RIO DOCE, MINAS GERAIS - Em 6 de setembro de 2013 a cidade completou 127 anos de inauguração da Estação da Estrada de Ferro Leopoldina. Estação Rio Doce. Quando os primeiros trilhos chegaram à localidade seu nome era Perobas, madeira abundante na época. Como, próximo dali, estava o encontro dos rios do Carmo e Piranga marcando, tradicionalmente, o início do rio Doce, decidiram os responsáveis pela construção da ferrovia dar este nome à estação. Nascia Rio Doce a 6 de setembro de 1886, suas primeiras ruas traçadas, na prancheta e na terra, por engenheiros e operários da Leopoldina




CONHEÇA A CIDADE DE "RIO DOCE", MINAS GERAIS, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
Em 6 de setembro de 2013 a cidade completou 127 anos de inauguração da Estação da Estrada de Ferro Leopoldina. Estação Rio Doce. Quando os primeiros trilhos chegaram à localidade seu nome era Perobas, madeira abundante na época. Como, próximo dali, estava o encontro dos rios do Carmo e Piranga marcando, tradicionalmente, o início do rio Doce, decidiram os responsáveis pela construção da ferrovia dar este nome à estação. Nascia Rio Doce a 6 de setembro de 1886, suas primeiras ruas traçadas, na prancheta e na terra, por engenheiros e operários da Leopoldina. (Prefeitura Municipal)
Praça central da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Desde o princípio a ferrovia foi importante para a região, o ramal que vinha do Rio de Janeiro encerrava-se em Dom Silvério, cerca de 16 km adiante. Famílias de ferroviários se formaram e cresceram em Rio Doce. Levas de imigrantes – italianos, espanhóis, portugueses e libaneses – chegavam pelos trilhos. O povoado transformou-se em Vila, depois Distrito (primeiro de Mariana, posteriormente de Ponte Nova) até se emancipar em 3 de março de 1963. (Prefeitura Municipal)
Campo de Futebol da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Entorno da antiga estação ferroviária da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Região da Estação Ferroviária de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Região da Estação Ferroviária de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Região central da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Usina hidrelétrica da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Cachoeira da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Igreja Matriz da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Praça central da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Rua da cidade de Rio Doce, MG (Ducaramba)
Vista do centro da cidade de Rio Doce, MG (Ducaramba)
Rua da cidade de Rio Doce, MG (Ducaramba)
Entrada da cidade de Rio Doce, MG (Milton Brigoline)
Usina Hidrelétrica da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
A cidade de Rio Doce, MG encravada nas montanhas de Minas (Prefeitura Municipal)
A cidade de Rio Doce, MG encravada nas montanhas de Minas (Prefeitura Municipal)
Área de esportes da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Prefeitura Municipal da cidade de Rio Doce, MG (Ducaramba)
Antiga Estação Ferroviária de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Casarão da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Jipeiros trilhando na região de Rio Doce, MG (Ducaramba)
Vista parcial da cidade de Rio Doce, MG (Ducaramba)
Vista aérea da cidade de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Igreja matriz de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Estação Ferroviária de Rio Doce, MG (Prefeitura Municipal)
Código do Município - 3155009 
Gentílico - rio-docense 
Prefeito 2017 / SILVÉRIO JOAQUIM APARECIDO DA LUZ 
População estimada [2017] - 2.623 pessoas 
População no último censo [2010] - 2.465 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 21,99 hab/km² 
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015] - 1,6 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2015] - 283 pessoas 
População ocupada [2015] - 10,9 % 
Área da unidade territorial [2016] - 112,094 km² 
Esgotamento sanitário adequado [2010] - 74,2 % 
Arborização de vias públicas [2010] - 66,1 % 
Urbanização de vias públicas [2010] - 84,6 % 
HISTÓRICO DA CIDADE DE RIO DOCE, MINAS GERAIS
História 
Rio Doce Minas Gerais - MG 
Histórico 
O povoamento da região se inicia na primeira metade do século XVIII. Em 1745 foi criada a primitiva capela de Santana do Deserto, nas terras de Dona Luiza de Souza e Oliveira, viúva do bandeirante Matias Barbosa que, dez anos antes, organizara expedição para explorar as matas do Vale do Rio Doce. 
A localidade de Rio Doce é relativamente nova. Toda a região do Vale do Rio Doce, por circunstâncias diversas, foi mais intensamente povoada no século XIX, quando foram distribuídas, de 1825 a 1827, 239 sesmarias. De acordo com o Cônego Raimundo Trindade, eminente historiador mineiro, o primeiro nome do local era Perobas – madeira abundante na época. Somente em 1887 foi mudado para Rio Doce, nome da estação local da estrada de ferro Leopoldina. 
Ainda segundo o Cônego Trindade, “Rio Doce foi fundada por Antônio da Conceição Saraiva em 1884, ano em que foi benzida sua capela”. Antônio Saraiva viera do Rio de Janeiro, contratado para trabalhar na construção da estrada de ferro. A Estação de Rio Doce, então distrito de Mariana, foi oficialmente inaugurada em 20 de setembro de 1886. O arraial começava a crescer, o comércio era ativo. 
Em 1890, o distrito foi transferido para o município de Ponte Nova. Nas duas décadas seguintes começam a chegar imigrantes: espanhóis, italianos e novos portugueses. Já nos anos 20 do século passado, chegaram turcos e libaneses. A agricultura era a principal atividade, com extensas culturas de café, milho, feijão e fumo. 
Gentílico: rio-docense
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE DE RIO DOCE, MINAS GERAIS

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE


Fonte dos textos e fotos: IBGE / Becker Thymonthy / Governo de Rio Doce / Wikipédia / 

Comentários


  1. Fotos /artigo /informações sensacionais .
    Excelente matéria
    Minas Gerais ,quero mais lugares ,para visitar .
    Vou aguardar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Menina. A ideia eh colocar todas as cidades e lugares de Minas, bem como os pontos turísticos. Agradeço por nos acompanhar. Abraços e tudo de bom para Você.

      Excluir

Postar um comentário

VALEU POR VIAJAR COM A GENTE