da Bandeira e do roteiro do Caminho da Luz, cujo trajeto de 195 quilômetros, iniciando em Tombos e terminando no Parque Nacional do Pico da Bandeira, é um grande atrativo turístico que remonta a rota que era percorrida por tropeiros, religiosos e aventureiros na travessia dos Estados do Rio de Janeiro para o Espírito Santo, passando por Minas Gerais. (descubraminas.com.br)
Igreja Matriz de São José em Pedra Dourada, MG (Wikipédia)
Posto de Gasolina em Pedra Dourada, MG (Amarildo Souza)
O município de Pedra Dourada apresenta um dos maiores fragmentos de Mata Atlântica do Leste da Zona da Mata Mineira. Com uma grande variedade de cachoeiras, trilhas, montanhas a cidade é ideal para curtir e relaxar, o município consolida como local de turismo para tranquilidade e relaxamento. 
Pousada em Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Rua da cidade de Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
PEDRA DOURADA EM PEDRA DOURADA, MG
A Pedra Dourada, ícone que deu nome à cidade é assim chamada porque, como relataram moradores da região, aos finais das tardes chuvosas ela fica dourada. O nome Pedra Dourada tem também origem relacionada à lenda da Mãe do Ouro, que é inicialmente um mito meteorológico, ligado aos protomitos ígneos, posteriormente ao ciclo do ouro. Segundo a lenda, a Mãe do Ouro é responsável por guardar as minas. Onde ela está, é prova evidente que há ouro e por isso tomou o nome. Pelos habitantes da região da Pedra Dourada, a Mãe do Ouro é entendida como a zelação, estrela cadente, encantada, que passeia luminosa, pelos ares, mas vive debaixo d’água, num palácio. Em tardes de chuva passa como estrela cadente em fio luminoso iluminando a cidade e a pedra que da nome a cidade. (Dourada Parque Hotel) 
A Pedra Dourada que deu nome a cidade de Pedra Dourada, MG (facebook)
Pedra Dourada em Pedra Dourada, MG (facebook)
PARQUE SÃO JOÃO DA CIDADE DE PEDRA DOURADA, MG
O Parque Municipal São João foi idealizado, projetado e teve suas obras iniciadas em 2003, afim de tornar o Parque um espaço de lazer para toda comunidade douradense e seus visitantes. Em 2008, o parque foi inaugurado e conta com duas lagoas, sendo uma delas com uma praça ao centro. Em torno das lagoas. Em torno das lagoas e de todo o perímetro do Parque foi construída uma pista de caminhada e cooper, com 2 km de extensão. A área do Parque já era banhada por uma cacheira, na qual foi construída uma piscina artificial. A piscina e cachoeira são a principal atração do Parque, que recebe centenas de visitantes todos os dias, vindos de várias cidades da região.  (Dourada Parque Hotel) 
Cachoeira no Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Cachoeira do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (SGTrangel)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (Facebook)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (facebook)
Interior do Parque Municipal em Pedra Dourada, MG (Wikipédia)
São João no interior do Parque Municipal "São João" em Pedra Dourada, MG (facebook)
ONDE SE HOSPEDAR EM PEDRA DOURADA, MG
O DOURADA PARQUE HOTEL está localizado no Parque Municipal São João, no município de Pedra Dourada em Minas Gerais e atende seus hóspedes com 24 quartos, equipados com ar condicionado, mini bar, aquecedor, banheira de hidromassagem, além da área comum com bar molhado e piscina. Recém inaugurado, o hotel possui vista deslumbrante para a cidade e oferece tranquilidade, descanso e total conforto para seus hóspedes. Conheça o Dourada Parque Hotel e apaixone-se por todos seus encantos. (Dourada Parque Hotel) 


ONDE COMER EM PEDRA DOURADA, MG
O ALECRIM DOURADO RESTAURANTE resgata os sabores da Culinária Rural Brasileira em um ambiente de tranquilidade e conforto, onde o simples e o refinado caminham juntos, harmoniosamente, para o deleite dos amantes da boa mesa. 
A gastronomia praticada da preferência ao que é produzido regionalmente e seguindo receitas tradicionais, caseiras, aprimoradas e apresentadas com um delicado toque de sofisticação contemporânea. 
Tudo isso num ambiente aconchegante com astral do interior. (Dourada Parque Hotel) 

Código do Município - 3149002 
Gentílico - douradense 
Prefeito 2017 / SILVANIR SIMPLÍCIO DE ANDRADE 
População estimada [2017] - 2.452 pessoas 
População no último censo [2010] - 2.191 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 31,3 hab/km² 
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015] - 1,7 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2015] - 265 pessoas 
Área da unidade territorial [2016] 69,99 km² 
Esgotamento sanitário adequado [2010] 72,3 % 
Arborização de vias públicas [2010] 89,4 % 
Urbanização de vias públicas [2010] 47,4 % 
HISTÓRICO DO MUNICÍPIO DE PEDRA DOURADA, MG
PEDRA DOURADA - Minas Gerais - MG 
Gentílico: DOURADENSE 
HISTÓRICO 
Os primitivos habitantes do lugar foram os índios Purís, descendentes dos Goytacazes, tangidos do litoral para o interior devido à colonização portuguesa. O primeiro elemento branco que explorou a região e alí se fixou foi o Sr. Atílio Javarini, conforme reza a tradição oral. 
A ocupação do local deveu-se ao solo propício para o cultivo do café, cujo plantio se generalizou por toda a área adjacente. As primeiras explorações datam da segunda metade do século XIX. 
A denominação primitiva do lugar foi São João do Sóca. A origem deste nome decorreu-se numa época anterior à formação do povoado, quando da passagem de um grupo de viajantes. Estes observaram o trabalho de um grupo de mulheres que se dedicvam à labuta de socar grãos de café. Concidiu ter esse fato ocorrido no dia dedicado a São João Batista, associando-se a isso a denominação primitiva. 
O topônimo atual tem sua origem numa enorme pedra existente nos limites deste município com o de Faria Lemos que, em virtude sua composição geológica, possui em sua parte uma coloração amarelecida que, à incidência dos raios solares, reflete uma tonalidade dourada.
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE PEDRA DOURADA, MINAS GERAIS

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE


Fonte dos textos e fotos: IBGE / Becker Thymonthy / Governo de Pedra Dourada, MG / Wikipédia / facebook.com/pedradourada.mg / descubraminas.com.br / Dourada Parque Hotel / 

Comentários

  1. Sensacional
    Minas gerais é lindo .
    Mas este lugar é um paraíso .
    Já está no meu roteiro de férias
    Este blog é demaisssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só estando lá para ver o quanto eh Espetacular a Cidade e arredores. Você vai gostar muito de Pedra Dourada.
      Valeu menina, Abração pra você.

      Excluir

Postar um comentário

VALEU POR VIAJAR COM A GENTE

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O espetáculo, belezas naturais, cores, aromas que seduzem à primeira vista. O município tem como base da economia a produção agrícola. A região possui uma relação muito próxima com as águas e com a geração de energia elétrica, a partir da formação do maior lago artificial do Estado – os Alagados do Passo Real e da Barragem de Ernestina. Bonitas e agradáveis, as cidades proporcionam atrações diversificadas, eventos, muitas festas, gastronomia, artesanato.

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem