Pular para o conteúdo principal

PIAUÍ, BRASIL - O que este estado brasileiro não tem de litoral tem de beleza. Praias, dunas, mata nativa, sítios arqueológicos e muito mais




CONHEÇA O ESTADO DE "PIAUÍ", BRASIL
Os rios Poti e Parnaíba correm paralelos em boa parte da mancha urbana de Teresina, capital do Piauí (Arquivo Setur - PI)
Ah, Piauí… Terra da cajuína, filha do sol do Equador! O que o estado não tem de litoral, tem de beleza. O que o estado laca de investimento, tem em paisagens quase intocadas, de raiz. Um litoral pequeno, mas sem ser apertado, por conta da baixa procura e que proporciona contato íntimo com a natureza.
Tudo bem, o Piauí não aparece mesmo nas listas de destinos turísticos mais procurados do Brasil. Para começar, a capital, Teresina, é a única no nordeste que não é banhada pelo mar. Quem procura a brisa marinha para abrandar o calor característico do estado precisa apontar para o alto do mapa, a quase 360 quilômetros da capital.
É para balneários como Luís Correia que os próprios piauienses correm nos fins de semana para curtir as areias da bela Praia Macapá, na foz do rio de mesmo nome, e a agitada Atalaia, com uma sequência de bares de madeira cobertos de carnaúba, sempre lotados. Fica ali também a deserta Carnaubinhas, com mata nativa e dunas de areia branca, cujo acesso é feito por estrada sem sinalização ou por trechos de areia pelos quais só passam veículos com tração nas quatro rodas.
E você cada vez mais vai ouvir falar de Barra Grande, cujos ventos já atraíram os praticantes de kitesurfe. Em geral quem visita essas paragens parte de Parnaíba, cidade-base para conhecer um dos lugares mais procurados do Piauí, o Delta do Parnaíba, onde longos passeios de barco pelos igarapés do rio vão revelando mangues, dunas, carnaubeiras e lagoas fluviais. A paisagem única desse poderoso encontro do rio com o mar lembra um quebra-cabeça, um labirinto de mais de setenta ilhas fluviais.
Teresina, Piauí, é a única capital do Nordeste que não fica no litoral (Arquivo Setur - PI)
Quem resolve explorar a diversidade geográfica do Piauí a partir de Teresina e se dispõe a passar um tempinho ali descobre um lugar acolhedor, com praças e parques que lhe renderam o apelido de Cidade Verde, belas amostras da arte santeira talhada em madeira e o Parque Ambiental Encontro dos Rios Poty e Parnaíba – área de preservação com trilhas, mirantes e passeios pelos dois rios que cortam a capital. Teresina, com moradores simpáticos e falantes – são poucos mais de 800 mil habitantes –, pode ser ponto de partida para o surpreendente Parque Nacional das Sete Cidades, a 200 quilômetros.
Bebida típica de Teresina, capital do Piauí, a Cajuína é feita a partir do suco de caju (Arquivo Setur - PI)
As estranhas formas rochosas da área despertam a imaginação e há quem enxergue nelas cabeças de índios, tartarugas e elefantes. O calor é muito intenso, por isso o melhor período para fazer a visita é entre janeiro e julho, quando as cachoeiras e piscinas naturais da região estão mais cheias. Os movimentos de placas tectônicas foram responsáveis pela formação desse território misterioso que há centenas de milhares de anos era o fundo do mar.
O Encontro Nacional de Folguedos em Teresina, Piauí, promove apresentações de grupos folclóricos e quadrilhas, além da venda de comidas típicas (Arquivo Setur - PI)
O mesmo fenômeno criou, ao sul do estado, a 500 quilômetros de Teresina, o fantástico sítio arqueológico do Parque Nacional Serra da Capivara, com vestígios que indicam a presença dos grupos humanos ali ainda na pré-história. Em 1991, o parque entrou para a lista de Patrimônio Cultural da Humanidade da Unesco, e não é para menos: numa área de mais de 129 mil hectares, mais de 900 sítios arqueológicos foram catalogados, com a presença de pinturas e gravuras rupestres que têm entre 6 e 22 mil anos. Uma das maneiras mais confortáveis de chegar a São Raimundo Nonato, cidade que em geral é procurada para ter acesso ao parque, tem como ponto de partida Petrolina, em Pernambuco, que tem aeroporto e fica a 300 quilômetros de distância.
SÍNTESE DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
Capital - Teresina
População estimada 2016(2) - 3.212.180
Área 2015 (km²) - 251.611,934
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 12,40
Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente 2015 (Reais)(1) - 729
Número de Municípios - 224
ORIGEM DO NOME DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
O topônimo "Piauí" vem da língua tupi, na qual significa "rio das piabas".
O Encontro Nacional dos Folguedos em Teresina, Piauí, acontece na segunda quinzena de junho (Arquivo Setur - PI)
HISTÓRICO DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
No Piauí, há vestígios da presença do homem que datam de há até 50000 anos. Estes estão presentes no Parque Nacional da Serra da Capivara, na Serra das Confusões e em Sete Cidades. O Parque Nacional da Serra da Capivara é, sem dúvida, o mais importante. Lá, foram encontradas a cerâmica mais velha da América, um bloco de tinta de 10 000 anos, fósseis humanos e animais, pinturas rupestres e outros artefatos antigos. Os achados estão no Museu do Homem Americano.
A Serra da Capivara foi descoberta por caçadores nas proximidades da cidade-sede: São Raimundo Nonato, os quais, sem saber de que se tratavam as pinturas rupestres, chamaram o prefeito que, surpreso, tirou fotos. Seis anos depois, em uma conferência em São Paulo, o mesmo prefeito, por coincidência, encontrou Niède Guidon e mostrou as fotos à pesquisadora. Esta tanto se interessou, que a levou a se mudar para a Serra, onde ainda reside, fazendo pesquisas.
O "homem de Pedra Furada" viveu há cerca de 40 mil atrás (paleoíndio) na região onde hoje é o Piauí, e lá caçava e acendia fogueiras.
ECONOMIA DO ESTADO DO PIAUÍ
As principais atividades econômicas do estado são a indústria (química, têxtil, de bebidas), a agricultura (algodão, arroz, cana-de-açúcar, mandioca) e a pecuária. A região do Piauí começou a ser povoada pelos colonizadores europeus no século XVII, desde o interior, na época em que os vaqueiros, que vieram principalmente da Bahia, têm chegado à procura de pastos. Em 1718, o território, até então pertencente à Bahia, passou a fazer parte do Maranhão. Em 1811, o príncipe Dom João, cinco anos antes de ser coroado rei de Portugal, elevou o Piauí à categoria de capitania independente. Em 1852, o governo provincial transferiu a capital de Oeiras para Teresina, desde então o estado começou a crescer economicamente. Desde a Proclamação da República no Brasil, foi apresentado pelo estado que o terreno político tornou-se tranqüilo, mas foi muito difícil que o Piauí se desenvolvesse social e economicamente.
Arroz com Capote, comida tradicional de Teresina, Piauí (Arquivo Setur - PI)

Com a independência do Brasil em 7 de setembro de 1822, algumas províncias continuaram como colônias portuguesas, dentre elas, o Piauí.
Produção de cerâmica no Parque Nacional da Serra da Capivara no Piauí (Pablo de Sousa/Cia de Luz)
Com medo de perder a província do Piauí, a coroa portuguesa mandou a Oeiras, que era a capital da província, o brigadeiro João José da Cunha Fidié, que comandava uma tropa militar, a fim de manter o Piauí como colônia portuguesa. Em 19 de outubro de 1822, a Câmara Provincial de Parnaíba declarou a independência de Parnaíba. Para conter os revoltosos, Fidié e sua tropa militar foram a Parnaíba, onde ficaram por quase dois meses e depois voltaram a Oeiras.
Loja de Artesanato no Piauí (Milton Shitara)
Na volta para a capital, ao passar por Piracuruca, viram que a cidade estava deserta. Isso serviu de sinal para o que aconteceu mais adiante: em Campo Maior, nas proximidades do Riacho do Jenipapo, houve um confronto entre portugueses e piauienses, no qual os portugueses possuíam armas avançadas, munição e alimento garantido, enquanto os piauienses tinham apenas equipamentos rudimentares.
Essa batalha foi chamada de Batalha do Jenipapo. Com o fim desta, os piauienses que sobreviveram roubaram toda a munição e alimento dos portugueses que, desesperados, foram para União e, de lá para Caxias, no Maranhão, onde foram presos por Manuel de Sousa Martins. Fidié ficou preso em Oeiras por três meses. De lá, foi mandado ao Rio de Janeiro e, depois, a Lisboa.
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
A CAPITAL - TERESINA

Os hotéis da capital evidenciam o foco executivo da cidade, além do grande número de hospitais, clínicas e laboratórios. Os modernos bairros de São Cristóvão e Fátima concentram os melhores restaurantes e a badalação noturna. Perto do aeroporto, é possível ver o encontro das águas dos rios Poti e Parnaíba. A Ponte Estaiada, uma das novas atrações da cidade, apresenta uma bonita paisagem de toda a região e das pontes que ligam o estado a Timon, no Maranhão.




A capital, dita "A Rainha do Nordeste", é a única capital nordestina fora do litoral, porém com muitas belezas a serem descobertas para quem chega ao estado do Piauí. Fundada no ano de 1852, foi a primeira capital planejada no Brasil, conhecida como Mesopotâmia do Nordeste por se encontrar entre dois grandes rios. A cidade é muito bem projetada e arborizada, conhecida como 'Cidade Verde'. O turista encontra no centro de Teresina antigos casarões históricos bem conservados em ruas bem traçadas. Em Teresina pode-se encontrar muitos pontos turísticos como o Encontros dos Rios, o Parque Zoobotânico de Teresina, Polo Cerâmico do Poty Velho, Central de Artesanato, Ponte Estaiada, Floresta Fóssil, Balneário Curva São Paulo e uma vasta culinária típica que vai da Maria Isabel, passando pelo capote até o caranguejo e a famosa Cajuína. Teresina é também o principal portão de entrada para quem deseja conhecer as belezas naturais do Piauí.
BIBLIOTECA PÚBLICA DA CAPITAL DO PIAUÍ
BATALHÃO DOS CAÇADORES DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
MONUMENTO A BRAVURA DO POVO PIAUIENSE
PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
Palácio Karnak, antiga sede do governo do Piauí e atualmente centro de convenções em Teresina (Pablo de Sousa/ciadeluz.com.br)
O LITORAL DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
No norte do estado o turismo apresenta-se mais forte por conta do litoral com as suas belas praias e o Delta do Rio Parnaíba. As praias do Piauí atraem turistas do mundo inteiro e principalmente esportistas que aproveitam os fortes ventos da região para a prática de kitesurf e esportes similares. Os principais municípios do litoral do estado são Parnaíba e Luís Correia. O litoral do Piauí tem 66 km de extensão, sendo o estado brasileiro com o menos litoral. Eh marcado por externas e ensolaradas praias, cercadas de dunas de areia branca e de lagoas de água doce. O delta do Parnaíba despeja suas águas no atlântico, abrindo um grandioso delta com cerca de 90 ilhas.

PEDRA FURADA NO PARQUE NACIONAL DA SERRA DA CAPIVARA EM PIAUÍ, BR
Pedra Furada no Parque Nacional Serra da Capivara, que acolhe com seus vestígios o homem mais antigo das Américas, sendo assim, conhecido como o "berço do homem americano" pela comunidade científica internacional. A 510 km de Teresina, o parque de 129 hectares, é um monumental museu a céu aberto, com belíssimas formações rochosas, onde estão os sítios arqueológicos e paleontológicos, que testemunham à presença do homem e dos animais pré-históricos. Parque Nacional Serra da Capivara (PI). 
Foto: Aureliano José Nogueira Neto *** Local Caption *** PT: Autorizado o uso exclusivo para divulgação do produto turístico brasileiro. EN: Exclusively authorized for promoting the brazilian tourist product.
Patrimônio Cultural Mundial desde 1991, o Parque Nacional da Serra da Capivara é um oásis na região semi-árida do sudeste do Piauí + Os 50 melhores destinos de ecoturismo do Brasil (Divulgação)
Na região centro-norte encontra-se o Parque Ecológico da Cachoeira do Urubu, onde nos primeiros semestres de cada ano a abundância das quedas d'água proporcionam uma paisagem de imensa beleza conhecida como as "cataratas do Iguaçu piauiense". Também na região centro-norte do estado encontra-se Cânion do Rio Poti.
Destaca-se ainda, a realização do Festival de Inverno de Pedro II desde 2005. Por ter o clima de montanha, a Suíça Piauiense como é conhecida a cidade de Pedro II são realizadas shows com artistas do blues e do Jazz conhecidos nacionalmente e até internacional. Com jazidas de Opalas (pedra preciosa) o mirante do Gritador (localizada na Serra dos Matões com altitude de 700m), casarões coloniais, trilhas com cachoeiras e artesanatos são atrativos que fazem do Festival de Inverno de Pedro II, um dos maiores eventos do Estado do Piauí.
RIO POTI
PARQUES NACIONAIS
No sul do estado o forte são os parques nacionais, onde há os mais importantes sítios arqueológicos do Brasil, o Parque Nacional Serra da Capivara, onde numa belíssima paisagem de fauna e flora selvagens há inúmeros vestígios do homem da pré-história e onde fica o Museu do Homem Americano. O parque atrai turistas do mundo inteiro que ficam fascinados com a beleza, magia e mistérios da região. Também há o Parque Nacional de Sete Cidades e o Parque Nacional da Serra das Confusões, este último ainda não liberado a visitações.
É no Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, que está uma das maiores concentrações de achados arqueológicos pré-históricos no mundo (Fabio Peixoto)
Pinturas rupestres do Boqueirão da Pedra Furada no Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí (Pablo de Sousa/ciadeluz.com.br)
Atração mais visitada do Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí, o Baixão da Pedra Furada tem como principal sítio o Boqueirão da Pedra Furada, onde foram encontrados vestígios de uma fogueira de 50 mil anos (Pablo de Sousa)
Atração mais visitada do Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí, o Baixão da Pedra Furada tem como principal sítio o Boqueirão da Pedra Furada, onde foram encontrados vestígios de uma fogueira de 50 mil anos (Pablo de Sousa)
MORRO DO GRITADOR NO PIAUÍ, BR
O Morro do Gritador fica em Pedro II, a 209 km de Teresina; com seu paredão de quase 300 metros de altura, o lugar é uma das maiores atrações da cidade (José Raimundo Diniz/Secom Piauí/Fotos Públicas)

CULTURA DO ESTADO DO PIAUÍ, BR
O estado do Piauí é muito rico em manifestações culturais. Como o estado é relativamente grande, havendo vários tipos de clima, vegetação e relevo, é comum a variedade de culturas conforme o local. As manifestações mais comuns no Piauí são: Bumba-Meu-Boi, Cavalo Piancó, Congada, Samba de Cumbucaoda de São Gonçalo, Reisado, entre outros.
Praia de Barra Grande, Barra Grande
Com certeza uma das mais bonitas do estado, a Praia da Barra Grande é um point para quem gosta de ecoturismo e de esportes. Sua posição é privilegiada pela Rota dos Ventos, sendo um dos destinos preferidos para aqueles que curtem praticar kitesurfe e velejar. Uma das atividades mais especiais da região é o passeio de barco até a Ilha do Cavalo Marinho para a observação do animal

Praia do Coqueiro, Luís Correia
Uma antiga vila de pescadores, a Praia do Coqueiro é, hoje, uma das melhores praias piauienses para a prática de esportes aquáticos. Suas areias douradas são boas para relaxar e observar o mar transparente, morno e levemente agitado - por causa dos ventos da região -, sendo ideal para a prática do kitesurf. Durante a maré baixa, recifes se descortinam aqui e ali e é possível se esbanjar nas piscinas naturais concebidas. Apesar de roots, conta com infraestruturas, hotéis e restaurantes próximos
Sede de uma etapa do mundial de kitesurfe, a Praia do Coqueiro em Luís Correia no Piauí tem também uma parte tranquila, onde pode-se desfrutar, na maré baixa, de piscinas naturais (Dílson Duques)

Praia do Atalaia, Luís Correia
Bares, restaurantes e hotéis proporcionam uma ótima infraestrutura para os turistas, mas a Praia de Atalaia não é só isso: ela ainda dispõe de águas calmas e ideais para ir com os amigos ou com a família só para relaxar... Não é à toa que ela é a mais frequentada por turistas na região inteira!

Praia do Arrombado, Luís Correia
Toda a dificuldade para alcançar essa praia, no final, recompensa. São 14 longos quilômetros de estrada de terra que premiam com ondas sensacionais e uma vista praiana linda. E o melhor de tudo: de fevereiro a abril, acontece ali a desova da tartaruga-de-pente!

Praia Carnaubinhas, Luís Correia
O nome da praia se deve às carnaúbas, uma espécie de palmeira nordestina, que estão semicobertas pelas dunas e dominam o horizonte. O lugar é de difícil acesso e, por isso, deserto. Ideal para quem busca tranquilidade. Para visitar, o melhor é estar munido de um veículo com tração nas quatro rodas: as estradas de areia fofa podem fazer um carro sem tração atolar facilmente

Praia Macapá, Luís Correia
Seu areal de 200 metros e suas águas cristalinas formam um ambiente paradisíaco e desejável para aqueles que procuram boas ondas para a prática de esportes náuticos. Apesar disso, a praia não é muito conhecida, o que a torna um verdadeiro refúgio. De um lado mar e, na outra margem rio Camurupim, a Praia de Macapá assemelha-se a uma lagoa entre dunas de areia. Embora vazia, oferece uma das melhores culinárias da região
Praia de Macapá e foz do Rio Camurupim ao fundo em Luís Correia, Piauí (Ricardo Freire)

Praia da Pedra do Sal, Parnaíba
Situada em uma ilha fluvial do Delta do Parnaíba - a qual atende pelo nome de Grande de Santa Isabel - a Praia da Pedra do Sal tem uma definição quase bipolar: ela se divide entre o lado “manso”, com ondas suaves e ideais para a pesca; e o lado “bravo”, o qual, como o nome sugere, é adorado por praticantes de esportes radicais, como o surf e a asa delta. Entre as duas, esta segunda é a mais frequentada pelos turistas. Mas este belo beira-mar também é conhecido por seu pôr do sol e pelo fenômeno do acúmulo de sal que, com o bater das ondas, se junta às formações rochosas da área e proporciona um espetáculo um tanto quanto espumoso

CIDADE DE PEDRO II, PI
Com centrinho histórico conservado, a cidade serrana organiza em junho seu Festival de Inverno, com shows de jazz, blues e MPB.
PEDRO II é conhecida também pelas redes – vendidas na Associação dos Artesãos (R. Agostinho Pinheiro, 366) e na Central de Artesanato (Av. José Lourenço Mourão,949, Vila Operária) – e pelo garimpo de opala, pedra preciosa só encontrada nesta região e na Austrália (Opala Artes Gemas, Av. José Lourenço Mourão, 813; Oi.ti Joias Artesanais, Av. Cel. Cordeiro; e Opalas Pedro II, Av. Cel. Cordeiro, 672).
O Museu da Roça, na mina de opala mais antiga da região, expõe utensílios usados na extração da pedra.
MORRO GRITADOR PIAUÍ, BR

CIDADE DE LUÍS CORREIA, PI
Nos fins de semana, muitos moradores de Teresina caem na estrada rumo a LUÍS CORREIA, que abriga o melhor trecho do litoral do Piauí. Alguns balneários locais, como Coqueiro e Atalaia, têm barracas que ficam lotadas. Outros, como Carnaubinhas, seguem preservados e encantadores.
RIO PARNAÍBA
MONUMENTO AO VAQUEIRO EM CAMPO MAIOR, PI
MATRIZ DE SÃO MIGUEL EM TAPUIO
CIDADE DE VÁRZEA GRANDE, PI
RIO POTI
O cânion do rio Poti é uma das atrações pouco conhecidas do Piauí; trata-se de uma fenda geológica situada na Serra da Ibiapaba, entre os estados de Piauí e Ceará (Juscelino Reis/Secom Piauí/Fotos Públicas)
CAATINGA DO PIAUÍ, BR

CIDADE DE PARNAÍBA, PI
Porto das Barcas em Parnaíba, Piauí (Divulgação)
Grandioso, o Delta do Rio Parnaíba, no Piauí, atrai turistas para passeios de barco por suas águas caudalosas (André Penner)
Os bons ventos fazem de Barra Grande, no Piauí, um dos pontos preferidos de kitesurfistas no Brasil (Divulgação)
RIO PARNAÍBA
Uma das opções de passeio na segunda maior cidade do Piauí é o de barco pelos igarapés do Rio Parnaíba (Divulgação)
CACHOEIRA DO URUBU NO ESTADO DO PIAUÍ, BR
Cachoeira do Urubu, em Esperantina, no Piauí (José Eduardo Camargo)
ILHAS CANÁRIAS NO ESTADO DO PIAUÍ, BR
Barco na Barra do Meio, no Piauí (Alcides Filho)
Praia do povoado da Ilha das Canárias no delta do Rio Parnaíba no Piauí (Pablo de Sousa/ciadeluz.com.br)
CIDADE DE CASTELO, PI

PRAIA MACAPA

CIDADE DE LUZILÂNDIA, PI
CIDADE DE BARRAS, PI
PALACETE DA CASA ROSADA EM BARRAS NO PIAUÍ, BR
PALÁCIO DA MUNICIPALIDADE EM BARRAS, PI
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO REMÉDIOS
PARNAÍBA / PORTÃO DE ENTRADA PARA O DELTA PARNAÍBA
foto - Morais Brito
CIDADE DE SÃO JOÃO DO PIAUÍ, PI
CIDADE DE PIRIPIRI, PI
CIDADE DE OEIRAS, PI
CIDADE DE CAMPO MAIOR, PI
ESTA EH A BANDEIRA DO ESTADO DO PIAUI, BRASIL
ESTE EH O BRASÃO DO ESTADO DO PIAUI, BRASIL


VALEU PELA VISITA



foto/fonte - Wikipédia / viajeaqui.abril.com.br / Thymonthy Becker / IBGE / Governo do Piauí, BR / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

CONHEÇA A CIDADE DE "SERRA DO NAVIO", AMAPÁ, BRASIL CONHEÇA A FAMOSA "LAGOA AZUL" DE SERRA DO NAVIO, AP A história da Lagoa Azul se mistura à criação da Serra do Navio e à atividade de exploração na década de 1950 A Amazônia é conhecida pelos rios, igarapés e cachoeiras. Mas, a maioria das pessoas nem imaginam que aqui existam lagoas de águas azul turquesa. A 208 quilômetros de Macapá, capital do Amapá, fica a Lagoa Azul, um paraíso que nasceu de uma mina abandonada. O lugar fica próximo à Vila Serra do Navio, cidade criada na década de 1950 para abrigar os trabalhadores de uma empresa de mineração. A lagoa azul e o passado da história da Serra do Navio estão entrelaçados. De acordo com a prefeitura da cidade, a cor marcante da lagoa, em tom azul anil, acontece por conta dos minérios da região especialmente o carbonato de manganês. O lugar era uma mineração. Hoje é possível chegar até lá através de trilhas ou de carro. A região é cercada por uma floresta tropical. O…

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. (Thymonthy Becker) A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. (Thymonthy Becker) A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das ár…

BARCELONA, ESPANHA - Barcelona é um dos principais destinos de quem vai para a Espanha. O destino, capital da Catalunha, é jovem, acolhedor, respira cultura e boa gastronomia e, diferente de outras cidades espanholas, os moradores locais recebem os turistas de braços abertos

CONHEÇA 10 LUGARESIMPERDÍVEIS EM BARCELONA, ESPANHA
Barcelona é um dos principais destinos de quem vai para a Espanha. O destino, capital da Catalunha, é jovem, acolhedor, respira cultura e boa gastronomia e, diferente de outras cidades espanholas, os moradores locais recebem os turistas de braços abertos.  Se você está de passagem pela primeira vez, o RoadTrio reuniu 10 destaques que não podem faltar no seu roteiro. 
01 - PARC DE LA CIUTADELLA  O Parc de la Ciutadella foi o primeiro parque público de Barcelona e está muito bem conservado. Nos dias de sol, os catalães aproveitam a área verde para passear com cachorros, pegar um bronze, correr, levar a criançada para brincar e fazer pique-nique.  Com cerca de 280.000 m2, o parque e abriga o zoológico da cidade, o Parlamento da Catalunha, museus e a famosa fonte desenhada por Josep Fontserè em colaboração com Antoni Gaudí – com certeza você já viu várias fotos delas pelas redes sociais. Outra atração é o Castell dels Tres Dragons, muito …

UMBURATIBA, MINAS GERAIS - Se existisse uma lista de cidades serenas e calmas, com certeza o nome de Umburatiba estaria nela e com destaque. Pequeno e afastado das grandes cidades, o município tem o privilégio de ser um dos poucos lugares onde os costumes do interior ainda prevalecem. Com 168 km de distância, Umburatiba é a cidade mineira mais próxima do mar

CONHEÇA A CIDADE DE "UMBURATIBA, MINAS GERAIS , BRASIL  Se existisse uma lista de cidades serenas e calmas, com certeza o nome de Umburatiba estaria nela e com destaque. Pequeno e afastado das grandes cidades, o município tem o privilégio de ser um dos poucos lugares onde os costumes do interior ainda prevalecem. Mas apesar de seu jeito pacato, a cidade carrega um acervo de curiosidades, no mínimo, interessantes.  Praça da Igreja Matriz da cidade de Umburatiba, MG(Portal Bertópolis em Foco / Facebook)  CURIOSIDADES SOBRE UMBURATIBA, MINAS GERAIS 01 - O território onde hoje se situa Umburatiba começou a ser ocupado depois que o político provincial Teófilo Otoni liderou uma colonização que buscava em Minas uma saída para o mar.  02 - Quando ainda era um povoado o local era chamado de Comercinho dos Gangás. Esse nome foi inspirado no apelido do comerciante José Rodrigues de Oliveira que era conhecido como Gangás, um dos primeiros habitantes da região.  03 - Com 168 km de distância, Um…

OS 30 LUGARES MAIS INCRÍVEIS DO MUNDO QUE FORAM ABANDONADOS - E se você, ao invés de visitar destinos badalados e altamente procurado pelos turistas, desse uma chance pra lugares abandonados e marcados pelo tempo? Castelos, aeroportos e até paisagens naturais perigosas, que não podem ser ocupadas pelo homem, podem mudar a sua visão de mundo, além de apresentar uma série de histórias impactantes e outras que podem ser imaginadas livremente. E inclua aqui muito terror, suspense e, por quê não, romance!

CONHEÇA OS 30 LUGARES MAIS INCRÍVEIS DO MUNDO QUE FORAM ABANDONADOS E se você, ao invés de visitar destinos badalados e altamente procurado pelos turistas, desse uma chance pra lugares abandonados e marcados pelo tempo?  Castelos, aeroportos e até paisagens naturais perigosas, que não podem ser ocupadas pelo homem, podem mudar a sua visão de mundo, além de apresentar uma série de histórias impactantes e outras que podem ser imaginadas livremente. E inclua aqui muito terror, suspense e, por quê não, romance!  Na nossa galeria abaixo, há uma seleção especial com vários lugares abandonados e (quase) esquecidos pelo ser humano e pela natureza. Entre estações ferroviárias ocupadas pelos nazistas na Europa, cidades futurísticas que não deram certo na China e até uma vila engolida por um vulcão na Itália, há experiências que, com certeza, irão marcá-lo pela vida inteira. Divirta-se!  01 - CHERNOBYL, PRIPYAT, UCRÂNIA  Os cenários da cidade ucraniana de Pripyat tornaram-se melancólicos depois d…

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

CARRANCAS, MINAS GERAIS - Um pequeno paraíso conhecido como Terra das Cachoeiras pois possui mais de 120 quedas d'água na Estrada Real. Considerada um dos novos pólos de Ecoturismo, é um lugar ideal para a prática de Montain Bike, Trekking e outros esportes que lhe propiciam o contato com a natureza. Tem o grande poço da esmeralda, além das grutas da toca e da cortina, ainda pode-se observar pinturas rupestres e um escorregador com cerca de dez metros que termina com um divertido mergulho.

CONHEÇA A CIDADE DE "CARRANCAS", MINAS GERAIS, BRASIL

MUITO BEM VINDO AO PARAÍSO. BEM VINDO A CARRANCAS. MINAS EH ISTO E MUITO MAIS. imagem "?" Com mais de 50 cachoeiras, a cidade está voltada para o ecoturismo – suas belas paisagens frequentemente servem de cenário para novelas. Há quedas d’água de fácil acesso, mas as mais bonitas ficam escondidas na mata fechada, aonde só se chega por trilhas (que devem ser percorridas com a ajuda de guia). Entre novembro e março, a chuva torna as cachoeiras perigosas. A maioria das pousadas está próxima de grutas e cachoeiras, e muitas têm piscinas naturais. Foto - ?
POÇO DO CORAÇÃO
O acesso é tranquilo: pegue a Estrada para Itutinga, entre à esquerda após a primeira ponte para chegar ao Complexo da Toca. O carro fica na portaria, e você segue a trilha até o para o escorregador (é bom ponto para banho, ao lado da Gruta da Toca). A partir dele, suba margeando o rio: há vários poços e pequenas quedas até a principal atração local, a …

BARÃO DE COCAIS, MINAS GERAIS - No século XIX, viveu seu apogeu, com a mineração aurífera subterrânea, mecanizada e industrializada. As ruínas do Gongo Soco fazem memória a uma autêntica vila inglesa encravada nas montanhas de Minas e conserva ainda o emblemático Cemitério dos Ingleses, onde eram enterrados apenas os trabalhadores britânicos. Ali são encontradas ainda hoje lápides com inscrições em inglês e ornamentadas por desenhos apurados. O conjunto das ruínas foi tombado como patrimônio histórico pelo IEPHA, em 1995.

CONHEÇA A CIDADE DE "BARÃO DE COCAIS", MINAS GERAIS, BRASIL
As ruínas e pinturas rupestres encontradas na cidade são de surpreender qualquer visitante. Seis mil anos antes do povoamento da região, Barão de Cocais, situada nas proximidades da Serra do Caraça, a aproximadamente 90 km da capital mineira, já era habitado por indígenas.  Os vestígios estão no sítio arqueológico Pedra Pintada, que possui pinturas rupestres com desenhos semelhantes aos das grutas de Altamira, no norte da Espanha, e Lascaux, no sul da França. O sítio arqueológico está localizado no distrito de Cocais, que oferece aos visitantes boas oportunidades para a prática do ecoturismo, além de belas construções históricas dos séculos 18 e 19, apresentando aspectos de um vilarejo colonial. (Instituto Estrada Real) BEM VINDO A  BARÃO DE COCAIS. A CIDADE PORTAL DA SERRA DO CARAÇA AQUI, O BELÍSSIMO COLÉGIO DO CARAÇA copyright "PMBC" AQUI, NA ENTRADA DO COLÉGIO DO CARAÇA, CUJO INCÊNDIO DESTRUIU Copyright &quo…

BICAS, MINAS GERAIS - Com trilhas, cachoeiras e cantar dos pássaros num Horto Florestal com vistas deslumbrantes

CONHEÇA A CIDADE DE "BICAS", MINAS GERAIS, BRASIL
Como um de seus pontos turísticos, existe o Santuário Ecológico da Água Santa, onde, segundo tradição, pessoas que no local entravam em contato com suas águas eram curadas de suas moléstias. Foto - Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE BICAS / A CIDADE DOS BARÕES Copyright "?" AQUI, A IGREJA NA PRAÇA foto "By Thymonthy Becker" A BELÍSSIMA MATRIZ DE SÃO JOSÉ foto "By Thymonthy Becker" AQUI O LAGO ARTIFICIAL NA FRENTE DA MATRIZ foto "By Thymonthy Becker" ESTA EH A TORRE. MUITO BONITA MESMO. foto "By Thymonthy Becker" AQUI A MATRIZ VISTA DE LADO foto "By Thymonthy Becker" A PRAÇA DA MATRIZ foto "By Thymonthy Becker" O TRADICIONAL CORETO DA PRAÇA foto "By Thymonthy Becker" RUA DO CENTRO DA CIDADE foto "By Thymonthy Becker" OUTRA PRAÇA foto "By Thymonthy Becker" CACHORRO SACIANDO A SEDE foto "By Thymonthy Becker" ESTE EH BAR DO POMBA. foto "…

FORMIGA, MINAS GERAIS - No circuito "Grutas e Mar de Minas" e com a singularidade paisagística e ainda por sua variedade de opções de esporte e lazer, com o Lago de Furnas destaca-se dentro das principais regiões turísticas no Estado de Minas Gerais. O lugar é composto por cachoeiras, praias, opções para a pesca, esportes aquáticos e ecoturismo. No cenário exposto, Formiga é conhecida e promovida como o “Portal do Mar de Minas”, por ser o primeiro município de acesso à represa para aqueles que chegam da capital Belo Horizonte.

CONHEÇA A CIDADE DE "FORMIGA", MINAS GERAIS, BRASIL DA JANELA DO TREM

Com a singularidade paisagística e ainda por sua variedade de opções de esporte e lazer, o Lago de Furnas destaca-se dentro das principais regiões turísticas no Estado de Minas Gerais. O lugar é composto por cachoeiras, praias, opções para a pesca, esportes aquáticos e ecoturismo. A represa é a maior extensão de água do Estado. No cenário exposto, Formiga é conhecida e promovida como o “Portal do Mar de Minas”, por ser o primeiro município de acesso à represa para aqueles que chegam da capital Belo Horizonte. No Circuito Grutas e Mar de Minas, Formiga é considerada a cidade que oferece melhor infra-estrutura turística para seus visitantes entre os demais destinos da região, devido a fácil acessibilidade e aos equipamentos de hospedagem que nem todos os municípios do circuito dispõem. FORMIGA TE RECEBE DE BRAÇOS ABERTOS
foto - ? VISÃO GERAL DE FORMIGA
foto - ? foto - ? foto - ? foto - ? MUSEU HISTÓRICO MUNICIPAL
O …