Pular para o conteúdo principal

BRASÍLIA, DF, BRASIL - Conheça 18 lugares imperdíveis em Brasília que você precisa conhecer




CONHEÇA OS "18 LUGARES IMPERDÍVEIS DE BRASÍLIA", DISTRITO FEDERAL, QUE VOCÊ PRECISA CONHECER
A capital federal foi construída com o objetivo de realocar a sede do governo brasileiro do Rio de Janeiro para uma área mais para dentro do território. Se o trânsito do Rio de Janeiro já é um caos hoje, imagine se a cidade continuasse sendo capital federal... Brasília começou a ser construída em 1956 e sua inauguração foi em 1960, apenas 4 anos depois! A operação à jato se deu a mando do presidente Juscelino Kubitschek, mas é claro que demorou uns bons anos mais para que todos os edifícios oficiais estivessem construídos.
Erigida sob os ideais do modernismo, os seus principais personagens são o arquiteto e urbanista Lúcio Costa, que concebeu a organização da cidade em forma de avião e separada em setores (o Plano Piloto), o arquiteto Oscar Niemeyer, o paisagista Roberto Burle Marx e o pintor, escultor e desenhista Athos Bulcão, autor de muitos dos azulejos que revestem até hoje os edifícios públicos e privados da cidade. Outros artistas proeminentes da época deixaram ali sua marca nessa cidade tão peculiar que é hoje Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, como Alfredo Volpi, João Ceschiatti e Bruno Giorgi. A cidade é, em si, um museu a céu aberto.
No primeiro momento, a cidade pode parecer muito estranha, mas é fácil compreender como ela se organiza e chegar a muitos lugares sem precisar de mapa. Ainda que tenha uma linha de metrô, ele não vai a muitos lugares e a rede de ônibus também deixa a desejar. Melhor alugar um carro ou se preparar para usar muito uber e taxi.
01 - CATEDRAL METROPOLITANA DE BRASÍLIA, DF
Dedicada a Nossa Senhora Aparecida, a catedral projetada por Oscar Niemeyer foi o primeiro monumento a ser criado em Brasília e é também o primeiro da lista de melhores atrações da cidade segundo o Trip Advisor. Ela tem dezesseis colunas de concreto em formato de hipérbole, que fazem parecer que a estrutura é uma coroa. Quatro esculturas de bronze de três metros de altura, criados por Dante Croce, representam os quatro evangelistas. O campanário em forma de T tem quatro sinos presenteados pelo governo espanhol. A cúpula do batistério, a cúria metropolitana e um espelho d’água completam o conjunto, que é facilmente reconhecível assim que o turista chega ao Plano Piloto de Brasília
Ela é bem maior por dentro do que parece ser por fora e isso acontece porque uma parte do edifício está abaixo do nível da rua. O que parece parede por fora é na verdade um conjunto de peças em fibra de vidro azul, verde, branco e marrom, projetados por Marianne Peretti em 1990 (antes disso, a catedral tinha paredes de vidro transparente). A imagem da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, é uma réplica do original que está em Aparecida do Norte, SP. Outras obras de arte bastante notáveis na igreja são os três anjos suspensos feitos por Alfredo Ceschiatti e Dante Croce, a via sacra pintada por Di Cavalcanti e um pilar com as passagens da vida de Maria retratadas por Athos Bulcão. Entrada gratuita. Horários de visitação: segunda de 8h as 16h30; terça e sexta de 10h30 às 18h; quarta, quinta, sábado e domingo de 8h às 18h. Missas são celebradas de terça a sexta às 12h15, sábado às 17h e domingo às 8h30, 10h30 e 18h
02 - PONTÃO DO LAGO SUL EM BRASÍLIA, DF
Este é o trecho mais badalado da orla do Lago Paranoá, que é artificial e contribui para amenizar o clima seco de Brasília. Localizado em um dos bairros mais abastados da cidade, ele fica ao pé da ponte que leva ao plano piloto, tem belos jardins, restaurantes e uma vista espetacular para o pôr do sol. Feiras e eventos culturais e esportivos são realizados freqüentemente no Pontão, especialmente no fim de semana. Entrada gratuita. Horários de visitação: De segunda e terça das 7h à meia noite, quarta de 7h à 1h da manhã, quinta a sábado de 7h às 2h da manhã e domingo de 7h à meia noite
03 - SANTUÁRIO DOM BOSCO EM BRASÍLIA, DF
Doze tons de azul e branco foram empregados nos vitrais impressionantes dessa igreja, que é uma das mais famosas de Brasília. Seu exterior é todo em concreto com linhas verticais pronunciadas e dão um aspecto sisudo ao edifício, o que torna a experiência de entrar na igreja ainda mais impressionante. Os vitrais cobrem 2.2 mil metros quadrados da igreja e substituem suas paredes. O monumento foi projetado pelo arquiteto Alvimar Moreira e seus vitrais são da autoria de Claudio Naves. Vá ao entardecer, pois a luz do sol poente colore os vitrais com tons ainda mais bonitos e, quando o lustre projetado por Alvimar Moreira se acende (o único foco de luz do ambiente), a igreja se transforma mais uma vez.Entrada gratuita.Horário de visitação: diariamente de 7h às 18h. Missas são celebradas de segunda a sábado às 7h e às 18h e domingo às 8h, 11h, 18h e 19h30
04 - CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL  EM BRASÍLIA, DF
O CCBB Brasília está um pouco afastado do Plano Piloto, no Setor de Clubes Esportivos Sul, próximo ao lago Paranoá. Seu edifício foi projetado por Oscar Niemeyer em 1993 para ser sede do Centro de Formação do Banco do Brasil e se tornou centro cultural em 2000. Horários de visitação: De 9h às 21h, só fecha às terças
05 - MEMORIAL JK EM BRASÍLIA, DF
Localizado atrás do Estádio Mané Garrincha e da Torre de TV, na ponta Oeste do Plano Piloto, o museu já se destaca de longe pela escultura de JK dentro de uma estrutura. Ao longe, ela parece uma foice e martelo, formas que evidenciam a ideologia comunista de Niemeyer, autor do projeto. É impressionante que tenha sido construído sem ressalvas durante a Ditadura Militar (o Memorial foi inaugurado em 1981). Por dentro, o museu emociona. Abriga no primeiro andar a biblioteca pessoal de Juscelino Kubitschek, suas roupas e de sua esposa Sarah e uma réplica de seu escritório. No segundo andar está localizado o túmulo do ex-presidente, em uma sala escura com iluminação especial. A escultura do presidente que fica sobre sua câmara mortuária é de autoria de Honório Peçanha. Um documentário sobre JK é exibido de hora em hora, a partir das 9h (o último começa às 17h).Entrada a 10 reais, estudantes e maiores de 65 anos pagam meia.Horário de visitação: De terça a domingo de 9h às 18h
06 - PARQUE DA CIDADE (SARAH KUBITSCHEK) EM BRASÍLIA, DF
São 4,2 km² de área verde no centro de Brasília, uma atração imprescindível especialmente em dias de muito calor e secura. O Parque fica em frente à Torre de TV. Nele há restaurantes, parque de diversões, kart e muito espaço para prática de esportes e realização de piqueniques. Entrada gratuita.Aberto 24h todos os dias
07 - PALÁCIO ITAMARATY EM BRASÍLIA, DF
Também chamado de Palácio dos Arcos, é a sede do Ministério das Relações Exteriores e foi projetado por Niemeyer. Os arcos característicos de sua fachada combinados com os efeitos de reflexão do espelho d’água logo na parte da frente fazem parecer que o edifício flutua. As visitas guiadas do Itamaraty são umas das melhores de Brasília, não perca! Elas devem ser agendadas por telefone: (61) 3411-8051
O salão interno tem paisagismo de Roberto Burle Marx (que também projetou as áreas externas) e a decoração se completa com obras de proeminentes artistas brasileiros ou naturalizados brasileiros, como Athos Bulcão, Maria Martins, Bruno Giorgi, Mary Vieira, Ione Saldanha e Alfredo Volpi. No segundo andar, voltada para o Palácio da Justiça, está em exibição a mesa em que Princesa Isabel assinou a Lei Áurea que aboliu a escravidão. Entrada gratuita. Horários de visitação: de segunda a sexta de 14h30 às 16h30 e sábado e domingo de 10h às 15h30
08 - PONTE JK EM BRASÍLIA, DF
Três arcos brincam sobre a terceira ponte construída sobre o Lago Paranoá, projetada por Alexandre Chan e inaugurada em 2002. Passar por ela de carro é interessante, mas a vista é melhor apreciada a pé (a ponte tem 1.200m de extensão). À noite ela tem iluminação que destaca ainda mais as suas formas
09 - TEMPLO DA BOA VONTADE  EM BRASÍLIA, DF
Este grande tempo ecumênico recebe pessoas de todas as religiões que buscam tranquilidade e equilíbrio. Construído pela LBV (Legião da Boa Vontade), ele é hoje um dos monumentos mais visitados de Brasília. O edifício é uma pirâmide de 7 lados, com 21m de altura e 28m de diâmetro. No topo da pirâmide está a maior pedra de cristal puro do mundo, que tem 21 kg. O edifício tem salas de meditação temáticas, galeria de arte e um memorial (que abre, de 8h às 20h).Entrada gratuita.O salão principal se mantém aberto 24h todos os dias
10 - CONGRESSO NACIONAL EM BRASÍLIA, DF
Suas duas torres de 28 andares e as cúpulas convexas e côncavas que representam a câmara e o senado respectivamente são inconfundíveis na paisagem de Brasília. Sede do poder administrativo é o principal palco de manifestações populares da cidade e do país. Ao entrar, visitantes podem acompanhar sessões plenárias das duas casas do legislativo às 14h durante a semana. Nos finais de semana, porém, é possível sentar-se nas cadeiras onde se sentam os políticos. Também é parte do tour passear por corredores que expõem obras de arte de Alfredo Ceschiatti, Marianne Peretti, Di Cavalcante, Maria Bonomi e Carybé.O Congresso era a obra arquitetônica favorita de Niemeyer.Entrada gratuita.Horário de visitação: diariamente de 9h30 às 17h. De segunda a sexta é proibido entrar de chinelo, short e bermuda (regra que vale tanto para homens quanto para mulheres)
11 - JARDIM BOTÂNICO DE BRASÍLIA, DF
O primeiro jardim Botânico do Brasil com um ecossistema predominante de cerrado. Tem quase 4.500 hectares, porém só 500 deles estão abertos a visitação. No Jardim Botânico é possível conhecer as flores e frutas típicas do cerrado, fazer trilha educativa de 4.500 metros e caminhar pelas diversas atrações, como o Museu de História Natural, a Casa de Chá, o Bosque dos Ipês (especialmente belo durante a floração, no inverno), o orquidário Espaço Guido Pabst, entre outros. Entrada a 5 reais, crianças até 12 anos, mais de 60 anos e pessoas com deficiência não pagam.Horários de visitação: de terça a domingo de 6h30 às 17h (de 6h30 às 8h50 o acesso é gratuito e restrito a pedestres e ciclistas)
12 - PRAÇA DOS TRÊS PODERES EM BRASÍLIA, DF
Localizada entre o Congresso Nacional (poder legislativo), o Palácio do Planalto (poder executivo) e o Supremo Tribunal Federal (poder judiciário), a praça é ampla, sem árvores e poucos monumentos, para comportar muita gente em manifestações populares – a praça também abriga muitos pombos. A escultura que representa a Justiça, de Alfredo Ceschiatti, se destaca na paisagem em frente ao STF
Os Guerreiros, ou Os Candangos, de Bruno Giorgi, são outra escultura de destaque na Praça dos Três Poderes. A obra representa os trabalhadores que construíram Brasília. Atrás dela é possível ver a Casa de Chá, onde hoje funciona o Centro de Atendimento ao Turista. Recomenda-se não visitar a Praça ao meio dia em dias de muito sol devido à falta de sombra
13 - TORRE DE TELEVISÃO DE BRASÍLIA, DF
Ela é o melhor ponto de observação do Plano Piloto e dos monumentos de Brasília. Ela é a mais alta estrutura metálica da América Latina, com 75 metros!Entrada gratuita. Horário de visitação: diariamente de 8h as 20h
A torre tem uma base de observação (acessível por elevador) de onde é possível ver o traçado das ruas e ter uma visão 360º de toda a cidade devido à sua localização em uma região quase que completamente plana. Em frente à torre, uma fonte luminosa oferece espetáculos de luz e som (diariamente às 19h)
14 - CHAPADA IMPERIAL EM BRASÍLIA, DF
Esta área de proteção ambiental em propriedade particular está a apenas 38 km de Brasília e abriga lindas cachoeiras, trilhas com diferentes níveis de dificuldade, esportes de aventura como tirolesa e arvorismo, uso do redário e piscinas naturais próximas à sede. O valor da entrada também inclui uma refeição feita na própria fazenda e transporte interno ao final da trilha. Também é possível acampar na reserva ou hospedar-se em chalés. Preços variam de 90 reais (pacote adulto com trilha curta) a 100 reais (pacote com trilha longa) para pacotes diários. Crianças até 2 anos não pagam e de 3 a 12 anos o valor é 60 reais. Pagamento antecipado dá desconto de 10 reais no valor de cada ingresso. Consulte as outras tarifas e promoções. Abre de 9h as 17h30 aos sábados, domingos e feriados. Mediante reserva para grupos maiores de 10 pessoas, também pode abrir durante a semana
Além de preservar o meio ambiente, a Chapada Imperial realiza diversos projetos de educação ambiental, banheiros verdes, agroindústria e soltura e reintrodução de animais silvestres, caso das araras desta foto. Outros animais salvos do tráfico pelo IBAMA são reintroduzidos, como preguiças, gatos do mato, jabotis, micos, jaguatiricas, emas, diversas espécies de aves, entre outros
15 - PALÁCIO DO PLANALTO DE BRASÍLIA, DF
A sede do Poder Executivo do país também é obra de Oscar Niemeyer. O tour pelo Palácio leva visitantes ao gabinete presidencial, ao Salão Nobre (usado para eventos), ao Salão Oeste, onde há um grande painel de Burle Marx, e a Salda de Reunião Suprema, onde os ministros se encontram. O Rolls Royce presidencial também faz parte da visita (se estiver estacionado lá).Entrada Gratuita. Horário de visitação: apenas aos domingos de 9h30 às 14h, mediante retirada de senha (saídas de 30 em 30 minutos com grupos de no máximo 30 pessoas cada)
16 - PARQUE NACIONAL DE BRASÍLIA, DF
Mais conhecido pelo apelido “Água Mineral”, este parque é uma unidade de conservação brasileira de 42 mil hectares que se estende a noroeste do Distrito Federal e no centro do estado de Goiás. A principal atração do parque são as piscinas abertas devido a extração de areia antes da criação de Brasília, que enchem de água devido a poços às margens do Córrego Acampamento. A Água Mineral também tem duas trilhas, uma mais curta que dura cerca de 20 minutos e uma mais longa que dura cerca de 1h. Entrada a R$6,50, menores de 8 anos não pagam Horário de visitação: diariamente de 8h às 16h
17 - ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRINCHA EM BRASÍLIA, DF
O estádio antigo inaugurado em 1974 era pequeno, mas a reforma que durou de 2010 a 2013 para receber jogos da Copa do Mundo fez com que o Mané Garrincha se tornasse o segundo maior estádio do Brasil, atrás só do Maracanã. É um exagero, na verdade, pois o Distrito Federal não tem times grandes o suficiente para lotar o estádio e a administração não permite realização de eventos culturais lá dentro, com poucas exceções. Brasília também sediará partidas do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016. Entrada gratuita (quando não há jogo).Horário de visitação: de segunda a sexta de 9h30 às 11h e das 14h30 às 17h
18 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM BRASÍLIA, DF
A visita guiada pelo Supremo dura 30 minutos e leva ao Salão de Bustos, onde há vários bustos de estadistas e juristas da história brasileira, ao Salão Nobre, que recebe visitas oficiais de chefes de estado, e ao plenário, que tem painéis de Athos Bulcão. Não é dos edifícios mais procurados por turistas. Entrada gratuita Horário de visitação: sábado e domingo, de 10h as 15h30

VALEU PELA VISITA


Fonte / Fotos = msn.com / Thymonthy Becker / TripAdvisor.com.br / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 ESTRADAS BRASILEIRAS QUE VALE A PENA DIRIGIR POR ELAS - Viajar de carro pode ser muito bom, se for por uma dessas estradas. Confira cinco trechos que agradam tanto quanto o destino final de suas férias

CONHEÇA 05 ESTRADAS QUE VALE A PENA VOCÊ VIAJAR DE CARRO POR ELAS. Há quem diga que o importante não é o destino final, e sim o caminho até lá. Em uma viagem de carro, não costuma ser bem assim, considerando o péssimo estado do asfalto de nossas estradas, além do custos do pedágio, motoristas ruins e a falta de uma boa paisagem. Mesmo com todos esses problemas, é possível aproveitar um passeio automotivo pelo Brasil em uma das cinco estradas escolhidas pela Hertz, empresa especializada em aluguel de veículos: Confira ESTRADA REAL / MINAS GERAIS / RIO DE JANEIRO / SÃO PAULO  Também conhecida como Caminho Real, é uma das estradas mais famosas do Brasil, por ser um dos principais pontos turísticos do País. Tem 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Motivos não faltam para visita-la, com um circuito de 179 cidades históricas, passando por belas paisagens formadas pelos trechos de mata atlântica. Tem até atividades fora do carro, como caminhada…

VIRGINÓPOLIS, MINAS GERAIS - Alem da festa da Jabuticaba que acontece anualmente, a cidade possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus

CONHEÇA A CIDADE DE "VIRGINÓPOLIS", MINAS GERAIS, BRASIL A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.  Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.  CASARÃO NA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br) CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) CENTRO DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG (asminasgerais.com.br) VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
CASARÃO EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
PRAÇA EM VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
RUA CENTRAL DA CIDADE DE VIRGINÓPOLIS, MG(asminasgerais.com.br)
UMA DAS MAIORES ESCADARIAS …

ITUIUTABA, MINAS GERAIS - Com vários atrativos turísticos como cachoeiras, trilhas, museu, parques. artesanato regional e a famosa cachaça artesanal

CONHEÇA A CIDADE DE "ITUIUTABA", MINAS GERAIS, BRASIL BEM VINDO A CIDADE DE ITUIUTABA, MG. PORTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO foto - ? População estimada 2016 (1) - 103.945 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.598,046 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 37,40 Código do Município 3134202 Gentílico - ituiutabano Prefeito 2017 / FUED JOSE DIB ORIGEM DO NOME O nome da cidade eh de origem indígena: I - rio, TUIU ­barrento; TABA - povoação, cidade. “Cidade do rio barrento”
Gentílico: ituiutabano HISTÓRICO Ituiutaba é uma fusão de vocábulos tupis que significa "povoação do rio Tijuco". Os primitivos habitantes do município eram ameríndios, pertencentes ao grupo Gê, também chamados caiapós. Uma das tribos que deixaram fama na região foi a dos panariás, muito bem estudada por Alexandre Barbosa, de Uberaba. Por fim ela foi aldeada na atual povoação de São Francisco de Sales, às margens do Rio Grande, no vizinho município de Campina Verde. Os panariás - assinala o his…

MONUMENTO HOLGER DANSKE, DINAMARCA - A tradição diz que a estátua ganhará vida quando a Dinamarca se encontrar em grande perigo e salvará a nação

CONHEÇA O "HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA - HOLGER DANSKE ", DINAMARCA 
Explorar as criptas e catacumbas do Castelo de Kronborg é uma grande experiência. Escondido no porão do castelo, você vai conhecer o dinamarquês Holger (Holger Dansk), uma imponente estátua de pedra. Holger o dinamarquês, é uma figura lendária na cultura dinamarquesa. Se a Dinamarca se encontrar em apuros, ele vai acordar e defendê-la! HOLGER DANSKE, OU HOLGER, O DINAMARQUÊS, É UM HERÓI LENDÁRIO DA DINAMARCA. A PRIMEIRA REFERÊNCIA QUE TEMOS SOBRE A SUA EXISTÊNCIA APARECE EM ANTIGOS POEMAS FRANCESES, DE MEADOS DO SÉCULO XI. DE ACORDO COM A LENDA, ERA FILHO DE GODOFREDO, REI DA DINAMARCA. O SEU FILHO FOI MORTO POR CARLOS, O JOVEM, FILHO DE CARLOS MAGNO; EM BUSCA DE VINGANÇA, PROCUROU-O E MATOU-O. SÓ POR POUCO O IMPEDIRAM DE MATAR O PRÓPRIO CARLOS MAGNO. RESISTIU A CARLOS MAGNO DURANTE SETE ANOS, MAS FEZ A PAZ PARA LUTAR AO LADO DELE CONTRA OS SARRACENOS. DURANTE ESSA BATALHA MATOU O GIGANTE BREHUS. OS BARALHOS …

REPRESA DE FURNAS, SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS - Em 1963 fecharam o túnel que criou praias, formou cânions, inundou vilarejos mudando para sempre a história de 34 cidades mineira e formando o espetacular “Mar de Minas”

CONHEÇA A "REPRESA DE FURNAS", SÃO JOSÉ DA BARRA, MINAS GERAIS, BRASIL foto - Thymonthy Becker No dia 9 de janeiro de 1963 o túnel que desviou o curso do rio Grande para a construção da Usina de Furnas foi fechado e as águas que formaram um dos maiores reservatórios do mundo, criou praias, formou cânions e cachoeiras inundou vilarejos e mudou para sempre a história dos 34 municípios que ficam ao longo dos 1.440 km2 de extensão do Lago de Furnas. (Thymonthy Becker) A sede do município de Guapé ficou praticamente submersa, o que levou à construção de uma nova sede em local definido pela população. O distrito de São José da Barra, então pertencente a Alpinópolis e emancipado em 1994, ficou integralmente debaixo das águas e deu lugar à "Nova Barra", que a pedido do padre Ubirajara Cabral, pároco local, foi construída pela Central Elétrica de Furnas na forma de um banjo. (Thymonthy Becker) A maioria dos municípios possuía vocação agropecuária, mas com o alagamento das ár…

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

CONHEÇA A CIDADE DE "SERRA DO NAVIO", AMAPÁ, BRASIL CONHEÇA A FAMOSA "LAGOA AZUL" DE SERRA DO NAVIO, AP A história da Lagoa Azul se mistura à criação da Serra do Navio e à atividade de exploração na década de 1950 A Amazônia é conhecida pelos rios, igarapés e cachoeiras. Mas, a maioria das pessoas nem imaginam que aqui existam lagoas de águas azul turquesa. A 208 quilômetros de Macapá, capital do Amapá, fica a Lagoa Azul, um paraíso que nasceu de uma mina abandonada. O lugar fica próximo à Vila Serra do Navio, cidade criada na década de 1950 para abrigar os trabalhadores de uma empresa de mineração. A lagoa azul e o passado da história da Serra do Navio estão entrelaçados. De acordo com a prefeitura da cidade, a cor marcante da lagoa, em tom azul anil, acontece por conta dos minérios da região especialmente o carbonato de manganês. O lugar era uma mineração. Hoje é possível chegar até lá através de trilhas ou de carro. A região é cercada por uma floresta tropical. O…

IGUATAMA, MINAS GERAIS - Belo, pacato, acolhedor e cheio de histórias este Porto Real

CONHEÇA A CIDADE DE "IGUATAMA", MINAS GERAIS, BRASIL
Foto - Thymonthy Becker SEJA VOCÊ BEM VINDO A CIDADE DO PORTO REAL. SEJA BEM VINDO A TRANQUILA IGUATAMA. foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 8.182 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 628,200
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 12,78
Código do Município 3130309
Gentílico - iguatamense
Prefeito 2017 / IVONE RODRIGUES LEITE
ORIGEM DO NOME
IGUATAMA É UM NOME DE ORIGEM INDÍGENA "IGUATERAMA" - E SIGNIFICA "ENSEADA DA MINHA TERRA", NUMA CLARA ALUSÃO À CURVA DO RIO SÃO FRANCISCO QUE FICA EM FRENTE À CIDADE.
HISTÓRICO NO INICIO DO SÉCULO PASSADO, O GOVERNO IMPERIAL DETERMINOU A ABERTURA DE UMA ESTRADA QUE LIGASSE OS SERTÕES DE GOIÁS, TRIÂNGULO E OESTE DE MINAS ÀS CAPITAIS DA PROVÍNCIA E DO IMPÉRIO. NO LOCAL ONDE A MESMA CRUZOU O SÃO FRANCISCO, MANDOU INSTALAR UMA BALSA E JÁ EM 1830, HAVIA ALI TAMBÉM UM POSTO FISCAL. OS VIAJANTES PERNOITARAM AS MARGENS DO SÃO FRANCISCO, ONDE MUITOS …

CARRANCAS, MINAS GERAIS - Um pequeno paraíso conhecido como Terra das Cachoeiras pois possui mais de 120 quedas d'água na Estrada Real. Considerada um dos novos pólos de Ecoturismo, é um lugar ideal para a prática de Montain Bike, Trekking e outros esportes que lhe propiciam o contato com a natureza. Tem o grande poço da esmeralda, além das grutas da toca e da cortina, ainda pode-se observar pinturas rupestres e um escorregador com cerca de dez metros que termina com um divertido mergulho.

CONHEÇA A CIDADE DE "CARRANCAS", MINAS GERAIS, BRASIL

MUITO BEM VINDO AO PARAÍSO. BEM VINDO A CARRANCAS. MINAS EH ISTO E MUITO MAIS. imagem "?" Com mais de 50 cachoeiras, a cidade está voltada para o ecoturismo – suas belas paisagens frequentemente servem de cenário para novelas. Há quedas d’água de fácil acesso, mas as mais bonitas ficam escondidas na mata fechada, aonde só se chega por trilhas (que devem ser percorridas com a ajuda de guia). Entre novembro e março, a chuva torna as cachoeiras perigosas. A maioria das pousadas está próxima de grutas e cachoeiras, e muitas têm piscinas naturais. Foto - ?
POÇO DO CORAÇÃO
O acesso é tranquilo: pegue a Estrada para Itutinga, entre à esquerda após a primeira ponte para chegar ao Complexo da Toca. O carro fica na portaria, e você segue a trilha até o para o escorregador (é bom ponto para banho, ao lado da Gruta da Toca). A partir dele, suba margeando o rio: há vários poços e pequenas quedas até a principal atração local, a …

MONJOLOS, MINAS GERAIS - O município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.

CONHEÇA A CIDADE DE "MONJOLOS", MINAS GERAIS, BRASIL Situada na região central mineira, na Bacia do Rio das Velhas em um vale da Serra do Cabral, Monjolos integra, além da Estrada Real, o Circuito dos Diamantes.  A 265 km da capital mineira, o município possui alto potencial de ecoturismo, pois conta com diversas cachoeiras, corredeiras, grutas e trilhas, todas cercadas por uma vasta e bela vegetação e que proporcionam deliciosos passeios de bike, motos, jipes ou até mesmo simples caminhadas.
Rio Pardinho em Monjolos, MG(Instituto estrada Real)  A Área de Preservação Ambiental do Vale do Fundo apresenta uma densa mata virgem banhada por deleitáveis nascentes e cascatas. Ainda pouco explorada, a Gruta do Pau-Ferro possui grandes galerias com estalactites e estalagmites.  A cidade ainda possui um Centro de Artesanato, onde é exposto e vendido todo o artesanato da região. A Igreja Matriz Nossa Senhora do Livramento, a Ponte Férrea do Rio Pardo e o Monumento a Monjolos também aju…

LEOPOLDINA, MINAS GERAIS - Cachoeiras e trilhas nas Montanhas Mágicas das Minas Gerais

CONHEÇA A CIDADE DE "LEOPOLDINA", MINAS GERAIS, BRASIL  BEM VINDO A CIDADE DE LEOPOLDINA, MG. TERRA DA PALETADA foto - SG Trangel População estimada 2016 (1) - 53.252 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 943,076 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 54,22 Código do Município 3138401 Gentílico - leopoldinense Prefeito 2017 / JOSE ROBERTO DE OLIVEIRA ORIGEM DO NOME Ao ser criado o Município, teve o nome de Leopoldina, em homenagem à, Leopoldina de Bragança e Bourbon, segunda filha de D. Pedro II
Gentílico: leopoldinense HISTÓRICO O topônimo foi uma homenagem à segunda filha de Pedro II, princesa Leopoldina, em substituição ao antigo de "Feijão Cru", quando da criação do município. A primitiva denominação viera dos primórdios do desbravamento, quando os primeiros brancos, em busca de terras fáceis e ótimas, acamparam à margem de um ribeirão; na manhã seguinte, verificaram não ter o cozinheiro da comitiva prestado a devida atenção ao fogo, que se improvisara para af…