Pular para o conteúdo principal

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.




CONHEÇA A CIDADE DE "GRAMADO", RIO GRANDE DO SUL, BRASIL - DA JANELA DO TREM
Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.
OS CANTEIROS IMPECÁVEIS DA BORGES DE MEDEIROS, AVENIDA QUE CONCENTRA LOJAS EM GRAMADO
A cidade fica cheia o ano inteiro, seja no inverno para curtir o friozinho (com sorte, você verá até neve natural ali em julho), seja no verão para se divertir nos três meses de festa do Natal Luz. O charme se mantém na hotelaria em qualquer época, com diversas opções: grandes estruturas para famílias e conforto, privacidade e mimo para os casais em busca de romance. Pertinho, a menos de 10 km, Canela tem parques ecológicos para quem gosta de aventura.
Gramado é eleito o melhor destino de inverno do Brasil
RUA COBERTA, EM GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL, CHARMOSA GALERIA QUE REÚNE BARES, CAFÉS, BISTRÔS E LOJAS DE MALHA
foto - ?
PÓRTICO DE ENTRADA DE GRAMADO, NO RIO GRANDE DO SUL
Foto: Leonid-Streliaev
AQUI VEMOS O PÓRTICO DE ENTRADA VIA CIDADE DE TAQUARA
imagem - PMG
O NOME
EM 17 DE JANEIRO DE 1913, VERIFICOU-SE A TRANSFERÊNCIA DA SEDE DISTRITAL PARA O LOCAL ONDE HOJE SE ERGUE A CIDADE. A PRINCÍPIO, FORA ESCOLHIDA A DENOMINAÇÃO DE DINIZÓPOLIS, EM HOMENAGEM A DINIZ MARTINS RANGEL, NA ÉPOCA CHEFE POLÍTICO E INTENDENTE DE TAQUARA.
PREVALECEU O TOPÔNIMO GRAMADO, INSPIRADO NA EXISTÊNCIA DE UM TERRENO RECOBERTO DE GRAMA E COM FRONDOSAS ÁRVORES, UTILIZADO COMO LOCAL DE PARADA E REPOUSO DE VIAJANTES. EM 1914, CONCLUIU-SE A CONSTRUÇÃO DE UMA CAPELA, E A 7 DE MAIO DE 1917 ERA CRIADA A PARÓQUIA DE SÃO PEDRO. 
AQUI VEMOS A IGREJA MATRIZ DE SÃO PEDRO EM GRAMADO, RS
imagem - Baixaki
O PROGRESSO NA CIDADE DE GRAMADO, RS
ERA JÁ ENTÃO EVIDENTE O PROGRESSO, TORNADO MANIFESTO PELA INSTALAÇÃO DE UMA AGÊNCIA DO CORREIO E DE UM ESCRITÓRIO DO BANCO NACIONAL DO COMÉRCIO EM 1918; DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA, DOIS ANOS DEPOIS, FORNECIDA POR USINA PRÓPRIA, E PELA CHEGADA, EM 1919, DOS TRILHOS DA VIAÇÃO FÉRREA DO RIO GRANDE DO SUL, FACILITANDO O INTERCÂMBIO COMERCIAL COM OUTRAS PRAÇAS DO ESTADO.
COM O CORRER DO TEMPO, NOVOS MELHORAMENTOS SE SUCEDEM: EM 1930, CINEMA; EM 1933, INAUGURAÇÃO DE UM EDUCANDÁRIO CATÓLICO; EM 1935, CONSTRUÇÃO DA IGREJA-MATRIZ; EM 1937, INSTALAÇÃO DO HOSPITAL SANTA TEREZINHA; EM 1948, OUTRO HOSPITAL, E EM 1951 O ASFALTAMENTO DA PRINCIPAL RUA DA CIDADE. ALGUMAS INDUSTRIAS INICIAM SUAS ATIVIDADES E O COMERCIO DESENVOLVE-SE. CONTRIBUI PARA MAIOR PROJEÇÃO DE GRAMADO O FATO DE SER PROCURADO O DISTRITO COMO ESTAÇÃO DE VERANEIO. 
AQUI A IGREJA DO RELÓGIO
imagem - PMG
O TURISMO NA CIDADE DE GRAMADO, RS
GRAMADO É UMA CIDADE MARCADA POR MUITAS BELEZAS, POSSUIDORA DE RIQUEZAS NATURAIS EXUBERANTES, SENDO O MAIOR PÓLO TURÍSTICO DO RIO GRANDE DO SUL E UM DOS MAIS IMPORTANTES DO BRASIL. DENTRE ELES:
OS PÓRTICOS * VALE DO QUILOMBO * IGREJA DE SÃO PEDRO * IGREJA DO RELÓGIO * PALÁCIO DOS FESTIVAIS * RUA COBERTA * PARQUE KNORR * GREEN LAND * CASA DO COLONO * PREFEITURA * MUSEU DE MOTOS * MINI MUNDO * MUNDO ENCANTADO
AQUI A CASA DO COLONO
imagem - PMG
ESTA EH A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL (PREFEITURA) DA CIDADE DE GRAMADO, RS
imagem - PMG
AQUI TEMOS UMA VINÍCOLA, COMUM NA REGIÃO DE GRAMADO, RS
imagem - ?
UM CAMINHO MUITO FLORIDO
imagem - ?
VEJA QUE BONITO ESTA RODOVIA
imagem - ?
GRAMADO, RS
No coração da Serra Gaúcha, uma cidade com 237 Km² de extensão, brindados pela natureza com paisagens encantadoras, povo hospitaleiro e empreendedor, agraciado por um clima diferenciado, que chega a registrar temperaturas negativas e até mesmo neve no inverno. Estamos falando de Gramado, que completa 63 anos de emancipação política em 2017 e conta com fama nacional e internacional em turismo.
Vale do Quilombo
UMA CIDADE INESQUECÍVEL
Gramado é encantadora e charmosa por natureza. Por suas ruas floridas, povo acolhedor e hospitaleiro, pelos detalhes de sua arquitetura europeia, sua ampla rede hoteleira e gastronômica, pelos seus eventos – tudo para oferecer a maior infraestrutura turística do Rio Grande do Sul.
As quatro estações do ano proporcionam verdadeiros espetáculos da natureza. O romantismo do outono com temperaturas amenas, o aconchego da lareira e do vinho no inverno, a alegria e o colorido das flores na primavera e a energia do verão fazem de Gramado uma cidade mágica.
GRAMADO PARA A MELHOR IDADE
Mais independentes do que nunca, os idosos buscam grupos de viagem para se distrair, explorar outros horizontes e conhecer novos lugares e pessoas. As excursões voltadas exclusivamente a esse público são formatadas com foco nas necessidades e desejos dos viajantes e a vantagem é que respeitam o ritmo de cada um.
Algumas agências oferecem o serviço completo, desde passagens à alimentação. Mas há quem prefira organizar sua própria excursão buscando opções, reservando hotéis e criando roteiros.
Todos os atrativos do município oferecem o desconto para pessoas acima de 60 anos. Os atrativos de Gramado podem ser encontrados no site da Prefeitura com todas as informações necessárias, desde contato até horário de funcionamento.
GRAMADO A PÉ
Cine Embaixador
Sede de exibição dos filmes participantes do Festival de Cinema de Gramado – cinema latino e brasileiro. No período do evento recebe artistas consagrados dos mais distintos lugares do mundo e lança no mercado filmes de curta, média e longa metragem, que concorrem ao “Kikito”.
RUA COBERTA
Cenário de eventos e apresentações, a Rua Coberta, que liga a Av. Borges de Medeiros a Rua Garibaldi, é uma ótima alternativa em compras e gastronomia para o turista, principalmente em dias de chuva.
PRAÇA DO MOINHO
A Praça do Moinho reúne lojas e gastronomia. Sem falar nas duas araucárias que ficam na calçada fornecendo uma sombra gostosa para sentar e descansar. Mesinhas com cadeiras e bancos estão espalhados pela praça, à disposição para quem quiser fazer uma pausa no passeio.
PRAÇA DAS MÃES
Localizada na Rótula dos Pinheiros, centro de Gramado, a Praça das Mães possui um carvalho-europeu simbolizando o respeito pela vida e pela história de Gramado. No local há um monumento aos primeiros habitantes de Gramado: os índios Caingangues. A estatua de uma mulher com seu filho no colo tem tamanho natural e representa a primeira mãe a viver no município.
ALGUMAS SUGESTÕES DE HOTÉIS EM GRAMADO, RS
BAVÁRIA SPORT HOTEL
Há mais de 35 anos o Bavária é sinônimo de hospitalidade e lazer na Serra Gaúcha. Membro da Rede InterCity de Hotéis, os hóspedes do hotel podem desfrutar da tranquilidade que a natureza em torno do hotel proporciona.
Rua da Bavária, 543
Fone/Fax: (54) 3286 1362
Site: www.hotelbavaria.com
E-mail: reservas@hotelbavaria.com;
UH: 84
Leitos: 168
Recreação: Sim (recreacionistas somente nos finais de semana)
Acessibilidade: Sim
Classificação: 3 estrelas


COLINA DE PEDRA HOTEL POUSADA
Aqui você poderá descansar, curtir a natureza, percorrer as trilhas, fazer caminhadas e observar pássaros, descobrindo as belezas do interior de Gramado.
Linha Furna, 2305 – B. Morro Redondo
Fone/Fax: (54) 3286 0967
Site: www.colinadepedra.com.br
E-mail: atendimento@colinadepedra.com.br
UH: 09
Leitos: 33
Recreação: Sim (não dispõe de recreacionistas)
Acessibilidade: Não
Classificação: 2 estrelas


GRAMADO MASTER PALACE
Você poderá contar com apartamentos com a exuberante vista do Vale do Quilombo. Exercite-se em amplo e completo Fitness Center e empréstimo de Bicicletas para que você possa desfrutar de todo glamour de Gramado de forma saudável. Conheça nossa Recreação Adulto e Infantil, a maior e mais moderna da Serra Gaúcha, com recreacionistas treinados para proporcionar diversão com toda segurança para as crianças. Além disso, venha conhecer nossa nova e moderna Piscina com vista para o Vale, você vai se surpreender.
Rua Carlos Lengler Filho, 103
Fone: (54) 3295 7171
Site: www.masterhoteis.com.br
E-mail: recep-mgramado@masterhoteis.com.br
UH: 104
Leitos: 182
Recreação: Sim (dispõe de 2 recreacionistas)
Acessibilidade: Sim
Classificação: 4 estrelas


ENCANTOS PORTAL HOTEL
Localizado em frente a um dos mais tradicionais pontos turísticos de Gramado/RS, o pórtico de entrada da cidade, junto à RS 235, o Encantos Portal Hotel oferece uma vista fascinante dos vales da região, permitindo inclusive a visualização da cidade de Caxias do Sul.
Rua Serrana, 235
Fone: (54) 3286 6548 / 3286 2279
Site: www.redeencantos.com.br
E-mail: reservas@encantosportalhotel.com.br;
UH: 37
Leitos: 102
Recreação: Não
Acessibilidade: Não
Classificação: Não informado


Mini Mundo
Se você vai a Gramado com as crianças, um passeio obrigatório é o Mini Mundo, um parque temático que possui réplicas de cidades em miniatura, numa escola de 1:24, ambientadas em um belíssimo jardim ao ar livre.
As réplicas são construídas no próprio parque, por meio de um planejamento minucioso que visa confeccionar as obras com o máximo de realismo possível.
Entre as réplicas da cidade em miniatura, estão igrejas, castelos europeus, estações ferroviárias, aeroporto e metrô, além de casas residenciais, comerciais e de serviços, um projeto que já possui 23 anos e reúne aproximadamente 140 construções. Há também sonorização e mini habitantes, que tornam o Mini Mundo ainda mais espetacular.
MINIATURA DO CASTELO ALEMÃO NEUSHWANSTEIN, EM FÜSSEN, NO MINI MUNDO
imagem - ?
VEJA OS BELOS DETALHES DAS CONSTRUÇÕES
imagem - Germano Schúúr
MINIATURA DO CASTELO ALEMÃO NEUSHWANSTEIN, EM FÜSSEN, NO MINI MUNDO
imagem - Romão
A PRINCIPAL AVENIDA DA CIDADE
imagem - Eliseo Carlos martinez
VEJA QUE PRAÇA MAIS BONITA
imagem - Eliseo Carlos Martinez
EM UM DIA MUITO FRIO EM GRAMADO
imagem - Eliseo Carlos Martinez
ESTA PEÇA TAMBÉM FAZ PARTE DO MINI MUNDO
imagem - Eliseo Carlos Martinez
VEJA COMO TODAS AS RUAS AQUI SÃO MUITO FLORIDAS
imagem - Eliseo Carlos Martinez
OLHA QUE AVENIDA MAIS LEGAL. INSPIRA PAZ.
imagem - Eliseo Carlos Martinez
MAIS UMA CENA COM MUITAS FLORES
imagem - Eliseo Carlos Martinez
AQUI TEMOS UM HOTEL
imagem - Eliseo Carlos Martinez
AQUI A MATRIZ DE SÃO PEDRO NO CONTEXTO DA PRAÇA
imagem - ?
A MESMA MATRIZ A NOITE E TODA ILUMINADA
imagem - ?
RUA COBERTA
A Rua Coberta é um dos cartões postais de Gramado. Com o nome original de Rua Madre Verônica, no cruzamento com a Avenida Borges de Medeiros e a Rua Garibaldi, o local é ao longo do ano um espaço repleto de apresentações, atraindo muitas pessoas.
Com um charme que encanta a todos, os turistas passeiam por ali diariamente, em visita às lojas de couro, chocolate, malas, confecções e artigos esportivos. Além disso, a Rua Coberta conta com boas opções de Cafés, locais perfeitos para tomar um delicioso chocolate quente no inverno, depois de algumas horas fazendo compras.
foto - ?
PEDALINHOS NO DO LAGO NEGRO, EM GRAMADO
imagem - ?
AQUI OUTRA PARTE DO LAGO NEGRO
imagem - ?
AQUI TAMBÉM O LAGO NEGRO
imagem - ?
O LAGO NEGRO E O HOTEL
imagem - ?
AQUI O PÓRTICO DE CHEGADA NA CIDADE VIA A CIDADE DE NOVA PETRÓPOLIS
imagem - Omar Junior
AQUI A AVENIDA BORGES MEDEIROS EM DIA DE NATAL
imagem - ?
NA ESTAÇÃO DE OUTONO, GRAMADO FICA ASSIM.
imagem - ?
UM DIA PERFEITO
Muito do charme de Gramado está em passear sem pressa pelo Centro, sobretudo nos 100 m da Rua Coberta, principal point de compras e comidinhas da cidade – como a Casa da Velha Bruxa, que serve um ótimo chocolate quente. Para o fim de tarde, o ideal é passear de pedalinho ou caminhar às margens do Lago Negro. No jantar, volte ao Centro e prove o delicioso galeto (servido em rodízio) do Casa di Paolo.
LAGO NEGRO, GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL, QUE RECEBEU ESTE NOME POR ESTAR CERCADO DE ÁRVORES TRAZIDAS DA FLORESTA NEGRA, NA ALEMANHA
O GUIA RECOMENDA
Três dias - Se você procura aventura, reserve um dia inteiro para aproveitar a montanha de neve do Snowland, com sua vila, restaurantes, área para crianças e, claro, seus esportes de inverno. À noite, para seguir a tradição dos Alpes, escolha uma fondue para o jantar – as melhores são a do Belle du Valais e a do Le Petit Clos. No dia seguinte, tente percorrer a Avenida das Hortênsias com o Passaporte Museus de Gramado na mão e visite o Hollywood Dream Cars, o Super Carros, o Dreamland Museu de Cera e o Harley Motor Show. As crianças adoram os animais do Gramadozoo, com espécies em extinção e espécimes exclusivos da fauna brasileira – com o mesmo ingresso, você também entra no Parque do Gaúcho, que reproduz uma vila do século 18. Vale, por fim, esticar a viagem até Canela, seja nos esportes de aventura do Parque da Ferradura, seja entre as peças e painéis do Museu da Moda.
ONDE FICAR
A rede hoteleira de Gramado tem muitos hotéis caros, com estrutura robusta de lazer, ou mais românticos, centrados em serviços personalizados. Porém, com o mercado aquecido na região, novas hospedagens familiares, simples e com boa relação custo-benefício estão surgindo, como a Lanai. Embora seja destino de serra, há alta temporada também no verão por causa do Natal Luz, que dá 100% de ocupação aos hotéis e faz os preços dobrarem (reserve com 12 meses de antecedência). Dica para quem viaja de carro: em Canela, os valores são bem inferiores.
SUÍTE DO KUR SPA, DO KUROTEL, CENTRO DE LONGEVIDADE E SPA. OS TRATAMENTOS, EM MAIS DE 15 SALAS, INCLUEM UM CIRCUITO DE BANHOS
TESTE DO GUIA
Novidade da temporada de inverno, o Hotel Britânico, a 800 m da Rua Coberta, segue a tendência dos albergues contemporâneos – mais confortáveis e com estilo próprio. Nos seis quartos coletivos, há camas no formato pod bed (cabine), que podem até lembrar os tradicionais beliches, mas dispõem de mais privacidade e conforto – todos têm iluminação individual e cortinas e são mais modernos, largos e altos. Os lockers são grandes e possuem chaves próprias. Nos cinco quartos privativos, a cama queen size é coberta por enxoval de algodão 180 fios e há TV com canais a cabo. O saguão tem bandeiras britânicas e, até o fim de 2014, contará com um bar, onde serão servidas pequenas refeições.
SUÍTE DO HOTEL SAINT ANDREWS, EM GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL
ONDE COMER
A cena gastronômica local ficou mais pobre depois que o ModeVie Boutique Hotel desativou o Le Sens, seu restaurante de cozinha contemporânea. Com matriz em Bento Gonçalves, o Casa di Paolo serve um típico rodízio de galeto. Outro clássico local são as fondues.
FONDUE DE CARNE EM PEDRA VULCÂNICA NO RESTAURANTE BELLE DU VALAIS, EM GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL
COMIDA TÍPICA
Fondue: O prato mais tradicional de Gramado teria surgido na Europa durante a Idade Média, criado por pastores suíços que passavam o verão isolados na parte francesa dos Alpes. Eles teriam sido os primeiros a juntar sobras de pão duro e queijos derretidos. Além da fondue suíça, com queijos emmental e gruyère, vinho branco seco e kirsch (aguardente de cereja), as casas da cidade servem variações como bourguignonne (com pedaços de carne fritos) e la pierrade (mignon e peito de frango cozidos em pedra vulcânica), na companhia de diversos molhos. A sequência de fondues por preço fixo é uma oferta comum, mesmo nas melhores casas (embora algumas não explicitem isso no cardápio).
A RUA COBERTA, ONDE FICA O BURBURINHO NOTURNO DA CIDADE DE GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL
ONDE COMER
Gasthof Edelweiss e Bouquet Garni e nos restaurantes de cozinha suíça.
SACOLINHA
A cidade é cheia de tentações para você encher a mala. É um clássico levar chocolates, mas há outras delícias, como os pães da Casa do Colono. Ótimo também é o Le Jardin Parque de Lavanda, com boa oferta de produtos perfumados.
MINIATURA DO CASTELO ALEMÃO NEUSHWANSTEIN, EM FÜSSEN, NO MINI MUNDO
COMO CHEGAR
De carro, a partir de Porto Alegre, há três caminhos. O mais bonito (e sinuoso) é pela BR-116, mas o mais comum é sair da BR-116 depois de Novo Hamburgo, pegar a RS-239 e, em Taquara, seguir pela RS-115. O mais curto é ir pela cidade de Cachoeirinha, na RS-020, e continuar pela RS-115, depois de Taquara. Do Aeroporto Salgado Filho e da rodoviária de Porto Alegre, os mais próximos de Gramado, saem ônibus diários.
O TEMPLO KHADRO LING NO CENTRO BUDISTA CHAGDUD GONPA BRASIL, EM GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL, É UM DOS RAROS EM ESTILO TIBETANO NO PAÍS
COMO CIRCULAR
Que tal uma cidade sem semáforos? É o caso aqui. O trânsito é ordenado pelas rótulas, como são conhecidas as rotatórias que se encontram, na maioria, ao longo das avenidas principais: a Borges de Medeiros e a das Hortênsias. Boa parte dos hotéis e restaurantes de Gramado concentra-se, aliás, entre as duas vias – o melhor jeito de ir de um lugar a outro é caminhando. Para chegar a lugares mais distantes, há táxis e linhas de ônibus. O circular que vai de Gramado a Canela parte da rodoviária e passa por vários pontos turísticos, como a Aldeia do Papai Noel, chocolaterias e museus. A pé, use livremente as faixas de pedestres – os carros realmente param para você atravessar.
FACHADA DO GRAMADOZOO, GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL, ONDE SÓ HÁ BICHOS DA FAUNA BRASILEIRA
QUANDO IR
Para conseguir um hotel na alta temporada de inverno (julho) ou no Natal Luz (novembro a janeiro), é preciso reservar com um ano de antecedência – as diárias sobem muito. Para economizar, vá entre fevereiro e maio ou entre setembro e outubro.
HOTEL SAINT ANDREWS, EM GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL, UM DOS MAIS CONFORTÁVEIS E MAIS CAROS NA CIDADE
VIDA NOTURNA
Embora seja uma cidade turística, as noites de Gramado ficam agitadas apenas às sextas e sábados. Os dois principais points jovens são o Bill Bar (Av. das Hortênsias, 3617; telefone: (54) 3286-4802), com pista e bandas ao vivo, e o Harley Motor Show, que se transforma em um pub.
Por Luiz Felipe Silva
AQUI TEMOS O BELÍSSIMO VALE DO QUILOMBO
imagem - Germano Schúúr
População estimada 2016 (1) - 34.832
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 237,827
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 135,70
Código do Município 4309100
Gentílico - Gramadense
ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE GRAMADO, RS
Sua denominação parece ter-se originado de um pequeno campo que ali havia e que servia de lugar de repouso.
A HISTÓRIA DA CIDADE DE GRAMADO, RS
No ano de 1875 quando chegaram as terras do atual município os primeiros colonizadores, José Manoel Corrêa e cinco filhos homens, que se estabeleceram onde hoje assenta a cidade, e trintão José Francisco de oliveira e Leonor Gabriel de Souza, que se fixaram no local chamado linha 28. 
Com o decorrer do tempo, descendentes dos primitivos imigrantes alemães e italianos se estabeleceram na região. Ate 1904, era o território parte integrante do município de taquara, então taquara
A Serra Gaúcha foi habitada, desde tempos imemoriais, pelos índios caingangues. Nos séculos XVIII e XIX a região de Gramado era desbravada por descendentes de açorianos, os chamados "tropeiros", que utilizavam a região para o descanso do gado.
Gramado foi desmembrado de Taquara e São Sebastião do Caí. Os primeiros moradores da região não eram elementos estrangeiros e teriam ali se estabelecido em 1875. Tempos após, em 1913, colonos descendentes de imigrantes alemães e italianos ali se estabeleceram, iniciando o povoamento.
Sua denominação parece ter-se originado de um pequeno campo que ali havia e que servia de lugar de repouso.
É sabido que Gramado é um município filho de Taquara e neto de Santo Antônio da Patrulha. "O movimento emancipacionista de Nova Petrópolis foi precipitado pelo fato de que Gramado desejava emancipar-se de Taquara e para garantir a população necessária, propôs anexar Linha Araripe, Linha Brasil e Linha Imperial".
A população destas linhas até já tinha assinado as linhas de adesão a Gramado, quando se iniciou o movimento emancipacionista de Nova Petrópolis, incentivada por São Sebastião do Caí. Da discussão, ficou com Gramado a parte já mencionada. Existem registros de quatro topônimos, ao menos, anteriores ao nome "Gramado"
AQUI A BANDEIRA DA CIDADE DE GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE GRAMADO, RS

 VALEU PELA VISITA




fonte dos textos e fotos: viajeaqui.abril.com.br / Prefeitura de gramado / Thymonthy Becker / IBGE / Divulgação / Portal do Governo de Gramado, RS /

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares. A religiosidade ocupa lugar de destaque como um dos fatores que mais atraem os visitantes, uma vez que Baependi foi o lugar onde a serva de Deus, Nhá Chica, concedeu suas graças, hoje em dia inúmeras romarias de diversas partes do país têm como destino o Santuário de Nhá Chica, onde também se encontram seus restos mortais.

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Será que tem gremista em Colorado? Claro que tem. Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O município tem como base da economia a produção agrícola. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. Destes, Capitólio se destaca por oferecer as melhores opções de serviços e infraestrutura turística. Os passeios náuticos, os esportes aquáticos, a pesca esportiva e a exuberância natural são pontos fortes da região, que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, o "Velho Chico". O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias. Desses, surgiram os “brasilienses”, o gentílico usado para quem nasceu aqui e adotado por quem veio de fora e assumiu a cidade como sua.

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras. De frente para a Baía da Guanabara, Niterói mostra que a vista para a cidade do Rio não é o único atrativo. Além de oferecer, na sua face voltada para o alto mar, trechos de areia ideais para quem quiser fugir do agito de Ipanema e Copacabana, o município começa a explorar o legado das construções assinadas por Oscar Niemeyer, entre elas o famoso Museu de Arte Contemporânea.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.