Pular para o conteúdo principal

STONEHENGE, AMESBURY, SALISBURY SP4 7DE, REINO UNIDO - Um dos mais poderosos monumentos neolíticos do planeta, Stonehenge é uma misteriosa formação de enormes monolitos arranjados num plano circular. Pouco se sabe sobre quem o construiu, sua real finalidade e até mesmo sobre quando foi erigido. Alto movimento de turistas e esotéricos durante os solstícios de verão e inverno e equinócios de outono e primavera. À luz do por do sol, cria um cenário impressionante




CONHEÇA O MONUMENTO STONEHENGE, LONDRES, INGLATERRA - COMO SE ESTIVESSE NA JANELA DO TREM
Um dos mais poderosos monumentos neolíticos do planeta, Stonehenge é uma misteriosa formação de enormes monolitos arranjados num plano circular. Pouco se sabe sobre quem o construiu, sua real finalidade e até mesmo sobre quando foi erigido, mas estudos recentes indicam que o sítio já era utilizado há, pelo menos, 5000 anos. Os poucos consensos dizem respeito a suas funções astronômicas, fato explorado pelo alto movimento – hoje controlado – de turistas e esotéricos durante os solstícios de verão e inverno e equinócios de outono e primavera. Regras de visitação mais restritas para tocar as pedras ou mesmo circular entre elas foram postas em prática devido à alta degradação do monumento. À luz do por do sol, o cenário é ainda mais impressionante.
Cinco mil anos após a sua construção, os motivos que levaram os povos antigos a construir Stonehenge ainda são incertos
Após mais de duas décadas de procura, pesquisadores da Universidade de Leicester, no Reino Unido, anunciaram nesta semana a descoberta da origem das pedras azuis do anel interno de Stonehenge. O rochedo de onde elas se originam está localizado a 257 quilômetros do milenar monumento, perto de uma fazenda de ovelhas no País de Gales.
Stonehenge, em Salisbury, é um dos grandes mistérios do Reino Unido e atrai todo tipo de turista durante o solstício de verão
Depois de coletar amostras de pedras por todo o país, os pesquisadores fizeram inúmeros testes de compatibilidade e até cortaram algumas delas para que analises geológicas mais complexas pudessem ser feitas. Até então, acreditava-se que as rochas de Stonehenge não eram provenientes do território Galês.
As misteriosas formações de Stonehenge. Estudos recentes indicam que o sítio já era utilizado há, pelo menos, 5000 anos, mas pouco se sabe sobre sua finalidade
A nova descoberta abre novos questionamentos sobre como as rochas chegaram até o local em que estão hoje. Com isso, os pesquisadores se debruçaram sobre duas possíveis teorias que expliquem o deslocamento das rochas de arenito que podem chegar a 30 toneladas. A primeira é a de que seres humanos tenham extraído os blocos e os transportaram em jangadas. Já a segunda propõe que uma geleira gigante tenha esculpido e transportado as pedras por 160 km em direção a Stonehenge. O homem teria arrastado as rochas pelo resto do caminho.
Formações de rochas em Stonehenge
Marcas de ferramentas e utensílios humanos estão sendo procurados em escavações, mas os indícios são muito escassos. Por conta da falta de provas da intervenção humana, muitos pesquisadores apostam na teoria da geleira.
Stonehenge, Inglaterra
STONEHENGE O CÍRCULO DE PEDRAS
Situada a 130 quilômetros oeste de Londres está a enigmática Stonehenge. Considerada como um dos mais belos monumentos megalíticos existentes, é composta por um complexo de enormes pedras eretas de doleriza azulada e arenito, formando dois anéis concêntricos que circundam dois blocos rochosos em forma de ferradura, encaixados um no outro.
Não se sabe como os nossos ancestrais conseguiram erguer pedras que pesam até 12 toneladas e ainda encaixá-las perfeitamente sobre os blocos verticais.
Duzentos quilômetros do local onde está o monumento, numa pedreira galesa foram retirados aproximadamente 80 blocos de dolerita e à cerca de 30 quilômetros, na Chapada de Marlborough, foram retiradas as pedras de arenito. Como na época, ainda não existiam veículos com rodas, não se sabe como foram transportadas até Stonehenge.
Em 1973 o engenheiro escocês Alexander Thorm, professor da universidade de Oxford, descobriu que existiam diversos pares de construções à distância de quilômetros, que podiam ser alinhadas como duas miras de um rifle, de modo a possibilitar importantes observações astronômicas, concluindo que Stonehenge, deve ter sido construído para este fim. Após analisar todas as medidas, anunciou que os primitivos construtores possuíam vastos conhecimentos de geometria e astronomia e que suas construções utilizavam seis formas de proporções regulares, princípios geométricos que só seriam ensinados pelo matemático grego Pitágoras vários séculos depois.
STONEHENGE (DO INGLÊS ARCAICO "STAN" = PEDRA, E "HENCG" = EIXO)

CONSTITUÍ-SE NO MAIS VISITADO E CONHECIDO CÍRCULO DE PEDRAS BRITÂNICO, E ATÉ HOJE É INCERTA A ORIGEM DA SUA CONSTRUÇÃO, BEM COMO DA SUA FUNÇÃO, MAS ACREDITA-SE QUE ERA USADO PARA ESTUDOS ASTRONÔMICOS, MÁGICOS OU RELIGIOSOS.
O STONEHENGE É UMA ESTRUTURA COMPOSTA, FORMADA POR CÍRCULOS CONCÊNTRICOS DE PEDRAS QUE CHEGAM A TER CINCO METROS DE ALTURA E A PESAR QUASE CINQUENTA TONELADAS, ONDE SE IDENTIFICAM TRÊS DISTINTOS PERÍODOS CONSTRUTIVOS:
DENOMINADO PELOS SAXÕES DE "HANGING STONES" (PEDRAS SUSPENSAS) E REFERIDO EM ESCRITOS MEDIEVAIS COMO "DANÇA DOS GIGANTES", EXISTEM DIVERSAS LENDAS E MITOS ACERCA DA SUA CONSTRUÇÃO, CREDITADA A DIVERSOS POVOS DA ANTIGUIDADE.
foto - Dan Lindsay
O MAIS FAMOSO MONUMENTO DA PRÉ-HISTÓRIA PODE TER SIDO UM CENTRO DE CURA, PARA ONDE IAM PEREGRINOS HÁ MAIS DE 4.500 ANOS. A AFIRMAÇÃO É DE UM GRUPO DE ARQUEÓLOGOS QUE TRABALHA, DESDE O COMEÇO DO MÊS, NAS PRIMEIRAS ESCAVAÇÕES EM MAIS DE 40 ANOS NO MONUMENTO.
foto - Kojak
O GRUPO ACREDITA TER ENCONTRADO INDÍCIOS QUE PODEM, FINALMENTE, EXPLICAR OS MISTÉRIOS DA CONSTRUÇÃO DE BLOCOS DE PEDRA.
foto - Marczu
A EQUIPE DESCOBRIU UM ENCAIXE QUE, NO PASSADO, ABRIGOU AS CHAMADAS PEDRAS AZUIS, ROCHAS VULCÂNICAS DE TOM AZULADO, A MAIORIA JÁ DESAPARECIDA, QUE FORMAVA A PRIMEIRA ESTRUTURA CONSTRUÍDA NO MONUMENTO.
foto - Jan 44
ELES ACREDITAM QUE AS PEDRAS AZUIS PODEM CONFIRMAR A TESE DE QUE STONEHENGE ERA UM LOCAL ONDE AS PESSOAS IAM EM BUSCA DE CURA.
A EXPLICAÇÃO CIENTÍFICA PARA A CONSTRUÇÃO ESTÁ NO PONTO EM QUE O MONUMENTO TENHA SIDO CONCEBIDO PARA QUE UM OBSERVADOR EM SEU INTERIOR POSSA DETERMINAR, COM EXATIDÃO, A OCORRÊNCIA DE DATAS SIGNIFICATIVAS COMO SOLSTÍCIOS E EQUINÓCIOS, EVENTOS CELESTES QUE ANUNCIAM AS MUDANÇAS DE ESTAÇÃO.
foto - Mainufo
PARA ISTO BASTA SE POSICIONAR ADEQUADAMENTE ENTRE OS MAIS DE 70 BLOCOS DE ARENITO QUE O COMPUNHAM E OBSERVAR-SE NA DIREÇÃO CERTA. ESTA DESCOBERTA SE DEU EM 1960, DEMONSTRANDO, ATRAVÉS DA ARQUEOLOGIA, QUE OS POVOS NEOLÍTICOS, 3000 ANOS ANTES DE CRISTO, JÁ TINHAM ESTE CONHECIMENTO.
A IMPORTÂNCIA ESTARIA VINCULADA DIRETAMENTE À AGRICULTURA DOS POVOS DA ÉPOCA. SEGUNDO O HISTORIADOR JOHNNI LANGER, A VIDA DOS POVOS AGRÍCOLAS ESTÁ LIGADA AO CICLO DAS ESTAÇÕES, E O HOMEM PRÉ-HISTÓRICO PRECISAVA DEMARCAR O TEMPO PARA SABER QUAIS ERAM AS MELHORES ÉPOCAS PARA COLHEITA E SEMEADURA, E A OBSERVAÇÃO DO CÉU NASCEU DAÍ.

OBRIGADO POR VIAJAR COM A GENTE


fonte dos textos e fotos: Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / infoescola.com / Divulgação /

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O espetáculo, belezas naturais, cores, aromas que seduzem à primeira vista. O município tem como base da economia a produção agrícola. A região possui uma relação muito próxima com as águas e com a geração de energia elétrica, a partir da formação do maior lago artificial do Estado – os Alagados do Passo Real e da Barragem de Ernestina. Bonitas e agradáveis, as cidades proporcionam atrações diversificadas, eventos, muitas festas, gastronomia, artesanato.

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem