Pular para o conteúdo principal

FORTE DOS REIS MAGOS, NATAL, RN - Em formato de estrela, o Forte dos Reis Magos ainda preserva os canhões, a capela, poço de água doce e alojamentos




CONHEÇA O "FORTE DOS REIS MAGOS", NATAL, RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL, DA JANELA DO TREM
No dia 6 de janeiro de 1598 (Dia de Reis) foi celebrada uma missa para dar início à construção do forte. Trinta anos depois, a obra estava pronta. Na visita, guias mostram os antigos depósitos, alojamentos, canhões e a capela. A fortaleza também abriga o Marco de Touros, de 1501, considerado o mais antigo documento histórico do Brasil. A peça, toda em mármore e com a cruz-de-malta esculpida, teria sido o primeiro marco de posse da Coroa portuguesa no país.
A muralha externa da fortaleza tem vista para os recifes da Praia do Forte
A Fortaleza da Barra do Rio Grande, popularmente conhecida como Forte dos Reis Magos ou Fortaleza dos Reis Magos, foi o marco inicial da cidade — fundada em 25 de Dezembro de 1599 —, no lado direito da barra do Potengi (hoje próximo à Ponte Newton Navarro). Recebeu esse nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, Dia de Reis, pelo calendário católico. Em formato de estrela, a fortaleza foi construída pelos colonizadores portugueses em 1598. Em 1633 foi invadida pelos holandeses. Anos mais tarde, os portugueses conseguiram retomar a cidade e o forte. O monumento ainda preserva os canhões expostos na parte superior do prédio, capela com poço de água doce e alojamentos.
O pátio interno da fortaleza estão os antigos depósitos, os alojamentos, os canhões e a capela
Praia do Forte 
(84) 3211.3820/ 3211.6166 
Horário de visitação 
Diariamente – 8h00 – 16h00
Da muralha do Forte é possível ver os prédios da orla de Natal
Este ponto turístico e histórico de Natal é um dos mais importantes da cidade. O Forte dos Reis Magos guarda uma grande herança sobre a história da cidade e sua fundação. 
Se você quer fazer um roteiro mais cultural e conhecer sobre como a linda Natal nasceu, não deixe de conhecer este lugar. 
Aberto para visitação, além de uma arquitetura cheia de conceito, o Forte dos Reis Magos tem uma vista magnifica.
A construção histórica fica na Praia do Forte, a cinco quilômetros do centro de Natal (RN)
FUNDAÇÃO DO “FORTE DOS REIS MAGOS” 
Durante todo o período de colonização do Brasil, cada território descoberto precisaria de uma fortificação para proteger contra novas invasões. Quando Manuel de Mascarenhas Homem chegou às margens do Rio Grande passou então a construir o forte. Isso aconteceu no dia 06 de janeiro de 1598.
Vista do pátio interno do Forte
A pequena paliçada feita toda em estacas de taipa, deu início à construção do forte que foi inaugurado no dia 25 de dezembro de 1599. O nome foi dado em homenagem ao dia do descobrimento da região, data religiosa aos Reis Magos. 
O Forte dos Reis Magos, que possui a forma de estrela, sofreu um ataque de holandeses em 1633 e estes dominaram a região até 1654, quando voltou para as mãos dos portugueses.
A capela está no centro do pátio da construção histórica
Por ser onde está o Marco de Touros, que é o monumento colonial mais antigo do país, além de outros artefatos importantes, o Forte dos Reis Magos passou a ser administrado pelo IPHAN, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desde 2013. 
Atualmente aqui contabiliza-se também o monumento histórico do país com a segunda maior arrecadação.
O pátio interno da fortaleza estão os antigos depósitos, os alojamentos, os canhões e a capela
CURIOSIDADES 
Durante toda a sua existência, o Forte dos Reis Magos guarda algumas particularidades. Entre elas: 
Para ter acesso ao Forte dos Reis Magos, você precisa fazer uma caminhada de aproximadamente 500 metros por uma passarela totalmente segura. Vale muito a pena pela vista do Rio Potengi e também da Praia de Genipabu. O final do dia nesta passarela é perfeito!
É possível visitar as dependências internas do Forte
No centro do Forte você encontra uma pequena igreja. Sobre o teto desta fica um local secreto onde eram armazenados os armamentos e munições na época dos colonizadores. 
O piso do Forte ainda é o original. Ele possui mais de 400 anos e estão muito bem conservados.
VISITAÇÃO 
O Forte dos Reis Magos guarda canhões originais, ainda da época das invasões e outros artefatos do seu início. Vale muito a pena conhecer o local e desfrutar da linda vista do rio Potengi. O Forte dos Reis magos fica aberto diariamente das 08 horas até as 16h30.
O valor cobrado para ter acesso ao Forte é apenas 3 reais por pessoa e você tem guias credenciados para ensinar ainda mais sobre o local e ser agraciado com uma linda aula de história sobre Natal e também do Brasil. Para grupos grandes, a administração do Forte orienta o agendamento da visita que pode ser feito pelo número (84) 3202 9006.
A FORTALEZA DA BARRA DO RIO GRANDE, POPULARMENTE CONHECIDA COMO FORTE DOS REIS MAGOS OU FORTALEZA DOS REIS MAGOS, LOCALIZA-SE NA CIDADE DE NATAL, NO ESTADO BRASILEIRO DO RIO GRANDE DO NORTE.
A FORTALEZA FOI O MARCO INICIAL DA CIDADE — FUNDADA EM 25 DE DEZEMBRO DE 1599 —, NO LADO DIREITO DA BARRA DO RIO POTENJI (HOJE PRÓXIMO À PONTE NEWTON NAVARRO). RECEBEU ESSE NOME EM FUNÇÃO DA DATA DE INÍCIO DA SUA CONSTRUÇÃO, 6 DE JANEIRO DE 1598, DIA DE REIS PELO CALENDÁRIO CATÓLICO.
O ATUAL FORTE APRESENTA PLANTA POLIGONAL IRREGULAR, ERGUIDO EM ALVENARIA DE PEDRA E CAL. EM TORNO DO TERRAPLENO, AO ABRIGO DAS MURALHAS, ENCONTRAM-SE DISPOSTAS A CASA DE COMANDO, OS QUARTÉIS E OS DEPÓSITOS; AO CENTRO, ERGUE-SE UMA EDIFICAÇÃO DE PLANTA QUADRANGULAR, EM DOIS PAVIMENTOS:
NO PAVIMENTO INFERIOR, SITUA-SE A CAPELA, APRESENTANDO VÃOS EM ARCO PLENO;
NO SUPERIOR, ACEDIDO EXTERNAMENTE POR UMA ESCADA EM DOIS LANCES E ATRAVÉS DE UMA PORTA DE VERGA RETA, DISPÕE-SE A CASA DA PÓLVORA, COBERTA POR UMA CÚPULA PIRAMIDAL. NOS VÉRTICES DESTA PIRÂMIDE, CUNHAIS, CORNIJA E PINÁCULO COMPLETAM O CONJUNTO.
NO TERRAPLENO ABRE-SE, AINDA, A CISTERNA.
O ACESSO AO FORTE É FEITO POR UMA PASSARELA, DA PRAIA AO PASSADIÇO E, A PARTIR DAÍ, ATRAVÉS DE UMA ARCADA À DIREITA, SAINDO PARA O CORREDOR. OUTRA ESCADA DÁ ACESSO AO TERRAPLENO E AO PORTÃO PARA A PRAÇA.
AS SUAS CARACTERÍSTICAS FORAM ASSIM DESCRITAS POR CÂMARA CASCUDO:
"O forte se erguia, a setecentos e cinquenta metros da barra, em cima do arrecife, ilhado nas marés altas. Eh lugar melhor e mais lógico, anunciando e defendendo a cidade futura. A planta é do jesuíta Gaspar de Samperes, que fora mestre nas traças de engenharia, na Espanha e flandres, antes de pertencer à companhia de Jesus. Eh a forma clássica do forte marítimo, afetando o modelo do polígono estrelado. O tenalhão abica para o norte, mirando a barra, com os dois salientes. No final, a gola termina por dois baluartes. o da destra, na curvatura, oculta o portão, entrada única, ainda defendida por um cofre de franqueamento, para quatro atiradores e, sobrepostos à cortina ou gola, os caminhos de ronda e uma banqueta de mosquetaria. Com sessenta e quatro metros de comprimento, perímetro de duzentos e quarenta, frente e gola de sessenta metros, o forte artilhava-se de maneira irrepreensível. Atiraria por canhoneiras e a mosquetaria pela gola em seteira no cofre ou de visada na banqueta. A artilharia principal atirava à barbeta." (Câmara Cascudo, Luís da. História da cidade do Natal (3ª ed.)"
(Câmara cascudo)
A FORTALEZA DA BARRA DO RIO GRANDE SERVIU COMO SEDE DA ADMINISTRAÇÃO DA CAPITANIA DO RIO GRANDE, RESIDÊNCIA DO CAPITÃO-MOR, COMANDO MILITAR, QUARTEL DE TROPAS E REFÚGIO DOS MORADORES.
ENTRE AS ATRAÇÕES DO MUSEU DESTACA-SE UM MARCO DO DESCOBRIMENTO DO BRASIL (PARA LÁ TRAZIDO NA DÉCADA DE 1990).
OS VISITANTES SÃO RECEBIDOS, À ENTRADA, PELA IMAGEM DOS MAGOS GASPAR, BELQUIOR E BALTASAR, DOADA PELO JOSÉ I DE PORTUGAL (1750-1777).
OS 400 ANOS DA FORTALEZA FORAM COMEMORADOS POR UMA BONITA EMISSÃO FILATÉLICA DA ECT (6 DE JANEIRO DE 1999).
A FORTALEZA FOI, A PARTIR DO ANO 2008, UM DOS 50 MONUMENTOS BRASILEIROS CANDIDATOS À ELEIÇÃO DAS 7 MARAVILHAS DO BRASIL, CUJO RESULTADO SAIU EM 1º DE JANEIRO DE 2009, ONDE NÃO OBTEVE CLASSIFICAÇÃO.
A FORTALEZA FOI UMA DAS ELEITAS DO CONCURSO DA REVISTA CARAS: "SETE MARAVILHAS DO BRASIL".

VALEU PELA VISITA



fonte / fotos = praiasdenatal.com.br / Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Divulgação / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA - O elegante desenho urbano estabelecido sobre uma extensa rede de canais e ilhotas é repleto de edifícios barrocos, palácios extravagantes e igrejas luxuosas. Os óbvios destaques são o Museu Hermitage, um dos melhores do planeta em arte ocidental, o Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo, mas boa parte da diversão está em caminhar por suas agradáveis ruas e canais.

CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO PETERSBURGO", RÚSSIA - CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO 2018 DE FUTEBOL DA LIGA FIFA Palácio Mariinsky, sede da Assembleia Legislativa e Petersburgo, Rússia Fortaleza de São Pedro e São Paulo em São Petersburgo, Rússia Estação Chornaya Rechka em São Petersburgo, Rússia Quando ainda não era conhecido como O Grande, o jovem príncipe Pedro passava boa parte de seu tempo entre homens do povo, absorvendo ideias que vinham de terras distantes e despendendo tempo construindo barcos e criando estratégias militares com seus exércitos de brinquedo. Quando ele se tornou o czar de todas as Rússias, hábil general e o homem que tirou o país da era medieval, resolveu construir uma nova capital, moderna e com refinados ares europeus, num grande pântano no Báltico. Nascia São Petersburgo. Renomeada Petrogrado e posteriormente Leningrado, quando a perestroika de Mikhail Gorbachev acelerou a queda do comunismo o nome original retornaria aos mapas.  O Palácio de Catarina, co…

CONHEÇA A MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, EM DUBAI - Com 201 metros de altura, terá capacidade para 1.400 passageiros em 48 cápsulas. Toda terá 9 mil toneladas de aço, o que é mais do que a Torre Eiffel e pesará mais do que o equivalente a oito Airbus A380s.

CONHEÇA A "MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO", DUBAI, EMIRADOS ÁRABES UNIDOS A maior roda gigante do mundo está sendo construída em Dubai, a Ain Dubai ('Ayn' é a decima sexta letra do alfabeto árabe, e é traduzida como 'olho'). O olho de Dubai com 201 metros irá superar os 165 metros do Singapore Flyer, atualmente a mais alta roda-gigante do mundo.  Com vistas panorâmicas sobre a costa de Dubai, incluindo o Burj Al Arab, a Palm Jumeirah e o Burj Khalifa, o projeto incluirá áreas de entretenimento, com uma variedade de lojas e restaurantes, um hotel de luxo cinco estrelas e edifícios residenciais privados.  A roda gigante faz parte do projeto Bluewaters Island e os responsáveis pelo seu desenvolvimento esperam atrair mais de 3 milhões de visitantes por ano.  O complexo de 1 bilhão será construído perto Jumeirah Beach Residence, ligado à beira mar por uma ponte de pedestres e ao continente por uma ponte de Sheikh Zayed Road, com um sistema de teleférico para o transp…

ALASKA, ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA - O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas e florestas

CONHEÇA O "ALASKA", USA,  E SAIBA O QUE TEM DE BOM SE PARA FAZER LÁ Conheça nosso roteiro para conhecer umas das regiões mais quentes no roteiro turismo americano - mesmo com as baixas temperaturas O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas, florestas: ao mesmo tempo que sua paisagem natural é uma das mais remotas e selvagens do planeta, ela é facilmente alcançada por voos abundantes, cruzeiros confortáveis com múltiplos roteiros que transitam pela costa (maior do que a do resto dos EUA inteiro somada) e a Alaska Highway, uma rodovia ampla e moderna que percorre mais de 2 mil quilômetros. E não, não é tão gelado quando a gente imagina: no verão, o termômetro pode bater até 30 graus.  COMO CHEGAR NO ALASKA Com a American Airline…

BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS - Inspirada nas cidades de Paris e Washington, com largas avenidas, ruas simétricas e arborizadas, Belo Horizonte foi planejada a partir de uma nova concepção estética urbana

CONHEÇA A CIDADE DE "BELO HORIZONTE", CAPITAL DAS MINAS GERAIS, BRASIL
MINEIRÃO E MINEIRINHO NA PAMPULHA EM BELO HORIZONTE, MG SEJA BEM VINDO A CAPITAL DA MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A BELO HORIZONTE. A CIDADE JARDIM imagem - Paulo Yuji Takarada ROTEIRO IDEAL PARA UM FIM DE SEMANA EM BELO HORIZONTE, MG Belo Horizonte é uma cidade que mistura modernidade com ares de interior. Localizada entre montanhas, rodeada por cachoeiras e cidades históricas, a capital de Minas Gerais conta com um valioso patrimônio arquitetônico que mistura construções clássicas e as linhas curvilíneas de Oscar Niemeyer. Suas praças dividem o espaço com ótimos museus, como o Memorial Minas Gerais – Vale, que mal se instalou na Praça da Liberdade e já recebeu o prêmio de Novidade do Ano no GUIA QUATRO RODAS Brasil. Projetada por Niemeyer, a Casa do Baile faz parte do Complexo Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Acervo Setur-MG) A gastronomia não fica de fora. Tem pra todos os gostos…

NOVA ZELÂNDIA, OCEANIA - Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto

CONHEÇA A "NOVA ZELÂNDIA", OCEANIA

Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto. Na Ilha Norte, onde vivem três quartos da população, os verões são relativamente quentes e há praias perfeitas (como as da Península de Coromandel) tanto para os surfistas quanto para quem quer simplesmente se dourar ao sol. Mas os seus principais trunfos escondem-se no interior: vulcões ativos, gêiseres, lagos multicoloridos e outras formações geológicas inusitadas formam cenários que parecem de outro mundo (não à toa, alguns deles, como o Monte Tongariro, serviram de pano de fundo para a trilogia O Senhor dos Anéis).  Rebanho de ovelhas na Nova Zelândia (Stockbyte) Geiser pohotu, em Rotorua (Thinkstock) Arte maori, do povo indígena neozelandês (Thinkstock) Já na esparsamente povoada Ilha Sul, u…

CURITIBA, PARANÁ - Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba se comparada à maioria das outras capitais do Brasil. É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos

CONHEÇA A CIDADE DE "CURITIBA", PARANÁ, BRASIL Seu povo, um admirável cadinho que reuniu estrangeiros de todas as partes do mundo e brasileiros de todos os recantos, ensina no dia-a-dia a arte do encontro e da convivência. Curitiba renasce a cada dia com a esperança e o trabalho nas veias, como nas alvoradas de seus pioneiros.  Cadeia de Montanhas da Serra do Mar vista do centro de Curitiba (Wikipédia) ROTEIRO PARA 48 HORAS EM CURITIBA COM MUSEUS, PARQUES E RESTAURANTES Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba (PR), se comparada à maioria das outras capitais do Brasil.  É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos.  Iluminação cênica do Paço da Liberdade em Curitiba, PR (Orlando Kissner/SMCS) No charme das construções e na gastronomia, o visitante sente a forte influência cultural da imigração europeia –…

JAÍBA, MINAS GERAIS - Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba tem um grande e ainda pouco explorado potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar

CONHEÇA A CIDADE DE "JAÍBA", MINAS GERAIS, BRASIL Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba localiza-se no norte do Estado de Minas Gerais, a 629 km da capital Belo Horizonte e a 207 km de Montes Claros, maior cidade da região. Jaíba está numa região de clima quente, relevo predominantemente plano e um grande e ainda pouco explorado seu potencial energia solar.  A região de Jaíba possui destaque em termos de seu potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar, segundo o Atlas Solarimétrico de Minas Gerais (2012). É, ainda, uma das melhores regiões do país neste quesito. (Jaíba Solar)   Sada Bioenergética em Jaíba, MG (Igreja Assembléia de Deus) Rua central de Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Ribeirão em Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Estação de Bombeamento do projeto Jaíba em Jaíba, MG (prefeitura Municipal) Hospital 2 irmãos na cidade de Jaíba, MG (Eric Micael) Entorno da cidade de Jaíba, MG (Prefeitura Munici…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

CAMPO GRANDE, MATO GROSSO DO SUL - Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás)

CONHEÇA A CIDADE DE "CAMPO GRANDE", MATO GROSSO DO SUL, BRASIL Vista parcial da cidade de Campo Grande, MS (Wikipédia) Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás). A temática pantaneira está presente nas pinturas que decoram alguns prédios e na gastronomia. Imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses também deixaram sua marca. O fuso horário marca uma hora a menos em relação a Brasília.  Polo de turismo de negócios, campo Grande surpreende por ser planejada, com trânsito organizado, muitas áreas verdes e vida social agitada (Tiago Moser) TREM DO PANTANAL Apesar do nome, o passeio entre Campo Grande (saídas aos sábados às 8h) e Miranda (chegada às 18h) não chega a explorar as paisagens típicas do Pantanal. A parada em Aquidauana está reservada para o almoço e, em Taunay e Piraputanga, há venda de artesanato. O trecho de volta, entre Miranda e C…

SILVEIRÂNIA, MINAS GERAIS - Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.

CONHEÇA A CIDADE DE "SILVEIRÂNIA", MINAS GERAIS, BRASIL Conheça a história do pico mais alto da região, que faz parte da derivação da Serra da Mantiqueira e se destaca como acidente natural, contribuindo para composição de embelezamento de uma região que já é linda por natureza...  Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.  Rodovia de acesso à cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Pico do João Felix em Silveirânia, MG (Roberto Mosqueiro) Silveirânia, MG  encravada nas Montanhas de Minas (Prefeitura Municipal) Entorno da cidade de Silveirânia, MG (Prefeitura Municipal) Campo de Futebol e Silveirânia, MG (Antrbns) Casa paroquial da cidade de Silveirânia, MG (Jeani Goulart) Escola Estadual da cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Entor…