Pular para o conteúdo principal

PERNAMBUCO, BRASIL - Fernando de Noronha não conta? Não tem problema, porque a pequena costa de Pernambuco dá conta do recado. Quem já esteve na celebrada Porto de Galinhas e na quase selvagem Praia dos Carneiros, em Rio Formoso, aplaude e quer voltar.




CONHEÇA O ESTADO DE "PERNAMBUCO", BRASIL
No século 16, portugueses e holandeses brigaram muito para decidir quem ficava com esse pedaço do Nordeste do Brasil, enquanto escravizavam negros africanos e índios nativos. As marcas da mistura cultural desde a colonização ainda hoje desfilam por Pernambuco, na arquitetura, na culinária e especialmente na batida musical. Ritmos regionais como maracatu, xote e baião foram dar no manguebeat, uma das manifestações artísticas mais importantes do país na década de 1990. Desde 2004, o festival No Ar Coquetel Molotov agita Recife em setembro, com novidades do mundo da música. E Pernambuco não deixa por menos ao apresentar suas praias. Até porque, apesar de estar a mais de 500 quilômetros de distância, Fernando de Noronha lhe pertence e lhe dá o direito de contribuir com o ranking das mais belas do país. Assim não vale? Não tem problema, porque a pequena costa de Pernambuco, com pouco mais de 185 quilômetros, dá conta do recado com outros pedaços incríveis de areia e mar. Quem já esteve na celebrada Porto de Galinhas e na quase selvagem Praia dos Carneiros, em Rio Formoso, aplaude e quer voltar.
A melhor maneira de conhecer as construções do final do século 19 e início do século 20 do Centro de Triunfo (PE) é a pé. Comece o passeio em frente ao Teatro Guarany, restaurado, e termine com uma visita ao Museu do Cangaço (Divulgação)
A cidade de Triunfo (PE) se localiza entre serras e tem casario colonial do século 19 (Divulgação)
Quem nuca se aventurou no fundo do mar pode fazer o batismo nas piscinas naturais da Praia de Porto de Galinhas (PE), onde há uma jangada naufragada. Mergulhadores credenciados podem descer a até 12 m no mesmo local ou a até 30 m para ver três navios naufragados a 13 km da costa (Divulgação)
Pôr do sol em Fernando de Noronha (PE) (Ministério do Turismo)
Os golfinhos-rotadores receberam esse nome graças aos saltos acrobáticos, nos quais giram sobre o próprio eixo. Podem ser observados na Baía dos Golfinhos, em Fernando de Noronha (PE) (Elaine Ianicelli)
Quem vai à Recife (PE) não pode deixar de experimentar o delicioso bolo de rolo. O mais famoso da cidade é o da Casa dos Frios, que vende o rocambole de camadas finíssimas com o clássico recheio de goiabada, ou de chocolate, doce de leite e, sob encomenda, nozes, ameixa e maracujá (Eduardo Pozella)
No antigo Mercado de São José, em Recife (PE), lojas vendem redes, brinquedos e ingredientes típicos, como carne de sol e castanha de caju (Otávio Dias de Oliveira)
Uma das atividades realizadas pelo Projeto Tamar em Fernando de Noronha (PE), é a "Abertura de Ninho", quando os filhotes das tartarugas marinhas se encontram com o mar pela primeira vez (Zaira Matheus)
Desembarcar na calorosa capital, Recife, é uma delícia. Com cerca de 1,5 milhão de habitantes, recebe os visitantes com museus, praças, teatros, feiras. Pontes, fortes, palácios, monumentos e os rios Capibaribe e Beberibe completam o cenário que inspirou a poesia do escritor da terra, João Cabral de Melo Neto. Um pulo e estamos na luminosa Olinda, também repleta de igrejas centenárias, mosteiros, casas e ateliês com fachadas de um colorido vibrante. No carnaval, as duas cidades, distantes apenas 6 quilômetros uma da outra, disputam para saber qual é mais animada. Quem tentar descobrir deve estar ciente de uma coisa: uma vez ali, não tem como escapar da folia, é preciso seguir o ritmo da multidão. Sossego se busca (fora do período carnavalesco, que fique bem claro), na Ilha de Itamaracá e suas ruas sombreadas por cajueiros e mangueiras. Por lá o Forte Orange conserva a arquitetura original da ocupação holandesa e é um dos principais pontos turísticos. Bem em frente, fica a Ilhota Coroa do Avião, um banco de areia com águas cristalinas e um ou outro barzinho para relaxar. Mas, ao longo do comprido território de Pernambuco, a partir do Atlântico até encostar no Piauí, vão se abrindo paisagens igualmente atraentes: agreste, serras, cachoeiras, caatinga e sítios arqueológicos. De olho na Copa do mundo 2014, na qual Recife será uma das sedes, o governo do estado faz campanha para incentivar os turistas, inclusive os pernambucanos, a levar o calor de sua torcida também para o interior. Para os fãs de arvorismo, tirolesa, trilhas e cachoeiras, a dica é Bonito, a pouco mais de 130 quilômetros da capital. Mais adiante está Caruaru, que nos festejos juninos costuma receber 1 milhão de turistas no ritmo de forró e quadrilhas. Até quem gosta de friozinho tem seu lugar reservado em Pernambuco: Garanhuns, a 800 metros de altitude, se orgulha de seu bem montado festival de inverno em pleno agreste nordestino. A turma do ecoturismo pode rumar para a Serra do Catimbau, entre o agreste e o sertão, onde um parque nacional abriga formações rochosas, sítios arqueológicos e cavernas. Por fim, na pontinha sudoeste, na divisa com a Bahia, Petrolina brinda o resultado de modernas tecnologias de irrigação que fizeram do Vale do São Francisco um polo de produção de uva, com vinícolas que colocam a cidade no charmoso roteiro do enoturismo.
O Morro do Pico fica na Praia da Conceição, que abriga o Duda Rei, um dos bares de praia mais badalados de Fernando de Noronha (PE) (Elaine Ianicelli)
Amanda de Souza, Livia Pacheco, Geiza Maria e Maria Graziela, passeando pelo Pátio do Forró, antes da apresentação da quadrilha Mastruz com Leite, na Festa de São João em Caruaru (PE) (Leandro Pimentel)
Com ondas fracas e estreita faixa de areia, a Praia de Tamandaré tem quiosques animados e piscinas naturais (Eduardo Queiroga)
Embora a vida marinha tenha diminuído drasticamente nas áreas dos recifes, o passeio de jangada continua disputadíssimo pelas piscinas naturais da Praia de Porto de Galinhas, Ipojuca (PE). Não esqueça a câmera, pois a famosa formação rochosa que lembra o mapa do Brasil é imperdível de fotografar (Ricardo Freire)
A construção original, de taipa feita pelos holandeses em 1631, foi demolida. Em 1654, o Forte Orange, na cidade de Itamaracá (PE), foi reconstruído pelos portugueses para proteger a vizinha Igarassu. Hoje em dia tem até loja de artesanato (Ricardo Freire)
A Igreja e Mosteiro de São Bento é a igreja mais rica de Olinda (PE) e ostenta um belo altar de madeira entalhado em estilo barroco, revestido com 28 kg de ouro (Valdemir Cunha)
O Convento de São Francisco em Olinda (PE) foi o primeiro convento da Ordem Franciscana no Brasil e abriga quatro capelas ricas em azulejos portugueses e detalhes barrocos (Divulgação)
COMO CHEGAR
Via aérea, o principal portão de entrada para o estado de Pernambuco é o aeroporto de Jaboatão dos Guararapes, cidade vizinha à capital Recife. Ônibus urbanos que saem de lá levam os turistas até os bairros de Boa Viagem (dez minutos) e Centro (25 minutos) – o táxi para a maioria dos hotéis custa, em média, R$ 25.
Todos os anos, pelo menos 800 mil turistas desembarcam em Porto de Galinhas, em Ipojuca (PE), em busca dos confortáveis resorts, das charmosas pousadinhas, da gastronomia nordestina e dos passeios de bugue e jangada. No entanto, as piscinas naturais, que trouxeram a fama ao lugar, estão ameaçadas pelo turismo em massa e os peixes são cada vez mais raros (Divulgação)
Uma das maiores festas de São João do mundo, a Festa Junina de Curuaru (PE) começa em maio e vai até o fim de junho (Divulgacao)
A Praia dos Carneiros em Tamandaré (PE) pode não ser extensa, mas concentra quase todos os atributos de uma praia digna de cartão-postal: coqueirais fazendo sombra sobre a areia clara, mar verde-transparente e piscinas naturais repletas de peixes coloridos (Otavio Dias de Oliveira)
O Maracatu Rural tem origem no estado de Pernambuco (Divulgação)
No pé do Morro do Pico fica a Praia da Conceição, em Fernando de Noronha (PE), abriga o bar de praia mais bacana da ilha, o Duda Rei. Extensa e boa para caminhadas, tem águas calmas de abril até novembro e de dezembro até março, com ondas de 1,5 m, vira outro bom pico para surfe (Ricardo Freire)
Presença certa em qualquer lista que envolva as praias mais bonitas do Brasil. A Praia da Baía do Sancho, em Fernando de Noronha (PE), tem uma faixa de areia que divide as águas cristalinas de diferentes tonalidades de falésias, recobertas pela vegetação. É um dos melhores pontos de mergulho do país, com excelente visibilidade e bancos de corais repletos de vida marinha (Ricardo Freire)
As mesas da varanda do restaurante Oficina do Sabor têm bela vista para os coqueiros de Olinda(PE) e prédios do Recife (PE) – avista-se até a Praia da Boa Viagem. Uma boa pedia é o Jerimum recheado com camarão ao molho de pitanga, arroz com espinafre e salsa (Heudes Regis)
Por terra, a rodoviária, também no município vizinho, é ligada ao Centro por metrô. Quem vem de carro desde Paraíba ou Alagoas acessa a cidade pela BR-101 – em boa parte duplicada, dentro do estado. A partir de Alagoas, há a alternativa de chegar pela AL-101, margeando o litoral, passar para a PE-060 e, finalmente, para a pedagiada PE-009. A estrada que liga Recife ao interior pernambucano é a BR-232, duplicada até Caruaru.
Às margens do Rio Capibaribe, a Rua da Aurora é composta por coloridos sobrados do século 19 em Recife (PE) (Divulgação)
Turistas que vão para o Porto de Galinhas (PE) vão em busca da boa rede hoteleira , da gastronomia nordestina e dos passeios de bugue e jangada. Para alegria de quem curte ir às compras, uma dica: as ruazinhas de terra do vilarejo escondem lojas descoladas, ateliês e grifes modernas (Divulgação)
Um dos carnavais mais tradicionais do país, com rica diversidade de ritmos, como o frevo, maracatu, ciranda, samba, etc. Planeje sua viagem, pois o carnaval começa uma semana antes e dura até o feriado em Recife (PE) (Amilton Vieira)
Um dos carnavais mais democráticos e populares do país, os foliões tomam as ruas para festejar em vários ritmos. Os bonecos gigantes são o símbolo do carnaval de Olinda (PE) (Bia Parreiras)
Protegida por recifes, a praia forma uma piscina natural na maré baixa e é um dos principais berçários marinhos de Fernando de Noronha (PE) (Marie Ange Bordas)
Os tons de azul multiplicam-se no mar de Fernando de Noronha (PE), onde a visibilidade chega a 50 m na horizontal e temperatura média de 27°C. O Arquipélago é o melhor ponto de mergulho do país (Divulgação / Operadora Águas Claras)
Com apenas 100 m de extensão, a Baía dos Porcos é a praia mais charmosa de Noronha. Equipado com máscara e snorkel você vê peixes, ouriços e estrelas-do-mar que ficam presos nas piscinas naturais em frente ao Morro Dois Irmão, cartão postal da ilha (Ministério do Turismo)
SÍNTESE DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BR
Capital - Recife 
População estimada 2016 - 9.410.336 
Área 2015 (km²) - 98.076,001 
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 89,62 
Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente 2015 (Reais)(1) - 822,00 
Número de Municípios - 185 
ORIGEM DO NOME DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BR
A origem do nome Pernambuco é controversa. Alguns estudiosos afirmam que vem da aglutinação dos termos tupis para’nã, que quer dizer “rio grande” ou “mar”, e buka, “buraco”. Assim, Pernambuco seria um “buraco no mar”, referindo-se ao Canal de Santa Cruz na Ilha de Itamaracá ou à abertura que existe nos arrecifes entre Olinda e o Recife
HISTÓRICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BR
Pernambuco é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está localizado no centro-leste da região Nordeste. Também fazem parte do seu território os arquipélagos de Fernando de Noronha e São Pedro e São Paulo. Sua capital é a cidade do Recife e a sede administrativa é o Palácio do Campo das Princesas. 
Pernambuco foi o primeiro núcleo econômico do Brasil, uma vez que se destacou na extração do pau-brasil (ou pau-pernambuco) e foi a primeira parte do país onde a cultura canavieira desenvolveu-se efetivamente. A Capitania de Pernambuco, a mais rica das capitanias durante o ciclo da cana-de-açúcar, chegou a atingir o posto de maior produtor de açúcar do mundo. O estado teve ativa participação em diversos episódios da história brasileira: foi palco das Batalhas dos Guararapes, combates decisivos na Insurreição Pernambucana e considerados a origem do Exército Brasileiro; e serviu de berço a movimentos de caráter nativista ou de ideais libertários, como a Guerra dos Mascates, a Revolução Pernambucana, a Confederação do Equador e a Revolução Praieira. Conhecido por sua ativa e rica cultura popular, o estado é berço de várias manifestações tradicionais, como o frevo e o maracatu, bem como detentor de um vasto patrimônio histórico, artístico e arquitetônico, sobretudo no que se refere ao período colonial. Na década de 1990, surgiu em Pernambuco o manguebeat, cujo maior expoente foi Chico Science. 
Pernambuco possui a alcunha de "Leão do Norte", expressão que se origina na figura de armas do antigo capitão-donatário da Capitania de Pernambuco Duarte Coelho, em alusão à coragem e ao espírito combativo do povo pernambucano. O termo é atualmente simbolizado tanto no brasão do estado quanto na bandeira da cidade do Recife, e também foi inspiração para a canção de mesmo nome do compositor pernambucano Lenine.
Bairro da Torre e o Rio Capibaribe vistos do Bairro da Jaqueira, Recife, pernambuco
Catedral do sagrado Coração de Jesus em petrolina, pernambuco
Convento de São Francisco em Olinda, Pernambuco
A Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco é a mais antiga faculdade de Direito do Brasil ao lado do curso de Direito da USP.
Aeroporto Internacional do Recife, o melhor aeroporto do país em 2014
As Batalhas dos Guararapes, episódios decisivos na Insurreição Pernambucana, são consideradas a origem do Exército Brasileiro
Assembleia Legislativa de Pernambuco, sede do poder Legislativo pernambucano.
Autódromo Internacional de Caruaru
Barracão de candomblé em Pernambuco.
Cabo de Santo Agostinho, litoral sul de Pernambuco, possível local do descobrimento pré-cabralino do Brasil por Vicente Yáñez Pinzón no dia 26 de janeiro de 1500
Carnaval em Olinda. O Carnaval Recife - Olinda é considerado o mais democrático e culturalmente diverso do país.
Caruaru, Pernambuco, Brasil.
Cascata da Cacjoeira do urubu em primavera, Pernambuco 
Cine Teatro Guarany, na cidade serrana de Triunfo, localizada a 1.004 metros de altitude, no Sertão.
Deutscher Klub Pernambuco
Forte Orange na Ilha de Itamaracá em pernambuco
Frevo, manifestação pernambucana declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO
Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo em Recife, pernambuco
Ilha do Fogo e Orla I - Petrolina, Pernambuco, Brasil
Maracatu, manifestação folclórica secular de Pernambuco.
O Museu Murillo La Greca, no Recife, foi criado em homenagem ao pintor pernambucano Murillo La Greca, filho de imigrantes italianos
O Náutico é o mandante da Arena Pernambuco. O Sport e o Santa Cruz utilizam o estádio eventualmente
O Porto Digital, situado no bairro do Recife Antigo na capital do estado, é o maior parque tecnológico do Brasil e referência mundial na produção de softwares.
O principal empreendimento da indústria naval pernambucana é o Estaleiro Atlântico Sul, maior estaleiro do Hemisfério Sul
Oficina Cerâmica Francisco Brennand
Olinda foi o local mais rico do Brasil Colônia da sua criação até a Invasão Holandesa, quando foi depredada. É a mais antiga das cidades brasileiras declaradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO
Palácio do Campo das Princesas, sede do poder Executivo de Pernambuco.
Parque Nacional do Catimbau
Pinturas Rupestres no Vale do Catimbau. Pernambuco abriga sítios arqueológicos datados de pelo menos 11 mil anos
Porto de Galinhas foi eleita por 10 vezes consecutivas a Melhor Praia do Brasil — segundo a Revista Viagem e Turismo, da Editora Abril.
Praia dos Carneiros
Prédios e barcos vistos do dique e Candeias
Quartel do Derby, antigo Mercado Modelo Coelho Cintra, construído onde funcionava um hipódromo inglês
Recife foi a mais cosmopolita cidade da América durante o governo do conde alemão (a serviço da coroa holandesa) Maurício de Nassau
Recife é o segundo maior polo médico do Brasil, após São Paulo. Na foto, hospital na cidade.
Relógio das Flores - Garanhuns, Pernambuco, Brasil
Sinagoga-kahal-zur-israel-recife - Sinagoga Kahal Zur Israel, a mais antiga sinagoga da América.
Talha dourada em estilo nacional português da Capela Dourada.
Tribunal de Justiça de Pernambuco, sede do poder Judiciário Estadual.
ESTA EH A BANDEIRA DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL
 ESTE EH O BRASÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE




fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Wikipédia / viageaqui.abril.com.br / Divulgação / Governo do Estado de Pernambuco /


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MERCÊS, MINAS GERAIS - Famosa por seu turismo de eventos, como o Jubileu de Nossa Senhora das Mercês, que acontece na segunda quinzena de setembro; as festividades do Carnaval; Torneio Leiteiro; e Festa da Virada, que movimentam a economia da cidade e da região.

CONHEÇA A CIDADE DE "MERCÊS", MINAS GERAIS, BRASIL SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE MERCÊS, MG. UMA CIDADE ABENÇOADA foto - Thymonthy Becker AQUI O TEMPLO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE DE MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker ESCOLA MUNICIPAL EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DA CIDADE DE MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker IGREJA EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker MATRIZ DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS E SEU INTERIOR EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker HOMENS TRABALHANDO NO TELHADO DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker foto - Thymonthy Becker NA HORA CERTA foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG foto - Thymonthy Becker INTERIOR DA MATRIZ EM MERCÊS, MG

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das áreas produtivas diversificaram suas ati…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

BELFAST, IRLANDA DO NORTE - A região tem uma história marcada por grandes conflitos e algumas das principais atrações estão nas ruas das grandes cidades

CONHEÇA "BELFAST", O LADO HISTÓRICO DA IRLANDA DO NORTE Para muitas pessoas, viajar pela Irlanda e Irlanda do Norte é sinônimo de conhecer paisagens naturais, casinhas de interior e ovelhas por todos os lados. Realmente esse é o tipo de paisagem mais frequente pelas estradas desses dois países. Mas o que muitos turistas não sabem ou até esquecem, é que a região tem uma história marcada por grandes conflitos e algumas das principais atrações estão nas ruas das grandes cidades.  É o caso de Belfast, capital da Irlanda do Norte. Se estiver pela ilha esmeralda, não deixe de passar pelo menos dois dias na cidade. O local se tornou capital do país quando a Irlanda se dividiu em duas, em 1920. Foi nessa época que ocorreu uma longa guerra política e religiosa entre protestantes a favor do Reino Unido e católicos separatistas. Depois de anos sangrentos, os cidadãos tentam levar uma vida normal, mas as marcas dessa disputa ainda estão por toda parte.  Apesar de ser marcada e conhecida…

O QUE FAZER NO PANTANAL BRASILEIRO - Em outras palavas: o Pantanal é imenso e merece planejamento para explorar a maior planície alagável do planeta, uma área de 210 mil km² e quase mil espécies de animais, segundo o ICMBio.

O QUE FAZER EM UM PASSEIO PELO PANTANAL BRASILEIRO
Localizada entre o noroeste do Mato Grosso do Sul e o sul do Mato Grosso, no Centro-Oeste brasileiro, a região é dividida em Pantanal Norte (MT), formada por destinos como Cáceres (220 km de Cuiabá), Poconé (102 km) e Barão de Melgaço (110 km); e Pantanal Sul (MS), com destaque para cidades como Miranda (198 km de Campo Grande), Aquidauana (130 km) e Corumbá (420 km).  Em outras palavas: o Pantanal é imenso e merece planejamento para explorar a maior planície alagável do planeta, uma área de 210 mil km² e quase mil espécies de animais, segundo o ICMBio.  CONFIRA ATRAÇÕES  Pantanal Norte  ⇒ Transpantaneira  A MT-060 tem 140 km de extensão, entre Poconé, portal do pantanal mato-grossense, e a localidade de Porto Jofre.  Essa estrada de terra com trechos precários é melhor aproveitada a bordo de carros 4×4. Com 123 pontes – a maioria delas em madeira -, a Transpantaneira é conhecida pelas áreas alagadas que atraem animais em busca de alimen…

SANTANA DO GARAMBÉU, MINAS GERAIS - Com um museu que traz um acervo com diversos objetos e documentos de antigos moradores da cidade, além da famosa Fazenda do Apiário, que proporciona um maravilhoso pôr do sol aos seus visitantes. A cidade cultiva o turismo ecológico por ser dona de belas e deliciosas cachoeiras.

CONHEÇA A CIDADE DE "SANTANA DO GARAMBÉU", MINAS GERAIS, BRASIL Às margens do Rio Grande, Santana do Garambéu está localizada na microrregião do Alto Rio Grande e faz parte do Circuito Serras de Ibitipoca, em Minas Gerais.  A Praça da Matriz de Santana do Garambéu possui um histórico casarão construído pelo fundador da cidade, Antônio Garambéu, e é um dos pontos turísticos mais interessantes da cidade. De propriedade particular, a visita deve ser agendada por meio da prefeitura da cidade.  (Instituto estrada real)  CHEGANDO NA CIDADE DE SANTANA DE GARAMBÉU, MG(Nilza Ribeiro) A cidade conta também com um museu que traz um acervo com diversos objetos e documentos de antigos moradores da cidade, além da famosa Fazenda do Apiário, que proporciona um maravilhoso pôr do sol aos seus visitantes.  A cidade cultiva o turismo ecológico por ser dona de belas e deliciosas cachoeiras. Nos limites do município é praticada a pesca às margens do Rio Grande. (Instituto estrada real)  CACHOEIRA…

PACUJÁ, CEARÁ - Uma cidade que encanta cada pessoa que passa por lá. Pessoas carismáticas, acolhedoras que tem uma peculiaridade interessante, são muito apaixonadas por política.

CONHEÇA A CIDADE DE "PACUJÁ, CEARÁ, BRASIL PACUJÁ, uma cidade que encanta cada pessoa que passa por lá. Pessoas carismáticas, acolhedoras que tem uma peculiaridade interessante, são muito apaixonadas por política.  Centro da cidade de Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) SERRINHA, PACUJÁ, CEARÁ  A Serrinha é uma espécie de “braço” da Serra da Ibiapaba que se prolonga pelos municípios de Pacujá, Graça, Cariré e Reriutaba. Esta serra, apesar de pequena, concentra um enorme potencial científico, ecológico e turístico.  Caverna Arenítica em Serrinhas, Pacujá, CE(PCdoB / Alancardé Leopoldino) Gruta do Limão ou Furna do Limão em Serrinha, Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) Pedra do Jacaré em Serrinha, Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) Icnofóssil Marinho de 420 Milhões de anos em Serrinha, Pacujá, CE(Alancardé Leopoldino) Numa área de aproximadamente mil hectares, podemos nos deparar com sítios arqueológicos onde foram encontrados artefatos em pedra, feitos pelo homem “pré-histórico”, datados de …

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

TRÊS CORAÇÕES, MINAS GERAIS - Três boiadeiros vindos de Goiás se renderam aos encantos de três moças da localidade e conquistaram os três corações. Assim reza a lenda

CONHEÇA A CIDADE DE "TRÊS CORAÇÕES", MINAS GERAIS, BRASIL DA JANELA DO TREM CASA PELÉ A Casa Pelé foi construída baseada nas memórias de Dona Celeste Arantes do Nascimento e seu irmão Jorge, respectivamente mãe e tio do Pelé. Como não havia registro fotográfico nem descritivo da mesma, o resgate dessas informações foi de vital importância para o sucesso da obra. Na Casa, foram utilizadas técnicas de envelhecimento que transportaram uma obra construída recentemente para o ano de 1940, data de nascimento de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. Os móveis e objetos existentes são fiéis à década de 40 e foram adquiridos através de uma pesquisa realizada durante três anos em fazendas, brechós e antiquários. O rádio tocando músicas da época, o fogão à lenha e as lâmpadas de baixa voltagem imprimem uma sensação de volta ao passado. Com aproximadamente 15.000 visitantes em apenas 8 meses de existência, a Casa já recebeu a visita de 28 países além de turistas de todas as regiões do…

MACAIA, BOM SUCESSO, MINAS GERAIS - Com jeitinho de cidade beira-mar onde o céu eh mais azul e as plantas são mais verdes

CONHEÇA O DISTRITO DE "MACAIA", BOM SUCESSO, MINAS GERAIS, BRASIL, DA JANELA DO TREM BEM VINDO A ESTE PEQUENO PARAÍSO. UM POVOADO CERCADO DE VERDE E ÁGUA. foto - PMBS AQUI PODEMOS VER AS ÁGUAS DA REPRESA DO FUNIL, BANHANDO O DISTRITO DE MACAIA. foto - Thymonthy Becker 
MACAIA ESTÁ À 853 KM DA CAPITAL DA FEDERAÇÃO ( 10 HORAS E 40 MINUTOS) ESTÁ À 213 KM (02 HORAS E 50 MINUTOS) DA CAPITAL DO ESTADO DAS MINAS GERAIS. ESTÁ À 141 KM (01 HORA E 55 MINUTOS DE DIVINÓPOLIS) O DISTRITO POSSUI 900 HABITANTES, APROXIMADAMENTE (informação de morador) AQUI A ESTRADA QUE MARGEIA A REPRESA DO FUNIL, CHEGANDO EM MACAIA. foto - Thymonthy Becker
MACAIA ERA UM POVOADO QUE EXISTIA NO FUNDO DO VALE, NAS PROXIMIDADES DA CIDADE DE "BOM SUCESSO", A QUE PERTENCE. COM A CONSTRUÇÃO DA REPRESA DO FUNIL, PARTE DO POVOADO FICOU DEBAIXO D'ÁGUA. A CIDADE FOI REMANEJADA UM POUCO PARA CIMA DO LIMITE DA ÁGUA. COM CERTEZA COMPLICOU A VIDA DE MUITOS "MACAENSES". MAS AS ÁGUAS DA REPRESA, FORMA…