Pular para o conteúdo principal

ENTRE RIOS DE MINAS, MINAS GERAIS - Berço do Cavalo Campolina, a cidade tem ruas calmas, belos casarões, cachoeiras e muita beleza na Serra do Gambá




CONHEÇA A CIDADE DE "ENTRE RIOS DE MINAS", MINAS GERAIS, BRASIL DA JANELA DO TREM
A CIDADE
A economia é baseada na agropecuária, sendo grande produtora de leite, milho e de uma cachaça artesanal muito famosa na região. O município é conhecido como berço do Cavalo Campolina e local aonde nasceu Santa Manoelina dos Coqueiros. A atmosfera aconchegante de Entre Rios é proporcionada pelas ruas calmas com casarões conservados, além das lindas arquiteturas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas que tem influências neogóticas, datada de 1928, e do belo prédio do Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910.
foto - pmerm
O TURISMO
O município possui belezas naturais como cachoeiras e serras, e é um lugar propício para a prática de esportes ao ar livre como escalada, voo livre, Mountain Bike, trekking entre outros. Dentre os monumentos naturais destacam-se as cachoeiras do Gordo (18 km. da cidade), dos Faleiros (10 km. da cidade), Coqueiros (12 km. da cidade), do Diniz (12 km. da cidade), da mata (17 km. da cidade), além das serras do Camapuã e do Gambá (esta em sua maior parte fica no município vizinho de Jeceaba), que se destacam no relevo.
foto - pmerm
A cidade apresenta uma grande cultura musical, com diversos talentos da terra. Atualmente a Prefeitura abraça o Projeto tocando em frente, com mais de 40 alunos das escolas rurais que emocionam a todos com sua orquestra de violões. A Banda Nossa Senhora das Brotas também faz parte da tradição da cidade e participa da maior parte das comemorações no município. Ainda existem outros grupos como Coral da Cidade, Seresta Rios ao Luar e várias bandas jovens.
foto - pmerm
Entre Rios de Minas também é famosa pela Festa da Colheita, uma das principais da região. Uma comemoração tradicional, acontece sempre no mês de julho e faz menção aos agradecimentos pela colheita, existe há 54 anos. Além disso existem outros eventos que movimentam o município durante todo ano.
Conheça e se apaixone!
ENTRE RIOS DE MINAS
foto - ?
foto - ?
População estimada 2016 (1) - 15.210
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 456,796
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 31,18
Código do Município 3123908
Gentílico - entrerrianos
Gentílico: entrerrianos
HISTÓRICO
O município de Entre Rios de Minas tem suas origens no século XVIII com a chegada dos portugueses Pedro Domingues e Bartolomeu Machado à região, em 1713. Bartolomeu Machado construiu sua casa no lugar onde se encontra hoje a Fazenda do Engenho. Anos depois, ergueu uma capela em homenagem à Nossa Senhora das Brotas, em torno da qual surgiu o povoado do Bromado, que posteriormente teve seu nome alterado para Brumado do Suaçuí.
Rio Acima, Brumado do Campo, Brumado do Suaçuí, hoje Entre Rios de Minas, tem os primórdios de sua história no alvorecer do século XVII.
A região foi desbravada por bandeirantes. Ainda hoje, nas proximidades do povoado de São José das Mercês, existem ruínas construções atribuídas a estes aventureiros.
Os primeiros moradores nos sítios onde se acha a cidade de Entre Rios de Minas foram os portugueses Bartolomeu Machado Neto e Pedro Domingos, que encantados com a exuberância das terras cobertas de boas pastagens, próprias à agricultura e à pecuária, construíram suas residências à margem direita do rio Brumado.
Tempos depois, mandaram erigir uma capela nas proximidades, capela esta mais tarde demolida para, em seu lugar, surgir a atual matriz da cidade.
O progresso da comunidade e sua localização foram motivados pela existência da capela edificada por Bartolomeu e Pedro Domingos, e a estrada que fazia a ligação entre Queluz (hoje Conselheiro Lafaiete), Ouro Preto, São João Del Rei e Sabará. 
Sendo o município de terras férteis e apresentando grande reserva de manganês, vem progredindo dia a dia, para orgulho dos entrerrienses.
O nome do município vem de 2 rios que o banham: rios Brumado e Camapuã. Nascem no município de Lagoa Dourada, na Serra das Vertentes, correm paralelos banhando as terras que formam o município e se encontram no vizinho município de Jeceaba.
Conforme dístico do brasão municipal "Duco in Altum", conduzir o barco para o alto, Entre Rios de Minas tem nesse dístico o seu ideal, qual seja o progresso sempre crescente.
Gentílico: Entrerriense.
foto - ?
As ruas calmas, com casarões ainda conservados, a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas, de influência neogótica, e o Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910, propiciam à cidade uma atmosfera de aconchego.
Entre Rios de Minas vem se tornando conhecida por sediar importante seleção de cavalos da raça Campolina, criados em Minas e muito apreciados em outros estados.

VISÃO GERAL DA CIDADE DE ENTRE RIOS DE MINAS, MG

foto - ?
O CAVALO CAMPOLINA
Entre Rios de Minas é conhecida nacionalmente como “Berço do Cavalo Campolina”. Esta raça surgiu há mais de 140 anos, na fazenda do Tanque (a sede da fazenda ainda preserva um casarão construído no final do século XIX), após Cassiano Campolina ganhar uma égua de um amigo, chamada Medeia, e esta égua estava cruzada com um cavalo garanhão de Dom Pedro II. Deste cruzamento nasceu então o primeiro cavalo campolina, que foi batizado com o nome de Monarca, em homenagem ao imperador e Cassiano continuou com seus testes a fim de apurar a raça. Ao morrer, em 1904, Cassiano Campolina mediante testamento doou tudo o que tinha para a construção de um hospital com a finalidade então de atender todos os enfermos e necessitados da região. Então em 1910 foi construído o Hospital Cassiano Campolina, que até hoje atende toda a região.
Na Fazenda do Tanque, onde tiveram início os cruzamentos desses animais, preserva-se um belo casarão construído no final do século XIX e áreas com reservas naturais que constituem bonitas paisagens.
O município possui também várias cachoeiras com poços que proporcionam ótimos passeios no verão.
As principais são a dos Coqueiros, a 12 km do centro e a do Gordo, a 18 km.
A economia de Entre Rios de Minas se baseia na pecuária leiteira; e na excelente cachaça, fabricada artesanalmente e famosa na região.
O CORETO DA PRAÇA CENTRAL
foto - ?
Uma festa tradicional de Entre Rios é a de sua Padroeira, Nossa Senhora das Brotas, realizada no dia 15 de agosto. Se você busca sossego, você precisa conhecer Entre Rios de Minas. Aqui tem ótimos restaurantes, com comida típica de toda a região, hotéis e pousadas de ótima qualidade, e é claro, de um descanso em meio a natureza.
AQUI, UMA JANELA DE PEDRA, QUE DÁ UMA VISÃO DA SERRA DO GAMBÁ EM ENTRE RIOS DE MINAS, MG
foto - ?
TREVO COM MONUMENTO AO CAVALO CAMPOLINA
foto - ?
HOSPITAL CAMPOLINA
foto - ?
Entre Rios também tem bastantes atrativos que fazem parte de sua cultura. Existem na comunidade de São José das Mercês as “Ruínas da Casa de Pedra do Gambá”, datadas de 1701 e atribuídas ao bandeirante Fernão Dias, além de sítios de possível interesse arqueológico, remanescentes dos locais em que viveram as tribos dos índios Cataguá.
PRAÇA DA MATRIZ
foto - Fernando Bezerra
FESTA DA COLHEITA
Tradicionalmente acontece na cidade de Entre Rios de Minas a Festa da Colheita, geralmente no último final de semana de julho. A comemoração teve seu início a 54 anos atrás, por iniciativa de Dom José Belvino, então pároco do município, para reunir os fieis das capelas vizinhas e agradecer a Deus tudo o que foi concedido nas lavouras e na pecuária, pedir proteção divina além de trazer a oferenda das nossas colheitas para Nossa Senhoras das Brotas, padroeira da cidade e oferecendo as pessoas mais carentes. Atualmente a festa conta com shows de muita qualidade, exposição de animais, provas funcionais, concursos de marcha, rodeio internacional e é considerada uma das mais tradicionais festas da região. Além de manter viva a cultura e a memória, através da missa da colheita e do desfile de carros de boi e de animais pela cidade, juntamente com outras entidades e grupos do município. Este evento ocorre sempre no domingo, último dia de festa.
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA
foto - ?
CAPELA DE NOSSA SENHORA DA LAPA DE OLHOS D'ÁGUA
A Capela de Nossa Senhora da Lapa de Olhos D’água, pertencente a primeira fase da arte colonial mineira, é uma das mais antigas do Estado, existindo desde o século XVII.
Olhos D’Água situava-se nas imediações de um dos principais caminhos que ligava São João Del Rei à região de Vila Rica. Hoje, a capela e fica localizada no distrito de Serra de Camapuã, a cerca de 20 quilômetros de Entre Rios de Minas. Além de uma obra de arte é também um bem histórico que busca manter a memória de uma população. É considerada um dos templos católicos mais antigos da região que fazia parte da comarca do Rio das Mortes. Tombada no ano de 2000 pelo seu valor histórico e artístico, de acordo com o Dossiê de Tombamento Histórico de Entre Rios de Minas, esse templo é reconhecido pela população de Entre Rios. É uma construção de grande importância histórica e afetiva. Remetem a devoção a Nossa Senhora da Lapa pelos moradores, as antigas festas religiosas, casamentos, batismos e o antigo cemitério no ao lado da capela.
foto - ?
CACHOEIRA DO GORDO E O RIO QUE CORTA A CIDADE
foto - ?
foto - ?
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DE BROTAS
Nossa Senhora das Brotas é a padroeira do município e também dos criadores de gado e fazendeiros. Em Entre Rios a tradição conta que a tradição a santa foi trazida pelos primeiros moradores do município, os portugueses Pedro Domingues e Bartolomeu Machado, e que construíram a capela em sua homenagem. Quase toda a região do Paraopeba se entregou à sua devoção. Frei Agostinho declarou: “Escrevemos os princípios e origem da miraculosa imagem de Nossa Senhora das Brotas ou Abróteas, erva muito medicinal de que se vê povoado e coberto o sítio em que se deu princípio ao seu célebre Santuário. Assim como esta erva medicinal que tem muitas particularidades e virtudes, Maria Santíssima não despreza este título porque ela é a medicina universal em todos os nossos males. O verdadeiro antídoto de todos os venenos”.
Tradicionalmente no dia 15 de agosto a cidade de Entre Rios de Minas comemora a festa de sua padroeira.
foto - ?
foto -  Wikipédia
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
Aqui, uma das ruas da cidade. Veja a beleza das construções
foto - ?
foto - ?
foto - ?
Aqui, uma das construções antigas da cidade. Há muitas delas por aqui
foto - ?
foto - ?
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE ENTRE RIOS DE MINAS, MG
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE ENTRE RIOS DE MINAS, MG

fonte / fotos = IBGE / Wikipédia / Thymonthy Becker / Portal da prefeitura Municipal / Internet / 



Comentários

  1. Os "entrerrienses" que conheci na UFV, em Viçosa, se referiam à cidade como a Mesopotâmia brasileira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante referência. Eh comum aqui fazer referência da cidade a alguma outra cidade do antigo continente ou a cidades do USA.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MERCÊS, MINAS GERAIS - Famosa por seu turismo de eventos, como o Jubileu de Nossa Senhora das Mercês, que acontece na segunda quinzena de setembro; as festividades do Carnaval; Torneio Leiteiro; e Festa da Virada, que movimentam a economia da cidade e da região.

CONHEÇA A CIDADE DE "MERCÊS", MINAS GERAIS, BRASIL SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE MERCÊS, MG. UMA CIDADE ABENÇOADA foto - Thymonthy Becker AQUI O TEMPLO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE DE MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker ESCOLA MUNICIPAL EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DA CIDADE DE MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker IGREJA EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker MATRIZ DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS E SEU INTERIOR EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker HOMENS TRABALHANDO NO TELHADO DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker foto - Thymonthy Becker NA HORA CERTA foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG

CASTELOS ABANDONADOS PELO MUNDO - Conheça fortalezas esquecidas, belíssimos castelos, outrora habitados por reis e príncipes, hoje estão abandonados ao redor do mundo

CONHEÇA OS CASTELOS QUE JÁ FORAM HABITADOS POR REIS E HOJE ESTÃO ABANDONADOS PELO MUNDO CASTELO DE DUNNOTTAR, PERTO DE STONEHAVEN, ABERDEEMSHIRE, ESCÓCIA  Em cima de uma rocha no Mar do Norte, o Castelo de Dunnottar é mais conhecido como o lugar em que eram escondidas as joias da coroa escocesa – A honras de Escócia -, quando Oliver Cromwell invadiu o país em 1650. O lugar foi construído no século XIV  CASTELO DUNLUCE, CONDADO DE ANTRIM, IRLANDA DO NORTE  O castelo foi construído sobre uma rocha de basalto no distante norte da Irlanda, ainda no século VXIII. Mas hoje só restam as ruínas do que foi erguido no século XVI. Dunluce foi o lar de Earl de Antrim até ele ser derrotado por apoiar o rei Católico Jaimes II contra o Protestante William III, na batalha de Boyne, em 1690. Depois disso, o castelo foi se transformando em ruínas. O lugar é cercado por pedras íngremes por todos os lados e só pode ser alcançado por uma ponte. No século XVIII, uma das paredes da ala norte caiu no mar, mas …

CONHEÇA "MACUCO SAFARI" O PASSEIO DE BARCO DENTRO DAS CATARATAS DO IGUAÇU, PARANÁ - Imagine pegar um barco inflável, mas com um motor potentíssimo, e encarar uma das quedas d’água? Foi o que eu fiz! É possível pagar e agendar o passeio na hora e, dependendo da quantidade de turistas, você pode embarcar no mesmo momento

CONHEÇA O "MACUCO SAFARI", UM PASSEIO DE BARCO DENTRO DAS CATARATAS DE IGUAÇU, NO PARANÁ

Estive em Foz do Iguaçu, no Paraná, a convite da Itaipu Binacional. Entre os passeios mais especiais no local sem dúvidas foi o Macuco Safari, que acontece do lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu. Do lado argentino, um passeio similar conhecido como Aventura Náutica é famoso por ser mais radical.  Imagine pegar um barco inflável, mas com um motor potentíssimo, e encarar uma das quedas d’água? Foi o que eu fiz! É possível pagar e agendar o passeio na hora e, dependendo da quantidade de turistas, você pode embarcar no mesmo momento. Para proteger suas coisas, é possível guardá-los em armários disponíveis no front desk ou então no último estágio do passeio, antes de entrar de fato no barco que te leva até as cataratas. Os armários são grandes e, se não estiverem carregando muita coisa, ele acomoda pertences de 3 pessoas.  COMEÇA A AVENTURA PELAS CATARATAS DO IGUAÇU  O Macuco Safari a…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

PORTO COVO, LISBOA, PORTUGAL - Uma vilinha encantadora de pouco mais de mil habitantes, tem um ar vintage, uma combinação de sonho de casas brancas + enseadas de águas transparentes + bons restaurantes

AO SUL DE LISBOA, PORTO COVO É O MELHOR DO VERÃO EM PORTUGAL A rua principal da vila: (acima) pouco mais de mil habitantes (Bruno Barata/Reprodução) A pracinha da cidade, (abaicxo) com barracas de tererê: passeio à moda antiga (Bruno Barata/Reprodução) A Costa Vicentina é um dos segredos mais bem guardados de Portugal: um trecho de cerca de 100 quilômetros de parque natural que margeia o Atlântico de norte a sul unindo os mais bonitos trechos de litoral entre o Alentejo e o Algarve.  Uma região onde os campos de oliveiras chegam quase ao mar, as dunas desenham lindas paisagens e o mar molda baías ora pequeninas, ora extensas, sempre de areias fininhas e águas transparentes.  Casinha típica de Porto Covo: fachada branca e portas e janelas coloridas (Bruno Barata/Reprodução) A Ilha do Pessegueiro, ao sul da vila: inspiração de música (Bruno Barata/Reprodução) Porto Covo, uma vilinha encantadora de pouco mais de mil habitantes, é a primeira parada na região para quem vem de Lisboa (são cerca…

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das áreas produtivas diversificaram suas ati…

GIETHOORN, HOLANDA - Uma cidade que parece ter saído de um cenário de filme. O lugar é uma boa oportunidade para quem estiver pelo país e quiser conhecer algo diferente, romântico, bucólico e charmoso. E as melhores - e únicas - formas de chegar ao centro são de barco, bicicleta ou a pé.

CONHEÇA "GIETHOORN" A CIDADE HOLANDESA QUE NÃO TEM RUAS Uma cidade que parece ter saído de um cenário de filme. É dessa forma que se define Giethoorn, um vilarejo na Holanda. O lugar é uma boa oportunidade para quem estiver pelo país e quiser conhecer algo diferente, romântico, bucólico e charmoso. A melhor parte é que ao se aproximar de Giethoorn, é preciso procurar um lugar para estacionar o seu carro. Você não precisará dele para explorar essa deliciosa cidade. É que lá os automóveis são proibidos de circular e as melhores – e únicas – formas de chegar ao centro são de barco, bicicleta ou a pé.  Localizada no leste da Holanda, Giethoorn (pronuncia-se “Rit-rôrn”, com ênfase nos “r”) foi fundada por refugiados no século XIII. Seus poucos habitantes viveram dias tranquilos até 1958, quando o cineasta Bert Haanstra utilizou o vilarejo como cenário para o filme Fanfare. Com o sucesso da produção cinematográfica, a cidade entrou na mira de turistas do mundo inteiro.  A CIDADE S…

BRELA, CROÁCIA - Uma pequena cidade de águas claras que entrou na lista da Forbes como uma das dez mais belas praias do mundo. Com certeza esse título não foi dado à toa. Localizada entre o mar Adriático e a montanha Biokovo, a água é tão azul que você tem a impressão que vai sair de lá tingido.

CONHEÇA "BRELA", CROÁCIA, O VERDADEIRO PARAÍSO A melhor parte de praticar Parasailing é ver as praias de cima Quem estiver cansado de ficar apenas tomando sol ou dentro da água, existem diversas opções de entretenimento O verão europeu está no auge e com ele as suas praias são invadidas pelos turistas. Ultimamente, a Croácia tem entrado com mais frequência na lista das pessoas que vão ao velho continente. Por que será? A beleza exótica do país é de deixar qualquer um de boca aberta. Porém, muitos esquecem que existem lugares até mais bonitos que as tradicionais praias da Ilha de Hvar.  O RoadTrio escolheu desfrutar de Brela, uma pequena cidade de águas claras que entrou na lista da Forbes como uma das dez mais belas praias do mundo. Com certeza esse título não foi dado à toa. Localizada entre o mar Adriático e a montanha Biokovo, a água é tão azul que você tem a impressão que vai sair de lá tingido.  As praias de Brela são rodeadas de rochas, montanhas e muita vegetação (Foto: …

ARAÇAÍ, MINAS GERAIS - No circuito turístico Guimarães Rosa, com paisagens belíssimas, muita tranqüilidade, povo hospitaleiro e acolhedor e com o melhor carnaval da região

CONHEÇA A CIDADE DE "ARAÇAÍ", MINAS GERAIS, BRASIL Muito tranquila. Perto de uma das maiores grutas do Brasil - A Maquiné - em Cordisburgo - 12 Km de distancia. Vale a pena conferir. Em Araçaí também tem uma lagoa muito bonita com área de lazer com churrasqueiras e duchas, um ótimo lugar para passar o dia com a família.  Por: Fabrício  TRÊS GERAÇÕES EM ARAÇAÍ, MG (asminasgerais.com.br) RUA CENTRAL DA CIDADE DE ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) RUA CENTRAL DA CIDADE DE ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br)
MONUMENTO DENTRO DA FÁBRICA DE FIAÇÃO E TECELAGEM EM ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) ESCOLA MUNICIPAL DE ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) FÁBRICA DE TECIDOS DE ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) FÁBRICA DE TECIDOS DE ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) FINAL DE RUA COM PAISAGEM AO FUNDO EM ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br) PRAÇA CENTRAL DE ARAÇAÍ, MG (Ize Kampus) RUA CENTRAL DA CIDADE DE ARAÇAÍ, MG(asminasgerais.com.br)

CELEBRATION, ORLANDO, USA - Conheça Celebration, em Orlando, a cidade perfeitinha criada pela Disney.

UM PASSEIO POR CELEBRATION, A CIDADE CINEMATOGRÁFICA CRIADA PELA DISNEY O QUE É CELEBRATION, EM ORLANDO?  Walt Disney tinha o sonho de construir uma cidade-modelo futurista chamada EPCOT (Experimental Prototype Community of Tomorrow). Depois de sua morte, a ideia acabou virando o parque temático. Mais tarde, o projeto foi tirado do papel em forma de Celebration, mas bem diferente do que tinha sido pensado pelo Walt: virou um agrupamento urbano perfeitinho que mistura estilos arquitetônicos (vitoriano, colonial, clássico) comuns no norte dos Estados Unidos (até o paisagismo foi pensado com esse fim – ali não tem as palmeiras típicas da Flórida, e sim carvalhos e pinheiros), inaugurado em 1994.  Casas bonitonas são organizadas ao redor de um centrinho compacto com um lago, entre calçadas arborizadas e plataformas e caminhos que correm entre os pântanos (onde por vezes você vê um jacaré tomando sol). Cerca de 9 mil pessoas vivem ali hoje – uma das casas pertence a ninguém menos que Silvi…