Pular para o conteúdo principal

ILHA DE MARAJÓ, PARÁ - Caminhadas na selva, Rafting, Ciclismo na praia, tudo isso acompanhado pelo Oceano Atlântico, Rio Amazonas e Rio Tocantins neste paraíso chamado “Ilha de Marajó”




CONHEÇA A "ILHA DE MARAJÓ", PARÁ, BRASIL, DA JANELA DO TREM
A Praia do Pesqueiro (acima) fica na maior cidade da Ilha de Marajó (PA), Soudre, e é ótima para turistas.
Pescadores tentam garantir a pesca do dia enquanto a chuva aproxima-se à praia de Joanes (abaixo), na Ilha de Marajó, no Pará
Maior arquipélago flúvio-marítimo do planeta, banhado pelo Oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins, a Ilha de Marajó, no Pará, possui o mais vasto rebanho de búfalos do país. Aqui eles são vistos tanto nas áreas rurais quanto nas urbanas – fazendas organizam passeios nos quais você monta os animais, fontes de carne e queijo (à venda em restaurantes locais) 
Árvore na maré alta, Ilha de Marajó, Pará
Praia na Ilha de Marajó, no Pará
Aproveite para conhecer réplicas de cerâmica dos marajoara, povo que habitou a ilha há 3 mil anos, e assistir a apresentações de danças tradicionais. Das 12 cidades da ilha, Soure e Salvaterra têm a melhor estrutura turística e acesso mais fácil a partir da capital. 
Praia de São João, em Salvaterra, na Ilha do Marajó (PA)

COMO CHEGAR 
Se vier de carro, use a balsa (saídas pela manhã, três horas de travessia; R$ 90,95 por carro e motorista, R$ 17,30 por passageiro extra; 3246-7472) que sai de Icoaraci, a 25 km de Belém, e chega em Porto Camará, na ilha. Pagando uma taxa extra de R$ 5, o percurso pode ser feito na área vip da balsa, que tem poltronas e ar-condicionado. A volta, no período da tarde, também custa R$ 90,95.
Localizada no encontro dos rios Amazonas e Tapajós com o oceano, a Ilha de Marajó (PA) concentra praias atraentes, igarapés e é famosa pelos búfalos, que são encontrados em abundância
Durante o mês de julho, alta temporada, é prudente comprar os bilhetes na rodoviária de Belém (3266-2625) com três dias de antecedência. Quem vem sem carro deve utilizar o navio que parte do Terminal Hidroviário da capital (saídas às 6h30 e 14h30; três horas de travessia; desde R$ 19) e também chega a Porto Camará. De lá, há ônibus e táxis para outras localidades. Salvaterra é separada de Soure por um rio (a travessia é feita em barcos de passeio e balsas – saídas de hora em hora). Uma boa opção é contratar os serviços do motorista Edgar (3741-1441 ou 9634-0722), indicado pela maioria das pousadas da região – ligue com pelo menos um dia de antecedência.
ILHA DE MARAJÓ / PARÁ / BRASIL
foto - feriasbrasil.com.br
SOURE
Quando Gabriel García Márquez idealizou o cenário de Macondo em seu romance “Cem anos de solidão”, ele certamente não tinha em mente a Ilha de Marajó, a oeste da foz do Rio Amazonas, às margens do Rio Pará e do Atlântico. Mas, bem que poderia: em Soure, estranhos convivem como velhos amigos, fazendo com que os turistas se sintam imediatamente acolhidos neste pacato vilarejo margeado pelas águas salobras do Rio Paracauari.
foto - Carlos macapuna
A ilha do Marajó é uma ilha brasileira do estado do Pará, localizada na foz do rio Amazonas no arquipélago do Marajó.
Com uma área de aproximadamente 40 100 km², é a maior ilha do Brasil e também a maior ilha fluviomarítima do mundo. A cidade de Belém situa-se a sudeste do canal que separa a ilha do continente. A maior ilha fluvial é a Ilha do Bananal.
foto - feriasbrasil.com.br
Destaca-se pelos montes artificiais, nomeados tesos, construídos ainda em seu passado pré-colombiano pelos índios locais. A ilha era chamada de Marinatambal pelos indígenas (confirmado por Sir Walter Raleigh no século XVI), já em tempos coloniais foi denominada como Ilha Grande de Joannes.
Outro destaque da ilha, é o lugar de maior rebanho de búfalos do Brasil, cerca de 600 mil cabeças.
foto - ?
MUITAS SURPRESA INCRÍVEIS TE ESPERAM AQUI
Habitat de grande variedade de peixes e pássaros, o arquipélago oferece muitas atividades em meio à natureza, realizadas nas fazendas. Entre elas estão observação de guarás - ave típica de penas vermelhas -, pesca, a focagem de jacarés e passeios de barco pelos igarapés. Os fãs dos esportes de aventura também se divertem na área com a prática de caminhadas na selva, rafting e ciclismo pelas praias.
foto - Carlos macapuna
As surpresas se fazem presentes também na gastronomia, que tem a carne de búfalo - claro! - como grande destaque. Os pratos mais apreciados são o Filé Marajoara, servido com mussarela de búfala derretida; e o Frito do Vaqueiro, que traz fraldinha ou minguinha (carne da costela) cozidos e acompanhados de pirão de leite. Também merecem destaques o caldo de turu, um molusco típico do mangue; e as suculentas peixadas. Para a sobremesa, aposte nos sorvetes de frutas exóticas como uxi, bacuri, taperebá e cajarana.
foto - ?
Os encantos da região se refletem também na cultura. Uma das heranças mais ricas deixadas pelos índios marajoaras é a bela arte da cerâmica estilizada. Para apreciar os trabalhos, siga para o Museu do Marajó, localizado na modesta Cachoeira do Arari, uma cidadezinha escondida no meio da mata. Construído numa antiga fábrica de óleos, o espaço tem um rico acervo que guarda desde vasos, jarros e utensílios de cozinha à urnas funerárias. Quando o assunto é dança, o carimbó e o lundu surgem absolutos. Autênticos da região, os passos foram inspirados em manifestações de origem africana e indígena.
foto - Carlos Macapuna
A ILHA DE MARAJÓ EH UM DESTES LOCAIS. ÚNICO, EXUBERANTE, CHEIO DE VIDA, COM PAISAGENS INCOMPARÁVEIS E PRAIAS DE AREIA BRANCA. PORÉM, NÃO MUITO CONHECIDO.
foto - Carlos Macapuna
Antes de viajar, escolha bem a época, já que calor e chuvas são características comuns do Pará se intercalam no calendário. No primeiro semestre chove quase todos os dias, alagando campos e florestas e impedindo algumas travessias. A vantagem é que a temperatura fica mais amena.
foto - feriasbrasil.com.br
No resto do ano, no período de seca, os termômetros batem facilmente os 40 graus. O consolo é que a água já baixou e fica mais fácil circular pela região. No mês de julho, agradável e concorrido, os turistas lotam a orla da praia do Pesqueiro.
foto - Nao Lizuka
Aproveite para conhecer réplicas de cerâmica dos marajoara, povo que habitou a ilha há 3 mil anos, e assistir a apresentações de danças tradicionais. Das 12 cidades da ilha, Soure e Salvaterra têm a melhor estrutura turística e acesso mais fácil a partir da capital.
foto - Aldinair
UM LUGAR EXUBERANTE QUE PERTENCE AO ESTADO DO PARÁ.
foto - Carlos Macapuna
Praias desertas de água salobra, igarapés e búfalos por toda a parte. Não seria exagero dizer que a Ilha de Marajó oferece um turismo exótico dentro do Brasil, seja por conta de sua natureza de ilha fluviomarinha ou pelo seu passado de civilização pré-colombiana.
foto - Carlos Macapuna
A maior ilha fluviomarinha do mundo possui 16 municípios. Localiza-se a oeste da foz do rio Amazonas e a leste da Baía do Guajará. Fica a três horas de barco de Belém. A dificuldade de se trafegar por estradas numa região repleta de igarapés e rios faz com que poucos municípios consigam se integrar por estradas
foto - Paulo de Carvalho
Distante 70 km quilômetros de Soure, fica Cachoeira do Arari. A importância do local está na preservação do passado da ilha: aí está o Museu Histórico do Marajó, que possui peças arqueológicas encontradas pelo padre italiano Giovanni Gallo, criador da instituição. É ali também que está a maioria dos tejos
foto - Carlos Macapuna
O artesanato, as comidas e a cultura refletem um pouco o costume do peão local, que habita as grandes fazendas da região. Comidas como o Frito do Vaqueiro e o Filé à Marajoara levam a carne do animal, que tem menos colesterol do que a bovina. O artesanato de couro também é bastante forte na região.
foto - Carlos Macapuna
OPÇÕES DE HOSPEDAGEM / SUGESTÕES NA ILHA DE MARAJÓ, PA
POUSADA DOS GUARÁS
Se disserem a você que o paraíso está na Ilha de Marajó, acredite. E ainda pode aproveitar muito mais na Pousada dos Guarás. O lugar certo para você e sua família passarem momentos inesquecíveis de lazer, aventura e descanso. 
Em plena Ilha de Marajó (Salvaterra), em meio a uma reserva natural, a Pousada dos Guarás oferece a você o contato com todas as belezas da natureza espalhados em mais de 240.000 m².
foto - Divulgação
foto - Divulgação
Você pode fazer seu aniversário, casamento, reunião, encontro etc. aqui na Pousada dos Guarás. Temos toda a estrutura para seu evento hospedagem, transfer, salão de convenções, restaurante, buffet exclusivo, passagens na lancha etc. tudo para seu conforto.
foto - Divulgação
Com 50 apartamentos equipados com todo o conforto possível para você aproveitar com sua família das praias marajoaras, fauna e flora.
foto - Divulgação
Muito bem localizada, a Pousada dos Guarás fica em meio a uma reserva florestal no município de Salvaterra com 240.000m². São 50 apartamentos divididos em chalés sendo 48 apartamentos stand e 02 suíte , com TV, Ar condicionado, frigobar e banheiro com sistema de água quente e fria.
Encontro Vida Ativa promovido pela Pousada dos Guarás em conjunto com outros profissionais visa levar para a "melhor idade" opções de lazer, descontração, dinâmicas, atividades e turismo na Ilha de Marajó
foto - Divulgação
A pousada dos Guarás tem praia privativa para toda sua comodidade. 
foto - Divulgação
foto - Divulgação
No restaurante, a cozinha fica a cargo de chefs especializados em pratos regionais e internacionais. Nos bares você encontra os mais diversos drinks e bebidas regionais.
foto - Divulgação
HOTEL CASARÃO DA AMAZÔNIA
O hotel possui 10 quartos , uma piscina descoberta. Este hotel fornece aos hóspedes transporte de e para o aeroporto, recepção 24 horas e armazenamento de bagagem.
foto - Divulgação
foto - Divulgação
foto - Divulgação
Este hotel para não fumantes fornece uma diversidade de cortesias, incluindo internet sem fio e jardim.
foto - Divulgação
foto - Divulgação
foto - Divulgação
Casarão da Amazônia fornece quartos confortáveis, projetados para acomodar as necessidades de qualquer viajante. Há também uma grande quantidade de quartos desenhados para hospedar famílias. 
O restaurante do hotel é uma opção ideal para aqueles que querem jantar no local.
foto - Divulgação
foto - Divulgação
foto - Divulgação
HOTEL MARAJÓ SOURE
Hóspedes do Hotel Marajó Soure têm acesso a uma diversidade de atividades externas, como caminhada e cavalgada. Armazenamento de bagagem, massagem e salas de reuniões também estão disponíveis aos hóspedes para os hóspedes.
foto - Divulgação
foto - Divulgação
foto - Divulgação
O hotel tem 19 quartos oferecendo o essencial para uma estadia confortável. 
Hotel fornece um bar no local, onde os visitantes são convidados a aproveitar um drink dentro do bar ou ao ar livre.
foto - Divulgação
foto - Divulgação
foto - Divulgação
POUSADA BOTO
Localizada em Salvaterra-Pará, uma das cidades mais importantes do Marajó, A Pousada Boto, com a sua tradição do saber receber, vem sendo orientada pelo SEBRAE, dispondo de uma equipe profissional treinada, capacitada no melhor atendimento e hospedagem de médio porte, garantindo assim aos seus clientes “conforto e bem estar em um lugar encantador”.
foto - Divulgação
A Pousada Boto pratica o turismo sustentável, como apoio sistemático do SEBRAE, nos cursos de capacitação profissional de sua equipe de trabalho.
foto - Divulgação
Estrutura da Pousada
- RECEPÇÃO;
- CAFÉ DA MANHÃ
- ESPAÇO ZEM;
- ESPAÇO DE LAZER;
- ESTACIONAMENTO;
- LAVANDERIA;
- ESPAÇO PARA EVENTOS;
- CHUVEIROS AO AR-LIVRE.
- ACESSO PARA CADEIRANTE.
foto - Divulgação
Lazer:
Para você e sua família desfrutarem, temos várias opções de entretenimento: Salão de jogos internet (wireless), empréstimo de livros, revistas e jornais, como também espaço para “artesanato regional”.
foto - Divulgação
Acomodações
Chalés confortáveis em estilos regionais, avarandados, decorados, completos, climatizados, com tv e frigobar. Foram justamente arquitetados buscando a união entre a natureza e o bem estar de nosso hóspede. Utilizando materiais regionais em sua construção, mantendo a simplicidade e a beleza rústica do Marajó.
As acomodações podem ser em Apartamentos Single, Duplo, Triplo, Quadruplo e Quíntuplo.
foto - Divulgação
Endereço
Av. Alcindo Cacela, esquina com a 5ª Travessa
Salvaterra - Marajó - PA
Reservas: (91) 3765-1539​
Plantão (91) 991587363 - Vivo
foto - Divulgação
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA ILHA DE MARAJÓ, PA
foto - Carlos Macapuna
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br
foto - feriasbrasil.com.br

APAIXONE-SE


fonte / fotos = Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / feriasbrasil.com.br / Divulgação /

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 ESTRADAS BRASILEIRAS QUE VALE A PENA DIRIGIR POR ELAS - Viajar de carro pode ser muito bom, se for por uma dessas estradas. Confira cinco trechos que agradam tanto quanto o destino final de suas férias

CONHEÇA 05 ESTRADAS QUE VALE A PENA VOCÊ VIAJAR DE CARRO POR ELAS. Há quem diga que o importante não é o destino final, e sim o caminho até lá. Em uma viagem de carro, não costuma ser bem assim, considerando o péssimo estado do asfalto de nossas estradas, além do custos do pedágio, motoristas ruins e a falta de uma boa paisagem. Mesmo com todos esses problemas, é possível aproveitar um passeio automotivo pelo Brasil em uma das cinco estradas escolhidas pela Hertz, empresa especializada em aluguel de veículos: Confira ESTRADA REAL / MINAS GERAIS / RIO DE JANEIRO / SÃO PAULO  Também conhecida como Caminho Real, é uma das estradas mais famosas do Brasil, por ser um dos principais pontos turísticos do País. Tem 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Motivos não faltam para visita-la, com um circuito de 179 cidades históricas, passando por belas paisagens formadas pelos trechos de mata atlântica. Tem até atividades fora do carro, como caminhada…

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

ITUIUTABA, MINAS GERAIS - Com vários atrativos turísticos como cachoeiras, trilhas, museu, parques. artesanato regional e a famosa cachaça artesanal

CONHEÇA A CIDADE DE "ITUIUTABA", MINAS GERAIS, BRASIL BEM VINDO A CIDADE DE ITUIUTABA, MG. PORTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO foto - ? População estimada 2016 (1) - 103.945 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.598,046 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 37,40 Código do Município 3134202 Gentílico - ituiutabano Prefeito 2017 / FUED JOSE DIB ORIGEM DO NOME O nome da cidade eh de origem indígena: I - rio, TUIU ­barrento; TABA - povoação, cidade. “Cidade do rio barrento”
Gentílico: ituiutabano HISTÓRICO Ituiutaba é uma fusão de vocábulos tupis que significa "povoação do rio Tijuco". Os primitivos habitantes do município eram ameríndios, pertencentes ao grupo Gê, também chamados caiapós. Uma das tribos que deixaram fama na região foi a dos panariás, muito bem estudada por Alexandre Barbosa, de Uberaba. Por fim ela foi aldeada na atual povoação de São Francisco de Sales, às margens do Rio Grande, no vizinho município de Campina Verde. Os panariás - assinala o his…

MONUMENTO HOLGER DANSKE, DINAMARCA - A tradição diz que a estátua ganhará vida quando a Dinamarca se encontrar em grande perigo e salvará a nação

CONHEÇA O "HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA - HOLGER DANSKE ", DINAMARCA 
Explorar as criptas e catacumbas do Castelo de Kronborg é uma grande experiência. Escondido no porão do castelo, você vai conhecer o dinamarquês Holger (Holger Dansk), uma imponente estátua de pedra. Holger o dinamarquês, é uma figura lendária na cultura dinamarquesa. Se a Dinamarca se encontrar em apuros, ele vai acordar e defendê-la! HOLGER DANSKE, OU HOLGER, O DINAMARQUÊS, É UM HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA. A PRIMEIRA REFERÊNCIA QUE TEMOS SOBRE A SUA EXISTÊNCIA APARECE EM ANTIGOS POEMAS FRANCESES, DE MEADOS DO SÉCULO XI. DE ACORDO COM A LENDA, ERA FILHO DE GODOFREDO, REI DA DINAMARCA. O SEU FILHO FOI MORTO POR CARLOS, O JOVEM, FILHO DE CARLOS MAGNO; EM BUSCA DE VINGANÇA, PROCUROU-O E MATOU-O. SÓ POR POUCO O IMPEDIRAM DE MATAR O PRÓPRIO CARLOS MAGNO. RESISTIU A CARLOS MAGNO DURANTE SETE ANOS, MAS FEZ A PAZ PARA LUTAR AO LADO DELE CONTRA OS SARRACENOS. DURANTE ESSA BATALHA MATOU O GIGANTE BREHUS. OS BARALHOS …

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

CONHEÇA A CIDADE DE "SERRA DO NAVIO", AMAPÁ, BRASIL CONHEÇA A FAMOSA "LAGOA AZUL" DE SERRA DO NAVIO, AP A história da Lagoa Azul se mistura à criação da Serra do Navio e à atividade de exploração na década de 1950 A Amazônia é conhecida pelos rios, igarapés e cachoeiras. Mas, a maioria das pessoas nem imaginam que aqui existam lagoas de águas azul turquesa. A 208 quilômetros de Macapá, capital do Amapá, fica a Lagoa Azul, um paraíso que nasceu de uma mina abandonada. O lugar fica próximo à Vila Serra do Navio, cidade criada na década de 1950 para abrigar os trabalhadores de uma empresa de mineração. A lagoa azul e o passado da história da Serra do Navio estão entrelaçados. De acordo com a prefeitura da cidade, a cor marcante da lagoa, em tom azul anil, acontece por conta dos minérios da região especialmente o carbonato de manganês. O lugar era uma mineração. Hoje é possível chegar até lá através de trilhas ou de carro. A região é cercada por uma floresta tropical. O…

IGUATAMA, MINAS GERAIS - Belo, pacato, acolhedor e cheio de histórias este Porto Real

CONHEÇA A CIDADE DE "IGUATAMA", MINAS GERAIS, BRASIL
Foto - Thymonthy Becker SEJA VOCÊ BEM VINDO A CIDADE DO PORTO REAL. SEJA BEM VINDO A TRANQUILA IGUATAMA. foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 8.182 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 628,200
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 12,78
Código do Município 3130309
Gentílico - iguatamense
Prefeito 2017 / IVONE RODRIGUES LEITE
ORIGEM DO NOME
IGUATAMA É UM NOME DE ORIGEM INDÍGENA "IGUATERAMA" - E SIGNIFICA "ENSEADA DA MINHA TERRA", NUMA CLARA ALUSÃO À CURVA DO RIO SÃO FRANCISCO QUE FICA EM FRENTE À CIDADE.
HISTÓRICO NO INICIO DO SÉCULO PASSADO, O GOVERNO IMPERIAL DETERMINOU A ABERTURA DE UMA ESTRADA QUE LIGASSE OS SERTÕES DE GOIÁS, TRIÂNGULO E OESTE DE MINAS ÀS CAPITAIS DA PROVÍNCIA E DO IMPÉRIO. NO LOCAL ONDE A MESMA CRUZOU O SÃO FRANCISCO, MANDOU INSTALAR UMA BALSA E JÁ EM 1830, HAVIA ALI TAMBÉM UM POSTO FISCAL. OS VIAJANTES PERNOITARAM AS MARGENS DO SÃO FRANCISCO, ONDE MUITOS …

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. (Thymonthy Becker) A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. (Thymonthy Becker) A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das ár…

CARRANCAS, MINAS GERAIS - Um pequeno paraíso conhecido como Terra das Cachoeiras pois possui mais de 120 quedas d'água na Estrada Real. Considerada um dos novos pólos de Ecoturismo, é um lugar ideal para a prática de Montain Bike, Trekking e outros esportes que lhe propiciam o contato com a natureza. Tem o grande poço da esmeralda, além das grutas da toca e da cortina, ainda pode-se observar pinturas rupestres e um escorregador com cerca de dez metros que termina com um divertido mergulho.

CONHEÇA A CIDADE DE "CARRANCAS", MINAS GERAIS, BRASIL

MUITO BEM VINDO AO PARAÍSO. BEM VINDO A CARRANCAS. MINAS EH ISTO E MUITO MAIS. imagem "?" Com mais de 50 cachoeiras, a cidade está voltada para o ecoturismo – suas belas paisagens frequentemente servem de cenário para novelas. Há quedas d’água de fácil acesso, mas as mais bonitas ficam escondidas na mata fechada, aonde só se chega por trilhas (que devem ser percorridas com a ajuda de guia). Entre novembro e março, a chuva torna as cachoeiras perigosas. A maioria das pousadas está próxima de grutas e cachoeiras, e muitas têm piscinas naturais. Foto - ?
POÇO DO CORAÇÃO
O acesso é tranquilo: pegue a Estrada para Itutinga, entre à esquerda após a primeira ponte para chegar ao Complexo da Toca. O carro fica na portaria, e você segue a trilha até o para o escorregador (é bom ponto para banho, ao lado da Gruta da Toca). A partir dele, suba margeando o rio: há vários poços e pequenas quedas até a principal atração local, a …

MONJOLOS, MINAS GERAIS - O município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.

CONHEÇA A CIDADE DE "MONJOLOS", MINAS GERAIS, BRASIL Situada na região central mineira, na Bacia do Rio das Velhas em um vale da Serra do Cabral, Monjolos integra, além da Estrada Real, o Circuito dos Diamantes.  A 265 km da capital mineira, o município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.
Rio Pardinho em Monjolos, MG(Instituto estrada Real)  A Área de Preservação Ambiental do Vale do Fundo apresenta uma densa mata virgem banhada por deleitáveis nascentes e cascatas. Ainda pouco explorada, a Gruta do Pau-Ferro possui grandes galerias com estalactites e estalagmites.  A cidade ainda possui um Centro de Artesanato, onde é exposto e vendido todo o artesanato da região. A Igreja Matriz Nossa Senhora do Livramento, a Ponte Férrea do Rio Pardo e o Monumento a Monjolos também aju…

LEOPOLDINA, MINAS GERAIS - Cachoeiras e trilhas nas Montanhas Mágicas das Minas Gerais

CONHEÇA A CIDADE DE "LEOPOLDINA", MINAS GERAIS, BRASIL  BEM VINDO A CIDADE DE LEOPOLDINA, MG. TERRA DA PALETADA foto - SG Trangel População estimada 2016 (1) - 53.252 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 943,076 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 54,22 Código do Município 3138401 Gentílico - leopoldinense Prefeito 2017 / JOSE ROBERTO DE OLIVEIRA ORIGEM DO NOME Ao ser criado o Município, teve o nome de Leopoldina, em homenagem à, Leopoldina de Bragança e Bourbon, segunda filha de D. Pedro II
Gentílico: leopoldinense HISTÓRICO O topônimo foi uma homenagem à segunda filha de Pedro II, princesa Leopoldina, em substituição ao antigo de "Feijão Cru", quando da criação do município. A primitiva denominação viera dos primórdios do desbravamento, quando os primeiros brancos, em busca de terras fáceis e ótimas, acamparam à margem de um ribeirão; na manhã seguinte, verificaram não ter o cozinheiro da comitiva prestado a devida atenção ao fogo, que se improvisara para af…