Pular para o conteúdo principal

MUCUGÊ, BAHIA - Eh mais um destino com Centro Histórico preservado nos arredores do Parque Nacional. Pequena, a cidade tem circulação simples: existem apenas duas avenidas centrais, ambas de paralelepípedo, uma continuação da outra. As duas igrejas, a praça com coreto e o calçamento de pedras são irresistíveis para um passeio a pé. Duas paradas são clássicas: a associação de guias, onde você agenda seus passeios, e a casa de Dona Nena, que capricha na comida caseira. Na beira da BA-142, com acesso a pé a partir da cidade, fica o curioso cemitério bizantino.




CONHEÇA A CIDADE DE "MUCUGÊ", BAHIA, BRASIL, DA JANELA DO TREM
O CORETO DA PRAÇA DE MUCUGÊ, BA FAZ PARTE DO CENÁRIO DO PEQUENO CENTRO HISTÓRICO DA CIDADE
Eh mais um destino com Centro Histórico preservado nos arredores do Parque Nacional. Pequena, a cidade tem circulação simples: existem apenas duas avenidas centrais, ambas de paralelepípedo, uma continuação da outra.
A IGREJA SANTA ISABEL, EM MUCUGÊ, FOI CONSTRUÍDA POR ESCRAVOS DURANTE O PERÍODO ÁUREO DA MINERAÇÃO, E É MARCADA PELA AUSÊNCIA DE CAPELA-MOR
As duas igrejas, a praça com coreto e o calçamento de pedras são irresistíveis para um passeio a pé. Duas paradas são clássicas: a associação de guias, onde você agenda seus passeios, e a casa de Dona Nena, que capricha na comida caseira. Na beira da BA-142, com acesso a pé a partir da cidade, fica o curioso cemitério bizantino.
AS CASINHAS DO CENTRO HISTÓRICO DE MUCUGÊ, BA SÃO RODEADAS PELOS PAREDÕES DA CHAPADA DIAMANTINA
O TRANQUILO CENTRO HISTÓRICO DE MUCUGÊ, NA BAHIA
MUCUGÊ NA CHAPADA DIAMANTINA, BA
imagem - Soteropolis 1
AQUI UMA ESCOLA MUNICIPAL EM MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
Situada entre montanhas, a cerca de 1000 m de altitude, com temperaturas que chegam a 7° C no inverno, alia ao seu cenário espetacular a um patrimônio arquitetônico colonial muito bem preservado, que inclui um cemitério em estilo bizantino, único no Brasil. Hoje, com cerca de apenas 15.000 habitantes, o município está situado numa área de preservação ambiental, com uma vegetação de campos gerais, tipo cerrado, onde abundam as flores do tipo sempre-viva. A região é repleta de cachoeiras, grutas e formações rochosas peculiares. A cidade é muito bem cuidada, com muitos jardins, e possui excelente estrutura hoteleira e de serviços. O que faz do turismo a sua principal fonte de renda, tanto o de aventura, como o histórico, de lazer e ainda de festividades, já que promove uma das festas juninas mais concorridas da Bahia. Próximo à cidade localiza-se um parque ambiental muito bem estruturado, que abriga algumas instituições de pesquisa científica, como o Museu Vivo do Garimpo e o Projeto Sempre-Viva, que valem à pena conhecer. Bem vindos a uma das mais belas pequenas cidades da Bahia e do Brasil!
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
POUSADA EM MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
PRAÇA DO BANCO DO BRASIL NA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
RUA CENTRAL DA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA MUNICIPAL DE MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
MATRIZ DE SANTA ISABEL NA CIDADE DE MUCUGÊ, BAHIA
imagem - Soteropolis 1
MUSEU DO GARIMPO EM MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
PROJETO SEMPRE VIVA DA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
PARQUE ECOLÓGICO DA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
imagem - Soteropolis 1
CACHOEIRAS DA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
imagem - ?
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
imagem - Soteropolis 1
O CEMITÉRIO BIZANTINO DE MUCUGÊ, BA FOI CONSTRUÍDO NO SÉCULO 19, QUANDO SURTOS DE VARÍOLA E DE CÓLERA ATINGIRAM O LUGAR. À NOITE, HOLOFOTES COLOREM AS LÁPIDES
LÁPIDES DO CEMITÉRIO BIZANTINO, EM MUCUGÊ, BA, CONSTRUÍDO NO COMEÇO DO SÉCULO 19
TREKKING MUCUGÊ-ANDARAÍ/VALE DO PATY EM MUCUGÊ, BA
É uma versão alternativa de um dos trekkings mais famosos do país (Vale do Capão-Andaraí), partindo de Mucugê. A diferença está no primeiro dia: a trilha é a mesma que leva ao Cachoeirão, e você escolhe se quer dormir lá (acampando ou na casa de nativos). Depois, a sequência é idêntica ao trekking que começa no Vale do Capão, com outra visita ao Cachoeirão, agora por baixo da queda. São 70 km percorridos em quatro, cinco ou seis dias, sempre com a companhia de um guia (agende com as ACVs ou com a Pousada Sincorá, em Andaraí).
TREKKING NO VALE DO PATY, EM MUCUGÊ, NA BAHIA; NA FOTO, VISITANTES APROXIMAM-SE DO MORRO BRANCO
O TREKKING DO VALE DO PATY/MUCUGÊ - ANDARAÍ É UMA VERSÃO ALTERNATIVA DO FAMOSO TREKKING DO VALE DO PATY, COM SAÍDA DE MUCUGÊ (BA)
VALE DO PATY - HÁ UM TREKKING NA REGIÃO QUE LEVA OS VISITANTES PARA UM PASSEIO QUE DURA DE QUATRO A SEIS DIAS
VALE DO PATY - HÁ UM TREKKING NA REGIÃO QUE LEVA OS VISITANTES PARA UM PASSEIO QUE DURA DE QUATRO A SEIS DIAS
ENTRE AS PARADAS DO TREKKING, ESTÁ A DO MIRANTE DO CACHOEIRÃO - SÓ PARA CORAJOSOS
VISTA DO VALE DO PATY, EM MUCUGÊ, NA BAHIA; NO INVERNO, O VALE FICA SECO E É POSSÍVEL VER OS PAREDÕES COM MAIS NITIDEZ
CACHOEIRÃO EM MUCUGÊ, BAHIA
Várias quedas d'água, que brotam de um paredão em meia-lua, transformam a paisagem numa cortina de cachoeiras. No inverno, quando elas secam quase por completo, o belo cânion aparece.
Na trilha de quatro horas (só ida, sempre com guia) que leva ao topo é preciso transpor uma serra, mas o percurso é feito em terreno plano. A caminhada começa na estrada Guiné-Mucugê, a 46 km da cidade.
No trekking do Vale do Paty, muitos guias incluem a passagem pelo Cachoeirão no percurso.
TREKKING DAS SETE QUEDAS NA CIDADE DE MUCUGÊ, BAHIA
A trilha guiada (7 km, duas horas, só ida) parte da cidade e passa por sete cachoeiras - a primeira, com 12 m, aparece depois de uma hora de caminhada. Além das quedas você também avista, no caminho, antigas tocas de garimpeiros e grande quantidade de orquídeas e bromélias.

CACHOEIRA TRÊS BARRAS E CRISTAIS EM MUCUGÊ, BAHIA
As quedas de 40 m e 70 m formam uma espécie de escada gigantesca e um dos maiores poços para banho da Chapada. A caminhada guiada (2h30, 7 km, só ida) começa em Mucugê, com trechos íngremes, segue pelo curso do Rio Piaba com dificuldade média até a primeira queda e torna-se difícil até a segunda.

ONDE COMER (SUGESTÃO)
DONA NENA RESTAURANTE
Rua Direita, 140 
Centro 
(75) 3338-2123 (Fone) 
Serve delícias caseiras, como o bife acebolado, purê de abóbora, cortado de palma (cacto em pedaços e refogado) e de mamão verde.
ONDE FICAR (SUGESTÃO)
POUSADA MUCUGÊ
Rua Doutor Rodrigues Lima, 30
Centro
(75) 3338-2210 (Fone)
pousadamucuge.com.br
Estacionamento
Internet wi‐fi grátis
Piscina
RIO
imagem - ?
População estimada 2016 (1) - 10.096
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.462,153
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 4,30
Código do Município 2921906
Gentílico - mucugeense
ORIGEM DO NOME DA CIDADE DE MUCUGÊ, BAHIA
O nome Mucugê foi tirado do rio que a cerca, que por sua vez se referia a uma fruta comida pelos índios.
Gentílico: mucugeense
Histórico
Mucugê
Bahia - BA
HISTÓRICO DA CIDADE DE MUCUGÊ, BA
A cidade de Mucugê é uma das mais antigas da região da Chapada Diamantina. A cidade era um dos principais centros de exploração de ouro e de diamantes, assim como a famosa cidade de Lençóis, apresentando até hoje os casarões coloniais de estilo português.
Nas primeiras décadas do século XIX, quando um antigo garimpeiro de nome José Pereira do Prado, conhecido como Cazuza do Prado, que passando por essas terras em 25 de junho de 1844, suspeitou no cascalho do Rio Mucugê, próximo ao Rio Cumbucas, possuir características de um cascalho diamantífero, naquele dia de São João, as terras altas da Serra do Sincorá começaram a justificar o nome pelo qual, se tornaram conhecidas como Lavras Diamantinas.
Após a revelação, houve uma corrida desenfreada em busca do sonho da riqueza rápida, atraindo para Mucugê, uma população de mais 30.000 habitantes.
Nasceu assim a povoação de Mucugê do Parguaçu.
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE MUCUGÊ, BAHIA

 VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE


fonte dos textos e fotos: Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / IBGE / Wikipédia / Divulgação / 

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Baependi é um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade. Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares. A religiosidade ocupa lugar de destaque como um dos fatores que mais atraem os visitantes, uma vez que Baependi foi o lugar onde a serva de Deus, Nhá Chica, concedeu suas graças, hoje em dia inúmeras romarias de diversas partes do país têm como destino o Santuário de Nhá Chica, onde também se encontram seus restos mortais.

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Será que tem gremista em Colorado? Claro que tem. Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O município tem como base da economia a produção agrícola. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas. Cenários de belezas, cores e aromas que seduzem os turistas

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. Destes, Capitólio se destaca por oferecer as melhores opções de serviços e infraestrutura turística. Os passeios náuticos, os esportes aquáticos, a pesca esportiva e a exuberância natural são pontos fortes da região, que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, o "Velho Chico". O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias. Desses, surgiram os “brasilienses”, o gentílico usado para quem nasceu aqui e adotado por quem veio de fora e assumiu a cidade como sua.

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras. De frente para a Baía da Guanabara, Niterói mostra que a vista para a cidade do Rio não é o único atrativo. Além de oferecer, na sua face voltada para o alto mar, trechos de areia ideais para quem quiser fugir do agito de Ipanema e Copacabana, o município começa a explorar o legado das construções assinadas por Oscar Niemeyer, entre elas o famoso Museu de Arte Contemporânea.

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.