Pular para o conteúdo principal

CARACARAÍ, RORAIMA - Caracaraí é conhecida como “Cidade-Porto” por ter o maior movimento fluvial do estado de Roraima. A cidade nasceu como um local de embarque de gado para a capital amazonense. Os animais desciam até a boca da estrada, onde se iniciam as Corredeiras do Bem-Querer. Ali eram desembarcados e tangidos até um curral no porto municipal, onde eram embarcados para Manaus. As mercadorias vindas de Manaus, que tem como destino Boa Vista faziam este caminho em sentido inverso, e isso desenvolveu o lugar




CONHEÇA A CIDADE DE "CARACARAÍ", RORAIMA, BRASIL - DA JANELA DO TREM
Caracaraí é conhecida como “Cidade-Porto” por ter o maior movimento fluvial do estado de Roraima. A cidade nasceu como um local de embarque de gado para a capital amazonense. Os animais desciam até a boca da estrada, onde se iniciam as Corredeiras do Bem-Querer. Ali eram desembarcados e tangidos até um curral no porto municipal, onde eram embarcados para Manaus. As mercadorias vindas de Manaus, que tem como destino Boa Vista faziam este caminho em sentido inverso, e isso desenvolveu o lugar. O Aeroporto de Caracaraí possui a quarta maior pista de pouso da Amazônia Ocidental, com 2.500 metros de extensão, concluída pela Comissão de Aeroportos da Amazônia. A navegabilidade de Caracaraí a Manaus pelo baixo rio Branco é maior do que em outros pontos a Norte (ainda que grandes embarcações tenham dificuldades durante as fortes secas). As duas maiores e principais estradas federais de Roraima (BR-174 e BR-210 - "Perimetral Norte") cruzam-se no município, sendo que no trecho de 130 km entre a sede municipal e a vila de Novo Paraíso as duas seguem sobrepostas. Nas proximidades da cidade é possível observar a famosa Ponte José Vieira de Sales Guerra sobre o rio Branco.
foto - PMC
População estimada 2016 (1) - 20.537 
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 47.408,903 
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 0,39 
Código do Município 1400209 
Gentílico - Caracaraiense
HISTÓRICO
Surgiu de um local de descanso de condutores de gado, do antigo município de Moura, cujas terras deram origem ao território de Roraima.
ORIGEM DO NOME
O nome é uma alusão a um pequeno gavião que habita a região.
foto - ?
A CIDADE
Caracaraí fica distante de Boa Vista 134 Km, região Centro-Sul do Estado. A população é de 19.981 habitantes. É o município mais antigo de Roraima, depois da Capital. Surgiu como descanso bovino, cujos rebanhos vinham do Estado do Amazonas de balsa.
foto - ?
Banhado pelo rio Branco, que é traspassado por uma ponte na comunidade de Vista Alegre, se tornou município em 1955. Também passa na sede do município a principal rodovia do Estado, a BR-174, que corta o Estado a partir da divisa com o Amazonas, no Sul do Estado, em direção ao Norte, chegando à fronteira com a Venezuela.
foto - ?
A cidade conta com um suporte de petróleo que abastece a sede e algumas vilas da região. Conta com uma rede turística, como as corredeiras do Bem-Querer, hotel de selva Água Boa do Univini, Estação Ecológica de Niquiá e Estação Ecológica de Caracaraí. As principais vilas são: Vista Alegre, Vila Petrolina do Norte, Vila São José e Novo Paraíso.
foto - ?
CARACARAÍ, RR
O município de Caracaraí apresenta perspectivas agrícolas positivas, onde estão assentadas cerca de 557 famílias de pequenos produtores. Além da atividade agrícola, existe uma intensa atividade comercial baseada em produtos de fabricação caseira. A aptidão agrícola do município, segundo as condições climáticas, possibilita o cultivo de inúmeras culturas. Mas, considerando os hábitos da população, predominam as culturas de arroz, feijão, milho, mandioca e pastagens. A combinação de fatores físicos e o atraso tecnológico resultam num processo de ocupação do espaço baseado na agricultura de subsistência e no desenvolvimento da pecuária semi-extensiva, implicando em baixos níveis de rendimento e produtividade. O potencial para implantação de projetos voltados para o aproveitamento racional dos recursos naturais não podem ser desprezado. A expansão da área cultivada com produtos tradicionais (arroz, feijão, milho e mandioca) e a diversificação da lavoura, introduzindo-se culturas de alto valor comercial, são fatores a serem considerados. O município tem na pesca uma grande vocação natural, sendo o maior produtor do Estado. Para a diversificação da matriz produtiva, existem perspectivas favoráveis ao desenvolvimento de culturas de ciclo curto (maracujá, abacaxi, melancia e outras).
foto - PMC
ALGUNS DOS PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS DE CARACARAÍ, RR
PARQUE NACIONAL VIRUÁ
O Parque Nacional do Viruá foi criado com o objetivo de preservar os ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica que ocorrem ao sul de Roraima, permitindo também a realização de pesquisas científicas, o desenvolvimento de atividades de educação ambiental e de turismo ecológico. O parque está localizado no município de Caracaraí (RR) e desde 1998 protege mais de 200.000 ha de um tipo de vegetação de transição entre a floresta densa e o cerrado, conhecido como lavrado na região.
foto - Tietta Pivatto
foto - Antônio Luddovico
O nome do parque vem do igarapé que nasce em seu interior. A área compreende uma vasta superfície praticamente plana, com predomínio de solos arenosos e mal drenados, com grande quantidade de lagoas. Na parte norte existe alguns morros com altitudes modestas, de aproximadamente 300 m. Ao longo da extensão oeste, delimitada pelo Rio Branco, há ocorrência de planícies inundáveis, situação observada também na porção sul, ao longo do Rio Anauá. O clima é quente e úmido na maior parte do ano, mas apresenta uma estação seca entre os meses de setembro a março.
foto - Antônio Luddovico
foto - Antônio Luddovico
PARQUE NACIONAL SERRA DA MOCIDADE EM CARACARAÍ, RR
A área do parque foi doada ao IBAMA pelo Ministério do Exército. O lugar é uma das regiões com maior diversidade biológica da Amazônia, pois fica entre dois biomas distintos: terrenos sazonalmente alagáveis da bacia do Rio Branco e trechos de terra firme sobre rochas Pré-Cambrianas. A beleza cênica existente nos 350.960 mil hectares da reserva deu o nome do parque. Criado em 1998, o parque faz divisa com a reserva dos povos indígenas Yanomami. A unidade fica no município de Caracaraí, em Roraima.
foto - Taylor Nunes
Para chegar, o acesso é feito em Boa Vista pela BR-174 seguindo mais 130 km de estrada asfaltada até Caracaraí. Chegando em Caracaraí, deve-se pegar a margem direita do rio Branco até o rio Água Boa do Univini, e navegar por aproximadamente cinco horas de barco. 
foto - Taylor Nunes
CORREDEIRAS DO BEM QUERER NA CIDADE DE CARACARAÍ, RR
Fica à margem direita do Rio Branco, principal manancial de água potável de Roraima. 
As pessoas podem apreciar o ecossistema formado por pedras que dão a impressão de um mundo pré-histórico, principalmente se for no período de verão, quando as águas baixam (de setembro a março) e os blocos imensos “brotam” das águas e desafiam a explorá-los.
foto - ?
foto - ?
Caminhar por cima dessas pedras é uma opção para quem quiser se aventurar no período de verão, mas é preciso cuidado, pois entre os blocos imensos existem pedras cortantes ou que se soltam e podem pegar de surpresa os mais desavisados.
foto - ?
foto - ?
CONHEÇA UM POUCO MAIS DE CARACARAÍ, RR POR FOTOS
Agência do Banco da Amazônia (Basa)
foto - Taylor Nunes
Agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal
foto - Taylor Nunes
Estação Rodoviária de Caracaraí, RR
foto - Renato Lins
foto - Taylor Nunes
Universidade Estadual de Roraima, Campos de Caracaraí, Roraima
foto - Hudson Andrey
Estádio de Futebol de Caracaraí, Roraima
foto - Vital Rodrigues
Defensoria Pública de Caracaraí, Roraima
foto - Hudson Andrey
Capitana dos Portos em Caracaraí, Roraima
foto - Hudson Andrey
Matriz de Nossa Senhora do Livramento em Caracaraí, Roraima
foto - Hudson Andrey
Assembleia de Deus Novo tempo em Caracaraí, Roraima
foto - Hudson Andrey
foto - ?
Sede Da prefeitura Municipal (Poder Executivo) em Caracaraí, Roraima
foto - Hudson Andrey
foto - Hudson Andrey
Área portuária de Caracaraí, Roraima
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - Jeav
foto - Jeav
foto - ?
Rio Branco em Caracaraí, Roraima
foto - ?
foto - ?
foto - ?
O Carnaval de Caracaraí, Roraima eh considerado um dos melhores de Roraima. Aqui a preparação das Barraquinhas onde os foliões poderão fazer um lanche rápido
foto - PMC
foto - PMC
Um Monumento no final de Orla de Caracaraí, Roraima
foto - PMC
foto - Hudson Andrey
Plataforma no porto em Caracaraí, Roraima
foto - ?
Ponte sobre o Rio Branco em Caracaraí, Roraima
foto - ?
Parque infantil em Caracaraí, Roraima
foto - PMC
foto - PMC
Praça no final da Orla em Caracaraí, Roraima
foto - PMC
foto - PMC
Pier
foto - Hudson Andrey
foto - Salles Neto
foto - ?
foto - PMC
foto - PMC
foto - ?
foto - ?
foto - ?
OPÇÕES DE HOSPEDAGEM / SUGESTÕES EM CARACARAÍ, RR
HOTEL LUMINAR
Localizado em Caracaraí , o Hotel Luminar tem uma equipe muito hospitaleira. Para sua comodidade o Hotel Luminar dispõe de estacionamento privativo e Wifi gratuito para os hóspedes.
O hotel tem um padrão simples e possui um restaurante para melhor lhe servir. Todos os quartos deste hotel são equipados com ar-condicionado e TV.
Como forma de pagamento você poderá usar o seu cartão de crédito e débito.
foto - Hildfran Angelim
Endereço
Av Senador Hélio Campos, S/nr, Caracaraí/RR, CEP: 69360-000, Brasil
Telefone: (95) 3532-1042
Comodidades
Wifi
TV a Cabo
Restaurante
Lavanderia
Estacionamento privativo
Ar condicionado
Frigobar
Aceita Cartão de Crédito
foto - Divulgação
HOTEL ESTRELA
Nossos apartamentos são novos, simples mais aconchegantes, dispõe de: TV a cores, Ar condicionado e Frigobar, estacionamento privado e café da manhã. Além do mais você será bem atendido, com todo carinho e respeito que temos por nossos clientes.
foto - Hildfran Angelim
foto - Divulgação
Endereço
Rua: Maria Paulina, 275 - São José Operário - Caracaraí, RR
foto - Divulgação
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE CARACARAÍ, RORAIMA
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE CARACARAÍ, RORAIMA

VALEU PELA VISITA



fonte dos textos e fotos: ferias.tur.br / IBGE / Portal da Prefeitura Municipal / Thymonthy Becker / roraimadefato.com / Divulgação / 

Comentários

Páginas que receberam mais visitas

BAEPENDI, MINAS GERAIS - A terra de "Nhá Chica". Na natureza preservada no município estão cerca de 40% do parque ecológico do papagaio, é local ideal para fazer trilhas e acampar em paradisíacos lugares. Baependi é uma das poucas cidades que podem ser visitadas durante qualquer época do ano, sem se preocupar com a programação que irá encontrar pois, o verão é bem definido, sendo um convite para se deslumbrar com as mais de cinqüenta cachoeiras que cercam a cidade e o inverno pouco chuvoso propicia inúmeras opções para enfrentar trilhas e acampar em paradisíacos lugares

COLORADO, RIO GRANDE DO SUL - Colorado é uma pequena cidade do Alto Jacuí. Fundada por imigrantes italianos e alemães. O espetáculo, belezas naturais, cores, aromas que seduzem à primeira vista. O município tem como base da economia a produção agrícola. A região possui uma relação muito próxima com as águas e com a geração de energia elétrica, a partir da formação do maior lago artificial do Estado – os Alagados do Passo Real e da Barragem de Ernestina. Bonitas e agradáveis, as cidades proporcionam atrações diversificadas, eventos, muitas festas, gastronomia, artesanato.

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras, inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas que abrange também parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. O Lago de Furnas, também conhecido como "O MAR DE MINAS", é quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Brasília é formada por gente de todos os lugares, todas as idades e de muitas gerações. É uma mistura de sotaques do Nordeste, Sudeste, Norte e Sul do país e até de estrangeiros. Por conta de seu rápido crescimento, já é a quarta cidade mais populosa do país. A maioria dos moradores, 52%, é mulher e tem em média 30 anos. Os primeiros habitantes que chegaram a Brasília vieram, principalmente, atraídos pelos empregos na construção civil e ajudaram na construção da capital. Eles eram chamados de candangos e aqui construíram e criaram famílias

TOMBOS, MINAS GERAIS - Na cachoeira três tombos, verdadeira obra da natureza de imensurável beleza que constitui um cartão postal da cidade com 62 metros de altura. A Gruta Pedra Santa localizada no distrito de Catuné, uma obra construída pela própria natureza. Ao longo do tempo a grande pedra foi desintegrando-se e formou-se um grande salão, onde ergueu-se a capela em Honra a Nossa Senhora de Lourdes. Praças diversas, museu municipal que funciona na antiga estação ferroviária, usina hidrelétrica de Tombos e os dois distritos “Catuné” e “Água Santa” valem uma visita à cidade de Tombos

IGATU, ANDARAÍ, BAHIA - Eh uma verdadeira cidade de pedra. "Sagrada" pra quem viveu lá durante o auge do ciclo do diamante. O trajeto até a vila já é uma atração: a estrada de acesso pela BA-142 é cheia de mirantes naturais. Ao chegar, a impressão é de ter voltado no tempo, quando igatu era chamada de Xique Xique e famosa pela extração de diamantes. Hoje não há farmácias, o hospital mais próximo fica em Andaraí, a 12 km. Em outros tempos quem diria? Cabarés, cassinos, lojas, cadeia, cartório, cinema...

RIO DE JANEIRO, BRASIL - Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever no Estado do Rio de Janeiro, que não por acaso ostenta o rótulo de Maravilhoso. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos – o Corcovado e o Pão de Açúcar – o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais e gastronômicos. Quem deixa a capital e percorre o litoral fluminense encontra praias de beleza raríssima. Ao norte, na Região dos Lagos, estão as dunas de Cabo Frio, as águas translúcidas e frias de Arraial do Cabo, boas para mergulho, a badalação de Búzios e as trilhas rurais de Rio das Ostras

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

GRAMADO, RIO GRANDE DO SUL - Faltava neve à Gramado para que ela assumisse de vez o título de “Suíça brasileira”. Não falta mais: o Snowland, primeiro parque de neve artificial indoor das Américas, trouxe esportes de inverno à cidade, que já era famosa pelas construções enxaimel (aquelas de paredes esquadrinhadas com tirantes de madeira), pelas fondues nos bons restaurantes suíços e pelo climinha gostoso da Serra Gaúcha.

CAMPO BELO, MINAS GERAIS - A primeira cidade do Brasil a ter um time de Rugby (Campo Belo Rugby - CBR) A cidade tem paisagens deslumbrantes com campos a perder de vista. Ideal para a prática de esportes de aventura, ecoturismo, esportes náuticos com várias cachoeiras, praias de água doce além da tradicional e boa comida mineira. Uma cidade tranquila, acolhedora com boas opções para hospedagem