Pular para o conteúdo principal

HELIODORA, MINAS GERAIS - No circuito das serras verdes, tem turismo ecológico com cachoeiras, cavernas e trilhas. O turismo saudável, baseado na relação equilibrada do homem com a natureza, cada vez mais importante para quem vive a loucura dos grandes centros urbanos. Heliodora com sua tranquilidade, comum em cidades do interior, é um lugar excelente para o descanso e lazer de seus moradores e também de visitantes, que vêem para Heliodora em busca de paz e tranquilidade.




CONHEÇA A CIDADE DE "HELIODORA", MINAS GERAIS, BRASIL - DA JANELA DO TREM
A cidade de Heliodora localizada na região Sul do Estado de Minas Gerais, tem posição privilegiada, pois está próxima as cidades de Lambari, São Lourenço, Caxambu, Cambuquira, Pouso Alegre e Varginha, e é um local estratégico por se localizar nas proximidades da Rodovia BR 381 - Fernão Dias (São Paulo/Belo Horizonte). Região rica em montanhas, clima tropical de altitude, cidade serrana caracterizada por dias quentes e noites frias, Heliodora faz parte do Circuito Serras Verdes do Sul de Minas Gerais, e tem alto potencial turístico ecológico, com áreas de lazer, cachoeiras, cavernas e belas montanhas.
BEM VINDO A HELIODORA / A SUÍÇA BRASILEIRA
foto - Clordsan
foto - ?
TURISMO E LAZER
Heliodora segue firme no seu objetivo de se tornar uma cidade essencialmente turística: o turismo saudável, baseado na relação equilibrada do homem com a natureza, cada vez mais importante para quem vive a loucura dos grandes centros urbanos. O Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo, representado pela EMBRATUR, outorgou o SELO DE MUNICÍPIO COM POTENCIAL TURÍSTICO ao município de Heliodora em 07 de março de 1996, e hoje, é pertencente ao Circuito das Águas, juntamente com os municípios de Lambari, Cambuquira, São Lourenço, Caxambu e outros.
Heliodora com sua tranquilidade, comum em cidades do interior, é um lugar excelente para o descanso e lazer de seus moradores e também de visitantes, que vêm para Heliodora em busca de paz e tranquilidade.
foto -  Alberto Hektor

CACHOEIRA DO PEDRÃO
Situada 6,5 Km do centro da cidade, no Bairro da Floresta, possui queda d'água de 40 metros que cai de um pedrão rochoso e forma um poço estreito e comprido cercado de pedras. Possui uma grande piscina com a água que vem da serra. Há bar e restaurante em estilo rústico e aconchegante onde a natureza faz parte da decoração, aproximando homem, fauna e flora.
foto -  Alberto Hektor
HELIODORA TEM MUITOS PONTOS TURÍSTICOS. VÁRIAS CACHOEIRAS E BELÍSSIMAS PAISAGENS
Heliodora faz parte do circuito das águas, a região é rica em morro, tem dias quentes e noites frias.
Tem alto potencial turístico ecológico, com áreas de lazer, cachoeiras, cavernas e belas montanhas.
foto - ?
Como Chegar
Na praça Santa Isabel, seguir até o final da Av. Alvarenga Peixoto por 600 m, entrar em estrada de terra em direção à Lambari e seguir por 5,5 Km, entrar à esquerda, e seguir por mais 1 Km até a cachoeira.
foto - ?
CACHOEIRA DO ALTAIR
A 5,5 Km do centro da cidade, no Bairro Cachoeira, possui piscina natural em estilo de corredeira (as cachoeiras formam inúmeras quedas d`água - 15 m); o local tem vegetação rala em volta da queda principal e mata fechada acima desta. Existem várias trilhas que levam a lugares pitorescos abaixo e acima da cachoeira.
foto - ?
Como Chegar
Na praça Santa Isabel, seguir até o final da Av. Alvarenga Peixoto por 600 m, entrar em estrada de terra em direção à Lambari, no Km 2,4 entrar à esquerda, no Km 4,5 entrar à esquerda até a Fazenda. Seguir a pé por 300 m.
foto - PMH

RANCHO CHOUPANA
A 2,5 Km do centro da cidade, possui piscina, sauna, quiosques, área para churrasco, campo de futebol society, quadras de vôlei de areia e grama, serviço de bar e restaurante.
foto - ?

Como Chegar
Na praça Santa Isabel, seguir até o final da Av. Alvarenga Peixoto. Entrar em estrada de terra em direção à Lambari, no Km 2,4 entrar à esquerda e seguir por 300 m até o local.
CAVERNAS DO PEDRÃO
Rochas com cavidades de até 30 metros de desenvolvimento horizontal situadas nas proximidades da Cachoeira do Pedrão. Nesta caverna foi encontrada uma grande variedade de animais, além de constatadas evidências de sítios arqueológicos. O Pedrão, localizado a 1850 metros de altitude, pode ser utilizado também para montanhismo e camping selvagem.
foto - ?

foto - PMH
Como Chegar
Na praça Santa Isabel, seguir até o final da Av. Alvarenga Peixoto por 600 m, entrar em estrada de terra em direção à Lambari e seguir por 5,5 Km até a Serra do Pedrão. Para conhecer a caverna entrar em contato com Tião da caverna, residente próximo a Cachoeira do Pedrão.
foto - ?

foto - PMH
PEDRA DO OVO
A Pedra do Ovo, situa-se numa reserva ecológica na serra de Santa Catarina, na saída para Natércia pela estrada da Serra, a uma altitude de 1700 metros. Trata-se de uma enorme pedra sobreposta em outra, tendo sob si, de um lado, como se fosse um calço, uma outra pedra bem pequena, dando ao observador uma sensação muito estranha como se fosse cair, vale a pena constatar esta beleza da natureza.
foto - ?

Como Chegar
Na praça Santa Isabel, seguir até a estrada de terra para Natércia. Seguir pela estrada por 1,5 Km. Percorrer trilha dentro da mata por 500 m até o local.
foto - ?
CAVERNA DO CUCURUTO
Situa-se no morro do mesmo nome, com desenvolvimento de 251 metros, sendo portanto a maior cavidade brasileira topografada na litologia gnaisse, fonte GAPE (1989). Caverna valiosa por ser de formação gnáissica, constituída por desabamento de grande e pequeno porte. Nesta caverna foi constatadas evidências de sítios arqueológicos e diversas machadinhas em pedra polida, feitas por seus habitantes na Era Paleolítica.
foto - PMH
Como Chegar
Na praça Santa Isabel, seguir até o final da Av. Alvarenga Peixoto por 600 m, entrar em estrada de terra em direção à Lambari e seguir por 4,5 Km e seguir até a propriedade de Luiz Bueno.
foto - PMH
PRAÇA DE ESPORTES
Complexo esportivo formado por 2 campos de futebol, uma quadra poliesportiva, 04 quadras de areia e um lago com ilha. Excelente local de lazer, devido a sua grande área, onde os moradores passeiam, praticam futebol, vôlei, natação e andam de bicicleta.
Contato: (35) 3457-1262
foto - PMH

Como Chegar
A Praça de Esportes está situada logo na entrada da cidade.
foto - PMH

FESTAS E EVENTOS
Heliodora mantém a tradição de promover eventos comemorativos, onde podemos destacar o Carnaval (considerado um dos melhores da região), as Festas Religiosas (Festa da Padroeira da cidade e Festa de São Benedito e Congadas), a Festa do Peão de Boiadeiro, Encontro de Fanfarras e Bandas Marciais, e o Aniversário da Cidade/Reveillon
foto - ?
CARNAVAL
O Carnaval é uma festa popular, comemorada com dinamismo e alegria nas cidades do Sul de Minas. Em Heliodora não podia ser diferente e nesta ocasião a cidade recebe muitos heliodorenses que residem em outras regiões e pessoas de diversas partes do Brasil. A união de todos dá como resultado uma explosão de alegria e criatividade dos blocos carnavalescos que se apresentam no carnaval de rua.
foto - ?
Dados do Evento
Data: Fevereiro/Março. Realizado nas ruas do centro da cidade e animado por Bandas de Marchinha e Bandas de Axé.
foto - PMH
FESTA DE SÃO BENEDITO E CONGADAS
Estes festejos, evocando as mais legítimas tradições mineiras, na sua parte religiosa e folclórica, constam da apresentação e concurso de congadas, shows, bingos, leilões de prendas e de animais, disputas futebolísticas, espetáculos pirotécnicos, barracas.
foto - ?
Dados do Evento
Data: Maio/Junho (Feriado de Corpus Christi). Realizada na Praça da Inconfidência.
foto - PMH
FESTA DE SANTA ISABEL
Festa em homenagem a Padroeira da Cidade, evocando as mais legítimas tradições mineiras na sua parte religiosa, consta da apresentação de shows, bandas, bingos, leilões de prendas e de animais. Procissões e missas compõem a parte religiosa das comemorações.
Dados do Evento
Data: Julho. Realizada na Praça Santa Isabel, no centro da cidade.
foto - ?
ANIVERSÁRIO DA CIDADE / REVEILLON
Heliodora comemora seu aniversário de Emancipação Político-Administrativa no dia 26 de dezembro juntamente com o Reveillon. A festa é comemorada com queima de fogos e shows em Praça pública, reunindo toda a população e heliodorenses que moram em outras cidades, que aproveitam as festas de final de ano para visitar a terra natal.
Dados do Evento
Data: Dezembro. Realizado na Praça Santa Isabel no centro da cidade.
foto - ?
ENCONTRO DE FANFARRAS E BANDAS MARCIAIS
Heliodora mantém a tradição das fanfarras através de um Encontro anual. Este encontro conta com a participação da Fanfarra local - "Presente do Sol", e de fanfarras e bandas marciais das cidades vizinhas e de outros Estados.
foto - ?
 foto - ?
Dados do Evento
Data: 2º Semestre. Realizado no centro da cidade.
foto - ?

FESTA DO PEÃO BOIADEIRO
Mantendo as tradições de cidade do interior, Heliodora se orgulha de ter uma festa onde se valoriza o homem do campo. A Festa do Peão tem como atividades o Rodeio Amador e Profissional, Bailes e Shows.
foto - ?

COMO TUDO COMEÇOU
foto - ?
MATRIZ DE SANTA IZABEL
foto - ?
PRAÇA DA MATRIZ
foto - ?
 foto - ?
foto - ?
ENTORNO DA CIDADE
A economia da cidade se baseia na agricultura, pecuária, indústria têxtil e de aguardente.
foto - ?
 foto - ?
 foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
POR AQUI, VOCÊ VIVERÁ MUITAS AVENTURAS. E MUITA DIVERSÃO NOS CLUBES DA CIDADE
foto - ?
A CIDADE DE HELIODORA FAZ PARTE DO CIRCUITO DE MOTOCROSS
foto - ?
foto - Divulgação
MAIS PACATA QUE ESTA, NÃO EXISTE.
foto - ?
VEJA ALGUMAS CONSTRUÇÕES
ANTIGA PREFEITURA - HOJE ESCOLA MUNICIPAL
foto - ?
CINE CLUBE
foto - ?
Vindo aqui, você vai curtir estas belíssimas cachoeiras, você pode acomodar-se no Rancho do Brejão, um refúgio numa ilha de verde, paz, muita aventura ecológica e todos os atrativos do turismo rural.
O acesso é pela Rodovia Fernão Dias, próximo de Serras, cachoeiras, trilhas, duchas.
Acomodações em quartos individuais para o seu descanso.
Para nos contatar: heliodoramg@hotmail.com
Ou: Fone: (11) 8759-5947 ou 8164-1781
Se você vai viajar de férias, passe em Heliodora.
Você não irá se arrepender.
Esta é Bárbara Eliodora Guilhermina Bueno, que deu origem ao nome da cidade
foto - ?
População estimada 2016 (1) - 6.528
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 153,950
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 39,76
Código do Município 3129202
Gentílico - heliodorense
ORIGEM DO NOME
O nome da cidade vem de Bárbara Eliodora Guilhermina da Silveira Bueno, heroína da inconfidência.
Gentílico: heliodorense
Histórico
Heliodora
Minas Gerais - MG
HISTÓRICO
Foi mais ou menos no ano de 1850 que vieram ocupar as terras que constituem o atual município de Heliodora, os seus primeiros fazendeiros.
Nesse tempo, toda sua extensão era coberta de opulenta e cerrada mata virgem. Os fazendeiros eram de várias famílias: Gonçalves, Pereira e Fernandes, sendo que a família Gonçalves era a possuidora do maior número de escravos.
Em 1869, o patrimônio pertencia a uma fazenda de muitos alqueires, denominada São Joaquim do Paraíso, que ia ser dividida entre os herdeiros de Feliciana Maria do Nascimento. Nessa divisão, o referido terreno, que continha a área estimada de 70 alqueires, coube por herança aos senhores Guilherme da Silva Mendes e sua esposa Ana Vitória de Jesus, Catarina de Sene e Caetana Maria de Jesus.
Nessa ocasião, os referidos herdeiros fizeram doação de 11 alqueires, para o patrimônio de uma Igreja, onde deveria ser construída uma capela e um cemitério, conforme documento de doação datado de 15 de fevereiro de 1869.
Algum tempo depois, o lavrador José Vieira da Silva, vindo da vizinha freguesia de Santa Catarina comprou terras da mesma fazenda, próximas ao patrimônio e fixou residência.
Neste patrimônio foram construídas várias casas por moradores das vizinhanças, e pessoas de profissões diversas que afluíram ao lugar. José Vieira construiu e doou uma casa destinada a casa paroquial.
O nome do povoado ficou sendo Santa Isabel e fazia parte do distrito de Santa Catarina.
Com a criação do município de São Gonçalo do Sapucaí, pela Lei provincial nº 2.554, de 19 de outubro de 1878, Santa Isabel passou a pertencer ao novo município. José Vieira da Silva, principal fundador de Santa Isabel era homem de pouca instrução, mas inteligente, probo e trabalhador.
Teve sempre grande trabalho como administrador do lugar, financiando despesas avultadas para policiamento, ordem e justiça locais, hospedando inúmeras pessoas aqui vindas como autoridades ou a passeio.
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE HELIODORA, MINAS GERAIS

OBRIGADO PELA VISITA. SEMPRE VOLTE



fonte dos textos e fotos: IBGE / Thymonthy Becker / Wikipédia / Governo de Heliodora, MG / Internet / Divulgação / 

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares. A religiosidade ocupa lugar de destaque como um dos fatores que mais atraem os visitantes, uma vez que Baependi foi o lugar onde a serva de Deus, Nhá Chica, concedeu suas graças, hoje em dia inúmeras romarias de diversas partes do país têm como destino o Santuário de Nhá Chica, onde também se encontram seus restos mortais.

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Será que tem gremista em Colorado? Claro que tem. Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O município tem como base da economia a produção agrícola. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. Destes, Capitólio se destaca por oferecer as melhores opções de serviços e infraestrutura turística. Os passeios náuticos, os esportes aquáticos, a pesca esportiva e a exuberância natural são pontos fortes da região, que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, o "Velho Chico". O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias. Desses, surgiram os “brasilienses”, o gentílico usado para quem nasceu aqui e adotado por quem veio de fora e assumiu a cidade como sua.

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras. De frente para a Baía da Guanabara, Niterói mostra que a vista para a cidade do Rio não é o único atrativo. Além de oferecer, na sua face voltada para o alto mar, trechos de areia ideais para quem quiser fugir do agito de Ipanema e Copacabana, o município começa a explorar o legado das construções assinadas por Oscar Niemeyer, entre elas o famoso Museu de Arte Contemporânea.

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.