DA JANELA DO TREM: 04/15/18

CONHEÇA O ACRE - O ESTADO VERDE - Nos caminhos de Chico mendes





CARMÉSIA, MINAS GERAIS - A paisagem natural do município corresponde à paisagem dos antigos núcleos mineiros, em topografia acidentada, montanhas e vales, sendo que na sede observamos um destaque para a vista da Igreja Matriz, com sua alta torre, na parte central. O município não apresenta um conjunto arquitetônico colonial significativo, mas apenas algumas edificações antigas misturadas a outras mais novas. Destaca-se como ponto positivo a existência de uma reserva indígena no município de Carmésia, fato que agrega valores culturais. A reserva indígena Guarani é um atrativo relevante, tanto no contexto natural quanto no contexto cultural, podendo ser considerado como o maior atrativo turístico




CONHEÇA A CIDADE DE "CARMÉSIA", MINAS GERAIS, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
A paisagem natural do município corresponde à paisagem dos antigos núcleos mineiros, em topografia acidentada, montanhas e vales, sendo que na sede observamos um destaque para a vista da Igreja Matriz, com sua alta torre, na parte central. O município não apresenta um conjunto arquitetônico colonial significativo, mas apenas algumas edificações antigas misturadas a outras mais novas 
Centro da cidade de Carmésia, MG (Maurício Amaral Menezes)
Destaca-se como ponto positivo a existência de uma reserva indígena no município de Carmésia, fato que agrega valores culturais. A reserva indígena Guarani é um atrativo relevante, tanto no contexto natural quanto no contexto cultural, podendo ser considerado como o maior atrativo turístico. Será possível realizar o turismo de forma consciente e eficaz, resgatando a cultura indígena, revitalizando seu ambiente natural e promovendo sua divulgação de maneira sustentável. Estes cuidados devem ser tomados para não ocorrer a aculturação destas tribos e o resgate do ambiente natural. Possui 3 279 hectares onde vivem cerca de 280 indígenas da etnia Pataxó, distribuídos em três tribos. 
Lateral da Escola Municipal de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Açougue da cidade de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Casarão da cidade de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Creche Municipal da cidade de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Escola Municipal de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Hotel da cidade de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Sede da Prefeitura Municipal e posto de atendimento da Cemig em Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Rua da cidade de Carmésia, MG (Maurício Amaral Menezes)
Zona Rural da cidade de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Igreja Matriz de Nossa Senhora do Carmo em Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Cachoeira das Andorinhas da cidade de Carmésia, MG (Daniela Silva)
Coreto na praça central da cidade de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Gruta na praça de Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Rua da cidade de Carmésia, MG (Prefeitura Municipal)
Posto de Saúde da aldeia indígena Pataxó em Carmésia, MG (Helio Yamanda)
Rua da cidade de Carmésia, MG (Prefeitura Municipal)
Índios Pataxó em Carmésia, MG (Helio Yamanda)
Sede da prefeitura Municipal de Carmésia, MG (Prefeitura Municipal)
Cachoeira da cidade de Carmésia, MG (Paulo Henrique Matias)
Escola na aldeia indígena Pataxó em Carmésia, MG (Helio Yamanda)
Carmésia, MG (Ivan Correa)
Rio do Peixe em Carmésia, MG (Paulo Henrique Matias)
Concurso de som automotivo em Carmésia, MG (Roberto Keller C. Gonçalves)
Rodovia de acesso à cidade de Carmésia, MG (Ivan Correa)
Comunidade de Goiabas em Carmésia, MG (Ivan Correa)
Interior da Matriz de Nossa Senhora do Carmo em Carmésia, MG (As Minas Gerais)
Código do Município - 3113800 
Gentílico - carmesense 
Prefeito 2017 / MARIO CESAR SILVEIRA E VIEIRA 
População estimada [2017] - 2.629 pessoas 
População no último censo [2010] - 2.446 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 9,44 hab/km² 
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015] - 1,8 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2015] - 344 pessoas 
População ocupada [2015] - 13,2 % 
Área da unidade territorial [2016] - 259,103 km² 
Esgotamento sanitário adequado [2010] - 66,6 % 
Arborização de vias públicas [2010] - 22,3 % 
Urbanização de vias públicas [2010] - 35,5 % 
HISTÓRICO DA CIDADE DE CARMÉSIA, MINAS GERAIS
História 
Carmésia 
Minas Gerais - MG 
Histórico 
Após descobrir as minas do Serro Frio, bandeirantes, sertanistas e garimpeiros seguiram em direção ao território onde hoje se encontra Conceição do Mato Dentro, do qual Carmésia, antiga Viamão, fazia parte. 
A cidade, rodeada de montanhas, terras férteis e rios, desenvolveu-se rapidamente e se tornou a porta de entrada para o vale do rio Doce, possuindo uma das poucas estradas que se comunicava com a recente capital das Minas Gerais. O distrito de Viamão foi criado em 1923, no município de Conceição do Mato Dentro. 
Após a criação do município de Dom Joaquim, passou a integrá-lo e recebeu o nome de Carmésia, em homenagem a Nossa Senhora do Carmo, padroeira da cidade. O município foi criado em 1962. 
Em Carmésia, as fazendas centenárias ainda existem em perfeito estado de conservação, com suas senzalas, varandas altas e feitas de pau-a-pique e, também até hoje, extrai-se o ouro em bateias do rio do Peixe e outros córregos. 
Nossa Senhora do Carmo, Padroeira, é comemorada com todas as pompas no dia 16 de julho, na cidade. Leite é um produto de presença importante na economia municipal, juntamente com milho, que é destaque em suas riquezas, na Zona do rio Doce. 
Gentílico: carmesense
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE DE CARMÉSIA, MINAS GERAIS

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE


Fonte dos textos e fotos: IBGE / Becker Thymonthy / Governo de Carmésia, MG / Wikipédia / As Minas Gerais / Cidades de Minas Gerais / 

VILA MARIA, RIO GRANDE DO SUL - O município de Vila Maria é privilegiado pela natureza. Considerada a capital do turismo de aventura, o município possui diversas cascatas e cânions que encantam a todos. O Turismo Religioso é um dos destaques, além de proporcionar um bom incremento na economia do município, com seu principal ponto de visitação que é o Santuário da Salete, além de Nossa Senhora de Lourdes, da Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde, entre outros. Gastronomia de ótima qualidade e sabores. Toda sexta- feira tem a Feira do Agricultor onde você encontra uma linha diversificada de produtos coloniais e artesanatos.




CONHEÇA A CIDADE DE "VILA MARIA", RIO GRANDE DO SUL, BRASIL - OLHANDO DA JANELA DO TREM
O município de Vila Maria é privilegiado pela natureza. Considerada a capital do turismo de aventura, o município possui diversas cascatas e cânions que encantam a todos. O Turismo Religioso é um dos destaques, além de proporcionar um bom incremento na economia do município, com seu principal ponto de visitação que é o Santuário da Salete, além de Nossa Senhora de Lourdes, da Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde, entre outros. Gastronomia de ótima qualidade e sabores. Toda sexta- feira tem a Feira do Agricultor onde você encontra uma linha diversificada de produtos coloniais e artesanatos. As festividades que acontecem no mês de Maio em comemoração ao Mês do Município é o momento do ano que os moradores se reúnem para comemorar o trabalho e também para provar os pratos típicos da imigração Italiana. (Rio Grande do Sul) 
CASCATA DO MARINGÁ NA CIDADE DE VILA MARIA, RS
Na Comunidade do Maringá, encontra-se o Parque Municipal do Maringá, área de Preservação Municipal, com a Cascata do Maringá, 54 metros de altura, uma das quedas d\'água mais lindas da região. 
O local oferece a trilha do Corcunda (20 minutos), que leva até o topo da cascata, passando pelo meio da mata, pinguela, proporcionando relaxantes banhos de rio e imagens inesquecíveis da natureza. 
No local, se pratica atividades de aventura como o cachoeirismo, a tirolesa com cabo de aço, além do cascading positivo 20 metros, após negativo. Contato 
Telefone: 54 3359-1200 (Prefeitura Municipal)

Arena de rodeio da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Avenida central da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Capela de Santo Antônio linha 18 Roso da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Cascading na Cascata maringá da cidade de Vila Maria, RS (Maria Nostra)
Trilha para a Cascata Maringá da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Região Central da cidade de Vila Maria, RS (AG Alessandro)
Entorno da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Entorno da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Entorno da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Saúde da cidade de Vila Maria, RS (José Carminatti)
Escalada no Morro do Urubu da cidade de Vila Maria, RS (ESPN)
Praça da Igreja Matriz da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Ponto de ônibus da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Praça da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Praça central da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Rua Central da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Sede da Prefeitura Municipal da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Avenida central da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Rua da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
Rua da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Vista Parcial da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Visão geral da cidade de Vila Maria, RS (Prefeitura Municipal)
Praça da cidade de Vila Maria, RS (Fredy Silva)
DADOS GERAIS DA CIDADE DE VILA MARIA, RIO GRANDE DO SUL
Código do Município - 4323408 
Gentílico - vila-mariense 
Prefeito 2017 / MAICO SERAFINI BETTO 
População estimada [2017] - 4.407 pessoas 
População no último censo [2010] - 4.221 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 23,26 hab/km² 
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2015] - 2,4 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2015] - 1.583 pessoas 
População ocupada [2015] - 36,0 % 
Área da unidade territorial [2016] - 181,328 km² 
Esgotamento sanitário adequado [2010] - 57,1 % 
Arborização de vias públicas [2010] - 42,9 % 
Urbanização de vias públicas [2010] - 32 % 
POSIÇÃO GEOGRÁFICA DA CIDADE DE VILA MARIA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
HISTÓRICO DA CIDADE DE VILA MARIA, RIO GRANDE DO SUL
História 
No início do século XX, os imigrantes italianos e seus familiares foram se introduzindo no interior do município de Guaporé, vindos de Bento Gonçalves, Antônio Prado, Caxias do Sul, Flores da Cunha e outros municípios. 
Próximo ao rio Guaporé, a uns 70 km da sede do município que tem o mesmo nome, morava um posseiro chamado Sebastião Nunes, que vivia da agricultura. Em 1904 o mesmo vendeu suas terras para o senhor Constante Lótici que se estabeleceu como comerciante com loja e casa de pasto. Outros colonos foram comprando terras nas proximidades e aos poucos formou-se uma comunidade que prosperou rapidamente. 
Em 1917, o Sr. Constante Lótici vendeu tudo o que possuía para a Sra. Maria Busato, viúva e mãe de muitos filhos, que vinda da cidade de Casca se estabeleceu também com loja e pousada. Por se chamar Maria, a localidade passou a se chamar Vila Maria. 
Esta senhora, no início dos anos de 1930 ofertou um hectare de terra à Igreja Católica para construção de uma Capela que foi construída pelos moradores, que já eram em um bom número. Mais tarde, em 1933, em 13 de setembro, foi criada a Paróquia de Nossa Senhora da Saúde, sendo seu primeiro vigário o Padre Dom Josué Bardin, imigrante italiano.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE VILA MARIA, RIO GRANDE DO SUL
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE DE VILA MARIA, RIO GRANDE DO SUL

Fonte dos Textos e fotos: IBGE / Thymonthy Becker / Charlie Styforlamber / Wikipédia / Governo de Vila Maria, RS / turismo.rs.gov.br / 


VALEU POR VIAJAR COM A GENTE / SEMPRE VOLTE