domingo, 26 de fevereiro de 2017

SANTOS DUMONT, MINAS GERAIS - Num voo livre que se abre ao infinito




CONHEÇA A CIDADE DE "SANTOS DUMONT", MINAS GERAIS, BRASIL
foto - Thymonthy Becker
Seja muito bem vindo a cidade do pai da aviação e inventor do relógio de pulso. Seja bem vindo a Santos Dumont. 
foto - Thymonthy Becker
Aqui na chegada da cidade onde se encontra uma réplica do 14 Biz que foi o primeiro aparelho a levantar voo e se sustentar no ar, sem que precisasse ser impulsionado. Este voo durou 24 segundos e ocorreu na cidade de paris, na frança.
foto - Thymonthy Becker
População estimada 2016 (1) - 47.560
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 637,373
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 72,62
Código do Município 3160702
Gentílico - sandumonense
Prefeito 2017 / CARLOS ALBERTO DE AZEVEDO
ORIGEM DO NOME
O Município, com nome de Palmira, homenagem a doadora do terreno da capela, surgiu em 1889. Em 1932, em homenagem ao seu ilustre filho Santos Dumont - Pai da Aviação - passou a ter o topônimo atual
Gentílico: sandumonense
HISTÓRICO
SANTOS DUMONT MINAS GERAIS - Monografia - n.º 564 Ano: 1973 
ASPECTOS HISTÓRICO 
O Desbravamento da região onde hoje se localiza o Município de Santos Dumont está ligado à abertura do 'Caminho Novo", obra iniciada por Garcia Rodrigues Pais, filho de Pais Leme, o famoso "Caçador de Esmeraldas'' e que se destinava à penetração dos bandeirantes em busca de ouro e pedras preciosas. 
À margem do caminho foram concedidas terras pelo Governo da Metrópole, a quem quisesse cultiva-las, para garantir assim a obtenção de gêneros alimentícios pelos bandeirantes durante a longa jornada. 
A primeira sesmaria outorgada em terras do Município foi a de Domingos Gonçalves Ramos, em 26 de fevereiro de 1709, que ali se estabeleceu com a. família e dois genros - Pedro Alves de Oliveira e João Gonçalves Chaves. 
Em 9 de novembro de 1728, João Gomes Martins adquiriu parte dessa sesmaria - parte esta já então pertencente a João Gonçalves Chaves. 
Nas terras assim sucedidas, surgiram os primeiros ranchos em que se abrigavam os viajantes e nelas se foram desenvolvendo plantações e criações. As terras pertencentes a João Gomes Martins tornaram-se conhecidas como "Roça de João Gomes" e correspondem ao bairro de João Gomes Velho, da atual cidade. 
Em data que não se pode precisar, foi erigida a primeira capela, à margem do "Caminho Novo", dedicada a São Miguel e Almas, invocados, segundo a tradição. como protetores dos bandeirantes na perigosa travessia da Mantiqueira. Em 27 de fevereiro de 1788, a capela foi transferida para o interior da Roça de João Gomes, onde permaneceu durante 49 anos. Em virtude da Provisão de 27 de junho de 1827 voltou a ser erguida no primitivo lugar. A doadora do patrimônio da capela teria sido uma filha de João Gomes, de nome Palmira, dai se originando a denominação do povoado, quando elevado à categoria de vila. Entretanto só a 29 de dezembro de 1847 e que Manuel da Cunha Lima assinou documento de doação, tendo apresentado, a 19 de fevereiro de 1848. uma petição ao Juiz de Paz sobre o arruamento dos terrenos doados, alinhamento e construção das casas do arraial. Em 1867, foi criada a paróquia.

foto - Thymonthy Becker
Conheça um pouco mais da cidade de Santos Dumont pela lente de minha câmera
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
Matriz de São Miguel Arcanjo e Almas
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
Igreja de Nossa Senhora das Graças
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
Estamos entrando no bairro Cabangu, onde fica a casa onde nasceu Santos Dumont e hoje eh o Museu Cabangu
imagem - PMSD
imagem - PMSD
imagem - PMSD
imagem - PMSD
imagem - PMSD
A casa onde nasceu Santos Dumont, hoje eh o museu
imagem - PMSD
imagem - PMSD
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE SANTOS DUMONT, MINAS GERAIS 
AQUI O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE SANTOS DUMONT, MINAS GERAIS 
AGRADECENDO SUA VISITA ESPERANDO QUE SEMPRE VOLTE A NAVEGAR EM NOSSO SITE.

Fonte / Fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Portal do Governo de Santos Dumont / Wikipédia /

RODOVIA MG 431 - De Itaúna à Igaratinga na estrada de terra batida




CONHEÇA A RODOVIA "MG 431", MINAS GERAIS, BRASIL
imagem - Thymonthy Becker
A MG 431 eh uma rodovia do centro oeste do estado da Minas Gerais. As duas principais cidades cortadas pela rodovia são Itaúna e Pará de Minas. 
Aqui vemos a rodovia MG 431 na saída de Itaúna para o distrito de São José de Pedras.
imagem - Thymonthy Becker
A parte desta rodovia que vai de Itatiaiuçu, passa por Itaúna e Pará de Minas eh toda asfaltada.
A parte desta rodovia que liga Itaúna ao distrito de São José de Pedra até a cidade de Igaratinga eh toda de terra batida
Aqui também parte do trecho entre Itaúna e São José de Pedras. Em se tratando de rodovia de terra, ela está em ótimo estado neste trecho
imagem - Thymonthy Becker
O trecho entre itaúna e o Distrito de São José de Pedra eh de 09 km
imagem - Thymonthy Becker
Aqui a Rodovia MG 431 saído do Distrito de São José de Pedras em direção a cidade de Igaratinga 
imagem - Thymonthy Becker
Em alguns trechos ela fica estreita o que dificulta a passagem de dois veículos principalmente quando a gente cruza com caminhões, que transitam bastante em estradas de terra transportando os tijolos de Cerâmica que são produzidos ao longo dela.
Outro trecho entre São José de Pedras e Igaratinga 
imagem - Thymonthy Becker
Como podemos ver, uma área de deserto verde
imagem - Thymonthy Becker
Esta cena eh de cinema. A estrada de terra e as montanhas de Minas
imagem - Thymonthy Becker
O visual eh mesmo show de bola. A rodovia vai contornando as montanhas
imagem - Thymonthy Becker
O trecho que vai do Distrito de São José de Pedras até a cidade de Igaratinga eh de 09 km
imagem - Thymonthy Becker
 
imagem - Thymonthy Becker
Um belo túnel formado pelo deserto verde
imagem - Thymonthy Becker
o Trecho deste túnel tem aproximadamente 01 km 
imagem - Thymonthy Becker
Ainda faltando uns 03 km para chegarmos à Igaratinga já podemos ver a cidade encravada nas montanhas das Minas Gerais
imagem - Thymonthy Becker
imagem - Thymonthy Becker
imagem - Thymonthy Becker
imagem - Thymonthy Becker
imagem - Thymonthy Becker
Já bem próximo a Igaratinga podemos ver estes três morros que são chamados de "Três Reis Magos"
imagem - Thymonthy Becker
Chegando na cidade de Igaratinga. Aqui termina o trecho de terra da Rodovia MG 431
imagem - Thymonthy Becker
Muito show de bola trafegar por estradas de terra. A poeira deixada para trás, as casas de arquitetura simples, mas funcional, geralmente com crianças e cachorro do lado de fora, em meio à paisagem, dão o tom de vida e felicidade aos que ali vivem. E no final desta “aventura”, ver o carro todo empoeirado ou cheio de lama se for dia de chuva, eh uma sensação que você não encontrará dirigindo por uma rodovia asfaltada.
imagem - Thymonthy Becker


A GENTE SE ENCONTRA EM ALGUMA RODOVIA NAS MINAS GERAIS.

ATÉ LÁ 

Fonte / Fotos = Thymonthy Becker / IBGE / 

Os lugares por onde o Trem mais passou esta semana