Pular para o conteúdo principal

AMAZONAS, BRASIL - Seus 62 municípios têm ao mesmo tempo as terras mais altas do país, como o pico da Neblina (2.993 metros de altitude) e o pico 31 de Março (2.972 metros de altitude) e a maior extensão de terras baixas, com menos de 100 metros de altitude, do Brasil. Com vida cultural intensa, na qual se destacam o Festival Folclórico de Parintins, com o duelo dos bumbás Garantido e Caprichoso, o Festival Internacional de Ópera e o Festival Internacional do Cinema de Aventura, o Amazonas possui características muito especiais que se expressam na alegria do povo e nas raízes do folclore regional.




CONHEÇA O ESTADO DO "AMAZONAS", BRASIL - DA JANELA DO TREM


ESTADO DO AMAZONAS, BRASIL
O Estado do Amazonas é o maior em área territorial do País, com 1.559.161,682 quilômetros quadrados, o equivalente ao território de cinco países, somados: França, Espanha, Suécia e Grécia.
O Estado detém um dos mais baixos índices de densidade demográfica do país, com 2,23 habitantes por quilômetro quadrado
O IBGE identificou 65 grupos indígenas no Estado, que detém a maior população de índios do País, no total de 168.680, de acordo com o Censo 2010. O Amazonas detém, ainda, 98% de sua cobertura florestal preservada, além de um dos maiores mananciais de água doce.
Sofrendo influência de vários fatores com precipitação, vegetação e altitude, a água forma na região a maior rede hidrográfica do planeta.
A maioria dos rios amazonenses é navegável durante todo o ano. O rio Amazonas é internacionalmente conhecido como o maior do mundo, possuindo um curso calculado em 6.300 quilômetros.
foto - Elime Ribeiro
Seu arco atlântico tem a extensão de 400 quilômetros. Nasce presumivelmente na lagoa Santana (Andes Ocidentais), onde sua bacia de recepção é um rio de geleira.
O acesso ao Estado é feito principalmente por via fluvial ou aérea
O Amazonas é o maior Estado do Brasil. Possui mais de 1,5 milhão de quilômetros quadrados e ocupa mais de 18% do território nacional.
Seus 62 municípios têm ao mesmo tempo as terras mais altas do país, como o pico da Neblina (2.993 metros de altitude) e o pico 31 de Março (2.972 metros de altitude) e a maior extensão de terras baixas, com menos de 100 metros de altitude, do Brasil.
Com vida cultural intensa, na qual se destacam o Festival Folclórico de Parintins, com o duelo dos bumbás Garantido e Caprichoso, o Festival Internacional de Ópera e o Festival Internacional do Cinema de Aventura, o Amazonas possui características muito especiais que se expressam na alegria do povo e nas raízes do folclore regional.
O turismo de natureza, ou ecoturismo, é o principal atrativo dos roteiros do Amazonas. O visitante tem a oportunidade de conhecer, aprender e valorizar a importância da floresta tropical e os habitantes que nela vivem, que são os principais responsáveis pela sua conservação.
Por seu contato direto com a natureza, o Estado faz parte dos roteiros oferecidos pelas agências nos programas de barco, pernoites em hotéis de selva e passeios pela floresta.
O ecoturismo pode ser praticado no Amazonas durante o ano todo, pois a sazonalidade que ocorre na floresta de várzea, local onde as comunidades vivem, oferece dois belos paisagismos, permitindo ao turista vivenciar a floresta em época de seca e de cheia (alagada). Além das caminhadas na floresta, do passeio de canoa nas trilhas aquáticas, observando a beleza da natureza e os que vivem nela, o turista ainda pode usufruir da convivência com o homem da floresta conhecendo o seu modus vivendis e interagindo no seu dia-a-dia
ESTE EH O ESTADO DO AMAZONAS. BEM VINDO À PÉROLA DO BRASIL
AQUI A REGIÃO CENTRAL COM DESTAQUE PARA O TEATRO AMAZONAS
imagem - ?
AQUI UMA VISTA PARCIAL DA CIDADE DE MANAUS, AM AO AMANHECER
imagem -  Conceição Costa
PORTO NO RIO NEGRO NO AMAZONAS, BR
imagem - Ricardo Hossoe
PORTO EM MANAUS, AMAZONAS, BR
imagem - Ricardo Hossoe
PALAFITAS SÃO CONSTRUÇÕES HABITACIONAIS MUITO COMUM NA REGIÃO DIVIDO AS CHEIAS DAS ÁGUAS DO RIO QUE INUNDAM TODA A REGIÃO ANUALMENTE. ASSIM, AS CASAS SE MANTEM ACIMA DO NÍVEL DAS ÁGUAS
imagem - Ricardo Hossoe
CIDADE DE PRESIDENTE FIGUEIREDO, AM AS MARGENS DO RIO URUBUÍ NO AMAZONAS, BRASIL
imagem - Ricardo Hossoe
PRAÇA DA IGREJA MATRIZ DA CIDADE DE AUTAZES NO AMAZONAS
imagem - GM Thome
PRAÇA DA SAUDADE NA CAPITAL MANAUS, AMAZONAS
imagem - Ricardo Hossoe
PARCIAL DE MANAUS, AM
imagem - ?
O BELÍSSIMO TEATRO AMAZONAS NA CIDADE DE MANAUS, AM
imagem - Ricardo Hossoe
PALÁCIO RIO BRANCO EM MANAUS, AM
PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE, UM RECONHECIMENTO INCOMPARÁVEL, UMA HERANÇA CULTURAL, COM ARQUITETURA E MEMÓRIAS POLÍTICAS, QUE NOS REMETE AS RIQUEZAS DO AUGE DO CICLO DA BORRACHA
imagem - Ricardo Hossoe
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MANAUS, AM
imagem - Ricardo Hossoe
LARGO DE SÃO SEBASTIÃO NO AMAZONAS, BR
O LARGO DE SÃO SEBASTIÃO, QUE NÃO PASSAVA DE UMA ROCINHA DE PROPRIEDADE DO SR. ANTÔNIO LOPES BRAGA, FOI ABERTA EM 1867, ONDE O DR. CANAVARRO ERIGIU UM MONUMENTO QUE SE ENCONTRA NO MEIO DA PRAÇA QUE HOMENAGEIA A ABERTURA DOS PORTOS DO AMAZONAS ÀS DEMAIS NAÇÕES.
imagem - Ricardo Hossoe
PRÉDIO DA ALFÂNDEGA NA CAPITAL MANAUS, AMAZONAS
imagem - Ricardo Hossoe
PALÁCIO RIO NEGRO EM MANAUS, AMAZONAS
O PALACETE SCHOLZ FOI CONSTRUÍDO EM ESTILO ECLÉTICO EM 1903 PARA SER RESIDÊNCIA PARTICULAR DE UM ABASTADO COMERCIANTE DA BORRACHA, O ALEMÃO KARL WALDEMAR SCHOLZ. O AMAZONAS ERA A ÉPOCA UM DOS ESTADOS MAIS PRÓSPEROS DA UNIÃO POR OCASIÃO DO CICLO DA BORRACHA.
imagem -  Wikipédia
IGREJA DE SANTO ANTÔNIO NA CIDADE DE BORBA, AMAZONAS, BR
imagem - Wikipédia
OS ÍNDIOS DO ESTADO DO AMAZONAS, BR
O AMAZONAS POSSUI A MAIOR POPULAÇÃO INDÍGENA DO BRASIL, COM 168.680 ÍNDIOS, DE ACORDO COM O CENSO 2010 DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. (IBGE)
imagem -  Alex Pazuello
imagem - ?
AQUI TRIBOS INDÍGENAS QUE SE MANTEM EM TRIBOS LONGE DO CONTANTO COM O MUNDO CIVILIZADO
imagem - ?
O TURISMO NO ESTADO DO AMAZONAS, BR
O TURISMO DE NATUREZA, OU ECOTURISMO, É O PRINCIPAL ATRATIVO DOS ROTEIROS DO AMAZONAS. O VISITANTE TEM A OPORTUNIDADE DE CONHECER, APRENDER E VALORIZAR A IMPORTÂNCIA DA FLORESTA TROPICAL E OS HABITANTES QUE NELA VIVEM, QUE SÃO OS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELA SUA CONSERVAÇÃO. POR SEU CONTATO DIRETO COM A NATUREZA, O ESTADO FAZ PARTE DOS ROTEIROS OFERECIDOS PELAS AGÊNCIAS NOS PROGRAMAS DE BARCO, PERNOITES EM HOTÉIS DE SELVA E PASSEIOS PELA FLORESTA. O ECOTURISMO PODE SER PRATICADO NO AMAZONAS DURANTE O ANO TODO, POIS A SAZONALIDADE QUE OCORRE NA FLORESTA DE VÁRZEA, LOCAL ONDE AS COMUNIDADES VIVEM, OFERECE DOIS BELOS PAISAGISMOS, PERMITINDO AO TURISTA VIVENCIAR A FLORESTA EM ÉPOCA DE SECA E DE CHEIA (ALAGADA). ALÉM DAS CAMINHADAS NA FLORESTA, DO PASSEIO DE CANOA NAS TRILHAS AQUÁTICAS, OBSERVANDO A BELEZA DA NATUREZA E OS QUE VIVEM NELA, O TURISTA AINDA PODE USUFRUIR DA CONVIVÊNCIA COM O HOMEM DA FLORESTA CONHECENDO O SEU MODUS VIVENDIS E INTERAGINDO NO SEU DIA-A-DIA.
AQUI A ONÇA PINTADA. TÍPICA DO AMAZONAS, BR
imagem - Wikipédia
AQUI TEMOS A ANTA
imagem - Ricardo Hossoe
O PEIXE BOI COMUM NO RIO AMAZONAS, AMAZONAS, BR
imagem - Ricardo Hossoe
GATO DO MATO
imagem - Ricardo Hossoe
A ONÇA PINTADA DESCANSANDO
imagem - Ricardo Hossoe
O BOTO COR DE ROSA
imagem - Ricardo Hossoe
MANAUS VISTA DE LONGE
imagem - Wikipédia
UMA DAS INÚMERAS CACHOEIRAS DO ESTADO DO AMAZONAS, BR
imagem - Wikipédia
O RIACHO E A FLORESTA AMAZÔNICA NO ESTADO DO AMAZONAS, BR
imagem - ?
A CULTURA DO ESTADO DO AMAZONAS, BR
COM VIDA CULTURAL INTENSA, NA QUAL SE DESTACAM O FESTIVAL FOLCLÓRICO DE PARINTINS, COM O DUELO DOS BUMBÁS GARANTIDO E CAPRICHOSO, O FESTIVAL INTERNACIONAL DE ÓPERA E O FESTIVAL INTERNACIONAL DO CINEMA DE AVENTURA, O AMAZONAS POSSUI CARACTERÍSTICAS MUITO ESPECIAIS QUE SE EXPRESSAM NA ALEGRIA DO POVO E NAS RAÍZES DO FOLCLORE REGIONAL.
AQUI O CENTRO DE CONVENÇÕES – SAMBÓDROMO
DESTINA-SE A APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS, CULTURAIS, ESPORTIVAS E RELIGIOSAS, QUE APRESENTEM GRANDE DEMANDA DE PÚBLICO.
imagem - ?
CHEGANDO NA CIDADE DE ITACOATIARA, AMAZONAS, BR
imagem - Wikipédia
PARCIAL DA CIDADE DE COARI, AMAZONAS, BR
imagem - Wikipédia
CASA DE VENDA DE ARTESANATO INDÍGENA EM MANAUS, AMAZONAS
imagem - Ricardo Hossoe
BARCO NAVEGANDO NO RIO AMAZONAS, BR
imagem - Ricardo Hossoe
OS BARCOS NO PORTO DE MANAUS, AMAZONAS, BR
imagem - Conceição Costa
OS RIOS AMAZONENSES
O AMAZONAS POSSUI A MAIOR BACIA DE ÁGUA DOCE DO PLANETA. A MAIORIA DOS RIOS AMAZONENSES É NAVEGÁVEL DURANTE TODO O ANO. 
AQUI UM CARGUEIRO NO RIO NEGRO
imagem - Ricardo Hossoe
CIDADE DE AUTAZES, AMAZONAS
imagem - GM Thome
COMÉRCIO NO CENTRO DA CIDADE DE MANACAPURU, AMAZONAS
imagem - Fritz Follmer
A GRADE FLORESTA AMAZÔNICA, BR
imagem - Euler Melo Nogueira
O RIO SERPENTEANDO A FLORESTA AMAZÔNICA, BR
imagem - Instituto Onça Pintada
PONTE QUE LIGA A CIDADE DE MANAUS A CIDADE DE IRANDUBA,AMAZONAS
imagem - Conceição Costa
A MESMA PONTE VISTA DE LONGE. FICA NO RIO NEGRO
imagem - Ricardo Hossoe
RIO URUCU NO ESTADO DO AMAZONAS, BR
imagem - GM Thome
PICO DA NEBLINA NO ESTADO DO AMAZONAS, BR
PICO DA NEBLINA, CONSIDERADO A MONTANHA MAIS ALTA DO BRASIL.
ELE FICA AO NORTE DO AMAZONAS, NA SERRA DO IMERI, NA CIDADE DE SANTA ISABEL DO RIO NEGRO, E DÁ NOME AO PARQUE NACIONAL DO PICO DA NEBLINA.
SÃO 2.993 METROS DE ALTITUDE QUE PROPORCIONAM UMA PAISAGEM ENCANTADORA. UMA CURIOSIDADE DO LUGAR É QUE NO TOPO DA MONTANHA, A TEMPERATURA CHEGA A 20 °C DURANTE O DIA E CAI PARA 6 °C À NOITE.
HÁ RELATOS QUE O PICO DA NEBLINA TERIA SIDO DESCOBERTO POR VOLTA DE 1950.
imagem - Wikipédia
imagem - ?
ENCONTRO DOS RIOS NEGRO E SOLIMÕES NO ESTADO DO AMAZONAS, BR
UM DOS MAIORES ESPETÁCULOS DA NATUREZA, O ENCONTRO DAS ÁGUAS REPRESENTA A CONFLUÊNCIA DOS RIOS NEGRO, DE ÁGUAS ESCURAS, E SOLIMÕES, DE ÁGUAS BARRENTAS. VIAJAM POR QUILÔMETROS SEM SE MISTURAREM.
imagem - ?
A UNIÃO DOS DOIS RIOS FORMAM O RIO AMAZONAS
imagem - Conceição Costa
POVOS DA AMAZÔNIA, BR
A PROPOSTA DO CENTRO CULTURAL DOS POVOS DA AMAZÔNIA, EMBASADO NA MISSÃO DE VALORIZAR A CULTURA AMAZÔNIDA, JÁ DISPONIBILIZA PARA EVENTOS CULTURAIS DA REGIÃO UMA ARENA DE ARTES, DESTINADA A 17MIL PESSOAS E AINDA PRETENDE APRESENTAR EXPOSIÇÕES E OFERECER À ESTUDANTES, PESQUISADORES E À COMUNIDADE EM GERAL UM BANCO VIRTUAL DE DADOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS SOBRE A AMAZÔNIA, CONTRIBUINDO PARA A DIFUSÃO CULTURAL DESTA REGIÃO PARA O MUNDO.
imagem - ?
CHEGANDO NA CIDADE DE MANACAPURU, AMAZONAS
imagem - Fritz Follmer
GASODUTO DE MANAUS, AMAZONAS, BR
imagem - GM Thome
ESTRUTURA DA PONTE QUE LIGA MANAUS A CIDADE DE IRANDUBA, AMAZONAS, BR
imagem - Conceição Costa
SÍNTESE
Capital - Manaus
População estimada 2016(2) - 4.001.667
Área 2015 (km²) - 1.559.149,074
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 2,23
Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente 2015 (Reais)(1) - 752
Número de Municípios - 62
ORIGEM DO NOME
O NOME AMAZONAS, FOI ORIGINALMENTE, DADO AO RIO QUE BANHA O ESTADO PELO CAPITÃO ESPANHOL FRANCISCO DE ORELLANA, QUANDO O DESCEU EM TODO O SEU COMPRIMENTO, EM 1541. AFIRMANDO TER ENCONTRADO UMA TRIBO DE ÍNDIAS GUERREIRAS, COM A QUAL TERIA LUTADO, E ASSOCIANDO-AS ÀS AMAZONAS DA MITOLOGIA GREGA, DEU-LHES O MESMO NOME. 
SEGUNDO ETIMOLOGIA ALTERNATIVA DEFENDIDA PELO HISTORIADOR KARL LOKOTSCH, O NOME AMAZONAS É DE ORIGEM INDÍGENA, DA PALAVRA AMASSUNU, QUE QUER DIZER "RUÍDO DE ÁGUAS, ÁGUA QUE RETUMBA.
HISTÓRIA
O Amazonas é o maior estado do Brasil. Possui mais de 1,5 milhão de quilômetros quadrados e ocupa mais de 18% do território nacional. Seus 62 municípios têm ao mesmo tempo as terras mais altas do país, como o pico da neblina (2.993 metros de altitude) e o pico 31 de março (2.972 metros de altitude) e a maior extensão de terras baixas, com menos de 100 metros de altitude.
O Amazonas é banhado pela bacia hidrográfica amazônica, que responde por aproximadamente 20% da água doce do planeta. Os principais rios são Negro (que banha a cidade de Manaus), Amazonas-Solimões, Madeira, Juruá, Purus, Içá, Uaupés e Japurá. No Brasil, país caracteristicamente tropical, o Amazonas é dominado pelo clima equatorial, predominante na Amazônia, tendo uma temperatura média de 26° Celsius. Ele também é o estado mais preservado do país, com 98% de sua cobertura florestal original. Somente suas áreas protegidas por leis federais e estaduais, como parques e reservas florestais, ocupam um território equivalente a 20 vezes o tamanho do Líbano e o dobro de Portugal. Aliados a esse universo verde estão os rios, lagos e igarapés, componentes indispensáveis para marcar o contato inesquecível com a maravilhosa natureza Amazônica.
A BANDEIRA DO ESTADO DO AMAZONAS, BR
A bandeira do amazonas foi criada ainda na década de 1890 e, em 1897, representou o batalhão militar do estado na guerra de canudos.
imagem - Governo do Amazonas
AQUI O BRASÃO DO ESTADO DO AMAZONAS, BRASIL

ATÉ A PRÓXIMA


fonte dos textos e fotos: Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Divulgação IBGE / Portal do Governo do Amazonas /

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O espetáculo, belezas naturais, cores, aromas que seduzem à primeira vista. O município tem como base da economia a produção agrícola. A região possui uma relação muito próxima com as águas e com a geração de energia elétrica, a partir da formação do maior lago artificial do Estado – os Alagados do Passo Real e da Barragem de Ernestina. Bonitas e agradáveis, as cidades proporcionam atrações diversificadas, eventos, muitas festas, gastronomia, artesanato.

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem