Pular para o conteúdo principal

CAETÉ, MINAS GERAIS - Cercada pelas serras e densa vegetação, Caeté proporciona um clima aprazível para se viver e para a prática de atividades de ecoturismo e turismo de aventura, tendo grande tradição no arvorismo. Foi citada pela Revista Veja como um dos nove principais destinos do Brasil para a prática de esportes radicais




CONHEÇA A CIDADE DE "CAETÉ", MINAS GERAIS, BRASIL
Situada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a 60 km da capital mineira, a história da cidade de Caeté teve início no ciclo do ouro, guardando importantes episódios, como a guerra civil dos Emboabas, disputa entre paulistas e portugueses que almejavam a posse das minas.
Compondo a paisagem do município, está a Serra da Piedade, importantíssimo marco histórico, religioso, paisagístico e turístico, hoje patrimônio natural do Estado.
Cercada pelas serras e densa vegetação, Caeté proporciona um clima aprazível para se viver e para a prática de atividades de ecoturismo e turismo de aventura, tendo grande tradição no arvorismo.
Foi citada pela Revista Veja como um dos nove principais destinos do Brasil para a prática de esportes radicais. 
Região central da cidade de Caeté, MG (Instituto Estrada Real / pousadinhas.com.br)
A pequena Caeté faz parte do Circuito do Ouro e da Estrada Real. É um destino conhecido pelo turismo religioso e turismo de aventura. Caeté possui atrações de grande valor histórico como igrejas, museus e casarões, além de ser considerada uma das melhores regiões para prática de esportes radicais do país com parques, cachoeiras e montanhas. Confira os pontos turísticos de Caeté!
Confira a seguir as principais atrações e lista de pontos turísticos dessa encantadora cidade de Minas Gerais. (pousadinhas.com.br)
PEDRA BRANCA, DE ONDE SE PODE VER TODA A CIDADE E A SERRA DA PIEDADE, EM ABAETÉ, MG
SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE EM CAETÉ, MG
O santuário está localizado em outra atração turística da região e Patrimônio Natural do Estado: a Serra da Piedade. A bela ermida leva o nome da Padroeira de Minas Gerais e tem quase 240 anos. Localizada a 16 km da cidade, no topo da serra, mais precisamente a 1.746 metros de altitude, proporciona uma vista de 360º das montanhas e cidades ao redor.
Reinaugurada em 2014 após quase um ano de trabalho de restauração, abriga a escultura de Nossa Senhora da Piedade com Jesus nos braços, obra de Aleijadinho e principal atrativo da capela que leva milhares de fiéis a visitá-la. (pousadinhas.com.br / Pe Miguel Ângelo)
O local possui outras atrações turísticas interessantes como o Calvário, a Cripta São José, a Praça Cardeal Mota, o Observatório Frei Rosário, a Igreja Nova das Romarias, a Via Sacra, a Biblioteca e a Praça Alcides da Rocha Miranda, inaugurada em julho de 2015 com cerca de três mil metros quadrados, parte do projeto de revitalização do santuário.
E não para por aí, tem ainda um restaurante com vista panorâmica incrível sobre a serra, lojinha, cafeteria e a Casa dos Peregrinos Dom Silvério para quem quiser se hospedar. O Santuário fica aberto para visitação durante todos os dias da semana, das 7h às 18h.
Endereço: Alto da Serra da Piedade, s/nº – Caeté – MG.
Telefones: (31) 3651-6335 / 3651-6784 / 3651-4695
Funcionamento: 7h às 18h (pousadinhas.com.br)
IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DO BOM SUCESSO EM CAETÉ, MG
Considerada uma das mais belas igrejas de Minas e a primeira do estado a ser construída em alvenaria, a Nossa Senhora do Bom Sucesso, padroeira da cidade, está localizada na praça principal de Caeté. Tombada pelo IPHAN, a matriz é um lindo exemplar do estilo barroco, atrativo turístico imperdível pela beleza da arquitetura, esculturas, obras de Aleijadinho, detalhes entalhados e revestidos de ouro nos oito altares e pinturas no teto. Partes do edifício como a fachada e o altar-mor foram projetadas pelo pai de Aleijadinho, Manoel Francisco Lisboa.
Em frente à igreja fica outra atração de valor histórico: o Pelourinho, um marco da fundação da cidade. A construção de 1722 foi o lugar onde os escravos e presos eram castigados.
Endereço: Praça João Pinheiro, s/n – Centro – Caeté – MG.
Telefone: (31) 3651-8213 (pousadinhas.com.br / Luis Macedo)
IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO E CEMITÉRIO SECULAR EM CAETÉ, MG
A igreja está localizada no alto de uma colina de onde se tem uma bela vista da cidade. O terreno é todo murado e abriga um cemitério, onde estão os túmulos de João Pinheiro da Silva e Israel Pinheiro da Silva, políticos importantes da época. Apesar de pequena tem grande riqueza com destaque para os altares do arco-cruzeiro, a oratória e as pinturas do Mestre Ataíde.
Endereço: Rua Bonfim, s/nº – Centro.
Telefone: (31) 3651-460 (pousadinhas.com.br / TripAdvisor / momentospelomundo.com)

MUSEU REGIONAL DA CIDADE DE CAETÉ, MG
O museu está instalado em um sobrado do período colonial que pertenceu, entre outros, ao Barão de Cocais. Após uma restauração abriu como museu em 1979 e desde então é um ponto turístico muito visitado. O acervo conta com 315 peças, entre as quais, mobiliários mineiros dos séculos XVIII e XIX, um relógio de pêndulo de três metros de altura, peças de arte popular, símbolos da Paixão de Cristo, carrancas, porcelanas, pinturas. Os objetos estão divididos em dois andares e um pátio externo, onde também acontecem atividades culturais.
Endereço: Rua Israel Pinheiro, 176 – Centro.
Funcionamento: de Terça a Domingo: 12h – 17h.
Mais informações: (31) 3651-2388 (pousadinhas.com.br / conhecendomuseus.com.br)
MUSEU DA CACHAÇA DA CIDADE DE CAETÉ, MG
O acervo do museu conta com mais de oito mil garrafas entre rótulos tradicionais, da década de 30, datas comemorativas. Além de raridades como a Monjopina, a primeira marca de cachaça do país, de 1756. O museu conta a origem e como é a fabricação da bebida. Para visitação é preciso fazer o agendamento.
Endereço: Estrada Fazenda do Ouro Fino – Sítio Vale do Ipê – 5 km.
Funcionamento: Sábado e domingo, das 11h às 18h.
Entrada: somente com agendamento.
Telefone: (31) 3651-8757 (pousadinhas.com.br / Thaynara Rezende / Miguel Pereira)

MUSEU CASA DE JOÃO PINHEIRO E ISRAEL PINHEIRO EM CAETÉ, MG
O museu, fundado pela viúva de Israel, está localizado em um belo casarão do século XVIII pertencente a personalidades da época como o Barão de Cocais e adquirida por João Pinheiro no ano de 1893. Conhecido como Solar do Tinoco abriga o arquivo da família Pinheiro de grande influência política da época, além do arquivo histórico da cidade de Caeté. O acervo conta com fotografias, móveis, documentos, obras de arte. A própria casa branca com portas e janelas azuis cercadas por uma área de Mata Atlântica é atrativo turístico da cidade.
Endereço: Praça Paulo Pinheiro da Silva, 01 – Centro – Caeté/MG.
Telefone: (31) 3651-1024 (pousadinhas.com.br / circuitodoouro.tur.br)
MUSEU FARMÁCIA IDEAL NA CIDADE DE CAETÉ, MG
O pequeno museu fica no interior da Ideal Farmácia e Perfumaria, pertencente à mesma família desde 1918. O proprietário, Sr. Antônio Maria Claret Chagas, mostra com orgulho os objetos usados antigamente como o capsulador para fazer cápsulas, o piluleiro para as pílulas, fogareiro a álcool, a placa em madeira da Pharmacia Ideal e a imagem de Cristo farmacêutico, presente trazido do Museu de Hamburgo, na Alemanha, por um amigo.
Endereço: Av. Vicente C. Borges, 561 – José Brandão – Caeté.
Telefone: (31) 3651-1700 (pousadinhas.com.br / TripAdivisor)
CACHOEIRA DE SANTO ANTÔNIO EM CAETÉ, MG
Principal atração turística natural da região, a cachoeira está localizada no distrito de Morro Vermelho a aproximadamente 40 km de Caeté. É ponto turístico também para quem gosta de turismo de aventura e ecoturismo. A piscina que se forma pela queda d’água de cerca de 30 metros entre dois paredões de pedras, tem um tom verde esmeralda convidativo para aquele mergulho sem hora de voltar.
Endereço: Distrito de Morro Vermelho.
Como chegar: 
Via Estrada Pará Fazenda Vargem do Lima são 45 km. A estrada para a cachoeira é de terra com cerca de 10 km. Jipes, motos e bicicletas chegam até o local, mas carros tem que parar a 750 metros da cachoeira.
Telefone: (31) 3651-8053 (pousadinhas.com.br)
CANELA DE EMA ADVENTURE PARK DA CIDADE DE CAETÉ, MG
O parque, cujo nome é devido à linda planta canela-de-ema na cor violeta, está localizado a aproximadamente 65 km de Caeté. É uma atração turística tanto para quem quer relaxar em meio à natureza quanto para os amantes de esportes radicais. Possui diversas atividades como arvorismo, tirolesa, canoagem, rapel, slackline, trekking e até uma escalada na parede rochosa da Serra do Espinhaço que chega a 300 metros de altura. O restaurante do local é de fogão à lenha e decoração rústica com 1.400 m². Veja o clima em Caeté e programe sua viagem para um época propícia a atividades ao ar livre!
Endereço: Estrada Caeté – Barão de Cocais, Km 3.5 – Água Limpa, Caeté – MG.
Telefones:
(31) 3234-0344 ou (31) 9642-2006 (Segunda a Sexta – horário comercial) e
(31) 9662-2006 (Finais de semana e feriados)
Funcionamento: das 9h às 17h. Algumas atividades das 9h às 14h.
Entrada: preços variam conforme o pacote ou a atividade. (posadinhas.com.br)
SERRA DA PIEDADE EM CAETÉ, MG
Uma estrada sinuosa leva até o topo, onde está o santuário (1767/1804). Há duas igrejas, uma delas com imagem de Nossa Senhora da Piedade atribuída a Aleijadinho – o local recebe romeiros entre o dia 15/08 de Nossa Senhora da Piedade e início de setembro.
Horário de funcionamento
Das 7h às 19h.
Endereço: Acesso pela MG-435, 19 km 
Telefone: (31) 3651-8053 (viagemeturismo.abril.com.br / blog do JB)

Paulo Yuji Takarada
 (Luís Macedo)
 (Luís Macedo)

 (Luís Macedo)
 (Prefeitura Municipal)
Aposto que você não sabia que Caeté possui tanto encantos, não é mesmo? Agora faça a reserva em uma pousada e parta para conhecer esta maravilha do interior de Minas! (pousadinhas.com.br)
Aqui o Distrito de Morro Vermelho em Caeté, MG (viagemeturismo.abril.com.br)
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA CIDADE DE CAETÉ, MINAS GERAIS
TRADICIONAL CORETO DA PRAÇA (Paulo Yuji Takarada)
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE DE CAETÉ, MG (Luís Macedo)
CHAFARIZ EM CAETÉ, MG (Paulo Yuji Takarada / Luís Macedo)

SOLAR DO TINOCO  EM CAETÉ, MG (Luís Macedo)
SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAETÉ, MG (Luís Macedo)
PREFEITURA E CASARÃO EM CAETÉ, MG (Paulo Yuji Takarada)
PELOURINHO DA CIDADE DE CAETÉ, MG (Luís Macedo)
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO BONSUCESSO, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA PRAÇA EM CAETÉ, MG (Paulo Yuji Takarada)


IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO E SEU INTERIOR EM CAETÉ, MG (Luís Macedo)

IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM CAETÉ, MG (Luís Macedo)
IGREJA DE SANTA FRUTUOSA EM CAETÉ, MG (Luís Macedo)
IGREJA DE SÃO FRANCISCO NA CIDADE DE CAETÉ, MG (Luís Macedo)
VISÃO GERAL DA CIDADE DE CAETÉ, MG (Luís Macedo)
Rua da cidade de Caeté, MG (Luís Macedo)
Martriz da cidade de Caeté, MG (Prefeitura Municipal)
Rua da cidade de Caeté, MG (Luís Macedo)
Vista parcial da cidade de Caeté, MG (Wikipédia)
Rua central da cidade de Caeté, MG (Luís Macedo)
Praça da cidade de Caeté, MG (Paulo Yuji Takarada)
Rua de Caeté, MG (Luís Macedo)
Região central de Caeté, MG (Luís Macedo)
Rua da igreja em Caeté, MG (Luís Macedo)
Rua da cidade de Caeté, MG (Luís Macedo)
Vista da Serra da Piedade Em caeté, MG (Luís Macedo)
ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE CAETÉ, MG (Luís Macedo)
IGREJA DE SANTO ANTÔNIO NO DISTRITO DE ANTÔNIO DOS SANTOS EM CAETÉ, MG (Luís Macedo)
Código do Município - 3110004
Gentílico - Caeteense
Prefeito 2017 / LUCAS COELHO FERREIRA
População estimada [2016] - 44.066 pessoas 
População no último censo [2010] - 40.750 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 75,11 hab/km²
O município tinha 40750 habitantes no último Censo. Isso coloca o município na posição 79 dentre 853 do mesmo estado. Em comparação com outros municípios do Brasil, fica na posição 742 dentre 5570
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2014] - 2 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2014] - 6.482 pessoas 
População ocupada [2014] - 14,9 % 
Área da unidade territorial [2016] - 542,531 km² 
Esgotamento sanitário adequado [2010] - 83,3 % 
Arborização de vias públicas [2010] -55,9 % 
Urbanização de vias públicas [2010] - 16,3 % 
HISTÓRICO DO MUNICÍPIO DE CAETÉ, MG
Aspectos Históricos 
AS PRIMEIRAS entradas que desbravaram o planalto mineiro se realizaram no início do século XVII destacando-se a de André de Leão, as nascentes do rio São Francisco (1601-1602), e a de Nicolau Barreto a bacia do rio das Velhas (1602). A primeira a devassar a região de Caeté teria sido a de Lourenço Caetano Taques, como o indica a Carta Régia datada de 23 de março de 1664, ao louvar Taques pelos serviços prestados na descoberta das 'Minas de Cataguás' e dos 'Sertões de Caeté'. Deve-se fixar o ano de 1663, ou talvez o de 1662, como o da penetração de Taques na região caetèense. 
A Taques, sucedeu na exploração do sertão de Caeté, Antônio Rodrigues Arzão, que conseguiu extrair de seu solo apreciável quantidade de ouro e que, ao abandonar a região, Iegou a um cunhado, Bartolomeu Bueno, os seus descobertos. 
Estas entradas foram precursoras das bandeiras, expedições que completaram o desbravamento de toda região planaltina mineira, deixando sua marca não só em suas linhas de penetração, mais tarde transformadas em caminhos e estradas, como ainda no estabelecimento de pousos, origem, muitas vezes. de futuros núcleos de população. A mais importante para a região planaltina mineira, foi a de Fernão Dias Pais - o caçador de esmeraldas - que esquadrinhou os sertões durante sete anos (1674-1681), abriu inúmeros caminhos e a primeira ligação sul-norte entre São Paulo e a Bahia, antes de falecer as margens do rio das Velhas, em 1681. A exploração da zona deste rio e do Caeté - encosta ocidental do Espinhaço - iniciou-se quando Manuel de Borba Gato fundou, no sertão de Saburuçu, um arraial que daria origem a futura Vila (Real de Nossa Senhora da Conceição) de Sabará. 
A primeira bandeira a pisar o solo do atual Município teria sido a do paulista Leonardo Nardez (1701), que é citado pelo naturalista, geólogo e engenheiro de minas, Guilherme von Eschwege, em sua obra 'Pluto Brasiliensis', como 'descobridor de Caeté'. Também o historiador Rodolfo Jaco; diz: 'subindo pelo rio Sabará ao longo da serra alcantilada e depois por um dos seus galhos, Nardez e seus companheiros encontrando boa pista, vieram pousar entre colinas plácidas a margem de um ribeirão, cuja fonte próxima depararam a boca da mata espessa (Caeté), que orlava então a encosta da serra divisória do rio Doce. Daí, o nome dado ao regato pelos índios ou pelos próprios invasores e, por estes, depois ao pequeno arraial que levantaram.' 
Não tardou muito que a descoberta de ouro em Caeté se fizesse conhecida em toda Colônia e atraísse levas de paulistas e forasteiros do litoral brasileiro e do Reino, vindos sobretudo da Bahia pelo rio São Francisco, ficando o arraial já em 1704 muito povoado. Entre os seus primeiros povoadores, citam-se Frei Simão de Santa Teresa, que deu início, em 1704, a construção da igreja do Rosário; e Manuel Nunes Viana, estabelecido no sopé da serra da Piedade, onde extraiu 50 arrobas de ouro, riqueza igual a que Borba Gato acumulara em Sabarabuçu (Sabará). O reinol, Nunes Vieira, foi propagador da Chamada 'guerra dos emboabas' no arraial de Caeté, chegando em 1708 a guindar-se a liderança do movimento e proclamar-se 'ditador supremo das Minas'. O regime rebelde só teve fim em 1709. 
Pacificada as Minas Gerais, Caeté evoluiu rapidamente, sendo elevada a Vila Nova da Rainha do Caeté em 1714. 
Ainda repercutiam as solenidades da instalação da nova Vila, quando o povo do Morro Vermelho e da Vila se rebelou, em 1715, contra a cobrança do quinto do ouro por bateia , recomendada em tres cartas régias de novembro de 1714, processo fiscal vexatório que irritou o povo oprimido. 
Sufocado o levante do Môrro Vermelho, a Vila Nova da Rainha caiu em sensível desânimo, em parte devido às usurpações da Metrópole, mas principalmente em decorrência da exaustação dos aviões auríferos. Em 1833, em conseqüência de sua participação na revolta militar de Ouro Preto, Caeté teve seus foros de vila suprimidos, só restaurados em 1840, com a denominação de Caeté. 
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE CAETÉ, MINAS GERAIS
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE DE CAETÉ, MINAS GERAIS

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE



Fonte / Fotos = IBGE / Thymonthy Becker / viagemeturismo.abril.com.br / Wikipédia / Instituto Estrada real / pousadinhas.com.br / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA - O elegante desenho urbano estabelecido sobre uma extensa rede de canais e ilhotas é repleto de edifícios barrocos, palácios extravagantes e igrejas luxuosas. Os óbvios destaques são o Museu Hermitage, um dos melhores do planeta em arte ocidental, o Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo, mas boa parte da diversão está em caminhar por suas agradáveis ruas e canais.

CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO PETERSBURGO", RÚSSIA - CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO 2018 DE FUTEBOL DA LIGA FIFA Palácio Mariinsky, sede da Assembleia Legislativa e Petersburgo, Rússia Fortaleza de São Pedro e São Paulo em São Petersburgo, Rússia Estação Chornaya Rechka em São Petersburgo, Rússia Quando ainda não era conhecido como O Grande, o jovem príncipe Pedro passava boa parte de seu tempo entre homens do povo, absorvendo ideias que vinham de terras distantes e despendendo tempo construindo barcos e criando estratégias militares com seus exércitos de brinquedo. Quando ele se tornou o czar de todas as Rússias, hábil general e o homem que tirou o país da era medieval, resolveu construir uma nova capital, moderna e com refinados ares europeus, num grande pântano no Báltico. Nascia São Petersburgo. Renomeada Petrogrado e posteriormente Leningrado, quando a perestroika de Mikhail Gorbachev acelerou a queda do comunismo o nome original retornaria aos mapas.  O Palácio de Catarina, co…

CONHEÇA A MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, EM DUBAI - Com 201 metros de altura, terá capacidade para 1.400 passageiros em 48 cápsulas. Toda terá 9 mil toneladas de aço, o que é mais do que a Torre Eiffel e pesará mais do que o equivalente a oito Airbus A380s.

CONHEÇA A "MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO", DUBAI, EMIRADOS ÁRABES UNIDOS A maior roda gigante do mundo está sendo construída em Dubai, a Ain Dubai ('Ayn' é a decima sexta letra do alfabeto árabe, e é traduzida como 'olho'). O olho de Dubai com 201 metros irá superar os 165 metros do Singapore Flyer, atualmente a mais alta roda-gigante do mundo.  Com vistas panorâmicas sobre a costa de Dubai, incluindo o Burj Al Arab, a Palm Jumeirah e o Burj Khalifa, o projeto incluirá áreas de entretenimento, com uma variedade de lojas e restaurantes, um hotel de luxo cinco estrelas e edifícios residenciais privados.  A roda gigante faz parte do projeto Bluewaters Island e os responsáveis pelo seu desenvolvimento esperam atrair mais de 3 milhões de visitantes por ano.  O complexo de 1 bilhão será construído perto Jumeirah Beach Residence, ligado à beira mar por uma ponte de pedestres e ao continente por uma ponte de Sheikh Zayed Road, com um sistema de teleférico para o transp…

BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS - Inspirada nas cidades de Paris e Washington, com largas avenidas, ruas simétricas e arborizadas, Belo Horizonte foi planejada a partir de uma nova concepção estética urbana

CONHEÇA A CIDADE DE "BELO HORIZONTE", CAPITAL DAS MINAS GERAIS, BRASIL
MINEIRÃO E MINEIRINHO NA PAMPULHA EM BELO HORIZONTE, MG SEJA BEM VINDO A CAPITAL DA MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A BELO HORIZONTE. A CIDADE JARDIM imagem - Paulo Yuji Takarada ROTEIRO IDEAL PARA UM FIM DE SEMANA EM BELO HORIZONTE, MG Belo Horizonte é uma cidade que mistura modernidade com ares de interior. Localizada entre montanhas, rodeada por cachoeiras e cidades históricas, a capital de Minas Gerais conta com um valioso patrimônio arquitetônico que mistura construções clássicas e as linhas curvilíneas de Oscar Niemeyer. Suas praças dividem o espaço com ótimos museus, como o Memorial Minas Gerais – Vale, que mal se instalou na Praça da Liberdade e já recebeu o prêmio de Novidade do Ano no GUIA QUATRO RODAS Brasil. Projetada por Niemeyer, a Casa do Baile faz parte do Complexo Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Acervo Setur-MG) A gastronomia não fica de fora. Tem pra todos os gostos…

CAMPO GRANDE, MATO GROSSO DO SUL - Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás)

CONHEÇA A CIDADE DE "CAMPO GRANDE", MATO GROSSO DO SUL, BRASIL Vista parcial da cidade de Campo Grande, MS (Wikipédia) Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás). A temática pantaneira está presente nas pinturas que decoram alguns prédios e na gastronomia. Imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses também deixaram sua marca. O fuso horário marca uma hora a menos em relação a Brasília.  Polo de turismo de negócios, campo Grande surpreende por ser planejada, com trânsito organizado, muitas áreas verdes e vida social agitada (Tiago Moser) TREM DO PANTANAL Apesar do nome, o passeio entre Campo Grande (saídas aos sábados às 8h) e Miranda (chegada às 18h) não chega a explorar as paisagens típicas do Pantanal. A parada em Aquidauana está reservada para o almoço e, em Taunay e Piraputanga, há venda de artesanato. O trecho de volta, entre Miranda e C…

CURITIBA, PARANÁ - Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba se comparada à maioria das outras capitais do Brasil. É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos

CONHEÇA A CIDADE DE "CURITIBA", PARANÁ, BRASIL Seu povo, um admirável cadinho que reuniu estrangeiros de todas as partes do mundo e brasileiros de todos os recantos, ensina no dia-a-dia a arte do encontro e da convivência. Curitiba renasce a cada dia com a esperança e o trabalho nas veias, como nas alvoradas de seus pioneiros.  Cadeia de Montanhas da Serra do Mar vista do centro de Curitiba (Wikipédia) ROTEIRO PARA 48 HORAS EM CURITIBA COM MUSEUS, PARQUES E RESTAURANTES Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba (PR), se comparada à maioria das outras capitais do Brasil.  É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos.  Iluminação cênica do Paço da Liberdade em Curitiba, PR (Orlando Kissner/SMCS) No charme das construções e na gastronomia, o visitante sente a forte influência cultural da imigração europeia –…

JAÍBA, MINAS GERAIS - Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba tem um grande e ainda pouco explorado potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar

CONHEÇA A CIDADE DE "JAÍBA", MINAS GERAIS, BRASIL Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba localiza-se no norte do Estado de Minas Gerais, a 629 km da capital Belo Horizonte e a 207 km de Montes Claros, maior cidade da região. Jaíba está numa região de clima quente, relevo predominantemente plano e um grande e ainda pouco explorado seu potencial energia solar.  A região de Jaíba possui destaque em termos de seu potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar, segundo o Atlas Solarimétrico de Minas Gerais (2012). É, ainda, uma das melhores regiões do país neste quesito. (Jaíba Solar)   Sada Bioenergética em Jaíba, MG (Igreja Assembléia de Deus) Rua central de Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Ribeirão em Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Estação de Bombeamento do projeto Jaíba em Jaíba, MG (prefeitura Municipal) Hospital 2 irmãos na cidade de Jaíba, MG (Eric Micael) Entorno da cidade de Jaíba, MG (Prefeitura Munici…

ALASKA, ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA - O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas e florestas

CONHEÇA O "ALASKA", USA,  E SAIBA O QUE TEM DE BOM SE PARA FAZER LÁ Conheça nosso roteiro para conhecer umas das regiões mais quentes no roteiro turismo americano - mesmo com as baixas temperaturas O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas, florestas: ao mesmo tempo que sua paisagem natural é uma das mais remotas e selvagens do planeta, ela é facilmente alcançada por voos abundantes, cruzeiros confortáveis com múltiplos roteiros que transitam pela costa (maior do que a do resto dos EUA inteiro somada) e a Alaska Highway, uma rodovia ampla e moderna que percorre mais de 2 mil quilômetros. E não, não é tão gelado quando a gente imagina: no verão, o termômetro pode bater até 30 graus.  COMO CHEGAR NO ALASKA Com a American Airline…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

SILVEIRÂNIA, MINAS GERAIS - Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.

CONHEÇA A CIDADE DE "SILVEIRÂNIA", MINAS GERAIS, BRASIL Conheça a história do pico mais alto da região, que faz parte da derivação da Serra da Mantiqueira e se destaca como acidente natural, contribuindo para composição de embelezamento de uma região que já é linda por natureza...  Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.  Rodovia de acesso à cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Pico do João Felix em Silveirânia, MG (Roberto Mosqueiro) Silveirânia, MG  encravada nas Montanhas de Minas (Prefeitura Municipal) Entorno da cidade de Silveirânia, MG (Prefeitura Municipal) Campo de Futebol e Silveirânia, MG (Antrbns) Casa paroquial da cidade de Silveirânia, MG (Jeani Goulart) Escola Estadual da cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Entor…

TOCANTINS, MINAS GERAIS - Entre as montanhas de Minas uma cidade hospitaleira, tranquila e que comemora anualmente a festa do Tocantinense ausente

CONHEÇA A CIDADE DE "TOCANTINS", MINAS GERAIS, BRASIL Foto - PMT BEM VINDO A CIDADE DE TOCANTINS. A MELHOR CIDADE DO MUNDO ( LEMA MUNICIPAL ) foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 16.703 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 173,866 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 91,01 Código do Município 3169000 Gentílico - tocantinense Prefeito 2017 / IEDER WASHINGTON DE OLIVEIRA ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE TOCANTINS, MG A origem do topônimo deve-se a presença dos índios chamados “Tocantins”, primitivos habitantes da região. O gentílico é “Tocantinense”.
Gentílico: tocantinense HISTÓRICO DA CIDADE DE TOCANTINS, MG Consta que, na margem do rio que corta a região, habitava uma tribo de índios chamados Tocantins. E a história de tocantins relaciona-se com a de São Manoel do Pomba atual Rio Pomba, a que pertenceu em tempos idos. O primeiro núcleo originou-se mais ou menos em 1812, quando da doação do patrimônio da cidade, feita pelo capitão José Antônio Machado…