Pular para o conteúdo principal

URUGUAIANA, RIO GRANDE DO SUL - Uruguaiana é a maior porta de entrada de turistas do estado, registrando mais de 100.000 turistas do prata, chilenos, paraguaios e demais países. Nesta terra foi destilado o primeiro litro de petróleo, banhado por um pampa privilegiado. A arte e história da cidade, além de suas ruas e monumentos, ficam também armazenadas em um centro cultural de preservação denominado Centro Cultural Pedro Marini, ou Museu Municipal. Uruguaiana tem um tradicional desfile de carnaval. Neste evento, na avenida Presidente Vargas, realiza-se o desfile das escolas de samba. Apelidado de "passarela do samba", no local é possível se encontrar celebridades de outros carnavais do país.




CONHEÇA A CIDADE DE URUGUAIANA, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
SEJA BEM VINDO A CIDADE PORTA DE ENTRADA PARA A ARGENTINA E URUGUAI. SEJA BEM VINDO A URUGUAIANA.
AQUI UMA VISTA PARCIAL DA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
imagem -Barriga Verde
TURISMO EM URUGUAIANA, RS
URUGUAIANA É A MAIOR PORTA DE ENTRADA DE TURISTAS DO ESTADO, REGISTRANDO MAIS DE 100.000 TURISTAS DO PRATA, CHILENOS, PARAGUAIOS E DEMAIS PAÍSES. NESTA TERRA FOI DESTILADO O PRIMEIRO LITRO DE PETRÓLEO, BANHADO POR UM PAMPA PRIVILEGIADO, ONDE A TENDENCIA É DESENVOLVER O TURISMO RURAL, E COM UMA AMPLA REDE HOTELEIRA.
AQUI UMA BELA ARQUITETURA
imagem - Farrapo
OUTRO BELO CASARÃO
imagem - Mirian Orlandi
MAIS UM BONITO CASARÃO EM URUGUAIANA, RS
imagem - Mirian Orlandi
CASTELINHO
imagem - Farrapo
CATEDRAL DE SANT'ANA EM URUGUAIANA, RS
FUNDADA EM 24 DE MAIO DE 1946, POSSUI EM SEU INTERIOR, BELÍSSIMAS OBRAS DE ARTES, ENTRE ELAS A IMAGEM DE SANTANA, PADROEIRA DA CIDADE, EM ESTILO NEOCLÁSSICO. HÁ TAMBÉM UMA CRIPTA, ONDE ESTÃO ENTERRADOS OS BISPOS DOM FELIPE DE NADAL E DOM HERMETO.
imagem - Horacio O. Campo
DETALHES DA ARQUITETURA
imagem - Felipe Suslik
IGREJA NOSSA SENHORA DO CARMO EM URUGUAIANA, RS
FUNDADA EM 8/5/1928, PELA ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS.POSSUI ESTILO GÓTICO. A ESTÁTUA DE NOSSA SENHORA DO CARMO, FOI ESCULPIDA EM MADEIRA PAU BRASIL EM PORTUGAL, PELO ESCULTOR JOSÉ FERREIRA THEDIN, E VEIO PARA URUGUAIANA DE NAVIO PELO URUGUAI.
imagem - JM Fotografia
INTERIOR DA IGREJA DE NOSSA SENHORA DO CARMO
imagem - Farrapo
VISTA PARCIAL DA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
imagem - Portal Uruguaiana
VISTA PARCIAL DE OUTRA REGIÃO
imagem - Portal Uruguaiana
PONTE INTERNACIONAL AGUSTIN JUSTO - GETÚLIO VARGAS NA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
LIGA URUGUAIANA (BRASIL) A PASO DE LOS LIBRES ( ARGENTINA ). FOI A PRIMEIRA PONTE CONSTRUÍDA ENTRE BRASIL E ARGENTINA E A MAIOR DA AMÉRICA DO SUL NA DÉCADA DE 40. UM SONHO DE UM GRUPO DE COMERCIANTES BRASILEIROS E ARGENTINOS, QUE TORNOU-SE REALIDADE COM O LANÇAMENTO DA PEDRA FUNDAMENTAL COM OS PRESIDENTE GETÚLIO VARGAS E AUGUSTIN JUSTO, AFIM DE FACILITAR O COMERCIO JÁ EXISTENTE.
imagem - JM Fotografia
FOI ACORDADO QUE A CONSTRUÇÃO DA PONTE SERIA DIVIDIDA EM DUAS PARTES IGUAIS, FICANDO SOB A RESPONSABILIDADE DE CADA PAÍS A CONSTRUÇÃO DE SUA PARTE, MAS SENDO O FERRO UTILIZADO, BRASILEIRO E O CIMENTO ARGENTINO. ESSA FOI UMA DEMONSTRAÇÃO DA INTEGRAÇÃO DOS DOIS PAÍSES. ALÉM DISSO, SERIA RODO-FERROVIÁRIA, COM DUAS ALAMEDAS PARA PEDESTRES.
imagem - Pe Hugo Stefen
EM 21 DE MAIO DE 1947, A PONTE INTERNACIONAL AUGUSTIN JUSTO - GETÚLIO VARGAS, FOI INAUGURADA PELOS PRESIDENTES JUAN DOMINGO PERON E EURICO GASPAR DUTRA ( BRASIL ), CONTANDO COM PRESENÇA DA PRIMEIRA DAMA DA ARGENTINA, EVITA PERON. A PONTE MEDE 1,419 METROS, E FEZ DESSA CIDADE, O MAIOR PORTO SECO DO PAÍS, PASSANDO POR ELA, UMA MEDIA DE 10 MIL CAMINHÕES POR MÊS.
imagem - PMU
AQUI A PONTE POR INTEIRO
imagem - Carlo Giorgi
PARCIAL MOSTRANDO O RIO
imagem - Carlo Giorgi
OUTRA PARCIAL
imagem - Portal Uruguaiana
PARQUE DOM PEDRO II EM URUGUAIANA, RS
TAMBÉM CONHECIDO COMO "PARCÃO", ESTÁ SITUADO NO CENTRO DA CIDADE, AV. PRESIDENTE VARGAS, ESQUINA COM FLORES DA CUNHA. POSSUI DUAS QUADRAS DE FUTEBOL SETE, UMA QUADRA DE FUTEBOL DE SALÃO, DUAS QUADRAS POLIVALENTES, UMA PISTA DE PATINAÇÃO, DUAS QUADRAS DE VÔLEI DE AREIA, PRACINHA, PISTA DE CORRIDA, UM CENTRO DE INFORMAÇÕES TURÍSTICAS, BANHEIROS E SEDE DA ADMINISTRAÇÃO. É O LOCAL QUE MAIS ATRAI EVENTOS DA CIDADE.
imagem - PMU
imagem - PMU
PRAIA DO CANTÃO EM URUGUAIANA, RS
LOCALIZAÇÃO: NO DISTRITO DE SÃO MARCOS, A CERCA DE 50 KM DE URUGUAIANA.
O LOCAL OFERECE COMPLETA INFRA-ESTRUTURA PARA CAMPING COM CARAMANCHÕES, CABANAS, RESTAURANTE, BANHEIROS, PARQUE INFANTIL, PISCINA, QUADRA DE AREIA E RAMPA PARA BARCOS. . O FUNCIONAMENTO É PERMANENTE. MUITO PROCURADO POR PESCADORES QUE TRAZEM SEUS BARCOS. O LOCAL É LIMPO, COM GRAMADO BEM CUIDADO E BANCOS. SEU ACESSO É ASFALTADO EM SEU MAIOR TRECHO E SINALIZADO.
imagem - PMU
imagem - PMU
imagem - PMU
PRAÇA RIO BRANCO EM URUGUAIANA, RS
imagem - Horacio O. Campo
PREFEITURA MUNICIPAL DA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
ESTILO NEO-ROMANO, INAUGURADO NA GESTÃO DO PRIMEIRO INTENDENTE GABRIEL PORTUGAL. A PEDRA FUNDAMENTAL FOI LANÇADA EM 13 DE MAIO DE 1889.
imagem - Farrapo
SINDICATO RURAL DE URUGUAIANA, RS
imagem - Valery Pugatch
CASARÃO DOS BARBARAS EM URUGUAIANA, RS
BELÍSSIMA RESIDÊNCIA CONSTRUÍDA EM 1913, POR MIGUEL BARBARA, COMERCIANTE IMIGRANTE DA ARGENTINA, QUE INSTALOU-SE NESTA CIDADE. O MATERIAL DA CONSTRUÇÃO FOI TODO IMPORTADO, SENDO O MÁRMORE DE CARRARO ORIUNDO DA ITÁLIA E VIDROS DA FRANÇA.
imagem - PMU
CENTRO CULTURAL DR. PEDRO MARINI EM URUGUAIANA, RS
O PRÉDIO PERTENCIA A FAMÍLIA DE BALDOMIRO BARBARA, QUE FOI CONSTRUÍDO EM 1913. EM 1930, FOI VENDIDO PARA O EXÉRCITO BRASILEIRO, MAS HOJE, ATRAVÉS DE UM COMODATO (EXÉRCITO E PREFEITURA MUNICIPAL), FUNCIONA O CENTRO CULTURAL, COM SEUS MUSEUS, BIBLIOTECAS E OFICINAS DE ARTE. CONSTRUÍDO COM MATERIAL IMPORTADO DA ITÁLIA, TEM O PRIVILEGIO DE TER NO SEU INTERIOR, O PRIMEIRO ELEVADOR E PRIMEIRA CALEFAÇÃO INTERNA DA CIDADE.
imagem - PMU
MONUMENTO A CALIFÓRNIA EM URUGUAIANA, RS
A CALHANDRA E O TROFÉU OFERECIDO AOS VENCEDORES DA CALIFÓRNIA DA CANÇÃO NATIVA, MAIOR FESTIVAL DE MÚSICA NATIVISTA DO RGS, REALIZADO A 28 ANOS EM URUGUAIANA. ESTÁ NA PRAÇA, UM MONUMENTO A ESTE EVENTO, OFERECIDO PELO GRUPO RBS
imagem - PMU
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
imagem - PMU
CLUBE COMERCIAL E URUGUAIANA, RS
FUNDADO PELO COMERCIANTE LUIZ BETINELLI, EM 13 DE AGOSTO DE 1893. O PRÉDIO E UMA RÉPLICA DA BIBLIOTECA PÚBLICA DE VARSÓVIA. OS ESPELHOS, DO SALÃO DE ESPELHOS, SÃO TODOS FRANCESES, BEM COMO SUAS LUMINÁRIAS.
imagem - PMU
SINUELO DO PAGO EM URUGUAIANA, RS
CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS (CTG), LOCALIZADO NA COXILHA DA TRÍPLICE ALIANÇA, HOJE BAIRRO SANTO INÁCIO. LÁ, AS TROPAS DE DOM PEDRO II, PERMANECERAM ACAMPADAS DURANTE A GUERRA DO PARAGUAI E FOI ASSINADO O TRATADO, ONDE O BRASIL E A GRÃ-BRETANHA, REATAVAM OS LAÇOS DE AMIZADE.
imagem - PMU
COLÉGIO UNIÃO EM URUGUAIANA, RS
FUNDADO PELO FRANCÊS ALEIXO VOURLOD, E UMA DAS ESCOLAS MAIS ANTIGAS DA CIDADE.
imagem - PMU
MUSEU DE URUGUAIANA, RS
OBELISCO EM URUGUAIANA, RS
HOMENAGEM AO LOCAL ONDE DOM PEDRO II, RECEBEU A ESPADA DO CORONEL ESTIGARRIBIA, QUANDO OS PARAGUAIOS RENDERAM-SE AS TROPAS DA TRÍPLICE ALIANÇA ( URUGUAI, BRASIL E ARGENTINA ), EM 1865. AQUI, TAMBÉM FOI ASSINADO O TRATADO DE AMIZADE COM A GRÃ-BRETANHA, FIRMADO POR DOM PEDRO II E O MINISTRO THORNTON.
imagem - PMU
LOGOTIPO DA PONTE INTERNACIONAL BRASIL – ARGENTINA NA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
"SÍMBOLO DE URUGUAIANA" A PONTE INTERNACIONAL AGUSTÍN JUSTO, QUE INTERLIGA AS FRONTEIRAS DE BRASIL E ARGENTINA, MARCO HISTÓRICO, ENTRE AS CIDADES DE URUGUAIANA E A VIZINHA PASO DE LOS LIBRES.
imagem - PMU
PRAÇA
imagem - Portal Natureza brasileira
A VELHA DESTILARIA EM URUGUAIANA, RS
A PRIMEIRA DESTILARIA DE PETRÓLEO DO BRASIL FOI ESTABELECIDA EM URUGUAIANA, EM 1936. CHAMAVA-SE DESTILARIA RIO-GRANDENSE DE PETRÓLEO, TRONCO DO COMPLEXO INDUSTRIAL IPIRANGA. NO TERRENO, ATUALMENTE ESTÃO INSTALADOS RESERVATÓRIOS DE COMBUSTÍVEIS.
imagem - PMU
VISTA DA AVENIDA XV DE NOVEMBRO EM URUGUAIANA, RS
imagem - Carlo Giorgi
DEPOIS DO RIO
imagem - Barriga Verde
PARCIAL COM AS TORRES DA PONTE INTERNACIONAL
imagem - ?
A CIDADE E A PONTE DE URUGUAIANA, RS
imagem - ?
FUTURO EM URUGUAIANA, RS
EM 152 ANOS DE EXISTÊNCIA, O NOSSO MUNICÍPIO FIGURA COMO 4º MAIOR DO ESTADO, O MAIOR PORTO-SECO DA AMERICA LATINA,COM 80% DA EXPORTAÇÃO NACIONAL ATRAVESSANDO A PONTE INTERNACIONAL E CERTAMENTE, CAMINHA PARA SOLIDIFICAR-SE COMO A "CAPITAL DO MERCOSUL".
POR DO SOL NA PRAIA DO CANTÃO
imagem - PMU
População estimada 2016 (1) - 129.720
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 5.703,586
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 21,95
Código do Município 4322400
Gentílico - uruguaianense
Prefeito 2017 / RONNIE PETERSON COLPO MELLO
ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
O PRIMEIRO NOME FOI SANTANA DO URUGUAI.
O NOME ATUAL EH UMA REFERÊNCIA AO RIO URUGUAI QUE MARGEIA A CIDADE E SANT'ANA, PADROEIRA DO MUNICÍPIO
Gentílico: uruguaianense
HISTÓRICO DA CIDADE DE URUGUAIANA, RS
Sua etnia foi originada por grupo nômades indígenas e posteriormente os elementos colonizadores foram os espanhóis, portugueses e africanos. As correntes migratórias modernas são representadas por italianos, alemães, espanhóis, franceses e árabes.
As terras que hoje constituem o município Uruguaiana, no início do século XVI, integravam-se na Capitania de São Paulo, pois a ela estavam subordinadas todas as terras que dali se estendiam para o sul, até o rio prata.
Em 1735, quando o brigadeiro José da Silva Pais assumiu o comando da província do Rio Grande de São Pedro, mandou construir uma fortificação na entrada do canal que liga a lagoa dos patos ao atlântico, o que possibilitou o desligamento dessa província da ingerência paulista em 1738, passou à juridição do governo constituído em Santa Catarina, que abrangia os atuais territórios deste estado e do Rio Grande do Sul, porém na dependência da capitania do Rio de Janeiro.
Em 1760, com a nomeação do coronel Inácio Eloi de Madureira, para o governo do Rio Grande de São Pedro, estas terras foram desligadas da jurisdição de Santa Catarina, passando a formar uma província autônoma no período do Brasil colônia.
As terras pertencentes ao município de Alegrete, que antes pertenciam ao de Cachoeira, é que surgiu Uruguaiana, como município independente.
A concessão mais antiga das terras na paróquia de Uruguaiana foi feita por D. Diogo de Souza Silveira de Souza, em 1814, entre Ibicuí e Ibirocai. Inúmeras outras terras foram concedidas ou compradas nesta região.
A partir de 1835, com o desenrolar da revolução farroupilha, tinha o governo republicano apoderado-se de toda a margem do Ibicuí, daí a necessidade de fundar uma povoação à esquerda do Uruguai, conveniente tanto do ponto de vista militar como fiscal por ser fronteira, lugar de contrabando. Tal atitude deve-se a domingos José de Almeida.
Após uma série de diligências, foi escolhido o local, denominado Capão do Tigre, nas terras de Manoel Joaquim Couto Rico. Quem mais influenciou na escolha do novo local foi o general Davi Canabarro, que era o comandante militar desta fronteira.
O novo povoado chamava-se, no início, Santana do Uruguai, a posterior demarcação das divisas da cidade e o traçado das ruas , deve-se a Duque de Caxias e a Domingos José de Almeida.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE URUGUAIANA, RIO GRANDE DO SUL
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE URUGUAIANA, RS
VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE



Fonte dos textos e fotos: IBGE / Wikipédia / Portal do Governo de uruguaiana, RS / Thymonthy Becker /

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O espetáculo, belezas naturais, cores, aromas que seduzem à primeira vista. O município tem como base da economia a produção agrícola. A região possui uma relação muito próxima com as águas e com a geração de energia elétrica, a partir da formação do maior lago artificial do Estado – os Alagados do Passo Real e da Barragem de Ernestina. Bonitas e agradáveis, as cidades proporcionam atrações diversificadas, eventos, muitas festas, gastronomia, artesanato.

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem