Pular para o conteúdo principal

FOZ DO IGUAÇU, PARANÁ - Com as cataratas do Iguaçu e a Usina de Itaipu torna-se o destino inesquecível do mundo




CONHEÇA A CIDADE DE "FOZ DO IGUAÇU", PARANÁ, BRASIL

Quando estamos falando em turismo e mencionamos o nome da cidade de Foz do Iguaçu a primeira coisa que nos vem à cabeça são as cataratas do Iguaçu, uma das principais fontes de renda relacionadas ao turismo na cidade, mas Foz do Iguaçu também é conhecida por ser uma grande produtora de energia elétrica. A cidade conta ainda com um dos maiores parques hoteleiros do Brasil, além de um aeroporto internacional, sem contar a grande variedade de hotéis, restaurantes, bares, churrascarias e o maior Shopping Center do oeste paranaense, com uma área construída de aproximadamente 48 mil metros quadrados e mais de 140 lojas.
Foz do Iguaçu é a segunda cidade do Brasil, mais visitada por turistas estrangeiros, no turismo de lazer. Os números que a cidade de Foz do Iguaçu vem colecionando nos últimos anos só alegram entidades municipais, estaduais, empresários e os demais players do setor de turismo da região.
Tendo ultrapassado a casa dos 1,7 milhões de turistas que passaram pelo Aeroporto Internacional das Cataratas do Iguaçu, a cidade acaba de ser eleita, pela ICCA (sigla internacional que em português significa Associação Internacional de Congressos e Convenções) a 4ª cidade mais procurada para eventos de negócios, perdendo apenas para as capitais Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.
Privilegiada por sua localização geográfica, fazendo divisa com os vizinhos Argentina e Paraguai e oferecendo ao mundo uma das 7 Novas Maravilhas da Natureza – as Cataratas do Iguaçu – a cidade de Foz do Iguaçu oferece uma série de atrativos para turistas de todo o mundo.
No Parque Nacional do Iguaçu, onde estão localizadas as mais de 275 quedas d’água das Cataratas, por exemplo, passaram mais de 1,5 milhões de turistas no fechamento do ano passado, 2012. Destes, quase meio milhão esteve também conhecendo a Usina Hidrelétrica de Itaipu, além do número considerável de turistas que passam ainda pelo Parque das Aves, Mesquita Muçulmana, Templo Budista, Refúgio Biológico e Ecomuseu, entre outra série de lugares possíveis de serem visitados na cidade e arredores.
Entre todos estes atrativos que Foz do Iguaçu oferece aos turistas, um evento em especial foi ganhando repercussão nacional e internacional e se consolidando como um ponto de encontro dos players do turismo da América Latina: o Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, que acontece, há sete anos consecutivos em Foz do Iguaçu.
Além destes, ocorrem ainda: o VII Fórum Internacional de Turismo do Iguassu, que premia trabalhos de acadêmicos dos cursos de Turismo da região; a Mostra Regional de Produtos Sustentáveis, que reúne cooperativas, agricultores familiares e aldeias indígenas, que apresentam seus produtos; o Encontro de Negócios do Sebrae, que promove rodadas de negócios entre operadores e destinos brasileiros
MESQUITA MUÇULMANA EM FOZ DO IGUAÇU, PR
Entre os expositores e participantes do Festival de Turismo deste ano estão a rede hoteleira de Foz do Iguaçu e região, e ainda representantes dos vizinhos do Paraguai e Argentina, com hotéis de todas as categorias, dos de padrão cinco estrelas, spas & resorts, e até um hostel; categoria que tem sua estreia no Festival de Turismo, com o lançamento para os próximos meses do primeiro hostel design da tríplice fronteira, uma nova modalidade de estadia que já se consagrou nos últimos cinco anos pela Europa e Estados Unidos, oferecendo ao turista o conforto e a comodidade de hotéis padrão upscale, associado a custos mais modestos de hospedagem.
TEMPLO BUDISTA EM FOZ DO IGUAÇU, PR


PARQUE DAS AVES NA CIDADE DE FOZ DO IGUAÇU, PR

Em sua 8ª edição, o Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu ocorre entre os dias 12 e 14 de junho, no Hotel Rafain Palace, com um espaço de exposição 30% maior do que o do ano anterior. “O Festival de Turismo das Cataratas vem crescendo na faixa de 15% ao ano e, em 2013, superou a nossa expectativa, com um crescimento ainda maior para o espaço de exposições, nos obrigando, positivamente, a ampliar nossa área de stands, com um espaço que batizamos de “Expocenter 3″; uma área a mais do que a que ofertamos aos participantes em 2012”, orgulha-se Paulo Angeli, presidente do Festival.
Além dos hotéis, atrativos e passeios da região trinacional também estão presentes na feira, bem como agências e operadoras de turismo, sindicatos, associações, secretarias de turismo, conventions bureau, inclusive os dos vizinhos latino-americanos e ainda, os ministérios de turismo do Brasil, Argentina, Paraguai e, este ano, do Uruguai.
O RIO QUE FAZ A DIVISA DO BRASIL, ARGENTINA E PARAGUAI.
MUSEU DE CERA EM FOZ DO IGUAÇU, PR
TURISMO EM FOZ DO IGUAÇU, PR
Visitar as Cataratas do Iguaçu é uma experiência de imersão na natureza, através de uma caminhada em trilhas no meio da mata e a proximidade iminente da imensidão das quedas d’água do Rio Iguaçu.
As Cataratas do Iguaçu recebem anualmente mais de 1 milhão de visitantes, sendo mundialmente reconhecidas pela sua beleza. Localizadas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, na fronteira entre Brasil e Argentina (nas cidades de Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú), possui uma estrutura qualificada para o recebimento do turista, com centro de visitantes, estacionamento, hotel, restaurante, ônibus internos, passeios adicionais, lojas de lembranças, praça de alimentação e trilha de caminhada para acesso às quedas.
Existem duas opções para se conhecer as Cataratas do Iguaçu: pelo lado brasileiro ou pelo lado argentino. São passeios separados, ou seja, para cada um você terá que pagar um ingresso, mas vale o preço, já que são experiências com perspectivas diferentes. O acesso às Cataratas do Iguaçu pelo Brasil, é feito através do Parque Nacional do Iguaçu, e pela Argentina, através do Parque Nacional Iguazú, neste caso é necessário ingressar no país através da Aduana, sendo essencial os seus documentos pessoais.
As Cataratas do Iguaçu são responsáveis pela vinda a Foz do Iguaçu de um grande contingente de turistas, oriundos de todas as partes do mundo.
Nos anos de 2010 a 2015, o Parque Nacional do Iguaçu - que abriga as Cataratas - contabilizou mais de um milhão de visitantes, um recorde só registrado na década de 80. Em 2015, foram registrados 1.535.382 visitantes, batendo todos os recordes anteriores.
O Parque, que faz divisa com a Argentina, proporciona aos visitantes no lado brasileiro uma visão privilegiada das quedas, com dimensão panorâmica. No país vizinho, a vantagem é o contato e integração com a natureza, podendo-se ver os saltos de vários ângulos.
O ideal é conhecer os dois lados, uma vez que as estruturas existentes proporcionam diferentes sensações, seja por meio de caminhadas, transporte rodoviário especializado ou agradáveis passeios de trem em meio à selva.
No período de 2007 a 2011, as Cataratas do Iguaçu participaram da campanha mundial de escolha das Sete Novas Maravilhas da Natureza, organizada pela Fundação Suíça New 7 Wonders. A eleição teve 440 atrações participantes, de 220 países. Após duas etapas que envolveram voto popular e a seleção de especialistas, foram definidas as 28 seletas finalistas, dentre elas as Cataratas do Iguaçu.
O resultado preliminar apontou as Cataratas como sendo uma das eleitas, fato confirmado oficialmente em fevereiro de 2012.
GASTRONOMIA EM FOZ DO IGUAÇU, PR
Foz do Iguaçu, por ser banhada por dois grandes rios, o Paraná e o Iguaçu, possui como destaque em sua gastronomia os peixes de água doce, especialmente o dourado e o surubim.
Em sua gastronomia típica, destaca-se o dourado assado, feito aberto, na grelha, com temperos e guarnições variados.
Há também o prato típico “Pirá de Foz”, feito com surubim. O prato foi eleito por concurso, entre vários outros pratos a base de peixe. As carnes de peixe podem ser encontradas em diversos restaurantes da cidade.
Um misto de natureza e adrenalina que só esta região pode proporcionar. Poucos lugares no mundo oferecem ao visitante tão prazerosa sensação no contato direto com a natureza quanto em Foz do Iguaçu.
Duas sensações podem ser usadas na descrição deste paraíso: emoção e encantamento, andando nas alturas em meio às árvores, fazendo rapel, escalada ou tirolesa, ou desafiando o rio Iguaçu e suas corredeiras no Macuco Safári ou no rafting, com uma completa estrutura de apoio e segurança.
O brasileiro Parque Nacional do Iguaçu é um verdadeiro camarote para o show das Cataratas, cenário impressionante formado por um cânion e 275 quedas - uma passarela de 1,2 km tem vista para a atração.
Um ônibus parte a cada 15 minutos do Centro de Visitantes e faz quatro paradas: Estação Poço Preto (para a trilha de mesmo nome), Macuco Safári (passeio de barco até as quedas), Trilha das Cataratas (início da passarela e Campo de Desafios) e Porto Canoas (final da passarela).
A paisagem formada pelas Cataratas é espetacular - nos dias de sol, um arco-íris se desenha entre o topo da queda e o rio. A impecável estrutura do parque colabora para tornar o passeio ainda mais imperdível.
Esta é a maior área de Mata Atlântica do Sul do Brasil. A melhor foto A passarela de 1,2 km tem vários mirantes, mas o melhor de todos fica no fim da caminhada, já perto do elevador que leva ao restaurante Porto Canoas. Dali você vê a Garganta do Diabo, principal queda, de baixo para cima.
Um dia, para aproveitar a vista da passarela com calma e fazer passeios como o Macuco Safári e a Trilha do Poço Preto.
Quando ir
O ano todo. No verão, as quedas ficam mais volumosas. No inverno, a água fria que espirra das cachoeiras pode incomodar.
Parque Nacional do Iguaçu (lado brasileiro)
Entrada: R$ 25,10
Estacionamento: R$ 15.
Dica: para evitar filas na bilheteria, compre o ingresso no site do parque (há um guichê especial para a retirada).
Bandeira nacional localiza o marco zero da cidade, na avenida Brasil.
Catedral de São João Batista, construída em meados da década de 1940.
Colégio Estadual Bartolomeu Mitre - construção de 1927.
O Marco das Três Fronteiras brasileiro.
Panorama aérea das Cataratas do Iguaçu, fronteira Argentina-Brasil.
Ponte Internacional da Amizade.
Vista aérea da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior do mundo em geração de energia.
População estimada 2016 (1) - 263.915
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 618,352
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 414,58
Código do Município 4108304
Gentílico - iguaçuense
Gentílico: iguaçuense
HISTÓRICO  DA CIDADE DE FOZ DO IGUAÇU, PR
Pesquisas arqueológicas realizadas pela Universidade Federal do Paraná no espaço brasileiro do reservatório de Itaipu, antes de sua formação, situaram em 6.000 a.C. os vestígios da mais remota presença humana na região; vários grupos humanos sucederam-se ao longo dos séculos. Os últimos que precederam os europeus (espanhóis e portugueses) foram os índios.
Em 1542, o espanhol Álvar Nuñez Cabeza de Vaca chegou ao rio Iguaçu e por ele seguiu guiado por índios Cainganges, atingindo as Cataratas e ficando o registro de que foi o "descobridor" das quedas.
Em 1881, Foz do Iguaçu recebeu seus dois primeiros habitantes, o brasileiro Pedro Martins da Silva e o espanhol Manuel Gonzáles. Pouco depois chegaram os irmãos Goycochéa, que começaram a explorar a erva-mate. Oito anos após, foi fundada a colônia militar na fronteira - marco do início da ocupação efetiva do lugar por brasileiros e do que viria a ser o município de Foz do Iguaçu.
Em 22 de novembro de 1889, o Tenente Antonio Batista da Costa Júnior e o Sargento José Maria de Brito fundaram a Colônia Militar, que tinha competência para distribuir terrenos a colonos interessados.
Nos primeiros anos do século XX, a população de Foz do Iguaçu chegou a aproximadamente 2.000 pessoas e o vilarejo dispunha de uma hospedaria, quatro mercearias, um rústico quartel militar, mesa de rendas e estação telegráfica, engenhos de açúcar e cachaça e uma agricultura de subsistência.
Em 1910, a Colônia Militar passou à condição de "Vila Iguassu", distrito do município de Guarapuava. Dois anos depois, o Ministro da Guerra emancipou a Colônia, tornando-a um povoamento civil entregue aos cuidados do governo do Paraná, que criou então a Coletoria Estadual da Vila.
Em 14 de março de 1914, pela Lei 1383, foi criado o município de Vila Iguaçu, instalado efetivamente no dia 10 de junho do mesmo ano, com a posse do primeiro prefeito, Jorge Schimmelpfeng, e da primeira Câmara de Vereadores. 
A história do Parque Nacional começa no ano de 1916, com a passagem por Foz do Iguaçu de Alberto Santos Dumont, o "Pai da Aviação", seu legítimo "fundador". Aquela área pertencia ao uruguaio Jesus Val. Santos Dumont intercedeu junto ao Presidente do Estado do Paraná, Affonso Alves de Camargo, para que fosse desapropriada e tornada patrimônio público, sendo declarada de utilidade pública no mesmo ano. Em 1939 foi criado o Parque Nacional do Iguaçu.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE IGUAÇU, PARANÁ
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE IGUAÇU, PARANÁ 

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE




fonte/fotos: site turismo da Prefeitura Municipal de Foz do iguaçu / Thymonthy Becker / Wikipédia / IBGE / bocamaldita.com / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA - O elegante desenho urbano estabelecido sobre uma extensa rede de canais e ilhotas é repleto de edifícios barrocos, palácios extravagantes e igrejas luxuosas. Os óbvios destaques são o Museu Hermitage, um dos melhores do planeta em arte ocidental, o Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo, mas boa parte da diversão está em caminhar por suas agradáveis ruas e canais.

CONHEÇA A CIDADE DE "SÃO PETERSBURGO", RÚSSIA - CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO 2018 DE FUTEBOL DA LIGA FIFA Palácio Mariinsky, sede da Assembleia Legislativa e Petersburgo, Rússia Fortaleza de São Pedro e São Paulo em São Petersburgo, Rússia Estação Chornaya Rechka em São Petersburgo, Rússia Quando ainda não era conhecido como O Grande, o jovem príncipe Pedro passava boa parte de seu tempo entre homens do povo, absorvendo ideias que vinham de terras distantes e despendendo tempo construindo barcos e criando estratégias militares com seus exércitos de brinquedo. Quando ele se tornou o czar de todas as Rússias, hábil general e o homem que tirou o país da era medieval, resolveu construir uma nova capital, moderna e com refinados ares europeus, num grande pântano no Báltico. Nascia São Petersburgo. Renomeada Petrogrado e posteriormente Leningrado, quando a perestroika de Mikhail Gorbachev acelerou a queda do comunismo o nome original retornaria aos mapas.  O Palácio de Catarina, co…

CONHEÇA A MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO, EM DUBAI - Com 201 metros de altura, terá capacidade para 1.400 passageiros em 48 cápsulas. Toda terá 9 mil toneladas de aço, o que é mais do que a Torre Eiffel e pesará mais do que o equivalente a oito Airbus A380s.

CONHEÇA A "MAIOR RODA GIGANTE DO MUNDO", DUBAI, EMIRADOS ÁRABES UNIDOS A maior roda gigante do mundo está sendo construída em Dubai, a Ain Dubai ('Ayn' é a decima sexta letra do alfabeto árabe, e é traduzida como 'olho'). O olho de Dubai com 201 metros irá superar os 165 metros do Singapore Flyer, atualmente a mais alta roda-gigante do mundo.  Com vistas panorâmicas sobre a costa de Dubai, incluindo o Burj Al Arab, a Palm Jumeirah e o Burj Khalifa, o projeto incluirá áreas de entretenimento, com uma variedade de lojas e restaurantes, um hotel de luxo cinco estrelas e edifícios residenciais privados.  A roda gigante faz parte do projeto Bluewaters Island e os responsáveis pelo seu desenvolvimento esperam atrair mais de 3 milhões de visitantes por ano.  O complexo de 1 bilhão será construído perto Jumeirah Beach Residence, ligado à beira mar por uma ponte de pedestres e ao continente por uma ponte de Sheikh Zayed Road, com um sistema de teleférico para o transp…

ALASKA, ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA - O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas e florestas

CONHEÇA O "ALASKA", USA,  E SAIBA O QUE TEM DE BOM SE PARA FAZER LÁ Conheça nosso roteiro para conhecer umas das regiões mais quentes no roteiro turismo americano - mesmo com as baixas temperaturas O Alasca é terra de superlativos. O maior estado americano abriga o maior pico, o maior parque nacional e a maior floresta dos Estados Unidos. Lá, há glaciares mais extensos do que países inteiros, baleias-jubarte de até 15 metros, ursos de quase 500 quilos. Geleiras, lagoas, vulcões, montanhas, florestas: ao mesmo tempo que sua paisagem natural é uma das mais remotas e selvagens do planeta, ela é facilmente alcançada por voos abundantes, cruzeiros confortáveis com múltiplos roteiros que transitam pela costa (maior do que a do resto dos EUA inteiro somada) e a Alaska Highway, uma rodovia ampla e moderna que percorre mais de 2 mil quilômetros. E não, não é tão gelado quando a gente imagina: no verão, o termômetro pode bater até 30 graus.  COMO CHEGAR NO ALASKA Com a American Airline…

BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS - Inspirada nas cidades de Paris e Washington, com largas avenidas, ruas simétricas e arborizadas, Belo Horizonte foi planejada a partir de uma nova concepção estética urbana

CONHEÇA A CIDADE DE "BELO HORIZONTE", CAPITAL DAS MINAS GERAIS, BRASIL
MINEIRÃO E MINEIRINHO NA PAMPULHA EM BELO HORIZONTE, MG SEJA BEM VINDO A CAPITAL DA MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A BELO HORIZONTE. A CIDADE JARDIM imagem - Paulo Yuji Takarada ROTEIRO IDEAL PARA UM FIM DE SEMANA EM BELO HORIZONTE, MG Belo Horizonte é uma cidade que mistura modernidade com ares de interior. Localizada entre montanhas, rodeada por cachoeiras e cidades históricas, a capital de Minas Gerais conta com um valioso patrimônio arquitetônico que mistura construções clássicas e as linhas curvilíneas de Oscar Niemeyer. Suas praças dividem o espaço com ótimos museus, como o Memorial Minas Gerais – Vale, que mal se instalou na Praça da Liberdade e já recebeu o prêmio de Novidade do Ano no GUIA QUATRO RODAS Brasil. Projetada por Niemeyer, a Casa do Baile faz parte do Complexo Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Acervo Setur-MG) A gastronomia não fica de fora. Tem pra todos os gostos…

NOVA ZELÂNDIA, OCEANIA - Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto

CONHEÇA A "NOVA ZELÂNDIA", OCEANIA

Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto. Na Ilha Norte, onde vivem três quartos da população, os verões são relativamente quentes e há praias perfeitas (como as da Península de Coromandel) tanto para os surfistas quanto para quem quer simplesmente se dourar ao sol. Mas os seus principais trunfos escondem-se no interior: vulcões ativos, gêiseres, lagos multicoloridos e outras formações geológicas inusitadas formam cenários que parecem de outro mundo (não à toa, alguns deles, como o Monte Tongariro, serviram de pano de fundo para a trilogia O Senhor dos Anéis).  Rebanho de ovelhas na Nova Zelândia (Stockbyte) Geiser pohotu, em Rotorua (Thinkstock) Arte maori, do povo indígena neozelandês (Thinkstock) Já na esparsamente povoada Ilha Sul, u…

CURITIBA, PARANÁ - Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba se comparada à maioria das outras capitais do Brasil. É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos

CONHEÇA A CIDADE DE "CURITIBA", PARANÁ, BRASIL Seu povo, um admirável cadinho que reuniu estrangeiros de todas as partes do mundo e brasileiros de todos os recantos, ensina no dia-a-dia a arte do encontro e da convivência. Curitiba renasce a cada dia com a esperança e o trabalho nas veias, como nas alvoradas de seus pioneiros.  Cadeia de Montanhas da Serra do Mar vista do centro de Curitiba (Wikipédia) ROTEIRO PARA 48 HORAS EM CURITIBA COM MUSEUS, PARQUES E RESTAURANTES Verde, limpa, organizada. Esta é a impressão geral de Curitiba (PR), se comparada à maioria das outras capitais do Brasil.  É verdade que nos últimos tempos ela deixou de ser uma “cidade-modelo”, mas mesmo assim surpreende pela beleza e conservação de seus parques, museus, construções históricas e outros pontos turísticos.  Iluminação cênica do Paço da Liberdade em Curitiba, PR (Orlando Kissner/SMCS) No charme das construções e na gastronomia, o visitante sente a forte influência cultural da imigração europeia –…

JAÍBA, MINAS GERAIS - Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba tem um grande e ainda pouco explorado potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar

CONHEÇA A CIDADE DE "JAÍBA", MINAS GERAIS, BRASIL Reconhecida por seu projeto de irrigação, Jaíba localiza-se no norte do Estado de Minas Gerais, a 629 km da capital Belo Horizonte e a 207 km de Montes Claros, maior cidade da região. Jaíba está numa região de clima quente, relevo predominantemente plano e um grande e ainda pouco explorado seu potencial energia solar.  A região de Jaíba possui destaque em termos de seu potencial de energia solar. É a região do estado onde se encontram os mais altos níveis de radiação solar, segundo o Atlas Solarimétrico de Minas Gerais (2012). É, ainda, uma das melhores regiões do país neste quesito. (Jaíba Solar)   Sada Bioenergética em Jaíba, MG (Igreja Assembléia de Deus) Rua central de Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Ribeirão em Jaíba, MG (Prefeitura Municipal) Estação de Bombeamento do projeto Jaíba em Jaíba, MG (prefeitura Municipal) Hospital 2 irmãos na cidade de Jaíba, MG (Eric Micael) Entorno da cidade de Jaíba, MG (Prefeitura Munici…

FAROL DE ALEXANDRIA, ALEXANDRIA, EGITO - Uma das 7 maravilhas do mundo eh uma obra colossal

CONHEÇA O "FAROL DE ALEXANDRIA", ALEXANDRIA, EGITO A cidade de Alexandria foi fundada por Alexandre, o Grande, e tem muito mais a oferecer além de sua história e curiosidades. Localizada na costa mediterrânica do Egito, é conhecida mundialmente pelos seus pontos turísticos, como a Biblioteca de Alexandria, o Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo) e as Catacumbas de Kom el Shoqafaw (uma das sete maravilhas do mundo medieval). Outras atrações envolvem visitas à museus, jardins, mesquitas e ruínas antigas que contam a história de seu passado. O Farol de Alexandria é uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi construído para servir de referencial para os navegantes, na Ilha de Faros. Para servir de entrada no porto e informar os navegantes da proximidade de terras, Ptolomeu mandou construir o Farol de Alexandria. Este tinha lugar na Ilha de Faros e, por causa do nome da ilha, todas as construções até hoje, com o mesmo objetivo, são chamadas de farol. O e…

CAMPO GRANDE, MATO GROSSO DO SUL - Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás)

CONHEÇA A CIDADE DE "CAMPO GRANDE", MATO GROSSO DO SUL, BRASIL Vista parcial da cidade de Campo Grande, MS (Wikipédia) Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás). A temática pantaneira está presente nas pinturas que decoram alguns prédios e na gastronomia. Imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses também deixaram sua marca. O fuso horário marca uma hora a menos em relação a Brasília.  Polo de turismo de negócios, campo Grande surpreende por ser planejada, com trânsito organizado, muitas áreas verdes e vida social agitada (Tiago Moser) TREM DO PANTANAL Apesar do nome, o passeio entre Campo Grande (saídas aos sábados às 8h) e Miranda (chegada às 18h) não chega a explorar as paisagens típicas do Pantanal. A parada em Aquidauana está reservada para o almoço e, em Taunay e Piraputanga, há venda de artesanato. O trecho de volta, entre Miranda e C…

SILVEIRÂNIA, MINAS GERAIS - Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.

CONHEÇA A CIDADE DE "SILVEIRÂNIA", MINAS GERAIS, BRASIL Conheça a história do pico mais alto da região, que faz parte da derivação da Serra da Mantiqueira e se destaca como acidente natural, contribuindo para composição de embelezamento de uma região que já é linda por natureza...  Vista do alto da Serra dos Caramonas, Silveirânia oferece um aspecto deveras pitoresco e deslumbrante, impressionando-nos como se fosse um bando branco de pombas, pousado sobre tapete verdejante da relva, tal a disposição simétrica do casario que margina o lado esquerdo do ribeirão S. Manuel.  Rodovia de acesso à cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Pico do João Felix em Silveirânia, MG (Roberto Mosqueiro) Silveirânia, MG  encravada nas Montanhas de Minas (Prefeitura Municipal) Entorno da cidade de Silveirânia, MG (Prefeitura Municipal) Campo de Futebol e Silveirânia, MG (Antrbns) Casa paroquial da cidade de Silveirânia, MG (Jeani Goulart) Escola Estadual da cidade de Silveirânia, MG (Antrbns) Entor…