sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

PRAIAS DO CONTINENTE EUROPEU - Conheça as 05 melhores eleitas pelos turistas




CONHEÇA AS "05 MELHORES PRAIAS DO CONTINENTE EUROPEU", ELEITA PELOS TURISTAS
Com o verão no Hemisfério Norte bem perto de começar, a organização turística European Best Destinations elegeu nesta semana, com base em uma pesquisa realizada com mais de 10 mil viajantes, as cinco melhores praias da Europa.
E o título de melhor ficou com um destino não tão conhecido pelo mundo: trata-se da praia de Stiniva, localizada na ilha croata de Vis, em pleno mar Adriático.
Ranking completo 
A lista da European Best Destinations trouxe o top 05 dos melhores lugares praianos da Europa, de acordo com os viajantes entrevistados. Veja o ranking completo abaixo: (Ante Perkovic/Creative Commons)
1ª - Stiniva, na ilha de Vis, Croácia
Stiniva é perfeita para quem gosta de locais reclusos e paradisíacos. Ela fica ao pé de um conjunto de colinas no sul de Vis e, para chegar até suas areias, o mar atravessa uma passagem feita por duas formações rochosas que tem menos de cinco metros de largura.
Isso deixa a água da praia, famosa por sua tonalidade verde-esmeralda, com a tranquilidade de uma piscina natural, em um ambiente perfeito para o banho. A paisagem, por sua vez, oferece contornos ideais para fotografias.
E chegar até lá não é tão simples, pois Stiniva não é acessível a carros. Para conhecer este pedaço de paraíso, os viajantes encaram uma trilha pelas colinas desde a vila de Zuzec ou tomam barcos na praia de Rukavac, que fica na região. 
A ilha de Vis, por sua vez, pode ser acessada com embarcações a partir de Split, uma das principais cidades do litoral da Croácia. 
O local, entretanto, não é a única praia atrativa oferecida pelo país dos Balcãs. A Croácia é famosa por abrigar algumas das faixas litorâneas mais lindas da Europa, como as fantásticas Zlatni Rat e Kandalora.
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
2ª - Tossa de Mar, na Costa Brava, Espanha 
A cerca de uma hora de Barcelona você chega ao paraíso. Tossa de Mar fica na Costa Brava, ao norte da Espanha, e a 100 quilômetros da fronteira sul francesa. 
É um vilarejo pequeno, mas simplesmente fantástico, mantido ao redor de ruínas datadas desde o século IV antes de Cristo. 
Além das praias de água morna e super azul, Tossa tem atracões históricas obrigatórias como as ruínas da vila romana de Ametllers (século I antes de Cristo). 
A Igreja Paroquial (1775); as ruínas do Castelo do Abade do Mosteiro de Santa Maria de Ripoll (século IXX), com vista incrível para o mar; e a Cidade Velha construída toda em pedras e que até hoje mantém a atmosfera medieval de Tossa de Mar.
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
3ª - Praia da Concha, em San Sebastián, Espanha 
A Praia da Concha é uma praia situada na Baía da Concha, na cidade de San Sebastián (Espanha). É a praia urbana mais famosa de todo o país. 
Localizada ao oeste da desembocadura do rio Urumea, separada do mesmo pelo monte Urgull e alojada na Baía da Concha, tem comprimento médio de 1350 m, largura média de 40 m e uma área média de 54 000 m². 
É uma praia de substrato arenoso e pouca profundidade, na que o recorrido das marés muitas vezes limita a superfície útil para o uso. Pode considerar-se uma praia de ambiente urbano e uso maciço.
Os acessos de pedestres a ela são bons, assim como os transportes públicos e estacionamentos subterrâneos. É além disso desde 2007 eh um dos Doze tesouros da Espanha.
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
4ª - Ilha de Berlenga Grande, em Portugal 
A Berlenga Grande é a maior ilha do arquipélago das Berlengas, ao largo do cabo Carvoeiro, na costa de Portugal. 
Com uma superfície de aproximadamente 78,8 ha, é a única habitável pelo homem, que a vem visitando desde cerca de mil anos antes de Cristo. Denominada como Ilha de Sonho e Ilha de Saturno pelos geógrafos da Antiguidade, foi visitada ainda por vikings, mouros e corsários franceses e ingleses. 
Em 1513, os monges da Ordem de São Jerónimo aí fundaram o Mosteiro da Misericórdia, sendo vencidos pela doença, pelas condições inóspitas do próprio isolamento e pelos corsários que assolavam as costas da península Ibérica. Do antigo estabelecimento monástico, existem hoje apenas alguns muros e pedras soltas, onde, na década de 1950, foi construído um restaurante (actualmente Mar e Sol). 
Cerca de um século após ter sido abandonada pelos monges, no contexto da Restauração da independência, a Coroa portuguesa determinou erguer o Forte de São João Baptista das Berlengas (1651), peça-chave da defesa do litoral de Peniche, abandonado, por sua vez, em meados do século XIX. Nesse período estava em construção o Farol Duque de Bragança, cujo alcance atinge até 30 milhas com bom tempo.
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
5ª - Praia de Cala Acciarino, ilhas Lavezzi, França 
O arquipélago fica no Estreito de Bonifácio, próximo a Córsega da Sardenha, no mar Mediterrâneo. Ilhas e recifes de granito formam praias e piscinas naturais que divertem banhistas e mergulhadores. Em meio a rochas também há, de presente, um visual panorâmico dos entornos, com paisagens de cair o queixo. 
Desabitadas e remotas, as ilhas não possuem hotéis, pousadas, restaurantes ou até mesmo aluguel de equipamentos, como guarda sol. O acesso é feito por passeios de barco diários, oferecidos por operadoras de turismo a partir de Lavezzi Bonifacio e Porto-Vecchio. O trajeto de cerca de 30 minutos custa, em média, 35 euro.
foto - ?
 
foto - ?
foto - ?
foto - ?


Fonte / Fotos = European Best Destinations / Internet / Thymonthy Becker /

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os lugares por onde o Trem mais passou esta semana