Pular para o conteúdo principal

PERNAMBUCO, BRASIL - Fernando de Noronha não conta? Não tem problema, porque a pequena costa de Pernambuco dá conta do recado. Quem já esteve na celebrada Porto de Galinhas e na quase selvagem Praia dos Carneiros, em Rio Formoso, aplaude e quer voltar.




CONHEÇA O ESTADO DE "PERNAMBUCO", BRASIL
No século 16, portugueses e holandeses brigaram muito para decidir quem ficava com esse pedaço do Nordeste do Brasil, enquanto escravizavam negros africanos e índios nativos. As marcas da mistura cultural desde a colonização ainda hoje desfilam por Pernambuco, na arquitetura, na culinária e especialmente na batida musical. Ritmos regionais como maracatu, xote e baião foram dar no manguebeat, uma das manifestações artísticas mais importantes do país na década de 1990. Desde 2004, o festival No Ar Coquetel Molotov agita Recife em setembro, com novidades do mundo da música. E Pernambuco não deixa por menos ao apresentar suas praias. Até porque, apesar de estar a mais de 500 quilômetros de distância, Fernando de Noronha lhe pertence e lhe dá o direito de contribuir com o ranking das mais belas do país. Assim não vale? Não tem problema, porque a pequena costa de Pernambuco, com pouco mais de 185 quilômetros, dá conta do recado com outros pedaços incríveis de areia e mar. Quem já esteve na celebrada Porto de Galinhas e na quase selvagem Praia dos Carneiros, em Rio Formoso, aplaude e quer voltar.
A melhor maneira de conhecer as construções do final do século 19 e início do século 20 do Centro de Triunfo (PE) é a pé. Comece o passeio em frente ao Teatro Guarany, restaurado, e termine com uma visita ao Museu do Cangaço (Divulgação)
A cidade de Triunfo (PE) se localiza entre serras e tem casario colonial do século 19 (Divulgação)
Quem nuca se aventurou no fundo do mar pode fazer o batismo nas piscinas naturais da Praia de Porto de Galinhas (PE), onde há uma jangada naufragada. Mergulhadores credenciados podem descer a até 12 m no mesmo local ou a até 30 m para ver três navios naufragados a 13 km da costa (Divulgação)
Pôr do sol em Fernando de Noronha (PE) (Ministério do Turismo)
Os golfinhos-rotadores receberam esse nome graças aos saltos acrobáticos, nos quais giram sobre o próprio eixo. Podem ser observados na Baía dos Golfinhos, em Fernando de Noronha (PE) (Elaine Ianicelli)
Quem vai à Recife (PE) não pode deixar de experimentar o delicioso bolo de rolo. O mais famoso da cidade é o da Casa dos Frios, que vende o rocambole de camadas finíssimas com o clássico recheio de goiabada, ou de chocolate, doce de leite e, sob encomenda, nozes, ameixa e maracujá (Eduardo Pozella)
No antigo Mercado de São José, em Recife (PE), lojas vendem redes, brinquedos e ingredientes típicos, como carne de sol e castanha de caju (Otávio Dias de Oliveira)
Uma das atividades realizadas pelo Projeto Tamar em Fernando de Noronha (PE), é a "Abertura de Ninho", quando os filhotes das tartarugas marinhas se encontram com o mar pela primeira vez (Zaira Matheus)
Desembarcar na calorosa capital, Recife, é uma delícia. Com cerca de 1,5 milhão de habitantes, recebe os visitantes com museus, praças, teatros, feiras. Pontes, fortes, palácios, monumentos e os rios Capibaribe e Beberibe completam o cenário que inspirou a poesia do escritor da terra, João Cabral de Melo Neto. Um pulo e estamos na luminosa Olinda, também repleta de igrejas centenárias, mosteiros, casas e ateliês com fachadas de um colorido vibrante. No carnaval, as duas cidades, distantes apenas 6 quilômetros uma da outra, disputam para saber qual é mais animada. Quem tentar descobrir deve estar ciente de uma coisa: uma vez ali, não tem como escapar da folia, é preciso seguir o ritmo da multidão. Sossego se busca (fora do período carnavalesco, que fique bem claro), na Ilha de Itamaracá e suas ruas sombreadas por cajueiros e mangueiras. Por lá o Forte Orange conserva a arquitetura original da ocupação holandesa e é um dos principais pontos turísticos. Bem em frente, fica a Ilhota Coroa do Avião, um banco de areia com águas cristalinas e um ou outro barzinho para relaxar. Mas, ao longo do comprido território de Pernambuco, a partir do Atlântico até encostar no Piauí, vão se abrindo paisagens igualmente atraentes: agreste, serras, cachoeiras, caatinga e sítios arqueológicos. De olho na Copa do mundo 2014, na qual Recife será uma das sedes, o governo do estado faz campanha para incentivar os turistas, inclusive os pernambucanos, a levar o calor de sua torcida também para o interior. Para os fãs de arvorismo, tirolesa, trilhas e cachoeiras, a dica é Bonito, a pouco mais de 130 quilômetros da capital. Mais adiante está Caruaru, que nos festejos juninos costuma receber 1 milhão de turistas no ritmo de forró e quadrilhas. Até quem gosta de friozinho tem seu lugar reservado em Pernambuco: Garanhuns, a 800 metros de altitude, se orgulha de seu bem montado festival de inverno em pleno agreste nordestino. A turma do ecoturismo pode rumar para a Serra do Catimbau, entre o agreste e o sertão, onde um parque nacional abriga formações rochosas, sítios arqueológicos e cavernas. Por fim, na pontinha sudoeste, na divisa com a Bahia, Petrolina brinda o resultado de modernas tecnologias de irrigação que fizeram do Vale do São Francisco um polo de produção de uva, com vinícolas que colocam a cidade no charmoso roteiro do enoturismo.
O Morro do Pico fica na Praia da Conceição, que abriga o Duda Rei, um dos bares de praia mais badalados de Fernando de Noronha (PE) (Elaine Ianicelli)
Amanda de Souza, Livia Pacheco, Geiza Maria e Maria Graziela, passeando pelo Pátio do Forró, antes da apresentação da quadrilha Mastruz com Leite, na Festa de São João em Caruaru (PE) (Leandro Pimentel)
Com ondas fracas e estreita faixa de areia, a Praia de Tamandaré tem quiosques animados e piscinas naturais (Eduardo Queiroga)
Embora a vida marinha tenha diminuído drasticamente nas áreas dos recifes, o passeio de jangada continua disputadíssimo pelas piscinas naturais da Praia de Porto de Galinhas, Ipojuca (PE). Não esqueça a câmera, pois a famosa formação rochosa que lembra o mapa do Brasil é imperdível de fotografar (Ricardo Freire)
A construção original, de taipa feita pelos holandeses em 1631, foi demolida. Em 1654, o Forte Orange, na cidade de Itamaracá (PE), foi reconstruído pelos portugueses para proteger a vizinha Igarassu. Hoje em dia tem até loja de artesanato (Ricardo Freire)
A Igreja e Mosteiro de São Bento é a igreja mais rica de Olinda (PE) e ostenta um belo altar de madeira entalhado em estilo barroco, revestido com 28 kg de ouro (Valdemir Cunha)
O Convento de São Francisco em Olinda (PE) foi o primeiro convento da Ordem Franciscana no Brasil e abriga quatro capelas ricas em azulejos portugueses e detalhes barrocos (Divulgação)
COMO CHEGAR
Via aérea, o principal portão de entrada para o estado de Pernambuco é o aeroporto de Jaboatão dos Guararapes, cidade vizinha à capital Recife. Ônibus urbanos que saem de lá levam os turistas até os bairros de Boa Viagem (dez minutos) e Centro (25 minutos) – o táxi para a maioria dos hotéis custa, em média, R$ 25.
Todos os anos, pelo menos 800 mil turistas desembarcam em Porto de Galinhas, em Ipojuca (PE), em busca dos confortáveis resorts, das charmosas pousadinhas, da gastronomia nordestina e dos passeios de bugue e jangada. No entanto, as piscinas naturais, que trouxeram a fama ao lugar, estão ameaçadas pelo turismo em massa e os peixes são cada vez mais raros (Divulgação)
Uma das maiores festas de São João do mundo, a Festa Junina de Curuaru (PE) começa em maio e vai até o fim de junho (Divulgacao)
A Praia dos Carneiros em Tamandaré (PE) pode não ser extensa, mas concentra quase todos os atributos de uma praia digna de cartão-postal: coqueirais fazendo sombra sobre a areia clara, mar verde-transparente e piscinas naturais repletas de peixes coloridos (Otavio Dias de Oliveira)
O Maracatu Rural tem origem no estado de Pernambuco (Divulgação)
No pé do Morro do Pico fica a Praia da Conceição, em Fernando de Noronha (PE), abriga o bar de praia mais bacana da ilha, o Duda Rei. Extensa e boa para caminhadas, tem águas calmas de abril até novembro e de dezembro até março, com ondas de 1,5 m, vira outro bom pico para surfe (Ricardo Freire)
Presença certa em qualquer lista que envolva as praias mais bonitas do Brasil. A Praia da Baía do Sancho, em Fernando de Noronha (PE), tem uma faixa de areia que divide as águas cristalinas de diferentes tonalidades de falésias, recobertas pela vegetação. É um dos melhores pontos de mergulho do país, com excelente visibilidade e bancos de corais repletos de vida marinha (Ricardo Freire)
As mesas da varanda do restaurante Oficina do Sabor têm bela vista para os coqueiros de Olinda(PE) e prédios do Recife (PE) – avista-se até a Praia da Boa Viagem. Uma boa pedia é o Jerimum recheado com camarão ao molho de pitanga, arroz com espinafre e salsa (Heudes Regis)
Por terra, a rodoviária, também no município vizinho, é ligada ao Centro por metrô. Quem vem de carro desde Paraíba ou Alagoas acessa a cidade pela BR-101 – em boa parte duplicada, dentro do estado. A partir de Alagoas, há a alternativa de chegar pela AL-101, margeando o litoral, passar para a PE-060 e, finalmente, para a pedagiada PE-009. A estrada que liga Recife ao interior pernambucano é a BR-232, duplicada até Caruaru.
Às margens do Rio Capibaribe, a Rua da Aurora é composta por coloridos sobrados do século 19 em Recife (PE) (Divulgação)
Turistas que vão para o Porto de Galinhas (PE) vão em busca da boa rede hoteleira , da gastronomia nordestina e dos passeios de bugue e jangada. Para alegria de quem curte ir às compras, uma dica: as ruazinhas de terra do vilarejo escondem lojas descoladas, ateliês e grifes modernas (Divulgação)
Um dos carnavais mais tradicionais do país, com rica diversidade de ritmos, como o frevo, maracatu, ciranda, samba, etc. Planeje sua viagem, pois o carnaval começa uma semana antes e dura até o feriado em Recife (PE) (Amilton Vieira)
Um dos carnavais mais democráticos e populares do país, os foliões tomam as ruas para festejar em vários ritmos. Os bonecos gigantes são o símbolo do carnaval de Olinda (PE) (Bia Parreiras)
Protegida por recifes, a praia forma uma piscina natural na maré baixa e é um dos principais berçários marinhos de Fernando de Noronha (PE) (Marie Ange Bordas)
Os tons de azul multiplicam-se no mar de Fernando de Noronha (PE), onde a visibilidade chega a 50 m na horizontal e temperatura média de 27°C. O Arquipélago é o melhor ponto de mergulho do país (Divulgação / Operadora Águas Claras)
Com apenas 100 m de extensão, a Baía dos Porcos é a praia mais charmosa de Noronha. Equipado com máscara e snorkel você vê peixes, ouriços e estrelas-do-mar que ficam presos nas piscinas naturais em frente ao Morro Dois Irmão, cartão postal da ilha (Ministério do Turismo)
SÍNTESE DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BR
Capital - Recife 
População estimada 2016 - 9.410.336 
Área 2015 (km²) - 98.076,001 
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 89,62 
Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente 2015 (Reais)(1) - 822,00 
Número de Municípios - 185 
ORIGEM DO NOME DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BR
A origem do nome Pernambuco é controversa. Alguns estudiosos afirmam que vem da aglutinação dos termos tupis para’nã, que quer dizer “rio grande” ou “mar”, e buka, “buraco”. Assim, Pernambuco seria um “buraco no mar”, referindo-se ao Canal de Santa Cruz na Ilha de Itamaracá ou à abertura que existe nos arrecifes entre Olinda e o Recife
HISTÓRICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BR
Pernambuco é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está localizado no centro-leste da região Nordeste. Também fazem parte do seu território os arquipélagos de Fernando de Noronha e São Pedro e São Paulo. Sua capital é a cidade do Recife e a sede administrativa é o Palácio do Campo das Princesas. 
Pernambuco foi o primeiro núcleo econômico do Brasil, uma vez que se destacou na extração do pau-brasil (ou pau-pernambuco) e foi a primeira parte do país onde a cultura canavieira desenvolveu-se efetivamente. A Capitania de Pernambuco, a mais rica das capitanias durante o ciclo da cana-de-açúcar, chegou a atingir o posto de maior produtor de açúcar do mundo. O estado teve ativa participação em diversos episódios da história brasileira: foi palco das Batalhas dos Guararapes, combates decisivos na Insurreição Pernambucana e considerados a origem do Exército Brasileiro; e serviu de berço a movimentos de caráter nativista ou de ideais libertários, como a Guerra dos Mascates, a Revolução Pernambucana, a Confederação do Equador e a Revolução Praieira. Conhecido por sua ativa e rica cultura popular, o estado é berço de várias manifestações tradicionais, como o frevo e o maracatu, bem como detentor de um vasto patrimônio histórico, artístico e arquitetônico, sobretudo no que se refere ao período colonial. Na década de 1990, surgiu em Pernambuco o manguebeat, cujo maior expoente foi Chico Science. 
Pernambuco possui a alcunha de "Leão do Norte", expressão que se origina na figura de armas do antigo capitão-donatário da Capitania de Pernambuco Duarte Coelho, em alusão à coragem e ao espírito combativo do povo pernambucano. O termo é atualmente simbolizado tanto no brasão do estado quanto na bandeira da cidade do Recife, e também foi inspiração para a canção de mesmo nome do compositor pernambucano Lenine.
Bairro da Torre e o Rio Capibaribe vistos do Bairro da Jaqueira, Recife, pernambuco
Catedral do sagrado Coração de Jesus em petrolina, pernambuco
Convento de São Francisco em Olinda, Pernambuco
A Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco é a mais antiga faculdade de Direito do Brasil ao lado do curso de Direito da USP.
Aeroporto Internacional do Recife, o melhor aeroporto do país em 2014
As Batalhas dos Guararapes, episódios decisivos na Insurreição Pernambucana, são consideradas a origem do Exército Brasileiro
Assembleia Legislativa de Pernambuco, sede do poder Legislativo pernambucano.
Autódromo Internacional de Caruaru
Barracão de candomblé em Pernambuco.
Cabo de Santo Agostinho, litoral sul de Pernambuco, possível local do descobrimento pré-cabralino do Brasil por Vicente Yáñez Pinzón no dia 26 de janeiro de 1500
Carnaval em Olinda. O Carnaval Recife - Olinda é considerado o mais democrático e culturalmente diverso do país.
Caruaru, Pernambuco, Brasil.
Cascata da Cacjoeira do urubu em primavera, Pernambuco 
Cine Teatro Guarany, na cidade serrana de Triunfo, localizada a 1.004 metros de altitude, no Sertão.
Deutscher Klub Pernambuco
Forte Orange na Ilha de Itamaracá em pernambuco
Frevo, manifestação pernambucana declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO
Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo em Recife, pernambuco
Ilha do Fogo e Orla I - Petrolina, Pernambuco, Brasil
Maracatu, manifestação folclórica secular de Pernambuco.
O Museu Murillo La Greca, no Recife, foi criado em homenagem ao pintor pernambucano Murillo La Greca, filho de imigrantes italianos
O Náutico é o mandante da Arena Pernambuco. O Sport e o Santa Cruz utilizam o estádio eventualmente
O Porto Digital, situado no bairro do Recife Antigo na capital do estado, é o maior parque tecnológico do Brasil e referência mundial na produção de softwares.
O principal empreendimento da indústria naval pernambucana é o Estaleiro Atlântico Sul, maior estaleiro do Hemisfério Sul
Oficina Cerâmica Francisco Brennand
Olinda foi o local mais rico do Brasil Colônia da sua criação até a Invasão Holandesa, quando foi depredada. É a mais antiga das cidades brasileiras declaradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO
Palácio do Campo das Princesas, sede do poder Executivo de Pernambuco.
Parque Nacional do Catimbau
Pinturas Rupestres no Vale do Catimbau. Pernambuco abriga sítios arqueológicos datados de pelo menos 11 mil anos
Porto de Galinhas foi eleita por 10 vezes consecutivas a Melhor Praia do Brasil — segundo a Revista Viagem e Turismo, da Editora Abril.
Praia dos Carneiros
Prédios e barcos vistos do dique e Candeias
Quartel do Derby, antigo Mercado Modelo Coelho Cintra, construído onde funcionava um hipódromo inglês
Recife foi a mais cosmopolita cidade da América durante o governo do conde alemão (a serviço da coroa holandesa) Maurício de Nassau
Recife é o segundo maior polo médico do Brasil, após São Paulo. Na foto, hospital na cidade.
Relógio das Flores - Garanhuns, Pernambuco, Brasil
Sinagoga-kahal-zur-israel-recife - Sinagoga Kahal Zur Israel, a mais antiga sinagoga da América.
Talha dourada em estilo nacional português da Capela Dourada.
Tribunal de Justiça de Pernambuco, sede do poder Judiciário Estadual.
ESTA EH A BANDEIRA DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL
 ESTE EH O BRASÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE




fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Wikipédia / viageaqui.abril.com.br / Divulgação / Governo do Estado de Pernambuco /


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOVA ZELÂNDIA, OCEANIA - Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto

CONHEÇA A "NOVA ZELÂNDIA", OCEANIA

Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto. Na Ilha Norte, onde vivem três quartos da população, os verões são relativamente quentes e há praias perfeitas (como as da Península de Coromandel) tanto para os surfistas quanto para quem quer simplesmente se dourar ao sol. Mas os seus principais trunfos escondem-se no interior: vulcões ativos, gêiseres, lagos multicoloridos e outras formações geológicas inusitadas formam cenários que parecem de outro mundo (não à toa, alguns deles, como o Monte Tongariro, serviram de pano de fundo para a trilogia O Senhor dos Anéis).  Rebanho de ovelhas na Nova Zelândia (Stockbyte) Geiser pohotu, em Rotorua (Thinkstock) Arte maori, do povo indígena neozelandês (Thinkstock) Já na esparsamente povoada Ilha Sul, u…

ESPANHA, EUROPA MERIDIONAL - Um país em movimento. Em mais de vinte séculos de história, celtas, romanos, godos, árabes e tantos outros povos legaram profundas marcas na cultura, gastronomia e psique dos ibéricos

CONHEÇA A "ESPANHA", EUROPA MERIDIONAL  Um país em movimento. Em mais de vinte séculos de história, celtas, romanos, godos, árabes e tantos outros povos legaram profundas marcas na cultura, gastronomia e psique dos ibéricos. Se por um lado a imagem estereotipada de toureiros e dançarinas de flamenco sobrevive e encanta na Andaluzia, a Espanha de hoje mira o futuro com um profundo respeito pelas tradições regionais. Isso é particularmente verdade na Catalunha e sua pujante capital, Barcelona, sempre na vanguarda das artes, design, moda e com maravilhosos chefs estrelados. Já no orgulhoso País Basco, depare-se com as formas impressionantes do museu Guggenheim logo após fugir dos touros da festa de San Fermines.  Ponte romana sobre o rio Guadalquivir e, à esquerda, a Grande Mesquita de Córdoba (Thinkstock) Construída entre 1761 e 1881, La Real Maestranza de Caballería, em Sevilha, é a segunda mais antiga arena de touros da Espanha (Divulgação) Gaudí dedicou 40 anos de sua vida ao …

MONJOLOS, MINAS GERAIS - O município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.

CONHEÇA A CIDADE DE "MONJOLOS", MINAS GERAIS, BRASIL Situada na região central mineira, na Bacia do Rio das Velhas em um vale da Serra do Cabral, Monjolos integra, além da Estrada Real, o Circuito dos Diamantes.  A 265 km da capital mineira, o município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.
Rio Pardinho em Monjolos, MG(Instituto estrada Real)  A Área de Preservação Ambiental do Vale do Fundo apresenta uma densa mata virgem banhada por deleitáveis nascentes e cascatas. Ainda pouco explorada, a Gruta do Pau-Ferro possui grandes galerias com estalactites e estalagmites.  A cidade ainda possui um Centro de Artesanato, onde é exposto e vendido todo o artesanato da região. A Igreja Matriz Nossa Senhora do Livramento, a Ponte Férrea do Rio Pardo e o Monumento a Monjolos também aju…

ALASKA, ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA - O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas e florestas

CONHEÇA O "ALASKA", USA,  E SAIBA O QUE TEM DE BOM SE PARA FAZER LÁ Conheça nosso roteiro para conhecer umas das regiões mais quentes no roteiro turismo americano - mesmo com as baixas temperaturas O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas, florestas: ao mesmo tempo que sua paisagem natural é uma das mais remotas e selvagens do planeta, ela é facilmente alcançada por voos abundantes, cruzeiros confortáveis com múltiplos roteiros que transitam pela costa (maior do que a do resto dos EUA inteiro somada) e a Alaska Highway, uma rodovia ampla e moderna que percorre mais de 2 mil quilômetros. E não, não é tão gelado quando a gente imagina: no verão, o termômetro pode bater até 30 graus.  COMO CHEGAR NO ALASKA Com a American Airline…

CONHEÇA 16 HOTÉIS DO NORDESTE DO BRASIL QUE FAZEM VALER A PENA VIAJAR - Com estrutura sensacional, várias opções de lazer e atividades para todos os gostos, uma localização privilegiada e a vista faz você perder a noção do tempo sem perceber.

CONHEÇA "06 HOTÉIS NO NORDESTE DO BRASIL " QUE FAZEM VALER A PENA PASSAR SUAS FÉRIAS LÁ Há pouco mais de um ano, o Room 5 lançou a série de Hotéis que Valem a Viagem. Mas o que faz um hotel valer a sua viagem? É como se você decidisse viajar para ficar naquele lugar: o hotel é o destino das suas férias. E, para se tornar um destino desejado, o hotel precisa oferecer uma estrutura sensacional, ter várias opções de lazer e atividades para todos os gostos, uma localização privilegiada e que a vista faça você perder a noção do tempo sem perceber.  Dentro dessas exigências, seis hotéis no Nordeste do Brasil ganharam o título Room5 de Hotéis que Valem a Viagem na Bahia, Pernambuco, Ceará e Alagoas. Para te convencer que, nas próximas férias, em vez de ir à cidade X ou Y, você pode ir ao Nannai ou ao Kiaroa, nós listamos alguns motivos que provam que existem hotéis que vão valer as suas férias. Olha só:  RESORT COSTA DO SAUÍPE (BA)  Se entre os Hotéis que Valem a Viagem existe um qu…

CONHEÇA AS BEBIDAS TÍPICAS DE 25 PAÍSES - Tem para todos os gostos e sabores

CONHEÇA "25 BEBIDAS TÍPICAS DE 25 PAÍSES" BRASIL - CAIPIRINHA A caipirinha é feita de cachaça, limão, açúcar e gelo. Ela é servida na maioria dos bares e restaurantes brasileiros. BOLÍVIA – CHICHA A Chicha é um destilado produzido a partir da fermentação de milhos e outros cereais e foi criada pelos povos indígenas da região. ESCÓCIA - UÍSQUE Famoso no mundo inteiro, o uisque escocês possui características próprias. O puro malte é feito com 100% de cereais maltados provenientes de uma única destilação. ESPANHA - SANGRIA A Sangria é uma mistura de vinho com pedaços e sucos de fruta, açúcar e cubos de gelo. JAPÃO - SAQUÊ Feito de arroz, o saquê é uma bebida considerada essencial para diversas cerimônias comemorativas do Japão. Pode ser bebida quente ou fria. ARÁBIA SAUDITA - ARAK Sua produção é feita a partir da tâmara ou uva e é aromatizada com anis e outras especiarias típicas. Seu teor alcoólico é de 45%. GRÉCIA - OUZO A bebida grega é feita a partir do anis. Este licor tem uma gr…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das áreas produtivas diversificaram suas ati…

TOCANTINS, MINAS GERAIS - Entre as montanhas de Minas uma cidade hospitaleira, tranquila e que comemora anualmente a festa do Tocantinense ausente

CONHEÇA A CIDADE DE "TOCANTINS", MINAS GERAIS, BRASIL Foto - PMT BEM VINDO A CIDADE DE TOCANTINS. A MELHOR CIDADE DO MUNDO ( LEMA MUNICIPAL ) foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 16.703 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 173,866 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 91,01 Código do Município 3169000 Gentílico - tocantinense Prefeito 2017 / IEDER WASHINGTON DE OLIVEIRA ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE TOCANTINS, MG A origem do topônimo deve-se a presença dos índios chamados “Tocantins”, primitivos habitantes da região. O gentílico é “Tocantinense”.
Gentílico: tocantinense HISTÓRICO DA CIDADE DE TOCANTINS, MG Consta que, na margem do rio que corta a região, habitava uma tribo de índios chamados Tocantins. E a história de tocantins relaciona-se com a de São Manoel do Pomba atual Rio Pomba, a que pertenceu em tempos idos. O primeiro núcleo originou-se mais ou menos em 1812, quando da doação do patrimônio da cidade, feita pelo capitão José Antônio Machado…

PENEDO, ALAGOAS - Uma formação rochosa as margens do Rio São Francisco, deu origem a mais bela cidade histórica do Brasil, a primeira de Alagoas

CONHEÇA A CIDADE DE "PENEDO", ALAGOAS, BRASIL, DA JANELA DO TREM Fundada no século 16, às margens do Rio São Francisco, foi o primeiro povoado de Alagoas.  O Centro Histórico guarda um significativo conjunto arquitetônico – museus e igrejas dos séculos 17 e 18 – e pode ser visitado a pé. Uma das grandes atrações é o passeio de barco até a foz do Velho Chico.
Na divisa entre Alagoas e Sergipe, às margens do rio São Francisco, está Penedo, considerada uma das mais belas cidades históricas do país. Uma formação rochosa deu origem à cidade, o primeiro povoado do Estado de Alagoas, no século 16. Com igrejas, conventos e outras construções dos séculos 17 e 18, a cidade conta em suas ruas um pouco do passado do Brasil, proporcionando uma volta ao período colonial. As marcas deixadas pelos colonizadores portugueses e holandeses e pelos missionários franciscanos podem ser vistas em toda arquitetura barroca espalhada pela cidade, que ainda traz a beleza da natureza, como os rochedos e…