Pular para o conteúdo principal

PEDRA AZUL, MINAS GERAIS - Muito mais que uma fortaleza de pedras, Pedra Azul eh contagiante




CONHEÇA A CIDADE DE "PEDRA AZUL", MINAS GERAIS, BRASIL
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
População estimada 2016 (1) - 24.717
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.594,651
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 14,95
Código do Município 3148707
Gentílico - pedra-azulense
Prefeito 2017 / SILVANA MARIA ARAUJO MENDES
ORIGEM DO NOME
Pedra Azul que já teve o nome de fortaleza, devido aos grandes paredões de pedra que a cerca. O nome Pedra Azul que tem hoje foi devido a farta quantidade do mineral “Água Marinha” (na época da corrida do ouro) A Água Marinha tem a cor azul e era extraída em pedras
Gentílico: pedra-azulense
Histórico
Pedra Azul 
Minas Gerais - MG
HISTÓRICO
Admite-se tenha sido a região do atual município de Pedra Azul primitivamente habitada por índios, uma vez que é comum encontrarem-se nas pedreiras existentes no território municipal amplas grutas que, ao que parece, serviram de habitação a silvícolas, pois apresentam as suas paredes internas cobertas de desenhos, embora já quase apagados pelo tempo, os quais são atribuídos a esses primitivos moradores. Isto se verifica na Loca dos Caboclos, a 700 metros da cidade, e na Gruta da Lapa dos Caboclo, e na gruta da Lapa Pintada, a 1 quilometro do pico da cabeça Torta.
Colatino Antunes de Oliveira, um dos primeiros povoadores do município, contava que, em 1888, ao passar pelo local onde hoje se acha a cidade de Pedra Azul, viu uma pequena taba de índios; porém não há documentação que comprove a que tribo pertenciam. A 8 quilômetros da cidade existe uma fazenda ainda denominada Aldeia, por se acreditar tenha sido, realmente, aldeamento indígena.
Conhece-se a história da cidade do regime monárquico para cá, quando então era ainda o arraial da Boca da Caatinga, que foi o seu primeiro nome, pertencendo ao Município de Salinas. O primeiro povoador da região foi o português Manoel Machado, que no último quartel do século XVIII por ali aportou vindo da Bahia, para conhecer as propriedades do conde da Ponte. Aí chegando, fundou a fazenda Carvalhada, onde viveu por muitos anos e, ao morrer, deixou duas filhas, uma das quais se casou com José Pereira, homem instruído para a época, professor vindo da Bahia. O primeiro lar levantado no município presume-se tenha sido em 1809, no povoado de Cateriongongo, por um português de nome Manoel José Botelho, vindo de Veredinha, município de Rio Pardo. 
Em 1834, em procura das largas de Cateriongongo, abertas no ano anterior por um grande incêndio que durou 60 dias, entrou na região, procedente de Barra do Rio de Contas, Estado da Bahia, o padre Fernandes acompanhado de um grupo de escravos que tangiam 50 novilhas. O padre Fernandes, após abrir várias fazendas no município, dentre elas a da Vargem Grande, rumou para a região de Santa Rita de Medina, lançando ali os fundadores do atual município de Medina. Em 1860, chega a região a família Antunes, natural de Gurutuba, município de Grão Mogol; em 1890, as famílias Faria, Veloso e Figueiredo, também procedentes de Gurutuba, e a família Almeida, vinda da Bahia. O motivo da migração desses elementos para aqueles rincões foi a procura de terras frescas para o cultivo e a criação de gado. E inestimável a contribuição destas famílias para o desenvolvimento local.
Não existe documentação e nem noticiário de como e nem por que surgiu a povoação de Caatinga, hoje Pedra Azul, podendo-se, embora, fixar em 1830 a existência de núcleos iniciais de população no município. Quando caiu o regime monárquico, ainda era chamado arraial de Nossa Senhora da Boca da Caatinga, ou simplesmente, Caatinga. Em 1891, tinha o seu nome, sede e distrito alterados para Fortaleza.
A evolução do lugar, paulatina e constante, deve-se ao grande desenvolvimento da pecuária e da agricultura. Em 1911, foi sede da primeira exposição pecuária da região e vem sendo sucessivamente sede de outras exposições de igual teor, promovidas pela Associação Rural de Pedras Azul. Hoje o município encontra-se completamente desbravado, sendo significativa a sua situação econômica no Estado. A localidade teve os seguintes nomes: Bôca da Caatinga, Nossa Senhora da Boca da Caatinga, Caatinga, Fortaleza, devido talvez a Pedra da Rocinha, com uma altura de 200 metros e a 700 metros da cidade, que apresenta aspecto característico de um forte e, atualmente Pedra Azul, devido às riquezas minerais desta natureza, existentes no subsolo do território municipal.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
ESTIVE EM PEDRA AZUL EM 10 E 11/02/2011, PARA EXECUTAR UM SERVIÇO NA "NACIONAL DE GRAFITE", QUE FICA A 45 km DA CIDADE. FIQUEI HOSPEDADO DE QUINTA PARA SEXTA NESTA POUSADA DA FOTO. NO ANOITECER DE QUINTA, FIQUEI BATENDO UM LONGO PAPO COM O RECEPCIONISTA DA POUSADA, ONDE PUDE ME INTEIRAR SOBRE A HISTORIA DA CIDADE. QUE POR SINAL, É MUITO LEGAL. NA TARDE DE QUINTA, DEI UM GIRO PELA CIDADE, PARA CONHECÊ-LA E TIRAR ALGUMAS FOTOS. VEJA OS PAREDÕES DE PEDRA, QUE JUSTIFICARAM O ANTIGO NOME DE "FORTALEZA" 
À CIDADE DE PEDRA AZUL. AQUI, UMA VISTA DA RUA DA POUSADA.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
NA CHEGADA DA CIDADE.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
AQUI, VISTA DA JANELA DO QUARTO ONDE ESTAVA HOSPEDADO
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
CONHEÇA UM POUCO DA CIDADE
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
PRAÇA DA IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
PEDRA AZUL - VISÃO GERAL
copyrigth "?"
PRAÇA DA PREFEITURA.
copyrigth "Alan Bean"
AQUI, UM DOS BAIRROS DA CIDADE
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
UMA RUA DA CIDADE
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
PEDRA AZUL ENCRAVADA NAS MONTANHAS DE MINAS
copyrigth "Marcos Ramos JP"
CENTRO DA CIDADE
copyrigth "Alan Bean"
AQUI, AS IGREJAS DE PEDRA AZUL AQUI A IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA APARECIDA.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
A MATRIZ DE OUTRO ÂNGULO
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
ESTA EH A IGREJA DO DISTRITO QUE FICA NAS MARGENS DA ESTRADA QUE VAI ATÉ A NACIONAL DE GRAFITE.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
AQUI, A ZONA RURAL DA CIDADE
copyrigth "Paulo Ventura Ases"
AQUI, FOTOS DO DISTRITO DE PEDRA AZUL (NÃO CONSEGUI LEMBRAR O NOME), QUE FICA À MARGEM DA ESTRADA DE TERRA QUE LIGA PEDRA AZUL ATÉ A NACIONAL DE GRAFITE. ANDAR DE CARRO POR ESTRADAS DE TERRA E CONHECER PEQUENAS CIDADES E LUGAREJOS EH REALMENTE MUITO LEGAL. AQUI, ALGUMAS CASAS DO POVOADO.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
MAIS CASAS DO POVOADO. VEJA QUE LUGAR ACONCHEGANTE. PARECE QUE PODEMOS AQUI, VOLTAR NO TEMPO.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
OLHA A RUAZINHA DO POVOADO. ESTA FOTO TIREI DE DENTRO DO CARRO
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
VEJA OS BONITOS CASARÕES DE PEDRA AZUL. OBSERVE OS DETALHES DAS CONSTRUÇÕES. REALMENTE UMA ARTE. AQUI, COM O CARRO DE TRABALHO EM FRENTE.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
Foto -  Thymonthy Becker / 2011
BEM, HOJE, SEXTA FEIRA, 11/02/2011, 15 HORAS. ESTOU DEIXANDO A NACIONAL DE GRAFITE RUMO A MINHA CIDADE.
SERÃO 13 HORAS DE VIAJEM. ATÉ AS 4 DA MANHÃ DESTE SÁBADO, ESTAREI EM DIVINÓPOLIS, COM A GRAÇA DO BONDOSO DEUS.
CHEGUEI VIA TEÓFILO OTONI. ESTOU PARTINDO VIA MONTES CLAROS.
ESTE É O POSSANTE COM O QUAL VIM ATÉ AQUI.
Foto -  Thymonthy Becker / 2011

THYAL PESSOAL / ATÉ BREVE

Fonte / Fotos = IBGE / Thymonthy Becker /

As fotos de minha propriedade foram tiradas em Fevereiro de 2011

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MERCÊS, MINAS GERAIS - Famosa por seu turismo de eventos, como o Jubileu de Nossa Senhora das Mercês, que acontece na segunda quinzena de setembro; as festividades do Carnaval; Torneio Leiteiro; e Festa da Virada, que movimentam a economia da cidade e da região.

CONHEÇA A CIDADE DE "MERCÊS", MINAS GERAIS, BRASIL SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE MERCÊS, MG. UMA CIDADE ABENÇOADA foto - Thymonthy Becker AQUI O TEMPLO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE DE MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker ESCOLA MUNICIPAL EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DA CIDADE DE MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker IGREJA EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker MATRIZ DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS E SEU INTERIOR EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker HOMENS TRABALHANDO NO TELHADO DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker foto - Thymonthy Becker NA HORA CERTA foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das áreas produtivas diversificaram suas ati…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

BELFAST, IRLANDA DO NORTE - A região tem uma história marcada por grandes conflitos e algumas das principais atrações estão nas ruas das grandes cidades

CONHEÇA "BELFAST", O LADO HISTÓRICO DA IRLANDA DO NORTE Para muitas pessoas, viajar pela Irlanda e Irlanda do Norte é sinônimo de conhecer paisagens naturais, casinhas de interior e ovelhas por todos os lados. Realmente esse é o tipo de paisagem mais frequente pelas estradas desses dois países. Mas o que muitos turistas não sabem ou até esquecem, é que a região tem uma história marcada por grandes conflitos e algumas das principais atrações estão nas ruas das grandes cidades.  É o caso de Belfast, capital da Irlanda do Norte. Se estiver pela ilha esmeralda, não deixe de passar pelo menos dois dias na cidade. O local se tornou capital do país quando a Irlanda se dividiu em duas, em 1920. Foi nessa época que ocorreu uma longa guerra política e religiosa entre protestantes a favor do Reino Unido e católicos separatistas. Depois de anos sangrentos, os cidadãos tentam levar uma vida normal, mas as marcas dessa disputa ainda estão por toda parte.  Apesar de ser marcada e conhecida…

O QUE FAZER NO PANTANAL BRASILEIRO - Em outras palavas: o Pantanal é imenso e merece planejamento para explorar a maior planície alagável do planeta, uma área de 210 mil km² e quase mil espécies de animais, segundo o ICMBio.

O QUE FAZER EM UM PASSEIO PELO PANTANAL BRASILEIRO
Localizada entre o noroeste do Mato Grosso do Sul e o sul do Mato Grosso, no Centro-Oeste brasileiro, a região é dividida em Pantanal Norte (MT), formada por destinos como Cáceres (220 km de Cuiabá), Poconé (102 km) e Barão de Melgaço (110 km); e Pantanal Sul (MS), com destaque para cidades como Miranda (198 km de Campo Grande), Aquidauana (130 km) e Corumbá (420 km).  Em outras palavas: o Pantanal é imenso e merece planejamento para explorar a maior planície alagável do planeta, uma área de 210 mil km² e quase mil espécies de animais, segundo o ICMBio.  CONFIRA ATRAÇÕES  Pantanal Norte  ⇒ Transpantaneira  A MT-060 tem 140 km de extensão, entre Poconé, portal do pantanal mato-grossense, e a localidade de Porto Jofre.  Essa estrada de terra com trechos precários é melhor aproveitada a bordo de carros 4×4. Com 123 pontes – a maioria delas em madeira -, a Transpantaneira é conhecida pelas áreas alagadas que atraem animais em busca de alimen…

SANTANA DO GARAMBÉU, MINAS GERAIS - Com um museu que traz um acervo com diversos objetos e documentos de antigos moradores da cidade, além da famosa Fazenda do Apiário, que proporciona um maravilhoso pôr do sol aos seus visitantes. A cidade cultiva o turismo ecológico por ser dona de belas e deliciosas cachoeiras.

CONHEÇA A CIDADE DE "SANTANA DO GARAMBÉU", MINAS GERAIS, BRASIL Às margens do Rio Grande, Santana do Garambéu está localizada na microrregião do Alto Rio Grande e faz parte do Circuito Serras de Ibitipoca, em Minas Gerais.  A Praça da Matriz de Santana do Garambéu possui um histórico casarão construído pelo fundador da cidade, Antônio Garambéu, e é um dos pontos turísticos mais interessantes da cidade. De propriedade particular, a visita deve ser agendada por meio da prefeitura da cidade.  (Instituto estrada real)  CHEGANDO NA CIDADE DE SANTANA DE GARAMBÉU, MG(Nilza Ribeiro) A cidade conta também com um museu que traz um acervo com diversos objetos e documentos de antigos moradores da cidade, além da famosa Fazenda do Apiário, que proporciona um maravilhoso pôr do sol aos seus visitantes.  A cidade cultiva o turismo ecológico por ser dona de belas e deliciosas cachoeiras. Nos limites do município é praticada a pesca às margens do Rio Grande. (Instituto estrada real)  CACHOEIRA…

PACUJÁ, CEARÁ - Uma cidade que encanta cada pessoa que passa por lá. Pessoas carismáticas, acolhedoras que tem uma peculiaridade interessante, são muito apaixonadas por política.

CONHEÇA A CIDADE DE "PACUJÁ, CEARÁ, BRASIL PACUJÁ, uma cidade que encanta cada pessoa que passa por lá. Pessoas carismáticas, acolhedoras que tem uma peculiaridade interessante, são muito apaixonadas por política.  Centro da cidade de Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) SERRINHA, PACUJÁ, CEARÁ  A Serrinha é uma espécie de “braço” da Serra da Ibiapaba que se prolonga pelos municípios de Pacujá, Graça, Cariré e Reriutaba. Esta serra, apesar de pequena, concentra um enorme potencial científico, ecológico e turístico.  Caverna Arenítica em Serrinhas, Pacujá, CE(PCdoB / Alancardé Leopoldino) Gruta do Limão ou Furna do Limão em Serrinha, Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) Pedra do Jacaré em Serrinha, Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) Icnofóssil Marinho de 420 Milhões de anos em Serrinha, Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) Numa área de aproximadamente mil hectares, podemos nos deparar com sítios arqueológicos onde foram encontrados artefatos em pedra, feitos pelo homem “pré-histórico”, datados de …

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

TRÊS CORAÇÕES, MINAS GERAIS - Três boiadeiros vindos de Goiás se renderam aos encantos de três moças da localidade e conquistaram os três corações. Assim reza a lenda

CONHEÇA A CIDADE DE "TRÊS CORAÇÕES", MINAS GERAIS, BRASIL DA JANELA DO TREM CASA PELÉ A Casa Pelé foi construída baseada nas memórias de Dona Celeste Arantes do Nascimento e seu irmão Jorge, respectivamente mãe e tio do Pelé. Como não havia registro fotográfico nem descritivo da mesma, o resgate dessas informações foi de vital importância para o sucesso da obra. Na Casa, foram utilizadas técnicas de envelhecimento que transportaram uma obra construída recentemente para o ano de 1940, data de nascimento de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. Os móveis e objetos existentes são fiéis à década de 40 e foram adquiridos através de uma pesquisa realizada durante três anos em fazendas, brechós e antiquários. O rádio tocando músicas da época, o fogão à lenha e as lâmpadas de baixa voltagem imprimem uma sensação de volta ao passado. Com aproximadamente 15.000 visitantes em apenas 8 meses de existência, a Casa já recebeu a visita de 28 países além de turistas de todas as regiões do…

TOCANTINÓPOLIS, TOCANTINS - Com belíssimas praias, ilhas e trilhas, Tocantinópolis, “Terra do Padre João” sempre será Eterna Boa Vista

CONHEÇA A CIDADE DE "TOCANTINÓPOLIS, TOCANTINS, BRASIL foto - Thymonthy Becker A cidade de Tocantinópolis, Tocantins, vista da cidade de Porto Franco no Maranhão. O Rio Tocantins eh a divisa natural entre as duas cidades e os Estados. De balsa você vai de uma cidade a outra (de um estado a outro) em poucos minutos, por terra você deverá trafegar por 85 km
foto - Thymonthy Becker  Rua XV de Novembro em Tocantinópolis, Tocantins
foto - ?
Alunos do projeto Rondon em Tocantinópolis, Tocantins
foto - ?
foto - ?
praia de água doce em Tocantinópolis, Tocantins
foto - ?
foto - ?
praia da Santa em Tocantinópolis, Tocantins
foto - Dirceu Leno Orla do Porto em Tocantinópolis, Tocantins
Universidade Federal do Tocantins, Campos de Tocantinópolis, Tocantins
Praia do Nilson em Tocantinópolis, Tocantins
foto - ? Corredeiras do Rio Mumbuca em Tocantinópolis, Tocantins
foto - ?
foto - ?
O Rio Mumbuca passando por Tocantinópolis, Tocantins
foto - ?
A Ilha Santa, como eh conhecida, tem a imagem de de uma santa…