terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

SÃO GOTARDO, MINAS GERAIS - Capital nacional da Cenoura




CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO GOTARDO", MINAS GERAIS, BRASIL
Foto - Thymonthy Becker
BEM VINDO A CIDADE DE SÃO GOTARDO. A CIDADE "TOP" EM IRRIGAÇÃO NO BRASIL. CAPITAL NACIONAL DA CENOURA
foto -  Thymonthy Becker
População estimada 2016 (1) - 34.728
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 866,087
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 36,74
Código do Município 3162104
Gentílico - são-gotardense
Prefeito 2017 / SEIJI EDUARDO SEKITA
ORIGEM DO NOME 
AINDA GERA UMA CERTA DISCUSSÃO. TERIA SIDO UMA HOMENAGEM AO SANTO OU AO PIONEIRO DA REGIÃO? JOAQUIM GOTARDO DE LIMA.
Gentílico: são-gotardense
HISTÓRICO
Nos primórdios do século XIX, Antônio Valadares e Domingos Pereira Caldas, saindo da região de Pitangui em busca de terras de cultura, fixaram-se às bordas da Mata da Corda. O primeiro estabeleceu-se próximo ao atual "Córrego Confusão" e o segundo aposseou-se de terras a quatro léguas de distância do primeiro, no lugar hoje denominado "Campos Domingos Pereira".
Em 1836, proveniente do Arraial de Carrancas, Joaquim Gotardo de Lima e Leonel Pires Camargos, vêm residir no local em que hoje se acha a cidade de São Gotardo, em terrenos de Antônio Valadares. Joaquim Gotardo, adquirindo prestígio ali era, em 1º de agosto de 1837, nomeado Inspetor Interino de Quarteirão. O núcleo populacional cresceu em torno da propriedade de Gotardo e passou a chamar-se "Arraial da Confusão". Até 1852, chegaram ao Arraial da Confusão, estabelecendo-se nele ou nos arredores, as seguintes pessoas, e quase todas se tornaram no local, tronco de famílias que viriam a desempenhar importante papel no crescimento e desenvolvimento da nova comunidade: José Lopes Ribeiro, Gabriel e Francisco Rodrigues Ribeiro, José Manoel Fonte Boa, Padres João Paulino e Antônio Estevam, uns provenientes de Cajuru, outros vindos de Santo Antônio da Pedra; Gabriel Resende, de Lagoa Dourada; Bernardo Ladeira, de Formiga, e Francisco Cunha. A 4 de maio de 1852, por Lei provincial, a localidade passou a chamar-se São Sebastião do Pouso Alegre e foi elevada a categoria de distrito do município de Pitangui. Sobre os dois primeiros nomes da povoação, há duas afirmativas: uma asseverando ter sido Confusão o nome primitivo e outra, São Sebastião do Pouso Alegre. Com referência às origens desses nomes há uma explicação: pequena caravana de viajantes ao passar por ali, dividiu-se por qualquer motivo em dois grupos, que permaneceram separados por algum tempo, devido a extravio. Quando voltaram a se encontrar, depois daquela "confusão", houve alegria geral e o grupo "pousou alegre" no local que se tornou berço da atual cidade de São Gotardo. Em um artigo sobre a cidade e o município de São Gotardo, de autoria do Padre José Batista dos Santos, publicado no Semanário "A Luz", da cidade de Luz, vê-se o nome de "São Sebastião do Pouso Alegre da Confusão", havendo diante da explicação da origem dos dois nomes. a possibilidade de ter o lugar recebido, ao mesmo tempo, os nomes de "Confusão" e "São Sebastião do Pouso Alegre". O território pertenceu primitivamente, ao bispado de Pernambuco. Por volta de 1855, passou ao bispado de Mariana, dando-se, nessa ocasião, o falecimento do Padre João Paulino, ocupando o seu lugar o Padre João Gonçalves de Freitas, que se tornou o primeiro vigário do Povoado. A povoação que até 1862 pertencia à paróquia de Santo Antônio dos Tros, foi neste mesmo ano, por Dom Antônio Ferreira Viçoso, elevada à categoria de Paróquia de São Sebastião. Em 1864 começou a ser construída, com a ajuda do povo, a primeira igreja-matriz, no local onde fora erigida a primeira capela. Em 19 de julho de 1872 foi criada a freguesia, sendo, neste mesmo ano, substituído o antigo vigário, padre João Gonçalves de Freitas, por Padre Antônio Teixeira do Carmo. Em 1873 foi construído o primeiro cemitério do município, no local onde se ergue a atual matriz, que é a segunda. A vila de São Sebastião do Pouso Alegre teve seu topônimo mudado em 27 de agosto de 1885, para vila de São Gotardo, em memória de Joaquim Gotardo de Lima, considerado o fundador da cidade que, ao que parece, não viveu no lugar pelo resto de sua vida. Não se tem notícia de terem ficado, no município descendentes dele. Tendo pertencido inicialmente ao município de Pitangui, a vila passou deste o município de São Francisco das Chagas do Campo Grande, e depois para o de Abaeté, sendo novamente transferido, em 11 de novembro de 1890, para o município de Carmo do Paranaíba. Em 1911, com a criação do município de Rio Paranaíba a vila de São Gotardo passou a jurisdição da nova comuna. Em 18 de setembro de 1914, a sede do município de Rio Paranaíba, que ficava na povoação de São Francisco das Chagas do Campo Grande, passando o município a ter este topônimo. A vila de São Gotardo passou a ter foros de cidade em 10 de setembro de 1925.
ESTA EH A IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO, COM SUAS ESCADARIAS.
foto -  Thymonthy Becker
foto -  Thymonthy Becker
AQUI, COM O CARRO DA BATENTE A FRENTE.
foto -  Thymonthy Becker
A PRAÇA NO ENTORNO DA IGREJA (PRAÇA SÃO SEBASTIÃO)
foto -  Thymonthy Becker
O OUTRO LADO DA PRAÇA
foto -  Thymonthy Becker
MAIS UMA PRAÇA
foto -  Thymonthy Becker
AQUI A VISÃO DE UM BAIRRO
foto -  Thymonthy Becker
O MESMO BAIRRO.
foto -  Thymonthy Becker
OUTRO BAIRRO
foto -  Thymonthy Becker
VEJA QUE BELO CASARÃO. HOJE FUNCIONA AQUI A CASA DE CULTURA.
foto -  Thymonthy Becker
A IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO VISTA DA RUA DE BAIXO
foto -  Thymonthy Becker
OLHA QUE BELA RUA ARBORIZADA
foto -  Thymonthy Becker
A MESMA RUA EM OUTRO TRECHO
foto -  Thymonthy Becker) 
ESTA REPRESA FICA EM FRENTE A ELETROLIGAS. EH MUITO BONITA VÊ-LA DE PERTO
foto -  Thymonthy Becker
DA ATÉ VONTADE DE PULAR
foto -  Thymonthy Becker
AQUI UMA PANORÂMICA DA REPRESA
foto -  Thymonthy Becker
A REPRESA VISTA DE LONGE
foto -  Thymonthy Becker) 
ESTE EH O CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, EM SÃO GOTARDO
foto -  Thymonthy Becker
O CAMPUS VISTO MAIS DE PERTO
foto -  Thymonthy Becker
ELE VISTO DE LONGE
foto -  Thymonthy Becker
UMA PANORÂMICA DO CAMPUS
foto -  Thymonthy Becker 
AQUI UM CRUZAMENTO NO CENTRO DA CIDADE NUM DIA DE CHUVA
foto -  Thymonthy Becker
REGIÃO CENTRAL
foto -  Thymonthy Becker
VEJA A PAISAGEM DE FUNDO
foto -  Thymonthy Becker
Foto - PMSG
Foto - PMSG
Foto - PMSG
Foto - PMSG
Foto - PMSG
Foto - PMSG
Foto - PMSG
Foto - PMSG
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE SÃO GOTARDO, MINAS GERAIS 
 ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO GOTARDO, MINAS GERAIS 
A GENTE SE ENCONTRA NUMA CIDADE DAS MINAS GERAIS, QUALQUER DIA DESTES.


 Todas As fotos são de minha propriedade foram tiradas em Janeiro de 2012


Fonte / Fotos = Thymonthy Becker / IBGE / Portal do Governo de São Gotardo / Wikipédia / 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os lugares por onde o Trem mais passou esta semana