quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

OS BÚFALOS QUE ME PERSEGUIAM -




OS BÚFALOS QUE ME PERSEGUIAM
Estava na sala de uma casa onde havia uma janela grande, baixa, que dava para o passeio, que era rente a esta janela da casa. Havia uma porta ao lado da janela que estava aberta. Algumas pessoas estavam sentadas a mesa ao lado desta janela. Eu olhava estas pessoas que estavam ali jogando baralho, pois estava próximo a elas. Nisto veio um búfalo e enfiou a cabeça pela janela bem em cima desta mesa onde estávamos e ficou me olhando. Fiquei com medo do búfalo e comecei a pedir que espantassem ele. Nisto ele saiu e as pessoas da mesa continuaram a jogar baralho. Logo em seguida outro búfalo enfiou a cabeça na janela e um segundo entrou pela porta e veio muito perto de mim. Os chifres chegaram a encostar-se à minha barriga. Ele não saía dali e ficava me olhando. Então comecei a pedir para alguém abrir a porta, que tinha fechado assim que o búfalo entrou, para que ele saísse. Alguém abriu a porta e o búfalo saiu. O da janela também saiu. Então foi rapidamente e fechei a janela. A janela era de vidro e então fechei a veneziana também, disse para as pessoas ali que o búfalo só vinha porque via a gente. Depois fui fechar a porta. Nisto vi várias pessoas na rua. Ao sair para ver o que acontecia, estas pessoas me disseram que os búfalos só entraram naquela casa, porque eu estava lá. Então entrei, fechei a porta com a chave e disse que os búfalos queriam era me pegar. Depois os búfalos foram embora e eu também fui para minha casa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os lugares por onde o Trem mais passou esta semana