Pular para o conteúdo principal

AS 10 PRAIAS MAIS PROCURADAS POR TURISTA NO BRASIL - Além da paisagem espetacular, é das melhores para mergulho livre, com ótima visibilidade e bancos de corais com vida marinha. Com máscara e snorkel, você vê animais nadando nas piscinas naturais. Tem água cristalina, areia avermelhada e muito sossego. Preste atenção: Presenciar os filhotinhos de tartaruga correndo em direção ao mar é inesquecível.




CONHEÇA AS 10 MELHORES PRAIAS DO BRASIL, MAIS MAIS PROCURADAS PELOS TURISTAS BRASILEIROS - OLHANDO DA JANELA DO TREM
1ª - BAÍA DO SANCHO / FERNANDO DE NORONHA / PE
É a queridinha da ilha e presença certa em qualquer lista que envolva as praias mais bonitas do Brasil. Sua faixa de areia divide as águas cristalinas de diferentes tonalidades das imponentes falésias, recobertas pela vegetação.

Por que é 5 estrelas? 
Além da paisagem espetacular, é das melhores para mergulho livre do país, com ótima visibilidade e bancos de corais com vida marinha.
A melhor foto: 
Do alto do penhasco.
2ª - BAÍA DOS PORCOS / FERNANDO DE NORONHA / PE
São só 100 metros de extensão. Sua paisagem, formada por uma faixa de areia que desaparece na maré alta, vale cada uma das escorregadias pedras do caminho. Há piscinas naturais diante do Morro Dois Irmãos.

Por que é 5 estrelas? 
Com máscara e snorkel, você vê animais nadando nas piscinas naturais.
Preste atenção: No fim da trilha para o Sancho, um caminho à direita leva ao mirante da Baía dos Porcos, bom para ver a praia e o Dois Irmãos.
A melhor foto: 
Do mirante, é só clicar.
3ª - PRAIA DO LEÃO / FERNANDO DE NORONHA / PE
É a praia com o maior índice de desova de tartarugas marinhas de Fernando de Noronha. O nome faz referência à ilha em frente, que lembra a figura de um leão-marinho deitado. Ao seu lado, o Morro da Viuvinha tem uma infinidade de ninhos, que faz do local um santuário de aves.

Por que é 5 estrelas? 
Tem água cristalina, areia avermelhada e muito sossego.
Preste atenção: Presenciar os filhotinhos de tartaruga correndo em direção ao mar é inesquecível.
A melhor foto: 
Do mirante, antes da trilha que desce até a areia.
Tempo de visita: 
Quantas horas você quiser - aproveite para relaxar.
Quando ir? 
Em qualquer época do ano.
4ª - PRAIA DO ESPELHO / PORTO SEGURO / BA
É uma praia exótica com pousadas charmosas, uma das praias mais bonitas do Brasil. Os bares e restaurantes na praia oferecem drinks, sucos de frutas, petiscos, frutos do mar, pratos típicos da Bahia e outras sofisticações culinárias num ambiente tranquilo com uma decoração admirável.

Na noite de lua cheia o brilho do mar vira uma paisagem inesquecível. As caminhadas para praias vizinhas (Setiquara, Praia do Outeiro, Jacumã) são recomendáveis quando a maré está baixa.
Têm vários mirantes acima as falésias. Desde a Praia do Espelho pode fazer passeios de barco até o Rio dos Frades, Trancoso, Caraíva e Corumbau onde tem recifes de corais propícios para a prática de mergulho.
5ª - PRAIA DE CARNEIROS / RIO FORMOSO / PE
Com praias apenas de outubro a maio, a ilha é a primeira parada do passeio. Nos meses em que não é possível desembarcar nela, o catamarã muda o ponto de parada: nesse caso, os programas são o banho de argila e uma caminhada pela Mata Atlântica.

Ao chegar à Praia dos Carneiros, pode-se escolher entre andar pela orla cheia de coqueiros ou relaxar nas piscinas naturais, com água morna e peixes coloridos (o tempo de permanência na praia é de cerca de uma hora).
O retorno ocorre pelo manguezal do Rio Formoso. Saídas às 10h de Barra do Sirinhaém (ao sul de Porto), seis horas de duração. R$ 100, com traslado a partir dos hotéis e almoço. Cavalo Marinho, 3552-2180.
6ª - PRAIA DE JERICOACOARA / JIJOCA DE JERICOACOARA / CE
Jericoacoara, no Ceará, é sim uma vila de pescadores incrivelmente linda e que conserva seu ar rústico, como você verá assim que vencer, possivelmente a bordo de uma jardineira, os 23 quilômetros de dunas entre Jijoca e Jeri.

Nas ruas de areia fofa (abasteça sua mala apenas com pares de chinelo e sandália), a contemplação e o sossego são os exercícios principais. Mas isso não quer dizer que o tempo ali é igual para todo mundo, no ritmo dormir cedo para aproveitar a praia assim que o sol nascer. Para alguns, o amanhecer marca a hora de ir para a cama, depois do forró, passando antes na Padaria Santo Antônio, que abre na madrugada com pães de queijo quentinhos. Ou seja, os boêmios também têm vez nesse pedaço do litoral cearense que há duas décadas não tinha nem luz elétrica.
Hoje a estrutura turística, com pousadas, hotéis, restaurantes e lojinhas, não impede a preservação do cenário de dunas como a do Por do Sol, onde todo mundo se encontra no fim de tarde, seja voltando de passeios de bugue pela região, seja acordando de um cochilo para recuperar as energias para uma madrugada de agito. A Praia da Malhada, à direita da vila, é perfeita para banho e caminhadas. Na maré baixa, caminhe pela trilha que se abre até a Pedra Furada, curiosa formação esculpida pelas águas do mar. Se não for pela trilha, só a cavalo ou de bugue para chegar até ali.
O bugue, aliás, é essencial para se deslocar para cenários igualmente apaixonantes nos arredores. Ainda que pareça um sacrifício sair da vila, vale a pena o “esforço” de visitar lagoas com águas cristalinas, caso da Azul e Formosa, nas quais é possível testar a invenção mais deliciosa do lugar: as redes para dentar com meio corpo dentro d’água. No segundo semestre, o horizonte fica pontilhado pelas cores das velas dos praticantes de kitesurfe e windsurfe, que deslizam velozmente no embalo dos fortíssimos ventos.
7ª - PRAIA DE TAIPU DE FORA / MARAÚ / BA
Mar azul-claro, areia dourada e uma fileira de coqueiros a perder de vista. Para apreciar a belíssima paisagem da praia mais bonita da península, basta sentar-se num dos bares espalhados pela orla.

Mas para conhecer o que Taipu tem de melhor é preciso colocar máscara e snorkel e nadar no verdadeiro aquário que se forma nas piscinas naturais - fenômeno que só ocorre duas vezes por mês, quando a maré está baixa (para não perder o espetáculo, cheque a tábua das marés e aprenda o ditado: "lua nova, lua cheia, maré baixa, nove e meia").
A vila de Taipu é um dos maiores núcleos urbanos de Barra Grande, e tem boa estrutura de pousadas, restaurantes, bares e lojinhas.
8ª - PRAIA DE LAGOINHA DO LESTE / FLORIANÓPOLIS / SC
Descobrir a Lagoinha não é tarefa tão simples. Nem todo mundo encara as fortes caminhadas (ou um traslado de barco) para chegar à mais bela praia de Florianópolis. A faixa de areia, fofa, branquinha e quase sempre sossegada, separa o mar de ondas fortes do riacho que forma uma lagoa boa para banho (daí o nome).

Dica: 
quem sobe o costão do lado direito volta para casa com as melhores panorâmicas do lugar. Uma das trilhas de acesso à praia parte de Pântano do Sul (não há sinalização, pergunte na vila); em meio à mata fechada, a caminhada de uma hora passa por trechos bem íngremes. 
Outra, de três horas, começa na Praia do Matadeiro e segue pelo alto do morro, com paisagens incríveis do mar. Para ambas é recomendada a companhia de um guia ou de alguém que já conheça o trajeto. No verão, barqueiros fazem o transporte a partir de Armação ou de Pântano do Sul.
9ª - PRAIA DO AMOR / PIPA / RN
É ela o point do surf em Pipa. Ondas radicais, areia larga, galera descolada, barracas de praia, artesãos e mais, e mais, e mais ondas. O resultado? Surfistas por todos os lados e princesinhas do surf, também. Os corpos mais sarados e a moçada bonita estão na Praia dos Afogados, tanto pelo surf, quanto pelo body-board, e também pelo frescobol, futebol, vôlei de praia...

As principais competições de surf da Pipa e algumas das mais importantes do estado e da região são decididas nesta praia, que deu a fama que a Pipa tem. O mirante que se ergue em suas falésias, é o componente extra dessa viagem pela natureza e pelo esporte dos deuses. Esta praia lança moda e é a moda da Pipa, renovada a cada Verão.
A mais bela; a Praia do Amor, onde o desenho das pedras das piscininhas naturais tem o formato do coração. Amor e Afogados se confundem e, do Chapadão, elas são a mesma, são contínuas. Uma com o surf, a galera jovem; outra, com as famílias, as crianças...
10ª - PRAIAS ANTIGOS E ANTIGUINHOS / PARATY - RJ
São duas enseadas separadas por uma ilhota de pedras. Em ambas, a vegetação cobre as encostas e não há sequer estrutura de barracas - só areia fofa, água transparente, pedras enormes e montanhas que contornam o desenho da praia.
foto - Viagens cinematográficas

Cuidado com a correnteza em Antigos: prefira tomar banho em Antiguinhos, com mar mais calmo. Acesso a pé a partir da Praia do Sono (30 minutos) ou de barco a partir de Laranjeiras (20 minutos, Fábio, 9959-7841) ou da Praia do Meio, em Trindade (30 minutos).
foto - Viagens cinematográficas
foto - Viagens cinematográficas
foto - Viagens cinematográficas

fonte dos textos e fotos: Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Google / Viagens Cinematográficas / 


Comentários

Postar um comentário

VALEU POR VIAJAR COM A GENTE

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares. A religiosidade ocupa lugar de destaque como um dos fatores que mais atraem os visitantes, uma vez que Baependi foi o lugar onde a serva de Deus, Nhá Chica, concedeu suas graças, hoje em dia inúmeras romarias de diversas partes do país têm como destino o Santuário de Nhá Chica, onde também se encontram seus restos mortais.

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Será que tem gremista em Colorado? Claro que tem. Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O município tem como base da economia a produção agrícola. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. Destes, Capitólio se destaca por oferecer as melhores opções de serviços e infraestrutura turística. Os passeios náuticos, os esportes aquáticos, a pesca esportiva e a exuberância natural são pontos fortes da região, que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, o "Velho Chico". O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias. Desses, surgiram os “brasilienses”, o gentílico usado para quem nasceu aqui e adotado por quem veio de fora e assumiu a cidade como sua.

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras. De frente para a Baía da Guanabara, Niterói mostra que a vista para a cidade do Rio não é o único atrativo. Além de oferecer, na sua face voltada para o alto mar, trechos de areia ideais para quem quiser fugir do agito de Ipanema e Copacabana, o município começa a explorar o legado das construções assinadas por Oscar Niemeyer, entre elas o famoso Museu de Arte Contemporânea.

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.