Pular para o conteúdo principal

TEATRO AMAZONAS, MANAUS, AMAZONAS - Teatro, lugar de memória, de patrimônio cultural e de museu




CONHEÇA O "TEATRO AMAZONAS", MANAUS, AMAZONAS, BRASIL

HISTÓRICO
A primeira ideia concreta de construção de um Teatro em Manaus surgiu em 1881. O deputado Antonio José Fernandes apresenta um projeto de Lei argumentando que “a cidade não dispunha de edifício próprio para representações teatrais, cuja distração é incontestavelmente de utilidade e muito concorre para a civilização da nossa sociedade” e “que a província se acha em condições de satisfazer esta necessidade, que também concorre para o embelezamento da cidade”. 
Em junho de 1881 é sancionada a Lei autorizando a construção de um teatro de alvenaria e aquisição do terreno; em maio de 1882 são chamados os concorrentes para apresentação do projeto de arquitetura e orçamento, fixado inicialmente em 250 contos de réis. 
A pedra fundamental do Teatro só foi lançada em 1884. As obras estiveram paralisadas de 1886 a 1893, quando foram retomadas pelo governador Eduardo Ribeiro que, apesar do esforço, não chegou a inaugurá-lo. 
Depois de muitos entraves políticos, administrativos e técnicos, o Teatro Amazonas foi finalmente inaugurado em 31 de dezembro de 1896, embora sem estar ainda totalmente concluída a construção e decoração. 
A construção do Teatro Amazonas ao final do século XIX, só foi possível graças ao período conhecido na história sócio-econômica brasileira como Ciclo da Borracha. Somente a privilegiada situação econômica da Província do Amazonas, na época propiciada pela exportação da borracha, tornaria possível a implantação na cidade de projetos tão audaciosos, dos quais o Teatro é o exemplo mais expressivo. 
Também contribuiu a visão do governador Eduardo Ribeiro, que deu impulso à nova feição urbanística de Manaus. 
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS 
O Teatro Amazonas, desde a sua inauguração em 1896, viu apresentar-se no seu palco todo tipo de espetáculo: óperas, operetas, musicais, peças de teatro, shows de cantores líricos e populares, festivais, grupos de dança, bandas de música, corais, orquestras e tantos outros. 
Mas além de casa de espetáculos, ele é um lugar de referências fundamentais para a cidade. Nele a função teatro anda de braços dados com a função de lugar de memória, de patrimônio cultural e de museu. 
A rigor todo o Teatro Amazonas é um museu. Sendo este um espaço especial reservado á memória da cidade de Manaus 
Seu percurso se dá ao longo do próprio Teatro e das salas do primeiro e terceiro pavimentos, onde a história, contada por meio do Museu, integra-se e é completada pela presença física e monumental do Teatro. 
ACERVO 
O Museu do Teatro Amazonas possui um valioso acervo de objetos que evocam as diversas fases da sua história, desde a sua construção aos dias atuais. Parte dele pode ser visto ao longo do percurso de visitação, outra parte encontra-se em Reserva Técnica e destina-se a estudos e eventuais mostras temporárias. 
EVENTOS REALIZADOS 
A variedade de artistas também é grande, abrangendo desde os locais, aos internacionais, já tendo passado pelos palcos do Teatro artistas consagrados em início de carreira, como o compositor Heitor Villa-Lobos, que apresentou-se em 1911, ou no final, como a bailarina Margot Fonteyn. 
Citamos também a apresentação do tenor José Carreras, em 1996, nas comemorações do centenário do Teatro. Curiosamente, o tenor Luciano Pavarotti cantou no palco do Teatro Amazonas, mas apenas para aqueles que o acompanhavam em uma visita turística ao Amazonas. Ele queria experimentar a acústica. 
Desde 1997 o Teatro Amazonas voltou a apresentar grandes espetáculos, destacando-se o Festival Amazonas de Ópera. Além dele, vários outros foram produzidos ao longo da primeira década do novo milênio e o Teatro é palco privilegiado dessas manifestações: Festival Amazonas de Jazz, Festival Amazonas de Dança, Festival Amazonas de Música, Festival de Teatro da Amazônia e o Amazonas Film Festival. 
O Teatro Amazonas sempre deu destaque para as produções locais, entre as quais aquelas programadas pela Secretaria de Cultura do Estado como a Série Guaraná, com apresentações da Orquestra Amazonas Filarmônica e Segundas no Palco, com artistas locais, onde o diferencial era o público e o artista acomodados no palco, em uma nova perspectiva para ambos. 
Palco de manifestações artísticas, o Teatro também serve de cenário para diversos eventos que se realizam no seu entorno e já foi usado muitas vezes como cenário de filmes, a exemplo de Fitzcaraldo, A Selva e a minissérie da TV Globo, Amazônia. 
Infelizmente, não se pode deixar de mencionar que o Teatro também já abrigou um depósito de borracha de uma companhia americana, durante a Segunda Guerra Mundial e, nas suas várias fases de abandono, já serviu de palco para jogos de futebol, festas particulares, apresentações pífias, formatura de colegiais e tantas outras manifestações não condizentes com sua função e monumentalidade. 
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO 
Terça a sábado, das 9h às 14h 
Venda de ingressos (Amazonense não paga visitação) 
Endereço e contato 
Av. Eduardo Ribeiro, 659 Centro, CEP: 69.010-001. 
Telefones: (92) 3622-1880 / 3622-2420 
Email: teatroamazonas@culturamazonas.am.gov.br
TEATRO AMAZONAS É UM TEATRO BRASILEIRO LOCALIZADO NO CENTRO DE MANAUS, CAPITAL DO AMAZONAS. 
O TEATRO, INAUGURADO EM 1896, É A EXPRESSÃO MAIS SIGNIFICATIVA DA RIQUEZA DA REGIÃO DURANTE O CICLO DA BORRACHA. A ORQUESTRA AMAZONAS FILARMÔNICA REGULARMENTE ENSAIA E SE APRESENTA EM SEU INTERIOR.
A HISTÓRIA DO TEATRO AMAZONAS INICIA-SE EM 1881, QUANDO O DEPUTADO A. J. FERNANDES JÚNIOR APRESENTOU O PROJETO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM TEATRO EM ALVENARIA, NA CIDADE DE MANAUS. A PROPOSTA FOI APROVADA PELA ASSEMBLÉIA PROVINCIAL DO AMAZONAS, E COMEÇARAM AS DISCUSSÕES A RESPEITO DA CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO. 
MANAUS, QUE VIVIA O AUGE DO CICLO DA BORRACHA, ERA UMA DAS MAIS PRÓSPERAS CIDADES DO MUNDO, EMBALADA PELA RIQUEZA ADVINDA DO LÁTEX DA SERINGUEIRA, PRODUTO ALTAMENTE VALORIZADO PELAS INDÚSTRIAS EUROPEIAS E AMERICANAS. A CIDADE NECESSITAVA DE UM LUGAR ONDE PUDESSEM SE APRESENTAR AS COMPANHIAS DE ESPETÁCULOS ESTRANGEIRAS E A CONSTRUÇÃO DO TEATRO, ASSIM, ERA UMA EXIGÊNCIA DA ÉPOCA.
O PROJETO ARQUITETÔNICO ESCOLHIDO FOI O DE AUTORIA DO GABINETE PORTUGUÊS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA DE LISBOA, EM 1883. NO ENTANTO, EM MEIO ÀS DISCUSSÕES A RESPEITO DO LOCAL PARA A EDIFICAÇÃO E OS CUSTOS DA OBRA, A PEDRA FUNDAMENTAL SÓ FOI LANÇADA EM 1884. AS OBRAS TRANSCORRERAM DE FORMA LENTA E SOMENTE NO GOVERNO DE EDUARDO RIBEIRO, NO APOGEU DO CICLO DA BORRACHA, A CONSTRUÇÃO TOMOU IMPULSO. FORAM TRAZIDOS ARQUITETOS, CONSTRUTORES, PINTORES E ESCULTORES DA EUROPA PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA. A DECORAÇÃO INTERNA FICOU AO ENCARGO DE CRISPIM DO AMARAL, COM EXCEÇÃO DO SALÃO NOBRE, A ÁREA MAIS LUXUOSA DO PRÉDIO, ENTREGUE AO ARTISTA ITALIANO DOMÊNICO DE ANGELIS. O TEATRO FOI FINALMENTE INAUGURADO NO DIA 31 DE DEZEMBRO DE 1896.
A SALA DE ESPETÁCULOS DO TEATRO TEM CAPACIDADE PARA 701 PESSOAS, DISTRIBUÍDAS ENTRE A PLATEIA E OS TRÊS ANDARES DE CAMAROTES. NO SALÃO NOBRE, COM CARACTERÍSTICAS BARROCAS, DESTACA-SE A PINTURA DO TETO, DENOMINADA "A GLORIFICAÇÃO DAS BELLAS ARTES NA AMAZÔNIA", DE 1899, DE AUTORIA DE DOMÊNICO DE ANGELIS
Foto - Riker Souza
A CÚPULA É COMPOSTA DE 36 MIL PEÇAS DE ESCAMAS EM CERÂMICA ESMALTADA E TELHAS VITRIFICADAS, VINDAS DA ALSÁCIA. FOI ADQUIRIDA NA CASA KOCH FRÈRES, EM PARIS. A PINTURA ORNAMENTAL É DA AUTORIA DE LOURENÇO MACHADO. O COLORIDO ORIGINAL, EM VERDE, AZUL E AMARELO É UMA ANALOGIA À EXUBERÂNCIA DA BANDEIRA BRASILEIRA.
O SALÃO NOBRE É UTILIZADO APENAS PARA VISITAÇÃO, COM CAPACIDADE PARA 200 PESSOAS.
A SALA DE ESPETÁCULOS TEM CAPACIDADE PARA 701 PESSOAS. A DISTRIBUIÇÃO DE LUGARES É A SEGUINTE:
PLATEIA: 266 POLTRONAS;
FRISA: 100 CADEIRAS DISTRIBUÍDAS EM 20 FRISAS;
1.º PAVIMENTO: 110 CADEIRAS DISTRIBUÍDAS EM 20 CAMAROTES;
2.º PAVIMENTO: 125 CADEIRAS DISTRIBUÍDAS EM 25 CAMAROTES;
3.º PAVIMENTO: 100 CADEIRAS DISTRIBUÍDAS EM 20 CAMAROTES

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE 



Fonte / Fotos = Wikipédia / Thymonthy Becker / Secretaria do estado de Cultura do Governo do Estado do Amazonas / cultura.am.gov.br / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA - O elegante desenho urbano estabelecido sobre uma extensa rede de canais e ilhotas é repleto de edifícios barrocos, palácios extravagantes e igrejas luxuosas. Os óbvios destaques são o Museu Hermitage, um dos melhores do planeta em arte ocidental, o Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo, mas boa parte da diversão está em caminhar por suas agradáveis ruas e canais.

CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO PETERSBURGO", RÚSSIA - CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO 2018 DE FUTEBOL DA LIGA FIFA Palácio Mariinsky, sede da Assembleia Legislativa e Petersburgo, Rússia Fortaleza de São Pedro e São Paulo em São Petersburgo, Rússia Estação Chornaya Rechka em São Petersburgo, Rússia Quando ainda não era conhecido como O Grande, o jovem príncipe Pedro passava boa parte de seu tempo entre homens do povo, absorvendo ideias que vinham de terras distantes e despendendo tempo construindo barcos e criando estratégias militares com seus exércitos de brinquedo. Quando ele se tornou o czar de todas as Rússias, hábil general e o homem que tirou o país da era medieval, resolveu construir uma nova capital, moderna e com refinados ares europeus, num grande pântano no Báltico. Nascia São Petersburgo. Renomeada Petrogrado e posteriormente Leningrado, quando a perestroika de Mikhail Gorbachev acelerou a queda do comunismo o nome original retornaria aos mapas.  O Palácio de Catarina, co…

CONHEÇA A MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, EM DUBAI - Com 201 metros de altura, terá capacidade para 1.400 passageiros em 48 cápsulas. Toda terá 9 mil toneladas de aço, o que é mais do que a Torre Eiffel e pesará mais do que o equivalente a oito Airbus A380s.

CONHEÇA A "MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO", DUBAI, EMIRADOS ÁRABES UNIDOS A maior roda gigante do mundo está sendo construída em Dubai, a Ain Dubai ('Ayn' é a decima sexta letra do alfabeto árabe, e é traduzida como 'olho'). O olho de Dubai com 201 metros irá superar os 165 metros do Singapore Flyer, atualmente a mais alta roda-gigante do mundo.  Com vistas panorâmicas sobre a costa de Dubai, incluindo o Burj Al Arab, a Palm Jumeirah e o Burj Khalifa, o projeto incluirá áreas de entretenimento, com uma variedade de lojas e restaurantes, um hotel de luxo cinco estrelas e edifícios residenciais privados.  A roda gigante faz parte do projeto Bluewaters Island e os responsáveis pelo seu desenvolvimento esperam atrair mais de 3 milhões de visitantes por ano.  O complexo de 1 bilhão será construído perto Jumeirah Beach Residence, ligado à beira mar por uma ponte de pedestres e ao continente por uma ponte de Sheikh Zayed Road, com um sistema de teleférico para o transp…

ALASKA, ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA - O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas e florestas

CONHEÇA O "ALASKA", USA,  E SAIBA O QUE TEM DE BOM SE PARA FAZER LÁ Conheça nosso roteiro para conhecer umas das regiões mais quentes no roteiro turismo americano - mesmo com as baixas temperaturas O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas, florestas: ao mesmo tempo que sua paisagem natural é uma das mais remotas e selvagens do planeta, ela é facilmente alcançada por voos abundantes, cruzeiros confortáveis com múltiplos roteiros que transitam pela costa (maior do que a do resto dos EUA inteiro somada) e a Alaska Highway, uma rodovia ampla e moderna que percorre mais de 2 mil quilômetros. E não, não é tão gelado quando a gente imagina: no verão, o termômetro pode bater até 30 graus.  COMO CHEGAR NO ALASKA Com a American Airline…

BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS - Inspirada nas cidades de Paris e Washington, com largas avenidas, ruas simétricas e arborizadas, Belo Horizonte foi planejada a partir de uma nova concepção estética urbana

CONHEÇA A CIDADE DE "BELO HORIZONTE", CAPITAL DAS MINAS GERAIS, BRASIL
MINEIRÃO E MINEIRINHO NA PAMPULHA EM BELO HORIZONTE, MG SEJA BEM VINDO A CAPITAL DA MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A BELO HORIZONTE. A CIDADE JARDIM imagem - Paulo Yuji Takarada ROTEIRO IDEAL PARA UM FIM DE SEMANA EM BELO HORIZONTE, MG Belo Horizonte é uma cidade que mistura modernidade com ares de interior. Localizada entre montanhas, rodeada por cachoeiras e cidades históricas, a capital de Minas Gerais conta com um valioso patrimônio arquitetônico que mistura construções clássicas e as linhas curvilíneas de Oscar Niemeyer. Suas praças dividem o espaço com ótimos museus, como o Memorial Minas Gerais – Vale, que mal se instalou na Praça da Liberdade e já recebeu o prêmio de Novidade do Ano no GUIA QUATRO RODAS Brasil. Projetada por Niemeyer, a Casa do Baile faz parte do Complexo Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Acervo Setur-MG) A gastronomia não fica de fora. Tem pra todos os gostos…

NOVA ZELÂNDIA, OCEANIA - Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto

CONHEÇA A "NOVA ZELÂNDIA", OCEANIA

Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto. Na Ilha Norte, onde vivem três quartos da população, os verões são relativamente quentes e há praias perfeitas (como as da Península de Coromandel) tanto para os surfistas quanto para quem quer simplesmente se dourar ao sol. Mas os seus principais trunfos escondem-se no interior: vulcões ativos, gêiseres, lagos multicoloridos e outras formações geológicas inusitadas formam cenários que parecem de outro mundo (não à toa, alguns deles, como o Monte Tongariro, serviram de pano de fundo para a trilogia O Senhor dos Anéis).  Rebanho de ovelhas na Nova Zelândia (Stockbyte) Geiser pohotu, em Rotorua (Thinkstock) Arte maori, do povo indígena neozelandês (Thinkstock) Já na esparsamente povoada Ilha Sul, u…

CURITIBA, PARANÁ - Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba se comparada à maioria das outras capitais do Brasil. É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos

CONHEÇA A CIDADE DE "CURITIBA", PARANÁ, BRASIL Seu povo, um admirável cadinho que reuniu estrangeiros de todas as partes do mundo e brasileiros de todos os recantos, ensina no dia-a-dia a arte do encontro e da convivência. Curitiba renasce a cada dia com a esperança e o trabalho nas veias, como nas alvoradas de seus pioneiros.  Cadeia de Montanhas da Serra do Mar vista do centro de Curitiba (Wikipédia) ROTEIRO PARA 48 HORAS EM CURITIBA COM MUSEUS, PARQUES E RESTAURANTES Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba (PR), se comparada à maioria das outras capitais do Brasil.  É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos.  Iluminação cênica do Paço da Liberdade em Curitiba, PR (Orlando Kissner/SMCS) No charme das construções e na gastronomia, o visitante sente a forte influência cultural da imigração europeia –…

JAÍBA, MINAS GERAIS - Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba tem um grande e ainda pouco explorado potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar

CONHEÇA A CIDADE DE "JAÍBA", MINAS GERAIS, BRASIL Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba localiza-se no norte do Estado de Minas Gerais, a 629 km da capital Belo Horizonte e a 207 km de Montes Claros, maior cidade da região. Jaíba está numa região de clima quente, relevo predominantemente plano e um grande e ainda pouco explorado seu potencial energia solar.  A região de Jaíba possui destaque em termos de seu potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar, segundo o Atlas Solarimétrico de Minas Gerais (2012). É, ainda, uma das melhores regiões do país neste quesito. (Jaíba Solar)   Sada Bioenergética em Jaíba, MG (Igreja Assembléia de Deus) Rua central de Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Ribeirão em Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Estação de Bombeamento do projeto Jaíba em Jaíba, MG (prefeitura Municipal) Hospital 2 irmãos na cidade de Jaíba, MG (Eric Micael) Entorno da cidade de Jaíba, MG (Prefeitura Munici…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

CAMPO GRANDE, MATO GROSSO DO SUL - Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás)

CONHEÇA A CIDADE DE "CAMPO GRANDE", MATO GROSSO DO SUL, BRASIL Vista parcial da cidade de Campo Grande, MS (Wikipédia) Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás). A temática pantaneira está presente nas pinturas que decoram alguns prédios e na gastronomia. Imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses também deixaram sua marca. O fuso horário marca uma hora a menos em relação a Brasília.  Polo de turismo de negócios, campo Grande surpreende por ser planejada, com trânsito organizado, muitas áreas verdes e vida social agitada (Tiago Moser) TREM DO PANTANAL Apesar do nome, o passeio entre Campo Grande (saídas aos sábados às 8h) e Miranda (chegada às 18h) não chega a explorar as paisagens típicas do Pantanal. A parada em Aquidauana está reservada para o almoço e, em Taunay e Piraputanga, há venda de artesanato. O trecho de volta, entre Miranda e C…

SILVEIRÂNIA, MINAS GERAIS - Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.

CONHEÇA A CIDADE DE "SILVEIRÂNIA", MINAS GERAIS, BRASIL Conheça a história do pico mais alto da região, que faz parte da derivação da Serra da Mantiqueira e se destaca como acidente natural, contribuindo para composição de embelezamento de uma região que já é linda por natureza...  Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.  Rodovia de acesso à cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Pico do João Felix em Silveirânia, MG (Roberto Mosqueiro) Silveirânia, MG  encravada nas Montanhas de Minas (Prefeitura Municipal) Entorno da cidade de Silveirânia, MG (Prefeitura Municipal) Campo de Futebol e Silveirânia, MG (Antrbns) Casa paroquial da cidade de Silveirânia, MG (Jeani Goulart) Escola Estadual da cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Entor…